SlideShare uma empresa Scribd logo

O sapo apaixonado

Helena Moreira
Helena Moreira
Helena MoreiraProfessor em Agrupamento de Escolas da Pontinha

História

O sapo apaixonado

1 de 23
Baixar para ler offline
O Sapo Apaixonado
Max Velthuijs
Caminho
O Sapo estava sentado à beira do rio.
Sentia-se esquisito.
Não sabia se estava contente ou se estava triste.
Toda a semana tinha andado como que a sonhar.
Que é que teria?
Então encontrou o Porquinho.
-Olá, Sapo – disse o Porquinho. – Não estás com muito bom ar. Que é que
tens?
- Não sei – disse o Sapo. – Tenho vontade de rir e de chorar ao mesmo
tempo. E aqui dentro de mim tenho uma coisa que faz tum-tum.
- Talvez estejas constipado – disse o Porquinho. – É melhor ires
para casa e meteres-te na cama.
O Sapo continuou o seu caminho. Estava preocupado.
Depois passou por casa da Lebre.
- Lebre – disse ele – não me sinto bem.
- Entra e senta-te um bocadinho – disse a Lebre, muito simpática.
-Ora então, que é que tens?
- Umas vezes fico com calor e outras vezes fico com frio. E aqui dentro de mim
tenho uma coisa que faz tum-tum.
E pôs a mão no peito.

Recomendados

Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02
Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02
Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02Teresa Ramos
 
Osapoapaixonado Div
Osapoapaixonado   DivOsapoapaixonado   Div
Osapoapaixonado Divteresamendes
 
Ppt o sapo apaixonado
Ppt o sapo apaixonadoPpt o sapo apaixonado
Ppt o sapo apaixonadobibliotecap
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonadoprofgaspar
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!guest0bf490
 
O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]teresastrecht
 
Sapo apaixonado power point
Sapo apaixonado   power pointSapo apaixonado   power point
Sapo apaixonado power pointmsantosbarracosa
 
Conto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonadoConto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonadofatimaadrega
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonadoAna Barroca
 
Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado Isa ...
 
ApresentaçãO2.Ppt O Sapo Apaixonado
ApresentaçãO2.Ppt O Sapo ApaixonadoApresentaçãO2.Ppt O Sapo Apaixonado
ApresentaçãO2.Ppt O Sapo Apaixonadoadozinda
 
Apresentacao O Sapo Apaixonado
Apresentacao O Sapo ApaixonadoApresentacao O Sapo Apaixonado
Apresentacao O Sapo Apaixonadoguesteaf5c0
 
15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)didsoak
 
O Sapo Apaixonado[1]
O Sapo Apaixonado[1]O Sapo Apaixonado[1]
O Sapo Apaixonado[1]Sandra Luz
 

Mais procurados (17)

Sapo apaixonado
Sapo apaixonadoSapo apaixonado
Sapo apaixonado
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonado O sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
O sapoencontraumamigo
O sapoencontraumamigoO sapoencontraumamigo
O sapoencontraumamigo
 
O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]O sapo-apaixonado[1]
O sapo-apaixonado[1]
 
Sapo apaixonado power point
Sapo apaixonado   power pointSapo apaixonado   power point
Sapo apaixonado power point
 
Conto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonadoConto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonado
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado Livro: O-sapo-apaixonado
Livro: O-sapo-apaixonado
 
ApresentaçãO2.Ppt O Sapo Apaixonado
ApresentaçãO2.Ppt O Sapo ApaixonadoApresentaçãO2.Ppt O Sapo Apaixonado
ApresentaçãO2.Ppt O Sapo Apaixonado
 
Apresentacao O Sapo Apaixonado
Apresentacao O Sapo ApaixonadoApresentacao O Sapo Apaixonado
Apresentacao O Sapo Apaixonado
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)
 
História do sapo
História do sapoHistória do sapo
História do sapo
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
O Sapo Apaixonado[1]
O Sapo Apaixonado[1]O Sapo Apaixonado[1]
O Sapo Apaixonado[1]
 

Destaque

Álbum da mamãe com a releitura de Mario Quintana
Álbum da mamãe com a releitura de Mario QuintanaÁlbum da mamãe com a releitura de Mario Quintana
Álbum da mamãe com a releitura de Mario QuintanaRoberta Trezza S. Souza
 
Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...PaulaGil6
 
Apresentação quero a minha mãe
Apresentação  quero a minha mãeApresentação  quero a minha mãe
Apresentação quero a minha mãePaulaGil6
 
70 autismo os três porquinhos
70 autismo os três porquinhos70 autismo os três porquinhos
70 autismo os três porquinhosSimoneHelenDrumond
 
Apresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a arteApresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a artePaulaGil6
 
História que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às criançasHistória que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às criançasclaumarjoel
 
Sequência didática - escrita de autorretrato
Sequência didática - escrita de autorretratoSequência didática - escrita de autorretrato
Sequência didática - escrita de autorretratoBecre Forte da Casa
 
Apresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaApresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaDaniela Santos
 

Destaque (12)

Água
ÁguaÁgua
Água
 
Pit casa 9 a 15 out
Pit casa 9 a 15 outPit casa 9 a 15 out
Pit casa 9 a 15 out
 
Álbum da mamãe com a releitura de Mario Quintana
Álbum da mamãe com a releitura de Mario QuintanaÁlbum da mamãe com a releitura de Mario Quintana
Álbum da mamãe com a releitura de Mario Quintana
 
Biografia
BiografiaBiografia
Biografia
 
Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...Apresentação desculpa...
Apresentação desculpa...
 
Apresentação quero a minha mãe
Apresentação  quero a minha mãeApresentação  quero a minha mãe
Apresentação quero a minha mãe
 
70 autismo os três porquinhos
70 autismo os três porquinhos70 autismo os três porquinhos
70 autismo os três porquinhos
 
Apresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a arteApresentação matilde descobre a arte
Apresentação matilde descobre a arte
 
Projeto Mario Quintana
Projeto Mario QuintanaProjeto Mario Quintana
Projeto Mario Quintana
 
História que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às criançasHistória que explica o autismo às crianças
História que explica o autismo às crianças
 
Sequência didática - escrita de autorretrato
Sequência didática - escrita de autorretratoSequência didática - escrita de autorretrato
Sequência didática - escrita de autorretrato
 
Apresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaApresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinha
 

Semelhante a O sapo apaixonado

15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)didsoak
 
Conto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonadoConto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonadoSheila Santos
 
Osapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpointOsapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpointeb1magida
 
O Sapo Apaixonado
O Sapo ApaixonadoO Sapo Apaixonado
O Sapo Apaixonadoarmandargon
 
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...Fernanda Gasalho
 
Osapoapaixonado[1]
Osapoapaixonado[1]Osapoapaixonado[1]
Osapoapaixonado[1]Ana Augusto
 
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...Fernanda Gasalho
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoAcilu
 
C:\users\usuario\desktop\escola vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...
C:\users\usuario\desktop\escola   vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...C:\users\usuario\desktop\escola   vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...
C:\users\usuario\desktop\escola vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...Fernanda Gasalho
 

Semelhante a O sapo apaixonado (20)

15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)15. o sapo apaixonado (2)
15. o sapo apaixonado (2)
 
Conto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonadoConto sapo.apaixonado
Conto sapo.apaixonado
 
Osapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpointOsapoapaixonado powerpoint
Osapoapaixonado powerpoint
 
Imagem4
Imagem4Imagem4
Imagem4
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
O Sapo Apaixonado
O Sapo ApaixonadoO Sapo Apaixonado
O Sapo Apaixonado
 
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Osapoapaixonado[1]
Osapoapaixonado[1]Osapoapaixonado[1]
Osapoapaixonado[1]
 
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...C:\Users\Usuario\Desktop\Escola   VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
C:\Users\Usuario\Desktop\Escola VáRios\O Sapo Apaixonado1 100223161817 Phpa...
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
C:\users\usuario\desktop\escola vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...
C:\users\usuario\desktop\escola   vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...C:\users\usuario\desktop\escola   vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...
C:\users\usuario\desktop\escola vários\o-sapo-apaixonado1-100223161817-phpa...
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Osapoapaixonado
OsapoapaixonadoOsapoapaixonado
Osapoapaixonado
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
o-sapo-apaixonado.ppt
o-sapo-apaixonado.ppto-sapo-apaixonado.ppt
o-sapo-apaixonado.ppt
 
6399476 o-sapo-apaixonado
6399476 o-sapo-apaixonado6399476 o-sapo-apaixonado
6399476 o-sapo-apaixonado
 

Último

CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...pj989014
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfssuser2af87a
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...Colaborar Educacional
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfalexandrerodriguespk
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina
Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã BainaRelatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina
Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Bainaifacasie
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfkeiciany
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfAndreiaSilva852193
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsAlexandre Oliveira
 

Último (20)

CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina
Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã BainaRelatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina
Relatório Ação Saberes Indígenas na Escola - Grupo de Pesquisa Unã Baina
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
 

O sapo apaixonado

  • 1. O Sapo Apaixonado Max Velthuijs Caminho
  • 2. O Sapo estava sentado à beira do rio. Sentia-se esquisito. Não sabia se estava contente ou se estava triste.
  • 3. Toda a semana tinha andado como que a sonhar. Que é que teria?
  • 4. Então encontrou o Porquinho. -Olá, Sapo – disse o Porquinho. – Não estás com muito bom ar. Que é que tens? - Não sei – disse o Sapo. – Tenho vontade de rir e de chorar ao mesmo tempo. E aqui dentro de mim tenho uma coisa que faz tum-tum.
  • 5. - Talvez estejas constipado – disse o Porquinho. – É melhor ires para casa e meteres-te na cama. O Sapo continuou o seu caminho. Estava preocupado.
  • 6. Depois passou por casa da Lebre. - Lebre – disse ele – não me sinto bem. - Entra e senta-te um bocadinho – disse a Lebre, muito simpática. -Ora então, que é que tens? - Umas vezes fico com calor e outras vezes fico com frio. E aqui dentro de mim tenho uma coisa que faz tum-tum. E pôs a mão no peito.
  • 7. A Lebre pensou muito, como um verdadeiro médico. Depois disse: - Já sei. É o teu coração. O meu também faz tum-tum. - Mas o meu às vezes faz tum-tum mais depressa do que de costume – disse o Sapo. – Faz um-dois, um-dois, um-dois. A Lebre foi buscar à estante um grande livro e pôs-se a virar as folhas. - Aha! – disse ela. – Ora ouve. Coração a bater acelerado, ataques de calor e de frio... Quer dizer que estás apaixonado! - Apaixonado? – disse o Sapo, surpreendido. – Ena pá! Estou apaixonado!
  • 8. E ficou tão contente que deu um salto enorme pela porta fora.
  • 9. O Porquinho assustou-se muito quando o Sapo de repente caiu do céu. - Parece que estás melhor – disse o Porquinho. - E estou! Sinto-me óptimo – disse o Sapo. – Estou apaixonado! - Bem, isso é uma boa notícia. Por quem é que estás apaixonado? - perguntou o Porquinho. O Sapo não tinha tido tempo para pensar nisso.
  • 10. - Já sei! – disse ele. – Estou apaixonado pela linda e adorável patinha branca! - Não pode ser – disse o Porquinho. – Um sapo não pode estar apaixonado por uma pata. Tu és verde e ela é branca. Mas o Sapo não se importou com isso.
  • 11. Não sabia escrever, mas sabia fazer bonitas pinturas. Quando voltou para casa fez uma pintura linda, com o vermelho e azul e muito verde, que era a cor de que ele gostava mais.
  • 12. À noite, quando já estava escuro, saiu com a pintura e enfiou-a por baixo da porta da Pata. Com a emoção, tinha o coração a bater com toda a força.
  • 13. A Pata ficou muito admirada quando encontrou a pintura. - Quem é que me terá mandado esta linda pintura? – exclamou ela, e pendurou-a na parede.
  • 14. No dia seguinte o Sapo colheu um belo ramo de flores. Ia oferecê-las à Pata. Mas quando chegou à porta não teve coragem para a enfrentar. Pôs as flores na soleira da porta e fugiu o mais depressa que pôde. E assim continuaram as coisas, dia após dia. O Sapo não conseguia arranjar coragem para falar.
  • 15. A Pata andava muito contente com todos aqueles belos presentes. Mas quem é que os mandaria?
  • 16. Pobre Sapo! Perdeu o apetite e à noite não conseguia dormir... E as coisas continuaram assim durante semanas.
  • 17. Como é que havia de mostrar à Pata que gostava dela? - Tenho de fazer uma coisa de que mais ninguém seja capaz – decidiu ele. – Tenho de bater o recorde do mundo de salto em altura! A Patinha vai ficar muito surpreendida, e depois ela também vai gostar de mim.
  • 18. O Sapo começou logo a treinar. Praticou salto em altura durante horas a fio. Saltava cada vez mais alto, até às nuvens. Nunca nenhum sapo do mundo tinha saltado tão alto.
  • 19. - Que é que terá o Sapo? – perguntava a Pata, preocupada. – Saltar assim é perigoso. Ainda acaba por se magoar. E tinha razão.
  • 20. Às duas horas e treze minutos da tarde de sexta-feira, as coisas correram mal. O Sapo estava a dar o salto mais alto da história quando perdeu o equilíbrio e caiu ao chão. A Pata, que ia a passar nessa altura, veio a correr ajudá-lo.
  • 21. O Sapo mal conseguia andar. A Pata amparou-o com carinho e levou-o para casa. Tratou dele com toda a ternura. - Ó Sapo, podias ter-te matado! – disse ela. – Olha que tens de ter cuidado. Gosto tanto de ti! Então, finalmente o Sapo lá conseguiu arranjar coragem: - Eu também gosto muito de ti, querida Pata – balbuciou ele. Tinha o coração a fazer tum-tum mais depressa do que nunca, e ficou com a cara muito verde.
  • 22. Desde então, amam-se perdidamente. Um sapo e uma pata...- Verde e branca. O amor não conhece barreiras.