Katitarevista

785 visualizações

Publicada em

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
785
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Katitarevista

  1. 1. Katita -
  2. 2. Agradecimentos André Fischer (Mix Brasil) Adriana (Acessórios Arco-íris) Adrianinha (ACIG) Douglas Drumond (Casarão Brasil) Edgard Guimarães (QI) Gisele Henriques Gualberto Costa e Dani (HQMix Livraria) Henrique Magalhães (Marca de Fantasia) Japa Humberto Yashima Pessoal do Impulso HQ Marli Porto Matheus Moura (Toka di Rato) Maurício (Pousada Porto X) Michele (Zine Brasil) Nina Lopes (Dykerama) Paco Llistó (Dykerama) Paulo Ramos (Blog dos Quadrinhos) Rogério (Casarão Brasil) Takeo e a todos que de alguma maneira divulgaram a Katita. - Katita
  3. 3. O preconceito é um dragão N ão basta resumir o preconceito como um conceito prévio e errôneo, a respeito do que não se conhece verdadeiramente. Ele não está presente apenas no âmbito sexual, racial ou religioso. Seus malefícios atingem todos os setores possíveis e o dia-a-dia está repleto de ações aparentemente inofensivas. A piadinha sobre a mulher ao volante, a brincadeira com a cor da pele do colega de trabalho e a associação de loira com falta de inteligência, também são atitudes preconceituosas, incluindo os constrangimentos causados ao obeso e apelidos dados aos nordestinos. Para suavizar abordagens de um tema tão pesado, como o preconceito aos homossexuais, Katita utiliza o humor. Ela está em paz com sua orientação sexual, desmistifica a visão da lésbica mal humorada e alfineta conceitos arcaicos, gerando riso e reflexão. Katita -
  4. 4. - Katita
  5. 5. Katita -
  6. 6. - Katita
  7. 7. Katita -
  8. 8. 10 - Katita
  9. 9. Katita - 11
  10. 10. 12 - Katita
  11. 11. Katita - 1
  12. 12. 1 - Katita
  13. 13. Katita - 1
  14. 14. 1 - Katita
  15. 15. Katita - 1
  16. 16. 1 - Katita
  17. 17. Katita - 1
  18. 18. 20 - Katita
  19. 19. Katita - 21
  20. 20. 22 - Katita
  21. 21. Katita - 2
  22. 22. 2 - Katita
  23. 23. Katita - 2
  24. 24. 2 - Katita
  25. 25. Curiosidades Anita e Ronaldo nunca se viram pessoalmente! Ela mora em São Paulo, capital; ele em Maranguape, Ceará. A parceira acontece via correio, internet e telefone. O filho de uma amiga da Anita, inspirou o nome da personagem. Quando começou a falar, o garotinho a chamava de Katita. Laudo Ferreira Jr. fez o desenho da personagem para registro. A criadora usava cabelo chanel e loiro, na época. Laudo utilizou isso para compor o visual da Katita. Para não vincular a personagem a partido político nem candidatura específica, foram recusadas propostas de utilizá-la em campanhas eleitorais. As tiras são desenhadas no formato pequeno, três por página tamanho A4. Isso fez com que Ronaldo se aprimorasse em desenhos miniaturizados. Katita - 2
  26. 26. Katita ensina 1. É um equívoco dizer homossexualismo pois o sufismo ismo é associado a doença, vício (alcoolismo, tabagismo etc.) 2. Não é correto dizer opção sexual. Não é opção. O termo adequado é orientação sexual: atração física e/ou emocional que uma pessoa sente pela outra. A orientação sexual se refere ao sexo da pessoa que elege- mos como objeto de desejo. 3. Homofobia Homo= igual Fobia= medo Termo utilizado para identificar medo, ódio, desprezo e aversão aos homossexuais. 2 - Katita
  27. 27. Katita: o preconceito é um dragão Quem já não conhece Anita Costa Prado e sua personagem Katita? No meio dos quadrinhos brasileiros, Anita conseguiu em pouco tempo não só tornar sua personagem uma referência obrigatória como conquistar um espaço de destaque, colecionando indicações e prêmios. A perseverança, o bom relacionamento com o público e a clareza de objetivos é o segredo do sucesso de Anita, além da temática inusual e a coerência da obra. A tudo isso, acrescente-se o marcante traço de Ronaldo Mendes, que dá uma bela representação à personagem. Pela Marca de Fantasia Anita lançou o álbum Katita: tiras sem preconceito, que se encontra na segunda edição. Com ele, estabeleceu uma boa rede de leitores, muito além do alcance de público da editora. Suas ações em eventos e contatos com a imprensa foram fundamentais para a difusão do álbum e da personagem, consolidando seu trabalho como um dos mais criativos e inovadores dos quadrinhos humorísticos brasileiros. O trabalho de Anita ressente-se de uma difusão ampla, que chegue ao grande público, que só o mercado editorial pode oferecer. A falta de visão dos editores brasileiros infelizmente tem relegado ao círculo de aficionados o que há de inovador em nossos quadrinhos. Henrique Magalhães Katita - 2
  28. 28. Katita: o preconceito é um dragão Anita Costa Prado Ronaldo Mendes 2010 - Série Corisco - 7 MARCA DE FANTASIA Av. Maria Elizabeth, /0 0-10 João Pessoa, PB editora@marcadefantasia.com www.marcadefantasia.com A editora Marca de Fantasia é uma atividade do Grupo Artesanal - CNPJ 01/0001- e um projeto do Namid - Núcelo de Artes Midiáticas do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPB Diretor: Henrique Magalhães Conselho Editorial: Edgar Franco - Pós-Graduação em Cultura Visual (FAV/UFG) Edgard Guimarães - Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA/SP) Elydio dos Santos Neto - Pós-Graduação em Educação da UMESP Marcos Nicolau - Pós-Graduação em Comunicação da UFPB Roberto Elísio dos Santos - Mestrado em Comunicação da USCS/SP Wellington Pereira - Pós-Graduação em Comunicação da UFPB Pk Prado, Anita Costa. Katita: o preconceito é um dragão / Anita Costa Prado. - João Pessoa: Marca de Fantasia, 2010. p.: il (Série Corisco, ) ISBN --- 1. História em quadrinhos 2. Comunicação de massa . Homossexualidade I. Mendes, Ronaldo CDU: 1. 0 - Katita

×