Qual a Diferença entre Procurement e Compras?

22.569 visualizações

Publicada em

Os termos "Compras" e "Procurement" são amplamente utilizados, incorretamente, alternadamente, mas não deliberadamente. "Compras" é na realidade um subconjunto dentro do conjunto de “Procurement”.

Publicada em: Negócios
3 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.569
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
89
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
3
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Qual a Diferença entre Procurement e Compras?

  1. 1. diferença significativa, “Compras” que apenas reflete o ato de aquisição, enquanto o "Procurement" engloba mais elementos da cadeia de suprimentos e dispõe de várias ferramentas para suporte. Para definir amplamente, "Procurement" é a função primordial, que descreve as atividades e os processos de aquisição de produtos e serviços por pessoa jurídica de direito público ou privado de acordo com critérios preestabelecidos. Importante, e distinto de "Compras", "Procurement" envolve as atividades executadas conforme fundamentos e diretivas preestabelecidas, as quais se iniciam em estratégia até chegar maduras para a tática, tais como: pesquisa de mercado (inteligência), avaliação de fornecedores (auditorias e KPIs), e negociação de contratos (cost models), entre outras, inclusive as atividades de "Compras" necessárias para encomendar e receber bens. Radicalmente, pode-se mesmo até considerar "Compras" ser a versão pobre do "Procurement". O termo "Compras" refere- se ao processo de encomenda e recepção de produtos ou matéria prima de outra localidade geográfica ou de outra empresa, compreendendo a colocação do pedido, a aprovação, a criação de um registro de ordem de compra e o de recepção. OUT 2013 Helio Ernesto Setti Jr Purchasing - Procurement - Foreign Trade Management & Supply Chain Lead Auditor (Career Transition) Administrador de empresas, com habilitação em Comércio Exterior, possui mais de 22 anos de experiência em gestão de temas em Supply Chain para altos gastos e suas fontes de abastecimento estratégico em grandes multinacionais. Possui histórico consistente em práticas e otimização de processos para promover qualidade, melhoria contínua e negociação direcionada para obtenção de forte redução de custos. 1Qual a Diferença entre Procurement e Compras? Os termos "Compras" e "Procurement" são amplamente utilizados, incorretamente, alternadamente, mas não deliberadamente. No sentido minimalista, há uma © 2013 All Rights Reserved
  2. 2. Na profundidade de “Procurement”, ele vai além do domínio dos elementos do Supply Chain tradicional, o qual implica em uma arquitetura sequencial, enquanto, na realidade, o processo de “Procurement” envolve a sincronização dos stakeholders internos com os stakeholders externos. Este paralelo convergente se faz muito importante para que os profissionais de compras envolvidos possam expandir sua área de pensamentos e práticas, inclusive assimilando filosofias relativas a outras áreas, por exemplo, as de Finanças. A importância deste ponto de vista pode ser demonstrada quando lembramos que um grande percentual dos savings declarados por Procurement ainda não são aceitos por Finanças, e interpretados por meros cost avoidances. "Compras" é na realidade um subconjunto dentro do conjunto de “Procurement”. Reflita na seguinte equação: Compras + Estratégia = Strategic Sourcing = Essência do Procurement, ou seja, Procurement – Estratégia = Compras. Exposição ativa em projetos corporativos de caráter global, divisional e regional, e alta performance na construção de relacionamentos concretos para parceria de longo prazo. Possui sólida experiência em importação e exportação bem como regulamentos aduaneiros e de transporte internacional. Desde 2008, além de suas funções em Procurement, foi gestor de um time de 20 auditores de Supply Chain em vários países de América Latina, reportando ao Time Global de Auditoria toda a execução do Plano Anual de Gerenciamento de Riscos em Fornecedores. Recebeu um total de nove Prêmios Corporativos em sua carreira profissional. 2 Qual a Diferença entre Procurement e Compras? © 2013 All Rights Reserved
  3. 3. Por fim, migrar para um modelo de “Procurement” não é mandatório, pois o modo como uma organização encara o papel de seu departamento de compras difere de uma empresa para outra, baseado em sua história e cultura empreendedora. Isso indica que algumas empresas limitariam seu executivo de “Procurement” entre um papel funcional estritamente (e extremamente) definido versus ser um contribuinte estratégico. Aqui também poderá haver uma “marcha da insensatez” caso o paradigma do conservadorismo não possa ser quebrado em todos os níveis e stakeholders. Este equívoco resultaria em consequências realmente catastróficas. Helio Ernesto Setti Jr helio_setti@opportunities2U4Life.com.br http://opportunities2u4life.com.br/ Conheça mais em seu perfil no link abaixo: Qual a Diferença entre Procurement e Compras? 3 © 2013 All Rights Reserved

×