Escritos Profissionais

810 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
810
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escritos Profissionais

  1. 1. LABORATÓRIO SOCIAL II Doutora Helena Neves AlmeidaESCRITOS PROFISSIONAIS: DESAFIOS ÉTICO- POLÍTICOS E CONSTRUÇÕES CRIATIVAS ESCRITA E(M) ACÇÃO E A (IN)VISIBILIDADE DE COMPETÊNCIAS Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 2 (2008) Helena Neves Almeida 1
  2. 2. ESCRITA E(M) ACÇÃO ESCREVER É AGIRCONSTITUI UM ACTO: INTERVEM SOBRE O MUNDO MODIFICA QUALQUER COISA DA REALIDADE EXTERIOR TRANSFORMA O OLHAR SOBRE OS OUTROS E AS SITUAÇÕES Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 3 (2008) Helena Neves AlmeidaO ACTO DE ESCREVER CONSTITUI UMA DIMENSÃO INCONTORNÁVEL DA INTERVENÇÃO SOCIAL.FAZ PARTE DELA Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 4 (2008) Helena Neves Almeida 2
  3. 3. OUTRAS DIMENSÕES UTENTEOS SABERES E INTERVENÇÃO SOCIAL CONTEXTO (S)COMPETÊNCIAS ESCRITOS Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 5 (2008) Helena Neves Almeida O QUE É UM ESCRITO PROFISSIONAL? ABORDAGENS: 1 – INSTRUMENTOS DE REGISTO DE DADOS – CONSTITUIÇÃO DO PROCESSO SOCIAL - Confusão entre técnicas e formas de registo - Registos standard – rotinas profissionais - Procedimentos institucionais – Relatórios,… Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 6 (2008) Helena Neves Almeida 3
  4. 4. O QUE É UM ESCRITOPROFISSIONAL?ABORDAGENS:2 – DOCUMENTOS CONSTRUÍDOS DURANTE O PROCESSO INTERVENTIVO- Requerimentos- Pareceres- Relatórios individuais de acompanhamento e reabilitação social (Relatórios de avaliação) Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 7 (2008) Helena Neves AlmeidaO QUE É UM ESCRITOPROFISSIONAL?ABORDAGENS:3 – DOCUMENTOS AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO- Genogramas- Mapas de Rede- Ecomapas- Mapas de Avaliação SWOT Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 8 (2008) Helena Neves Almeida 4
  5. 5. O QUE É UM ESCRITOPROFISSIONAL?ABORDAGENS:4 – DOCUMENTOS DESCRITIVOS E REFLEXIVOS SOBRE CONTEXTOS E PRÁTICAS PROFISSIONAIS- Artigos- Conferências- Seminários Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 9 (2008) Helena Neves AlmeidaO QUE É UM ESCRITOPROFISSIONAL?ABORDAGENS:5 – DOCUMENTOS DE GARANTIA DOS DIREITOS E DEVERES DOS UTENTES- Brochuras (Acolhimento)- Regulamentos- Contratos- …. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 10 (2008) Helena Neves Almeida 5
  6. 6. O QUE É UM ESCRITOPROFISSIONAL?ABORDAGENS:6 – DOCUMENTOS PROSPECTIVOS- Planos de desenvolvimento / Reorganização institucional- Projectos e Programas de Actividades Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 11 (2008) Helena Neves AlmeidaO QUE É UM ESCRITOPROFISSIONAL? TODA A ESCRITA RELACIONADA COM O UTENTE DE UMA INSTITUIÇÃO OU SERVIÇO REDIGIDA POR PROFISSIONAIS NO EXERCÍCO ou DECORRENTE DAS SUAS FUNÇÕES(EJZENBERG, Ermitas (2007). Les Écrits Professionnels dans le secteur social et medico-social, Paris: Vuibert) Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 12 (2008) Helena Neves Almeida 6
  7. 7. O UTENTE E OS TRABALHADORES SOCIAIS QUE O ACOMPANHAM CONSTITUEM OS ELEMENTOS CENTRAIS DO PROCESSO DE ESCRITA UTENTE ESCRITA PROFISSIONAL PROFISSIONAIS Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 13 (2008) Helena Neves AlmeidaEscrever no contexto profissionalconstitui uma forma de agir namedida em que modifica apercepção da realidade, transformao olhar que temos sobre os sereshumanos e as situações, emolhares, amplia a perspectiva doseu enquadramento. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 14 (2008) Helena Neves Almeida 7
  8. 8. “OS DOCUMENTOS ESCRITOSREQUEREM UM ACRÉSCIMO DEVIGILÂNCIA E DE RESPEITO PELASPESSOAS A QUE SE REFEREM (…). ELESCONTRIBUEM PARA INFLECTIR ASTRAJECTÓRIAS DE VIDA E MODIFICAM OCURSO DOS ACONTECIMENTOS”(EJZENBERG, 2007:7) Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 15 (2008) Helena Neves AlmeidaSE O TERMO CLIENTE EVOCA A IDEIA DEFIDELIZAÇÃO AO SERVIÇO ECONSEQUENTEMENTE SE ASSOCIA À NOÇÃODE DEPENDÊNCIA, O TERMO UTENTE PODERÁEVOCA UMA IDEIA DE PASSIVIDADE,DESIGNANDO SIMPLESMENTE O INDIVÍDUO QUEUTILIZA O SERVIÇO.ELE TEM DE SER ENTENDIDO COMO UTENTE-CIDADÃO, E NESTE CONTEXTO AS EXIGÊNCIASDE QUALIDADE, EM MATÉRIA DE SERVIÇOPRESTADO E DE ESCRITA, SÃO CADA VEZ MAISIMPORTANTES. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 16 (2008) Helena Neves Almeida 8
  9. 9. O UTENTE É UM ACTOR SITUADO NO CENTRO DOSERVIÇO OU MEDIDA QUE O APOIASERVIÇ POR ISSO, NO QUE RESPEITA AOS ESCRITOS PROFISSIONAIS, TRATA-SE DE “ESCREVER COM O OUTRO” E “NÃO SOBRE O OUTRO”. TODO O DOCUMENTO PRODUZIDO NO CONTEXTO DE UMA INSTITUIÇÃO OU SERVIÇO DEVE SER CONCEBIDO COMO UMA CO-CONSTRUÇÃO, MAIOR OU MENOR, SEGUNDO AS SITUAÇÕES OU AS PESSOAS. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 17 (2008) Helena Neves Almeida PARA LÁ DO DIREITO DAS PESSOAS (QUE ENQUADRA TODOS OS ESCRITOS) ESTÁ EM JOGO O POSICIONAMENTO ÉTICO, INCONTORNÁVEL, NO SECTOR SOCIAL QUE ESCAPA À LÓGICA DO MERCADO. ELE CONSTITUI A ESSENCIA DO TRABALHO SOCIAL. A PROCURA DE SENTIDO ALIMENTA O QUESTIONAMENTO E RENOVA-O Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 18 (2008) Helena Neves Almeida 9
  10. 10. A PROCURA DE SENTIDO ALIMENTA OQUESTIONAMENTO E RENOVA-O POR ISSO O ASSISTENTE SOCIAL FORMULA PERGUNTAS, INDAGA, ENTRA EM CONTACTO COM OUTROS PROFISSIONAIS, COM OUTROS SERVIÇOS, COM COLEGAS. NÃO O FAZ POR MERA CURIOSIDADE. FÁ-LO PORQUE NECESSITA DE DAR SENTIDO AO CONHECIMENTO QUE TEM DA SITUAÇÃO, DO SUJEITO, NECESSITA DE CONQUISTAR CONHECIMENTO PARA AGIR. TRANFORMA-SE EM AGENTE DE PROCURA. CONVERSA, PESQUISA, ESCREVE E AGE. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 19 (2008) Helena Neves Almeida E NESTE PROCESSO É O SUJEITO (INDIVÍDUO, FAMILIA,…) QUE OCUPA O LUGAR CENTRAL. ISTO SUPÕE QUE AQUELE QUE ESCREVE ASSUMA A SUA PRÓPRIA SUBJECTIVIDADE E ACEITE A DIMINUIÇÃO DE PODER SOBRE O OUTRO. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 20 (2008) Helena Neves Almeida 10
  11. 11. ESCRITA E(M) ACÇÃO E A (IN)VISIBILIDADE DE COMPETÊNCIAS O conceito de competência não é novo, mas adquire visibilidade na modernidade, marcada pelo progresso tecnológico e científico e as qualificações necessárias para fazer face a estas mutações que se repercutem na sociedade: - Na área educacional/formação - Na área do trabalho/prática profissional Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 21 (2008) Helena Neves Almeida Competência ProfissionalO’HAGAN, Kieran (1996), Competence in Social Work: a Practical Guide for Professionals, London, Jessica Kingsley Publishers ltd., 1-24. “A COMPETÊNCIA PROFISSIONAL É A DEMONSTRAÇÃO DE CONHECIMENTOS, CAPACIDADES E VALORES NO TRABALHO, DENTRO DOS PARÂMETROS ACORDADOS”(O’Hagen,1996:5) ANÁLISE CRÍTICA E REFLEXÃO – UMA PRÁTICA COMPETENTE Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 22 (2008) Helena Neves Almeida 11
  12. 12. Competência: análise conceptual O termo competência exprime-se actualmente em termo de: SABER, SABER FAZER e SABER SER A competência não é um estado ou um conhecimento possuído, ela não se traduz nem em saber nem em saber fazer. Ela não é assimilável a algo que se adquire com a formação. Possuir conhecimentos ou capacidade, não significa ser competente. Muitas vezes, pessoas que possuem conhecimentos ou capacidades não sabem mobilizá-los ou utilizá-los de forma pertinente e no momento oportuno de uma dada situação. A COMPETÊNCIA NÃO RESIDE NOS RECURSOS (CONHECIMENTOS E CAPACIDADES), MAS NA MOBILIZAÇÃO DESSES RECURSOS. BOTERF, G. (1995), De la Competence, Paris: Les editions d’organization. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 23 (2008) Helena Neves Almeida Competências Profissionais Competências interpessoais Competências de avaliação Competências de escrita Competências de organização do trabalho (conhecimento da lei, conhecimento dos recursos locais, conhecimento do comportamento humano)Davis (1995) Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 24 (2008) Helena Neves Almeida 12
  13. 13. Competências Profissionais do Assistente SocialESPECIFICIDADE DO SABER TEÓRICO FORMAÇÃO DE BASE ACADÉMICASABER FAZER RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM CONTEXTOS DETERMINADOSPROGRESSÃO NO CONHECIMENTO FORMAÇÃO CONTINUADASABER SER PRÁTICA REFLECTIDA (DIMENSÃO ÉTICA DA PROFISSÃO) Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 25 (2008) Helena Neves AlmeidaPODERÁ A ESCRITA ESTAR ASSOCIADA À (IN)VISIBILIDADE DAS COMPETÊNCIAS ? Saberes e Competências operacionalizadas no decurso da intervenção / mediação: estudo e análise argumentação e negociação trabalho em equipa e trabalho em rede planeamento e avaliação Almeida, H. (2001: 240) Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 26 (2008) Helena Neves Almeida 13
  14. 14. A ESCRITA DÁ (in)VISIBILIDADE AOS SABERES E (in)COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS. ELA INTEGRA FACTOS – ANÁLISES - PREVISÕES Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 27 (2008) Helena Neves AlmeidaOS FACTOS A DESCRIÇÃO DOS FACTOS REENVIAM- NOS PARA A PERCEPÇÃO HUMANA DE DADOS EXTERIORES QUE SÃO CAPTADOS PELOS SENTIDOS. POR ISSO, É NECESSÁRIO ESTAR ATENTO AO CIRCULO QUE SE ESTABELECE ENTRE SUBJECTIVIDADE E OBJECTIVIDADE, DE FORMA A EVITAR MAL ENTENDIDOS, LACUNAS DE INFORMAÇÃO, JUIZOS DE VALOR,… Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 28 (2008) Helena Neves Almeida 14
  15. 15. A PERCEPÇÃO DA REALIDADE É SEMPREO REENCONTRO ENTRE UMA REALIDADEEXTERIOR E UM SUJEITO IMPLICADO. ÉNECESSÁRIO CAPTAR A REALIDADE DOUTENTE, INDAGANDO A SUAOBJECTIVAÇÃO, ISTO É, O QUECONSTITUI UM FACTO OBJECTIVO, MASTAMBÉM A FORMA COMO O UTENTE AESTÁ A VIVENCIAR. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 29 (2008) Helena Neves AlmeidaDESCREVER FACTOSUSAR INFORMAÇÃO RIGOROSA,OBJECTIVA, PRECISA,SELECCIONAR INFORMAÇÃO,EVITAR ALUSÕES E PROPÓSITOS POUCOEXPLÍCITOS,UTILIZAR PALAVRAS SIMPLES,ACESSIVEIS E SEM AMBIGUIDADE.SITUAR NO CONTEXTO ESPACIAL ETEMPORALESPECIFICAR AS CIRCUNSTANCIAS Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 30 (2008) Helena Neves Almeida 15
  16. 16. ANÁLISES A ANÁLISE É O TRATAMENTO INTELECTUAL DOS FACTOS A ANÁLISE OFERECE UMA VISÃO SIMULTANEAMENTE SUBJECTIVA, RELATIVA E TEMPORAL A ANÁLISE É UMA PROCURA DE SENTIDO A ANÁLISE APOIA-SE NOS LAÇOS QUE O PROFISSIONAL ESTABELECE ENTRE OS FACTOS RELEVANTES, MAS TAMBÉM SOBRE OS CONCEITOS QUE CONSTITUEM PRECIOSOS APOIOS PARA DAR SENTIDO À REALIDADE. Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 31 (2008) Helena Neves AlmeidaPREVISÕESAS PREVISÕES TOMAM A FORMA DEPROJECTOS E CONTRATOS, E APOIAM-SENUMA DUPLA COMPETÊNCIA: SER IMAGINATIVOE REALISTAA IMAGINAÇÃO, QUE PERMITE CONSTRUIRVALORES É UM IDEAL, GUIA A ACÇÃO.A IMAGINAÇÃO NÃO EXCLUIU A PRECISÃO, ACOERENCIA, A CONTEXTUALIZAÇÃO E AARGUMENTAÇÃO Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 32 (2008) Helena Neves Almeida 16
  17. 17. É URGENTE IMPLICAR A CONSULTA SISTEMÁTICA DOS UTENTES PASSAR DO “FAZER” AO “FAZER COM” RESTAURAR A POSIÇÃO DOS UTENTES COMO CIDADÃOS DIGNOS DE CONSIDERAÇÃO TORNAR VISIVEL PRATICAS DE VALORIZAÇÃO DE AUTONOMIA E DE CONSTRUÇÃO DE COMPETÊNCIAS IMPLEMENTAR O CONCEITO DE MELHOR QUALIDADE DOS SERVIÇOS - MELHOR CIDADANIA Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 33 (2008) Helena Neves Almeida A ESCRITA CONTRIBUI PARA A (IN)VISIBILIDADE DAS PRÁTICAS Licenciatura em Serviço Social..........FPCE/UC 34 (2008) Helena Neves Almeida 17

×