SlideShare uma empresa Scribd logo

MAPA SAUDE - Copia (6) - Copia - Copia.pdf

QUESTÃO 1 O diagnóstico das infecções bacterianas pode ser feito por métodos presuntivos, por meio da microscopia, ou por métodos definitivos, como o isolamento e a identificação da bactéria utilizando culturas em meios artificiais. A microscopia pela coloração de Gram é o método mais comumente utilizado para a observação direta de microrganismos nas amostras clínicas, podendo fornecer um resultado presuntivo e rápido do agente infeccioso. Essa técnica é simples, rápida e tem capacidade de resolução, permitindo o correto diagnóstico em cerca de 80% dos pacientes em caráter de pronto atendimento em nível local, permitindo ao médico a utilização de tratamentos precoce e empírico do paciente antes do diagnóstico final da doença. O método consiste em tratar sucessivamente um esfregaço bacteriano, fixado pelo calor, com os reagentes cristal violeta, lugol, álcool-acetona e fucsina. Considerando as diferenças estruturais na morfologia das bactérias, responda os itens a seguir: a) DESCREVA, com suas palavras, a composição e a função da parede celular bacteriana. b) CITE a(s) diferença(s) entre a parede celular das bactérias Gram-positivas e Gramnegativas. c) POR QUE ocorre a diferença de coloração entre as bactérias Gram-positivas e Gramnegativas e qual coloração elas terão na visualização ao microscópio após a coloração?

1 de 2
Baixar para ler offline
Olá, estudante! Somos da D&H assessoria acadêmica e
iremos te ajudar nessa atividade!
Entre em contato através:
Whatsapp: (88) 9 9376-8255
ou
instagram: @trabalhosacademicosdh
QUESTÃO 1
O diagnóstico das infecções bacterianas pode ser feito por métodos presuntivos,
por meio da microscopia, ou por métodos definitivos, como o isolamento e a
identificação da bactéria utilizando culturas em meios artificiais. A microscopia pela
coloração de Gram é o método mais comumente utilizado para a observação direta
de microrganismos nas amostras clínicas, podendo fornecer um resultado
presuntivo e rápido do agente infeccioso. Essa técnica é simples, rápida e tem
capacidade de resolução, permitindo o correto diagnóstico em cerca de 80% dos
pacientes em caráter de pronto atendimento em nível local, permitindo ao médico a
utilização de tratamentos precoce e empírico do paciente antes do diagnóstico final
da doença. O método consiste em tratar sucessivamente um esfregaço bacteriano,
fixado pelo calor, com os reagentes cristal violeta, lugol, álcool-acetona e fucsina.
Considerando as diferenças estruturais na morfologia das bactérias, responda os
itens a seguir:
a) DESCREVA, com suas palavras, a composição e a função da parede celular
bacteriana.
b) CITE a(s) diferença(s) entre a parede celular das bactérias Gram-positivas e
Gramnegativas.
c) POR QUE ocorre a diferença de coloração entre as bactérias Gram-positivas e
Gramnegativas e qual coloração elas terão na visualização ao microscópio após
a coloração?
Anúncio

Mais conteúdo relacionado

Mais de D&H ASSESSORIA ACADÊMICA

TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
Questão Complementar de Saúde Coletiva I.pdf
Questão Complementar de Saúde Coletiva I.pdfQuestão Complementar de Saúde Coletiva I.pdf
Questão Complementar de Saúde Coletiva I.pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO.pdf
REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE  CURSO.pdfREGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE  CURSO.pdf
REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO.pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 
Relatório prática - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdf
Relatório prática -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdfRelatório prática -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdf
Relatório prática - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdfD&H ASSESSORIA ACADÊMICA
 

Mais de D&H ASSESSORIA ACADÊMICA (20)

TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (5).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (5).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (5).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (5).pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (6).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (6).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (6).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (6).pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (4).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (4).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (4).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (4).pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (1).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (1).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (1).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL (1).pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (14).pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (21) - Copia.pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL.pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL.pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (3).pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia.pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia (19) - Copia.pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (4).pdf
 
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdfTEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdf
TEMOS ESSE TRABALHO DISPONIVEL - Copia - Copia (3).pdf
 
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdfPROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
 
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdfPROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
 
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdfPROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
 
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdfPROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
PROJETO DE INTERVENÇÃO.pdf
 
Questão Complementar de Saúde Coletiva I.pdf
Questão Complementar de Saúde Coletiva I.pdfQuestão Complementar de Saúde Coletiva I.pdf
Questão Complementar de Saúde Coletiva I.pdf
 
PROJETO DE PESQUISA.pdf
PROJETO DE PESQUISA.pdfPROJETO DE PESQUISA.pdf
PROJETO DE PESQUISA.pdf
 
REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO.pdf
REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE  CURSO.pdfREGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE  CURSO.pdf
REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO.pdf
 
Relatório prática - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdf
Relatório prática -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdfRelatório prática -  MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdf
Relatório prática - MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA.pdf
 

Último

ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024Unicesumar
 
LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...
LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...
LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...leitev350
 
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...AaAssessoriadll
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024dlkauana81
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...pauladiasuni
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamentoUnicesumar
 
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...AssessoriaDl1
 
Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...
Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...
Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...pauladiasuni
 

Último (9)

ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...
LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...
LOGÍSTICA REVERSA DA NATURA COSMÉTICOS S.A. Com o objetivo de se tornar uma d...
 
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - BIOLOGIA E BIOQUÍMICA HUMANA - 51/2024
 
DH ASSESSORIA ACADEMICA 202444 (12).pdf
DH ASSESSORIA ACADEMICA  202444 (12).pdfDH ASSESSORIA ACADEMICA  202444 (12).pdf
DH ASSESSORIA ACADEMICA 202444 (12).pdf
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento
 
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
As relações entre empregador e empregado passaram por diversas transformações...
 
Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...
Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...
Teoria Burocrática e sua Aplicação nas Empresas Modernas A teoria burocrática...
 

MAPA SAUDE - Copia (6) - Copia - Copia.pdf

  • 1. Olá, estudante! Somos da D&H assessoria acadêmica e iremos te ajudar nessa atividade! Entre em contato através: Whatsapp: (88) 9 9376-8255 ou instagram: @trabalhosacademicosdh QUESTÃO 1 O diagnóstico das infecções bacterianas pode ser feito por métodos presuntivos, por meio da microscopia, ou por métodos definitivos, como o isolamento e a identificação da bactéria utilizando culturas em meios artificiais. A microscopia pela coloração de Gram é o método mais comumente utilizado para a observação direta de microrganismos nas amostras clínicas, podendo fornecer um resultado presuntivo e rápido do agente infeccioso. Essa técnica é simples, rápida e tem capacidade de resolução, permitindo o correto diagnóstico em cerca de 80% dos pacientes em caráter de pronto atendimento em nível local, permitindo ao médico a utilização de tratamentos precoce e empírico do paciente antes do diagnóstico final da doença. O método consiste em tratar sucessivamente um esfregaço bacteriano, fixado pelo calor, com os reagentes cristal violeta, lugol, álcool-acetona e fucsina.
  • 2. Considerando as diferenças estruturais na morfologia das bactérias, responda os itens a seguir: a) DESCREVA, com suas palavras, a composição e a função da parede celular bacteriana. b) CITE a(s) diferença(s) entre a parede celular das bactérias Gram-positivas e Gramnegativas. c) POR QUE ocorre a diferença de coloração entre as bactérias Gram-positivas e Gramnegativas e qual coloração elas terão na visualização ao microscópio após a coloração?