SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
G U S TA V O D E M E L O 1 0
I S A B E L A R O S A S 1 1
L A R I S S A D U A R T E 1 5
Eles já são mais de 8 milhões. Estão
nas casas, nas escolas, nas ruas, nos
campos de guerra, nos ares – e
chegaram até o planeta Marte.
Representam uma esperança ou uma
ameaça?
 Na era dos robôs, eficácia, rapidez e padronização tornam-se as palavras de
ordem. Quanto mais racionalizados e mecanizados, melhor será o trabalho.
 O termo robô foi utilizado pela primeira vez em 1923, numa peça de teatro do
autor tcheco Karel Capeck. No idioma tcheco, a palavra robota significa
trabalho. Não existe uma definição universalmente aceita para o termo.
 A população de robôs do planeta aumentou em 85 mil máquinas a cada ano,
segundo relatório divulgado pela Organização das Nações Unidas.
 Em 1975, a indústria automobilística japonesa produzia 2,5 milhões de carros
por ano, empregando 500 mil trabalhadores. Dez anos depois, passou a
produzir 10 milhões de carros por ano, isto é, quatro vezes mais, com o mesmo
número de trabalhadores.
 Os conceitos políticos, sociais, valores éticos, o uso da ciência, das artes,
enfim, a cultura criada pela humanidade em milênios está sendo afetada,
substituída e modificada.
 Significa a proporção de pessoas desempregadas na
sociedade. Não um desemprego temporário, por pedido de
dispensa ou demissão da empresa em que trabalhava. Mas o
desemprego demorado, provocado por falta de oportunidade
no mercado de trabalho. Estudos feitos na Alemanha apontam
cada robô como o responsável pelo desemprego de dois a dez
trabalhadores. Nos países altamente industrializados, nunca
trabalho humano esteve tão desvalorizado.
Desemprego estrutural
 A introdução desses novos sistemas tecnológicos e de
padrões de organização do trabalho tem elevado
substancialmente a produtividade industrial. Mas, por
outro lado, essa mesma produtividade crescente
imposta pela revolução tecnológica acarreta um
problema extremamente sério: que lugar terá o
trabalho humano nesse mundo de máquinas?
 Além disso, apesar de caras, as máquinas só são
compradas uma vez, enquanto os trabalhadores têm
de ser pagos mensalmente. Máquinas não ficam
doentes, não se acidentam, não precisam descansar,
nem reclamam do que fazem. A questão é: o que fazer
com os trabalhadores?
 As conquistas tecnológicas produzidas na era da
globalização em geral são apresentadas como
benefícios para toda a humanidade. Porém, cabe a
pergunta: até que ponto a ciência, a tecnologia e a
indústria atuais beneficiam toda a sociedade?
O futuro do trabalho humano na era dos robôs
O futuro do trabalho humano na era dos robôs
O futuro do trabalho humano na era dos robôs
O futuro do trabalho humano na era dos robôs

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.roberto mosca junior
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosFatima Freitas
 
Do artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria modernaDo artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria modernaflaviocosac
 
Noções básicas de Cartografia 1
Noções básicas de Cartografia 1Noções básicas de Cartografia 1
Noções básicas de Cartografia 1Osmar Ansbach
 
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRAINDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRABruno Lima
 
1 lugar, território, espaço e paisagem
1 lugar, território, espaço e paisagem1 lugar, território, espaço e paisagem
1 lugar, território, espaço e paisagemFernanda Lopes
 
Relação sociedade natureza
Relação sociedade naturezaRelação sociedade natureza
Relação sociedade naturezawilson mousinho
 
Mapas temáticos quantitativos
Mapas temáticos quantitativosMapas temáticos quantitativos
Mapas temáticos quantitativosPedro Wallace
 
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...Marco Santos
 
Geografia movimentos populacionais
Geografia   movimentos populacionaisGeografia   movimentos populacionais
Geografia movimentos populacionaisGustavo Soares
 
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)CatarinaNeivas
 

Mais procurados (20)

Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
 
Do artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria modernaDo artesanato à manufatura e à indústria moderna
Do artesanato à manufatura e à indústria moderna
 
Noções básicas de Cartografia 1
Noções básicas de Cartografia 1Noções básicas de Cartografia 1
Noções básicas de Cartografia 1
 
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRAINDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
INDUSTRIALIZAÇÃO E URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
 
Conceitos geograficos
Conceitos geograficosConceitos geograficos
Conceitos geograficos
 
Fuso Horário
Fuso HorárioFuso Horário
Fuso Horário
 
1 lugar, território, espaço e paisagem
1 lugar, território, espaço e paisagem1 lugar, território, espaço e paisagem
1 lugar, território, espaço e paisagem
 
Relação sociedade natureza
Relação sociedade naturezaRelação sociedade natureza
Relação sociedade natureza
 
Demografia
DemografiaDemografia
Demografia
 
Mapas temáticos quantitativos
Mapas temáticos quantitativosMapas temáticos quantitativos
Mapas temáticos quantitativos
 
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Industrialização
IndustrializaçãoIndustrialização
Industrialização
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Geografia movimentos populacionais
Geografia   movimentos populacionaisGeografia   movimentos populacionais
Geografia movimentos populacionais
 
DESIGUALDADES SOCIOECONÕMICAS
DESIGUALDADES SOCIOECONÕMICASDESIGUALDADES SOCIOECONÕMICAS
DESIGUALDADES SOCIOECONÕMICAS
 
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
As desigualdades do mundo globalizado (desevolvimento sustentável)
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 

Semelhante a O futuro do trabalho humano na era dos robôs

Avanço tecnológico e progresso
Avanço tecnológico e progressoAvanço tecnológico e progresso
Avanço tecnológico e progressoFernando Alcoforado
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.firminomaissociologiafilosofia2019
 
Avanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismo
Avanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismoAvanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismo
Avanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismoFernando Alcoforado
 
O avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticas
O avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticasO avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticas
O avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticasFernando Alcoforado
 
Automação e fim do trabalho humano
Automação e fim do trabalho humanoAutomação e fim do trabalho humano
Automação e fim do trabalho humanoFernando Alcoforado
 
Trabalho e Produção
Trabalho e ProduçãoTrabalho e Produção
Trabalho e ProduçãoPedro Lazari
 
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdfSEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdfSandro671810
 
As inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humana
As inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humanaAs inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humana
As inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humanainovaDay .
 
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...Faga1939
 
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               dataColégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba datamaria das gracas marques
 
O Futuro do trabalho - WGSN e LInkedin
O Futuro do trabalho - WGSN e LInkedinO Futuro do trabalho - WGSN e LInkedin
O Futuro do trabalho - WGSN e LInkedinPaulo Ratinecas
 
Cibercultura e Sistemas de Informação
Cibercultura e Sistemas de InformaçãoCibercultura e Sistemas de Informação
Cibercultura e Sistemas de InformaçãoMariano Pimentel
 
EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018
EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018
EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018Guilherme Lito
 
TICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las Heras
TICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las HerasTICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las Heras
TICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las HerasRio Info
 
Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)Guilherme Lito
 

Semelhante a O futuro do trabalho humano na era dos robôs (20)

Avanço tecnológico e progresso
Avanço tecnológico e progressoAvanço tecnológico e progresso
Avanço tecnológico e progresso
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
 
Avanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismo
Avanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismoAvanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismo
Avanço tecnológico ameaça o emprego e o capitalismo
 
O avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticas
O avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticasO avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticas
O avanço tecnológico e suas consequências econômicas sociais e políticas
 
Automação e fim do trabalho humano
Automação e fim do trabalho humanoAutomação e fim do trabalho humano
Automação e fim do trabalho humano
 
Trabalho e Produção
Trabalho e ProduçãoTrabalho e Produção
Trabalho e Produção
 
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdfSEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
 
As inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humana
As inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humanaAs inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humana
As inovações requerem mudanças comportamentais, pois alargam a cognição humana
 
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...
COMO TORNAR REALIDADE A UTOPIA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA UTILIZADAS APENAS PARA...
 
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               dataColégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba data
 
O Futuro do trabalho - WGSN e LInkedin
O Futuro do trabalho - WGSN e LInkedinO Futuro do trabalho - WGSN e LInkedin
O Futuro do trabalho - WGSN e LInkedin
 
Futuro do Trabalho
Futuro do TrabalhoFuturo do Trabalho
Futuro do Trabalho
 
Geo 6 uni_8
Geo 6 uni_8Geo 6 uni_8
Geo 6 uni_8
 
Cibercultura e Sistemas de Informação
Cibercultura e Sistemas de InformaçãoCibercultura e Sistemas de Informação
Cibercultura e Sistemas de Informação
 
Cris trabalho
Cris trabalhoCris trabalho
Cris trabalho
 
EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018
EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018
EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018
 
Grupo 01
Grupo 01Grupo 01
Grupo 01
 
TICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las Heras
TICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las HerasTICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las Heras
TICs e o choque de gerações - Palestrante: Marc Diaz de Las Heras
 
Discussão sobre o filme Metrópolis
Discussão sobre o filme MetrópolisDiscussão sobre o filme Metrópolis
Discussão sobre o filme Metrópolis
 
Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)
 

Mais de Gustavo de Melo

Mais de Gustavo de Melo (18)

Vidas secas - Graciliano Ramos
Vidas secas - Graciliano RamosVidas secas - Graciliano Ramos
Vidas secas - Graciliano Ramos
 
Industria Cultural
Industria CulturalIndustria Cultural
Industria Cultural
 
Jardineiro Fiel
Jardineiro FielJardineiro Fiel
Jardineiro Fiel
 
Stephen Hawking
Stephen HawkingStephen Hawking
Stephen Hawking
 
Ginastica Laboral
Ginastica LaboralGinastica Laboral
Ginastica Laboral
 
Competitivismo - Educação Fisica
Competitivismo - Educação FisicaCompetitivismo - Educação Fisica
Competitivismo - Educação Fisica
 
Nanociencia e Nanotecnologia
Nanociencia e NanotecnologiaNanociencia e Nanotecnologia
Nanociencia e Nanotecnologia
 
Revolta da chibata - História
Revolta da chibata - HistóriaRevolta da chibata - História
Revolta da chibata - História
 
Países Subdesenvolvidos - Geografia
Países Subdesenvolvidos - GeografiaPaíses Subdesenvolvidos - Geografia
Países Subdesenvolvidos - Geografia
 
Futurismo - Arte
Futurismo - ArteFuturismo - Arte
Futurismo - Arte
 
Mata Atlântica
Mata AtlânticaMata Atlântica
Mata Atlântica
 
Capitalismo e a Organização espacial
Capitalismo e a Organização espacialCapitalismo e a Organização espacial
Capitalismo e a Organização espacial
 
Socialismo e comunismo
Socialismo e comunismo  Socialismo e comunismo
Socialismo e comunismo
 
Angola
AngolaAngola
Angola
 
Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
Taylorismo, Fordismo e ToyotismoTaylorismo, Fordismo e Toyotismo
Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
 
Turbina a Vapor
Turbina a VaporTurbina a Vapor
Turbina a Vapor
 
Chuva ácida
Chuva  ácidaChuva  ácida
Chuva ácida
 
Grécia antiga
Grécia antiga Grécia antiga
Grécia antiga
 

Último

LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 

Último (20)

LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 

O futuro do trabalho humano na era dos robôs

  • 1. G U S TA V O D E M E L O 1 0 I S A B E L A R O S A S 1 1 L A R I S S A D U A R T E 1 5
  • 2. Eles já são mais de 8 milhões. Estão nas casas, nas escolas, nas ruas, nos campos de guerra, nos ares – e chegaram até o planeta Marte. Representam uma esperança ou uma ameaça?
  • 3.  Na era dos robôs, eficácia, rapidez e padronização tornam-se as palavras de ordem. Quanto mais racionalizados e mecanizados, melhor será o trabalho.  O termo robô foi utilizado pela primeira vez em 1923, numa peça de teatro do autor tcheco Karel Capeck. No idioma tcheco, a palavra robota significa trabalho. Não existe uma definição universalmente aceita para o termo.  A população de robôs do planeta aumentou em 85 mil máquinas a cada ano, segundo relatório divulgado pela Organização das Nações Unidas.
  • 4.  Em 1975, a indústria automobilística japonesa produzia 2,5 milhões de carros por ano, empregando 500 mil trabalhadores. Dez anos depois, passou a produzir 10 milhões de carros por ano, isto é, quatro vezes mais, com o mesmo número de trabalhadores.  Os conceitos políticos, sociais, valores éticos, o uso da ciência, das artes, enfim, a cultura criada pela humanidade em milênios está sendo afetada, substituída e modificada.
  • 5.  Significa a proporção de pessoas desempregadas na sociedade. Não um desemprego temporário, por pedido de dispensa ou demissão da empresa em que trabalhava. Mas o desemprego demorado, provocado por falta de oportunidade no mercado de trabalho. Estudos feitos na Alemanha apontam cada robô como o responsável pelo desemprego de dois a dez trabalhadores. Nos países altamente industrializados, nunca trabalho humano esteve tão desvalorizado. Desemprego estrutural
  • 6.  A introdução desses novos sistemas tecnológicos e de padrões de organização do trabalho tem elevado substancialmente a produtividade industrial. Mas, por outro lado, essa mesma produtividade crescente imposta pela revolução tecnológica acarreta um problema extremamente sério: que lugar terá o trabalho humano nesse mundo de máquinas?
  • 7.  Além disso, apesar de caras, as máquinas só são compradas uma vez, enquanto os trabalhadores têm de ser pagos mensalmente. Máquinas não ficam doentes, não se acidentam, não precisam descansar, nem reclamam do que fazem. A questão é: o que fazer com os trabalhadores?
  • 8.  As conquistas tecnológicas produzidas na era da globalização em geral são apresentadas como benefícios para toda a humanidade. Porém, cabe a pergunta: até que ponto a ciência, a tecnologia e a indústria atuais beneficiam toda a sociedade?