SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Nº1890    (Ano B/roxo)      4º Domingo do Advento           18 de dezembro de 2011


    EIS QUE CONCEBERÁS E DARÁS A LUZ A UM FILHO


                                              vida doada destes nossos irmãos, e que a
                                              Encarnação do Verbo de Deus, Jesus Cris-
                                              to, nos anime e fortaleça na missão.
                                              Refrão: Acorda América, chegou à
                                              hora de levantar. O sangue dos márti-
                                              res fez a semente se espalhar.
                                              C.1 Alegremos-nos neste dia, em que jun-
                                              tos, nos aproximamos da mesa da Pala-
                                              vra, para ouvir o que o Senhor tem a nos
                                              falar.
                                              Refrão: Não fecheis hoje o vosso cora-
                                              ção, mas ouvi a voz do Senhor.

                                              02. CANTO
                                              O Senhor está para chegar... nº 124

                                              03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO
                                              D. Em nome do Pai e do Filho e do
01. MOTIVAÇÃO
                                              Espírito Santo. Amém!
C.1 Queridos irmãos e irmãs, sejam bem vin-
                                              D. A graça e a paz de Deus nosso Pai, de
dos à casa do Pai. Estamos reunidos para
                                              Jesus Cristo nosso irmão e a força reno-
celebrarmos a páscoa semanal, celebrar a
                                              vadora do Espírito Santo estejam com
nossa fé e nossa esperança, preparando-nos
                                              vocês.
para o Natal do Senhor.
                                              Todos: Bendito Seja Deus que nos reu-
Refrão: Estamos, Senhor, esperando
                                              niu no amor de Cristo.
com amor, assim com outrora Maria
aguardou!
                                              04. ACENDIMENTO DA 4ª VELA
C.2 Nesta semana celebraremos o martírio
                                              (Uma mulher chamada Maria acende a 4ª vela
de nossos irmãos Chico Mendes e Pe.           da Coroa do Advento, enquanto a assembleia
Gabriel Maire. Agradeçamos a Deus pela        canta a 3ª estrofe do canto 136)
C.1 A quarta vela marca os passos de pre-     L2. Leitura da Carta de São Paulo aos
paração para acolher o Salvador, nossa        Romanos.
expectativa da chegada definitiva da Luz do
mundo. Simboliza nossa fé em Jesus Cris-      EVANGELHO (Lc 1, 26-38)
to, que ilumina todo homem e toda mulher
que vêm a este mundo. Simboliza também        CANTO DE ACLAMAÇÃO
os ensinamentos dos profetas, que anunci-     Todos: Aleluia, Aleluia, Aleluia.
aram a chegada do Salvador.                   Solo: Eis a serva do Senhor; cumpra-se
                                              em mim a tua palavra!
05. DEUS NOS PERDOA
D. Irmãos e irmãs, reconheçamos nossos        Evangelho de Jesus Cristo segundo
pecados, limites e principalmente nossos      Lucas.
comodismos e omissões, e peçamos a Deus
o perdão.                                     08. PARTILHANDO A PALAVRA
Canto: Converte meu coração... nº 191         A liturgia deste último Domingo do Adven-
                                              to refere-se repetidamente ao projeto de
06. ORAÇÃO                                    vida plena e de salvação definitiva que Deus
D. Derramai, ó Deus, a Vossa graça em         tem para oferecer a todos. Esse projeto,
nossos corações para que, conhecendo,         anunciado já no Antigo Testamento, torna-
pela mensagem do Anjo, a encarnação           se uma realidade concreta, palpável e ple-
do Vosso Filho, cheguemos, por sua pai-       na com a Encarnação de Jesus.
xão e cruz, à glória da ressurreição. Por     Deus promete a Davi a continuação do seu
nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Fi-          reinado, suscitando um filho de sua descen-
lho, na unidade do Espírito Santo.            dência e realeza. A salvação, mais do que
Amém!                                         obra de mãos humanas é sempre graça de
                                              um Deus misericordioso, amoroso, que se
07. DEUS NOS FALA                             compadece de seu povo. Em Jesus esta
C.2 Ouçamos com alegria e atenção as lei-     promessa feita a Davi se cumprirá.
turas de hoje, que já nos preparam para a     O Salmo 88 nos convida a um ato de lou-
grande festa do Natal, da encarnação de       vor e amor a este Deus maravilhoso, que
Nosso Senhor Jesus Cristo.                    vai conduzindo a história da humanidade, a
                                              história da criação a seu termo.
PRIMEIRA LEITURA                              São Paulo, na carta aos Romanos, vai dizer
(2Sm 7, 1-5.8b-12.14a.16)                     que Deus, pela encarnação do Verbo, co-
                                              meça a manifestar o mistério que até então
L1. Leitura do Segundo Livro de               era mantido em segredo. Este mistério é o
Samuel.                                       projeto de salvação de Deus para a huma-
                                              nidade. Este mistério deve ser levado a to-
SALMO RESPONSORIAL – 88(89)                   das as nações. Já brota aqui, uma
Refrão: Ó Senhor, eu cantarei eterna-         consequência da encarnação: a salvação é
mente o vosso amor!                           para todos e a todos deve ser anunciada. A
                                              Igreja só tem razão de existir se for para
SEGUNDA LEITURA (Rm 16, 25-27)                isso, para ser discípula e missionária.
Lucas nos mostra que a encarnação       de engajamento no mundo para realizar o
de Jesus está em profunda sintonia com o       plano de salvação, rezemos ao Senhor.
Antigo Testamento. Jesus vem da descen-        L.1 Por todos nós aqui presentes, para que,
dência de Davi através de José. Em Maria       como Maria, respondamos com um sim, li-
se cumpre a profecia de Isaías (Is 7,14) de    vre e responsável a Deus para colaborar
que o Salvador nasceria de uma virgem.         com Ele na salvação, rezemos ao Senhor.
       O evangelho de hoje deixa claro que     L.2 Por Dom Aldo que dia 22 celebra 55
a realização dos planos de Deus para a hu-     anos de sacerdócio, para que Deus conti-
manidade, é fruto exclusivo de seu amor e      nue abençoando e santificando sua vida e
de sua graça. Não é fruto da mera ação         ministério, rezemos ao Senhor
humana, ou dos esquemas dos poderosos          D. Senhor, que quereis unir-Vos aos ho-
ou das teologias das autoridades religiosas.   mens e mulheres, para que constituamos
Mas, ao mesmo tempo, esta promessa, a          entre nós e convosco uma só coisa,
realização do Reino, não se dá sem a parti-    concedei-nos acolher na fé Jesus Cristo
cipação, sem o sim de cada pessoa. Isto        Vosso Filho e nosso Senhor. Amém!
fica claro no "sim" de Maria, que acolheu a
proposta de Deus anunciada pelo anjo, com
                                               11.     CAMPANHA            PARA        A
todo seu ser, com sua liberdade e vontade.
                                               EVANGELIZAÇÃO
       A Palavra que hoje nos foi dirigida
                                               C.1 Domingo passado fizemos nossa ofer-
nos convida a confiar em Deus e a dar, a
                                               ta para a Campanha da Evangelização. Do
exemplo de Maria, nosso sim incondicional
                                               total arrecadado 45% ficam na Diocese;
a Ele. Coloquemo-nos como servidores e
servidoras deste Reino de amor e paz que       20% vão para o Regional Leste 2 (32
ele traz. E imploremos sempre com confi-       dioceses de Minas Gerais e Espírito Santo)
ança: "Vem Senhor Jesus".                      e 35% para a CNBB nacional em Brasília.
                                               Todas essas porcentagens serão aplicadas
09. PROFISSÃO DE FÉ                            nos projetos que tenham uma finalidade
D. Juntos professemos nossa fé no Deus         evangelizadora.
Trindade.                                      C.2 O nosso gesto fraterno da oferta tem
(Rezar o símbolo Niceno-Constan-               um caráter de compromisso com o mistério
tinopolitano - pág. 14 do livro de canto)      da Encarnação do Verbo. Quem não con-
                                               seguiu fazer sua doação Domingo passado,
10. PRECES DA COMUNIDADE                       pode fazê-la hoje.
D. Jesus é o templo definitivo de Deus. Nele   Refrão: Vem Senhor, vem nos salvar,
podemos realmente encontrar o Pai. Peça-       com o teu povo vem caminhar. (2x)
mos-lhe com confiança: Vinde, Senhor Je-       D. Oremos: (pausa): Senhor Jesus Cris-
sus!                                           to, Vós nos deixastes a missão de
L.1 Por todos os que não creem, para que,      evangelizar. Ajudai-nos a sentir a bele-
com a vida e a palavra, a Igreja lhes revele   za de crer em Vós. Despertai em nós a
o mistério do plano de Deus: Cristo Salva-     consciência da grandeza da missão.
ção do ser humano, rezemos ao Senhor.          Renovai o ardor e a responsabilidade
L.2 Por todos os que creem, para que sua       dos cristãos na participação da obra da
fé comum em Jesus Salvador se torne fonte      evangelização. Dai-nos um coração ge-
neroso para colaborar espiritual e ma-                 17. BÊNÇÃO E DESPEDIDA
terialmente na missão. Com nossa                       D. O Senhor esteja convosco...
oferta, feita com alegria, testemunha-                 D. Que Deus onipotente e misericordioso
mos a alegria de sermos vossa Igreja                   vos ilumine com o Advento do seu Filho, em
discípula missionária. Amém!                           cuja vinda credes e cuja volta esperais, e
                                                       derrame sobre vós as suas bênçãos.
12. APRESENTAÇÃO DOS DONS                              Todos: Amém!
C.1 Ofertemos a Deus tudo que somos. O                 D. Que durante esta vida ele vos torne fir-
que temos de bom e aquilo que ainda pre-               mes na fé, alegres na esperança e solícitos
cisamos converter e melhorar. Ofertemos                na caridade.
também a vida doada de nossos irmãos                   Todos: Amém!
mártires, que derramaram seu sangue pelo               D. Alegrando-nos agora pela vinda do Sal-
                                                       vador feito homem, sejais recompensados
Evangelho, pelo Reino de Deus.
(entrar com um cartaz com os nomes dos márti-          com a vida eterna, quando vier de novo em
res que hoje fazemos memória: Chico Mendes e           sua glória.
Padre Gabriel)                                         Todos: Amém!
Canto: Preparo esta mesa... nº 481 (me-                D. Abençoe-nos Deus todo-poderoso, Pai
nos a 1ª estrofe)                                      e Filho e Espírito Santo.
                                                       Todos: Amém!
13. PAI NOSSO                                          D. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
D. Rezemos com amor e confiança a ora-                 Todos: Graças a Deus!
ção da fraternidade. Pai Nosso....
                                                       18. CANTO
14. ABRAÇO DA PAZ                                      Maria, ó Mãe cheia de graça... n° 1001
D. Irmãs e irmãos, saudemo-nos com um
gesto de comunhão e de paz, reconhecen-
do em cada irmão a pessoa do Cristo.

15. ORAÇÃO
D. Fazei, Senhor, que ao aproximar-se
a festa da salvação, nos preparemos                         Leituras para a 4ª Semana do Advento
com maior empenho para celebrar dig-
namente o mistério do Vosso Filho, que                 2ª Jz 13, 2-7.24-25 / Sl 70(71) / Lc 1, 5-25
                                                       3ª Is 7, 10-14 / Sl 23(24) / Lc 1, 26-38
vive e reina para sempre. Amém!
                                                       4ª Ct 2, 8-14 / Sl 32(33) / Lc 1, 39-45
                                                       5ª 1Sm 1, 24-28 / Cânt.: 1Sm 2, 1.4-8 / Lc 1, 46-56
15. AVISOS                                             6ª Ml 3, 1-4.23-24 / Sl 24(25) / Lc 1, 57-66
D. Trazer velas para a Vigília de Natal.               Sáb.: 2Sm 7, 1-16 / Sl 88(89) / Lc 1, 67-79




 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177
   Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br
                 Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br
        Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e OraçãoDia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e Oraçãonsaparecida
 
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de LivretoCelebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de Livretonsaparecida
 
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe GesildoCelebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildonsaparecida
 
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de DeusOficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de DeusBernadetecebs .
 
Folheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom TcFolheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom TcAntonio de Lima
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoBernadetecebs .
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoBernadetecebs .
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anunciaIrmão Feliciano Sv
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprendeIrmão Feliciano Sv
 
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013
Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013Maria Isaltina Santana
 
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhorEncontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhortorrasko
 

Mais procurados (20)

Dia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e OraçãoDia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e Oração
 
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de LivretoCelebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
 
19 02 12
19 02 1219 02 12
19 02 12
 
22 01 12
22 01 1222 01 12
22 01 12
 
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe GesildoCelebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
 
06 11 11
06 11 1106 11 11
06 11 11
 
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de DeusOficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
Oficio Divino das Comunidades - Oração do Povo de Deus
 
Folheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom TcFolheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom Tc
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
 
Canta iao senhor
Canta iao senhorCanta iao senhor
Canta iao senhor
 
Apocalipse 09 de dezembro de 2012
Apocalipse 09 de dezembro de 2012Apocalipse 09 de dezembro de 2012
Apocalipse 09 de dezembro de 2012
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
 
1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
 
11 09 11
11 09 1111 09 11
11 09 11
 
Novena Natal PJMP_2015
Novena Natal PJMP_2015Novena Natal PJMP_2015
Novena Natal PJMP_2015
 
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013
Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013Missal Santoral  Festa de São Judas Tadeu  Uberaba -2013
Missal Santoral Festa de São Judas Tadeu Uberaba -2013
 
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhorEncontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
Encontro do-batismo fontes de água viva, bendizei ao senhor
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
 

Destaque

4.6.3 recursos naturales ga
4.6.3 recursos naturales ga4.6.3 recursos naturales ga
4.6.3 recursos naturales gaUniambiental
 
Museo bellas artes oficios
Museo bellas artes oficiosMuseo bellas artes oficios
Museo bellas artes oficiosMiren Pardo
 
Algemene Theorie - Prosumer
Algemene Theorie - ProsumerAlgemene Theorie - Prosumer
Algemene Theorie - ProsumerNiels Dortland
 
Administración electrónica
Administración electrónica Administración electrónica
Administración electrónica Consorcio IdenTIC
 
CAN SOMEONE DIE OF FEAR?
CAN SOMEONE DIE OF FEAR?CAN SOMEONE DIE OF FEAR?
CAN SOMEONE DIE OF FEAR?mariajesusps
 
7.simple connections
7.simple connections7.simple connections
7.simple connectionsChhay Teng
 
Presalex 100521060446-phpapp02
Presalex 100521060446-phpapp02Presalex 100521060446-phpapp02
Presalex 100521060446-phpapp02Alex
 
5.1.2 Dimensión Biótica
5.1.2 Dimensión Biótica5.1.2 Dimensión Biótica
5.1.2 Dimensión BióticaUniambiental
 
12. apresentação da cartilha
12. apresentação da cartilha12. apresentação da cartilha
12. apresentação da cartilhaOnésimo Remígio
 
Kick off meeting: Centros demostradores
Kick off meeting: Centros demostradoresKick off meeting: Centros demostradores
Kick off meeting: Centros demostradoresConsorcio IdenTIC
 
6.1.2 economía de rrnn ga
6.1.2 economía de rrnn ga6.1.2 economía de rrnn ga
6.1.2 economía de rrnn gaUniambiental
 
13822807 revolucion-industrial
13822807 revolucion-industrial13822807 revolucion-industrial
13822807 revolucion-industrialvegacastillo
 

Destaque (20)

4.6.3 recursos naturales ga
4.6.3 recursos naturales ga4.6.3 recursos naturales ga
4.6.3 recursos naturales ga
 
Aisc mc
Aisc mcAisc mc
Aisc mc
 
La bibliotecologia
La bibliotecologiaLa bibliotecologia
La bibliotecologia
 
Museo bellas artes oficios
Museo bellas artes oficiosMuseo bellas artes oficios
Museo bellas artes oficios
 
Euro sfb
Euro sfbEuro sfb
Euro sfb
 
La pobreza
La pobrezaLa pobreza
La pobreza
 
Algemene Theorie - Prosumer
Algemene Theorie - ProsumerAlgemene Theorie - Prosumer
Algemene Theorie - Prosumer
 
Administración electrónica
Administración electrónica Administración electrónica
Administración electrónica
 
Sm03ss16 09
Sm03ss16 09Sm03ss16 09
Sm03ss16 09
 
CAN SOMEONE DIE OF FEAR?
CAN SOMEONE DIE OF FEAR?CAN SOMEONE DIE OF FEAR?
CAN SOMEONE DIE OF FEAR?
 
7.simple connections
7.simple connections7.simple connections
7.simple connections
 
Presalex 100521060446-phpapp02
Presalex 100521060446-phpapp02Presalex 100521060446-phpapp02
Presalex 100521060446-phpapp02
 
5.1.2 Dimensión Biótica
5.1.2 Dimensión Biótica5.1.2 Dimensión Biótica
5.1.2 Dimensión Biótica
 
12. apresentação da cartilha
12. apresentação da cartilha12. apresentação da cartilha
12. apresentação da cartilha
 
Dulguun 10e
Dulguun 10eDulguun 10e
Dulguun 10e
 
Muestreo
MuestreoMuestreo
Muestreo
 
Kick off meeting: Centros demostradores
Kick off meeting: Centros demostradoresKick off meeting: Centros demostradores
Kick off meeting: Centros demostradores
 
6.1.2 economía de rrnn ga
6.1.2 economía de rrnn ga6.1.2 economía de rrnn ga
6.1.2 economía de rrnn ga
 
13822807 revolucion-industrial
13822807 revolucion-industrial13822807 revolucion-industrial
13822807 revolucion-industrial
 
Manual MGA
Manual MGAManual MGA
Manual MGA
 

Semelhante a 4o Domingo do Advento - Encarnação do Verbo

Semelhante a 4o Domingo do Advento - Encarnação do Verbo (20)

27 11 11
27 11 1127 11 11
27 11 11
 
29 01 12
29 01 1229 01 12
29 01 12
 
04 03 12
04 03 1204 03 12
04 03 12
 
11 12 11
11 12 1111 12 11
11 12 11
 
18 03 12
18 03 1218 03 12
18 03 12
 
01 04 12
01 04 1201 04 12
01 04 12
 
1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT
1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT
1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT
 
08 12 10
08 12 1008 12 10
08 12 10
 
15 01 12
15 01 1215 01 12
15 01 12
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
25 03 12
25 03 1225 03 12
25 03 12
 
Cat02
Cat02Cat02
Cat02
 
2domingodoadvento20131 as
2domingodoadvento20131 as2domingodoadvento20131 as
2domingodoadvento20131 as
 
Semana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênico
Semana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênicoSemana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênico
Semana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênico
 
MISSA 3DADVENTO.pptx
MISSA 3DADVENTO.pptxMISSA 3DADVENTO.pptx
MISSA 3DADVENTO.pptx
 
Liturgia 01 12 1 dadvento1a
Liturgia 01 12 1 dadvento1aLiturgia 01 12 1 dadvento1a
Liturgia 01 12 1 dadvento1a
 
Liturgia 01 12 1 dadvento1a
Liturgia 01 12 1 dadvento1aLiturgia 01 12 1 dadvento1a
Liturgia 01 12 1 dadvento1a
 
June 6 2021
June 6 2021June 6 2021
June 6 2021
 
Livrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa franciscoLivrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa francisco
 
24 12 11
24 12 1124 12 11
24 12 11
 

Mais de Gustavo Scheffer

Mais de Gustavo Scheffer (11)

Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafort
 
Epifania do senhor
Epifania do senhorEpifania do senhor
Epifania do senhor
 
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
 
26 02 12
26 02 1226 02 12
26 02 12
 
21 08 11
21 08 1121 08 11
21 08 11
 
12 10 11
12 10 1112 10 11
12 10 11
 
11 03 12
11 03 1211 03 12
11 03 12
 

4o Domingo do Advento - Encarnação do Verbo

  • 1. Nº1890 (Ano B/roxo) 4º Domingo do Advento 18 de dezembro de 2011 EIS QUE CONCEBERÁS E DARÁS A LUZ A UM FILHO vida doada destes nossos irmãos, e que a Encarnação do Verbo de Deus, Jesus Cris- to, nos anime e fortaleça na missão. Refrão: Acorda América, chegou à hora de levantar. O sangue dos márti- res fez a semente se espalhar. C.1 Alegremos-nos neste dia, em que jun- tos, nos aproximamos da mesa da Pala- vra, para ouvir o que o Senhor tem a nos falar. Refrão: Não fecheis hoje o vosso cora- ção, mas ouvi a voz do Senhor. 02. CANTO O Senhor está para chegar... nº 124 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Em nome do Pai e do Filho e do 01. MOTIVAÇÃO Espírito Santo. Amém! C.1 Queridos irmãos e irmãs, sejam bem vin- D. A graça e a paz de Deus nosso Pai, de dos à casa do Pai. Estamos reunidos para Jesus Cristo nosso irmão e a força reno- celebrarmos a páscoa semanal, celebrar a vadora do Espírito Santo estejam com nossa fé e nossa esperança, preparando-nos vocês. para o Natal do Senhor. Todos: Bendito Seja Deus que nos reu- Refrão: Estamos, Senhor, esperando niu no amor de Cristo. com amor, assim com outrora Maria aguardou! 04. ACENDIMENTO DA 4ª VELA C.2 Nesta semana celebraremos o martírio (Uma mulher chamada Maria acende a 4ª vela de nossos irmãos Chico Mendes e Pe. da Coroa do Advento, enquanto a assembleia Gabriel Maire. Agradeçamos a Deus pela canta a 3ª estrofe do canto 136)
  • 2. C.1 A quarta vela marca os passos de pre- L2. Leitura da Carta de São Paulo aos paração para acolher o Salvador, nossa Romanos. expectativa da chegada definitiva da Luz do mundo. Simboliza nossa fé em Jesus Cris- EVANGELHO (Lc 1, 26-38) to, que ilumina todo homem e toda mulher que vêm a este mundo. Simboliza também CANTO DE ACLAMAÇÃO os ensinamentos dos profetas, que anunci- Todos: Aleluia, Aleluia, Aleluia. aram a chegada do Salvador. Solo: Eis a serva do Senhor; cumpra-se em mim a tua palavra! 05. DEUS NOS PERDOA D. Irmãos e irmãs, reconheçamos nossos Evangelho de Jesus Cristo segundo pecados, limites e principalmente nossos Lucas. comodismos e omissões, e peçamos a Deus o perdão. 08. PARTILHANDO A PALAVRA Canto: Converte meu coração... nº 191 A liturgia deste último Domingo do Adven- to refere-se repetidamente ao projeto de 06. ORAÇÃO vida plena e de salvação definitiva que Deus D. Derramai, ó Deus, a Vossa graça em tem para oferecer a todos. Esse projeto, nossos corações para que, conhecendo, anunciado já no Antigo Testamento, torna- pela mensagem do Anjo, a encarnação se uma realidade concreta, palpável e ple- do Vosso Filho, cheguemos, por sua pai- na com a Encarnação de Jesus. xão e cruz, à glória da ressurreição. Por Deus promete a Davi a continuação do seu nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Fi- reinado, suscitando um filho de sua descen- lho, na unidade do Espírito Santo. dência e realeza. A salvação, mais do que Amém! obra de mãos humanas é sempre graça de um Deus misericordioso, amoroso, que se 07. DEUS NOS FALA compadece de seu povo. Em Jesus esta C.2 Ouçamos com alegria e atenção as lei- promessa feita a Davi se cumprirá. turas de hoje, que já nos preparam para a O Salmo 88 nos convida a um ato de lou- grande festa do Natal, da encarnação de vor e amor a este Deus maravilhoso, que Nosso Senhor Jesus Cristo. vai conduzindo a história da humanidade, a história da criação a seu termo. PRIMEIRA LEITURA São Paulo, na carta aos Romanos, vai dizer (2Sm 7, 1-5.8b-12.14a.16) que Deus, pela encarnação do Verbo, co- meça a manifestar o mistério que até então L1. Leitura do Segundo Livro de era mantido em segredo. Este mistério é o Samuel. projeto de salvação de Deus para a huma- nidade. Este mistério deve ser levado a to- SALMO RESPONSORIAL – 88(89) das as nações. Já brota aqui, uma Refrão: Ó Senhor, eu cantarei eterna- consequência da encarnação: a salvação é mente o vosso amor! para todos e a todos deve ser anunciada. A Igreja só tem razão de existir se for para SEGUNDA LEITURA (Rm 16, 25-27) isso, para ser discípula e missionária.
  • 3. Lucas nos mostra que a encarnação de engajamento no mundo para realizar o de Jesus está em profunda sintonia com o plano de salvação, rezemos ao Senhor. Antigo Testamento. Jesus vem da descen- L.1 Por todos nós aqui presentes, para que, dência de Davi através de José. Em Maria como Maria, respondamos com um sim, li- se cumpre a profecia de Isaías (Is 7,14) de vre e responsável a Deus para colaborar que o Salvador nasceria de uma virgem. com Ele na salvação, rezemos ao Senhor. O evangelho de hoje deixa claro que L.2 Por Dom Aldo que dia 22 celebra 55 a realização dos planos de Deus para a hu- anos de sacerdócio, para que Deus conti- manidade, é fruto exclusivo de seu amor e nue abençoando e santificando sua vida e de sua graça. Não é fruto da mera ação ministério, rezemos ao Senhor humana, ou dos esquemas dos poderosos D. Senhor, que quereis unir-Vos aos ho- ou das teologias das autoridades religiosas. mens e mulheres, para que constituamos Mas, ao mesmo tempo, esta promessa, a entre nós e convosco uma só coisa, realização do Reino, não se dá sem a parti- concedei-nos acolher na fé Jesus Cristo cipação, sem o sim de cada pessoa. Isto Vosso Filho e nosso Senhor. Amém! fica claro no "sim" de Maria, que acolheu a proposta de Deus anunciada pelo anjo, com 11. CAMPANHA PARA A todo seu ser, com sua liberdade e vontade. EVANGELIZAÇÃO A Palavra que hoje nos foi dirigida C.1 Domingo passado fizemos nossa ofer- nos convida a confiar em Deus e a dar, a ta para a Campanha da Evangelização. Do exemplo de Maria, nosso sim incondicional total arrecadado 45% ficam na Diocese; a Ele. Coloquemo-nos como servidores e servidoras deste Reino de amor e paz que 20% vão para o Regional Leste 2 (32 ele traz. E imploremos sempre com confi- dioceses de Minas Gerais e Espírito Santo) ança: "Vem Senhor Jesus". e 35% para a CNBB nacional em Brasília. Todas essas porcentagens serão aplicadas 09. PROFISSÃO DE FÉ nos projetos que tenham uma finalidade D. Juntos professemos nossa fé no Deus evangelizadora. Trindade. C.2 O nosso gesto fraterno da oferta tem (Rezar o símbolo Niceno-Constan- um caráter de compromisso com o mistério tinopolitano - pág. 14 do livro de canto) da Encarnação do Verbo. Quem não con- seguiu fazer sua doação Domingo passado, 10. PRECES DA COMUNIDADE pode fazê-la hoje. D. Jesus é o templo definitivo de Deus. Nele Refrão: Vem Senhor, vem nos salvar, podemos realmente encontrar o Pai. Peça- com o teu povo vem caminhar. (2x) mos-lhe com confiança: Vinde, Senhor Je- D. Oremos: (pausa): Senhor Jesus Cris- sus! to, Vós nos deixastes a missão de L.1 Por todos os que não creem, para que, evangelizar. Ajudai-nos a sentir a bele- com a vida e a palavra, a Igreja lhes revele za de crer em Vós. Despertai em nós a o mistério do plano de Deus: Cristo Salva- consciência da grandeza da missão. ção do ser humano, rezemos ao Senhor. Renovai o ardor e a responsabilidade L.2 Por todos os que creem, para que sua dos cristãos na participação da obra da fé comum em Jesus Salvador se torne fonte evangelização. Dai-nos um coração ge-
  • 4. neroso para colaborar espiritual e ma- 17. BÊNÇÃO E DESPEDIDA terialmente na missão. Com nossa D. O Senhor esteja convosco... oferta, feita com alegria, testemunha- D. Que Deus onipotente e misericordioso mos a alegria de sermos vossa Igreja vos ilumine com o Advento do seu Filho, em discípula missionária. Amém! cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos. 12. APRESENTAÇÃO DOS DONS Todos: Amém! C.1 Ofertemos a Deus tudo que somos. O D. Que durante esta vida ele vos torne fir- que temos de bom e aquilo que ainda pre- mes na fé, alegres na esperança e solícitos cisamos converter e melhorar. Ofertemos na caridade. também a vida doada de nossos irmãos Todos: Amém! mártires, que derramaram seu sangue pelo D. Alegrando-nos agora pela vinda do Sal- vador feito homem, sejais recompensados Evangelho, pelo Reino de Deus. (entrar com um cartaz com os nomes dos márti- com a vida eterna, quando vier de novo em res que hoje fazemos memória: Chico Mendes e sua glória. Padre Gabriel) Todos: Amém! Canto: Preparo esta mesa... nº 481 (me- D. Abençoe-nos Deus todo-poderoso, Pai nos a 1ª estrofe) e Filho e Espírito Santo. Todos: Amém! 13. PAI NOSSO D. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. D. Rezemos com amor e confiança a ora- Todos: Graças a Deus! ção da fraternidade. Pai Nosso.... 18. CANTO 14. ABRAÇO DA PAZ Maria, ó Mãe cheia de graça... n° 1001 D. Irmãs e irmãos, saudemo-nos com um gesto de comunhão e de paz, reconhecen- do em cada irmão a pessoa do Cristo. 15. ORAÇÃO D. Fazei, Senhor, que ao aproximar-se a festa da salvação, nos preparemos Leituras para a 4ª Semana do Advento com maior empenho para celebrar dig- namente o mistério do Vosso Filho, que 2ª Jz 13, 2-7.24-25 / Sl 70(71) / Lc 1, 5-25 3ª Is 7, 10-14 / Sl 23(24) / Lc 1, 26-38 vive e reina para sempre. Amém! 4ª Ct 2, 8-14 / Sl 32(33) / Lc 1, 39-45 5ª 1Sm 1, 24-28 / Cânt.: 1Sm 2, 1.4-8 / Lc 1, 46-56 15. AVISOS 6ª Ml 3, 1-4.23-24 / Sl 24(25) / Lc 1, 57-66 D. Trazer velas para a Vigília de Natal. Sáb.: 2Sm 7, 1-16 / Sl 88(89) / Lc 1, 67-79 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.