O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
A PSICOLOGIA APLICADA 
Desenvolvimento Autonomia 
A PSICOLOGIA APLICADA EM PORTUGAL 
-Psicologia Educacional 
-Psicologia ...
ψ Educacional 
•Nova Ideia de Educação: 
• Situações de intervenção: 
• Funções : 
•Público-alvo 
-Formação ao longo da vi...
ψ do Trabalho e das Organizações 
• FUNÇÕES 
Gerir mudanças: 
-grupais; 
-individuais; 
-organizacionais/empresas 
• ÁREAS...
ψ Orientação Vocacional e Profissional 
• A actividade do PSICÓLOGO envolve: 
• Funções 
• Intervenção 
Escolas 
Empresas ...
ψ Clínica 
• Funções do Psicólogo 
• Método 
Processo 
terapêutico; 
Abordagem 
Global/Total; 
Intersubjectivo; 
Testes de...
Ψ Criminal/Forense 
Funções do Psicólogo 
• Estudar o crime e seus protagonistas; 
• Compreender as relações complexas ent...
Ψ Criminal /Forense (Cont.) 
Relação Direito/Psicologia: 
Sistema de justiça. Situa-se na confluência entre o Direito e a ...
ψ Desportiva 
Funções 
- Compreender o comportamento e os processos mentais das 
pessoas e grupos envolvidos no desporto e...
Intervenção dos Psicólogos 
Técnicos de Intervenção 
Neurologistas; 
Psiquiatria; 
Psicanalistas; 
Psicólogos Clínicos 
Ps...
Novas Psicoterapias 
Prática Terapêuticas 
(Intervenção) 
Tipos de Psicoterapia 
(Psicanálise) 
Acção do 
terapeuta 
Inter...
Intervenção doPsicólogo 
Desenvolvimento Pessoal 
Melhor Adaptação 
(Agente de Mudança) 
Autonomia 
Primária Remediação 
P...
Saúde Mental 
PREVENÇÃO 
(Segundo Factores) 
SITUAÇÃO (Externos) COMPETÊNCIAS (Internos) 
[Factores de perturbação; [Estim...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Psicologia Aplicada

1.420 visualizações

Publicada em

Áreas de aplicação da Psicologia

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Psicologia Aplicada

  1. 1. A PSICOLOGIA APLICADA Desenvolvimento Autonomia A PSICOLOGIA APLICADA EM PORTUGAL -Psicologia Educacional -Psicologia do Trabalho -Orientação Profissional -Psicologia Clínica -Psicologia Criminal -Psicologia Desportiva Psicólogo Clínico Psiquiatra Psicanalista Psicoterapeuta INTERVENÇÃO Promoção ÁREAS TÉCNICOS DE SAÚDE MENTAL
  2. 2. ψ Educacional •Nova Ideia de Educação: • Situações de intervenção: • Funções : •Público-alvo -Formação ao longo da vida(todas as idades); -Formação contínua; -Diferentes contextos. • Creches • Instituições de reeducação • Internatos • Associações culturais • Universidades e … - Melhorar a aprendizagem (Processo/motivações/competências/desenvolvimento…) - Conhecer diferenças nos diferentes estádios - Avaliar competências - Apoiar educadores, professores e responsáveis pela educação e ensino… - Sugerir estratégias e métodos de estudo De qualquer: - Idade - Classe - Cultura
  3. 3. ψ do Trabalho e das Organizações • FUNÇÕES Gerir mudanças: -grupais; -individuais; -organizacionais/empresas • ÁREAS DE INTERVENÇÃO: • Pessoal -- (selecção/avaliação de desempenho/carreiras); • Trabalho -- ( homem/máquina/trabalho/saúde/segurança); • Organização -- (organigrama/motivação/satisfação/realização) • O PSICÓLOGO AVALIA: Indivíduo --------- personalidade, atitudes ,competências... Grupo ------------- estrutura, coesão, eficácia… Organização da Empresa - estrutura, poder, cultura, gestão
  4. 4. ψ Orientação Vocacional e Profissional • A actividade do PSICÓLOGO envolve: • Funções • Intervenção Escolas Empresas Consultórios Instituições Educativas Mediador Facilitador Individual - Sucesso Escolar; - Desenvolvimento; -Tomada de Decisão; - Apoio a Pais e Professores. • Avaliação/orientação/aconselhamento - • Orientação Escolar Teste de psicotécnicos Processo de Reflexão Autoconhecimento
  5. 5. ψ Clínica • Funções do Psicólogo • Método Processo terapêutico; Abordagem Global/Total; Intersubjectivo; Testes de personalidade • O psicólogo clínico é Compreender e apoiar; Acompanhar e aconselhar; • Situações em que se Aplica Estratega Amigo Confidente Conflito pessoal (perturbações/sofrimento/desajustamentos); Pequenos grupos (ex. famílias); Pessoa Singular;
  6. 6. Ψ Criminal/Forense Funções do Psicólogo • Estudar o crime e seus protagonistas; • Compreender as relações complexas entre comportamentos transgressores, as causas, os contextos e os efeitos na sociedade. comportamentos desviantes e comportamentos de transgressão (criminosos): Causas, mecanismos e efeitos sociais dos comportamentos desviantes e transgressores. Estudar e Compreender
  7. 7. Ψ Criminal /Forense (Cont.) Relação Direito/Psicologia: Sistema de justiça. Situa-se na confluência entre o Direito e a Psicologia Direito trata do dever ser (lícito e ilícito); Psicologia trata do ser do comportamento (normal e anormal) Competências do psicólogo: -Apoiar na selecção de técnicos e formação pessoal de Polícias, Guardas Prisionais -Fazer diagnóstico de reclusos que apresentem perturbações comportamentais e psicológicas; -Apoiar vítimas de violência doméstica, abusos sexuais, outras formas de coacção; -Participar com outros profissionais no diagnóstico da imputabilidade de um acusado; -Testemunhar em tribunal como especialista. O combate ao crime pelo Direito através de penas mais severas não traz a diminuição dos delitos, assim a Psicologia procura formas de abordagem e de actuação complementares
  8. 8. ψ Desportiva Funções - Compreender o comportamento e os processos mentais das pessoas e grupos envolvidos no desporto e exercício físico; - Intervir no sentido de optimizar o rendimento e o bem-estar físico e psíquico. Aspectos psicológicos do desporto: - motivação e - comunicação Tendo em vista - A competição e - O melhor rendimento Instituições e pessoas com quem trabalha o Psicólogo • Clubes, equipas desportivas, atletas; • Pessoas que praticam exercício físico por lazer; • Árbitros, juízes de linha…
  9. 9. Intervenção dos Psicólogos Técnicos de Intervenção Neurologistas; Psiquiatria; Psicanalistas; Psicólogos Clínicos Psicoterapeutas Sistema Nervoso (perturbações psíquicas) (Terapias): Depressões/Ansiedade/ /Esquizofrenia (perturbações e doenças mentais) Métodos de estudo e cura de Perturbações psíquicas Aconselhamento Personalidade Charlatães/Profissionais Base - Psicanálise Actuam sobre o comportamento Ecléticos nos modos de actuação Conflitos: Conjugais, no Trabalho e de Inserção
  10. 10. Novas Psicoterapias Prática Terapêuticas (Intervenção) Tipos de Psicoterapia (Psicanálise) Acção do terapeuta Intervenção Regularidade - Passivo - Activo - Individual - Grupo Breve Longa Humanistas Personalidade -Potencialidades pessoais - Conhecimento de si através dos Outros Sistémicas Contexto - Comunicação - Estrutura -Meio -Grupo Cognitivo Comportamentais (Alteração do Compor-tamento - Reaprendizagem) Behaviorismos + cognitivismo (Depressoes/fobias/ Obsessões,…)
  11. 11. Intervenção doPsicólogo Desenvolvimento Pessoal Melhor Adaptação (Agente de Mudança) Autonomia Primária Remediação Prevenção (Em Função dos Objectivos) (Diminuir a frequên cia do problema na comunidade) Secundária (Identificar precoce-mente problemas) Terciária (Inserção Social e Reabilitação) Distúrbios Comportamentais e (mentais) Promotor
  12. 12. Saúde Mental PREVENÇÃO (Segundo Factores) SITUAÇÃO (Externos) COMPETÊNCIAS (Internos) [Factores de perturbação; [Estimular capacidades e caracte- Situações Reais.] rísticas facilitadoras para ultra-passar problemas] Desenvolvimento Criação de Programas - (Novas Oportunidades!) PROMOÇÃO

×