Arte visual, fotografia

910 visualizações

Publicada em

A Poesia e a imagem, como a arte contemporânea une as poéticas visuais e as tecnologias digitais, com base em processos históricos das artes visuais.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
910
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte visual, fotografia

  1. 1. ARTE VISUAL, FOTOGRAFIA linguagens contemporâneasCONCRETISMO<POEMA PROCESSO<ARTE POSTAL<POESIA VISUAL<FOTOGRAFIA< Rabascal Paris-FrançaProf. Henrique José – 2009 – Natal RN
  2. 2. CONCRETISMO< Ao trabalhar de forma integrada o som, a visualidade e o sentido das palavras, a poesia concreta propõe novos modos de fazer poesia, visando a uma ‘arte geral da palavra’. A expressão joyceana verbivocovisual sintetiza essa proposta que, desde os anos 1950, foi colocada em prática pelos poetas Augusto de Campos, Décio Pignatari, Haroldo de Campos, José Lino Grünewald e Ronaldo Azeredo, desdobrando-se até hoje, ao longo de mais de cinco décadas de produção em suportes e meios técnicos diversos – livro, revista, jornal, cartaz, objeto, lp, cd, videotexto, holografia, vídeo, internet. Os poetas concretos estabeleceram, desde o início, ligações entre a sua produção, a música contemporânea, as artes visuais e o design de linhagem construtivista. Reprocessaram elementos dessas artes em seus poemas e mantiveram extensa colaboração com artistas e designers, compositores e intérpretes, seja na esfera da música erudita,seja na da música popular, sem falar de outros poetas e críticos, tanto do Brasil quanto do exterior. www.poesiaconcreta.com.br
  3. 3. CONCRETISMO<Ronaldo Azeredo
  4. 4. CONCRETISMO<Décio Pignatari
  5. 5. CONCRETISMO<HAROLDO DE CAMPOS
  6. 6. POEMA PROCESSO< "Poema/processo é aquele que, a cada nova experiência, inaugura processosinformacionais. Essa informação pode ser estética ou não: o importante é que seja funcional e, portanto, consumida. O poema resolve-se por si mesmo, desencadeando-se (projeto), não necessitando de interpretação para a sua justificação." Wlademir Dias-Pino
  7. 7. POEMA PROCESSO<A Marca do logotipo brasileiro Wlademir Dias-Pino
  8. 8. POEMA PROCESSO< Falves Silva RNMuito mais que poesia, o poema/processo foi um movimento que batia de frentecom o pré-concebido em 1967. "O poema/processo só se concretiza no momentoem que o leitor faz uma versão dele. A idéia é transformar o leitor em poeta. Não éinspiração e sim transpiração", explica Falves Silva. o poema/processo é originadode um poema conhecido por matriz. Uma pessoa cria um poema que, de certaforma, está incompleto. Para que ele efetivamente assuma a posição de processo,é preciso que outra pessoa o interprete e intervenha em cima da matriz.Com isso, os poetas/processo queriam quebrar a idéia de que a poesia erasimplesmente para se observar, uma coisa não-participativa.
  9. 9. Poemics (1967-91), de POEMA PROCESSO<ALVARO DE SÁVersões 2008 http://poemaprocesso67.blogspot.com/
  10. 10. MAYNAND SOBRAL: HOMENAGEM AO POEMA PROCESSO POEMA PROCESSO< wwwlambuja.blogspot.com/2007/12/poema-processo_16.html
  11. 11. POEMA PROCESSO< Anchieta Fernandes RN
  12. 12. ARTE POSTAL< mail art< Essa tal arte postalA troca pelos correios sobreviveFenômeno das artes visuais entre as décadas de 1970 e 1980, a arte postalparece resistir aos novos meios de comunicação.Os mais ousados artepostalistas são radicais ao afirmar que a arte postal nãose conceitua, mas se vivencia, se pratica, como um jogo. Como funciona essejogo? Segundo Bené Fonteles, os artistas de todo o mundo trocam criaçõesentre si através do correio, trabalhando desde o envelope, onde se fazcolagem, se escreve, colam-se fotos e, tudo junto, com endereçamento e selo,ganha uma função estética bastante viva. Assim, a arte adquire uma linguagemcrítica e atualíssima; um processo mais que estético-visual-conceitual cumpreum círculo de revelações humanas – importante entre a incompreensão demuitos. Para o belga Guy Bleus, arpostalista e expert no assunto com inúmerosartigos publicados, a conceituação da arte postal é uma questão complexa,uma vez que remete a diferentes sentidos, como um produto, um processo,uma estrutura ou um meio artístico. É uma forma de arte multilateral. www.netprocesso.art.br/oktiva.net/1321/nota/16532
  13. 13. ARTE POSTAL< mail art< http://arte-postal.blogspot.com/
  14. 14. ARTE POSTAL< mail art<Paulo Bruscky andSantiago, "Invitation to the IIInternational Exhibition ofMail Art" (Brazil, 1976).www.thing.net/~grist/l&d/lighthom.htm
  15. 15. Imagens da Galeria de Arte - Unicamp ARTE POSTAL< mail art< www.trilhas.iar.unicamp.br/artepostal/artepostal.htm
  16. 16. ARTE POSTAL< mail art<http://tocadoloboartepostal.blogspot.com/2009/04/chegou-belo-presente-da-amiga-helene.html
  17. 17. Comunicação sem fronteira POESIA VISUAL< A PRIMEIRA LEITURA QUE FAZEMOS DO MUNDO, PARA O QUAL CHEGAMOS, É A DO UNIVERSO DAS IMAGENS. VER É UM PROCESSO NATURAL, LER É UM APRENDIZADO FORMAL. Herbert Lago Brasília/Brasil"O Poema Visual utiliza, com rara felicidade, a combinação dos signos verbaiscom a expressividade da linguagem icônica. Assim os dois códigos, o digital eo icônico, se combinam à perfeição para traduzir imagens poéticas e juizoscríticos". www.tanto.com.br/opoemavisual.htm
  18. 18. POESIA VISUAL<CLEMENTE PADIN (Uruguai) Ademir Assunção. Tupigrafia 8: Capa projectada por Felipe Taborda
  19. 19. POESIA VISUAL< Õ BLÉSQ BLOM - 1989Projeto gráfico e capa para o LP/CD “Õ Blésq Blom”, dos Titãs www.arnaldoantunes.com.br Arnaldo Antunes - SP
  20. 20. POESIA VISUAL<Colagens deLUIZ ROSEMBERG FILHO (1997)
  21. 21. Avelino de Araujo RN POESIA VISUAL< www.avelinodearaujo.hpg.ig.com.br/
  22. 22. Avelino de Araujo RN POESIA VISUAL< www.avelinodearaujo.hpg.ig.com.br/
  23. 23. Rui Lebreiro FOTOGRAFIA<
  24. 24. FOTOGRAFIA<Adolfo Montejo Navas
  25. 25. FOTOGRAFIA<Foto: Álvaro Pereira Gomes.
  26. 26. FOTOGRAFIA<www.germinaliteratura.com.br/jose_aloise_bahia_poesia_visual.htm
  27. 27. onde está wally? FOTOGRAFIA<A designer canadense, Melanie Coles, criou um jogo viral inspirado em "onde está wally?" para o seu projetode graduação pela Emily Carr Institute of Art Design and Media. www.melaniecoles.com
  28. 28. FOTOGRAFIA<fotógrafo RarindraPrakarsa, Jakarta(Indonésia )http//photo.net/photos/rarindra
  29. 29. FOTOGRAFIA<fotógrafo Rarindra Prakarsa, Jakarta (Indonésia ) http//photo.net/photos/rarindra
  30. 30. FOTOGRAFIA<José d Almeida & Maria Flores
  31. 31. FOTOGRAFIA<José d Almeida & Maria Flores
  32. 32. ARTE DIGITAL<Arte digital ou Arte de computador é aquela produzida em ambiente gráfico computacional. Utiliza-se deprocessos digitais e virtuais. Inclui experiências com net arte, web arte, vídeo-arte, etc. Tem o objetivo de darvida virtual as coisas e mostrar que a arte não é feita só a mão. Existem diversas categorias de arte digitaltais como pintura digital, gravura digital, programas de modelação 3D, edição de fotografias e imagens,animação, entre outros.
  33. 33. Kazuhiko Nakamura - Automaton ARTE DIGITAL<
  34. 34. OUTROS LINKS<www.netprocesso.art.br/www.antoniomiranda.com.brhttp://gramatologia.blogspot.com www.nac.ufrn.br/museu%20virtual/INDEX.htmwww2.uol.com.br/haroldodecampos www.poemavisual.com.br http://blog.giofugatype.com/ http://br.olhares.com/www.h6.dion.ne.jp/~m.mirage/home.html

×