PROPÓSITO DE DEUS PARA O HOMEM: SER DISCÍPULO DE JESUS 
 Questionar sobre o motivo de estarmos aqui. 
o Porque estamos aq...
o Coloca o homem como a coroa da criação, cheio de honra e glória (Sl 8.5: Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e d...
 Mas será que é possível saber a vontade de Deus? 
 Jesus nos ensinou a orar "seja feita a tua vontade" (Mt 6.10). Logo ...
 Jo 19.30: E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito. 
 Deus t...
 Febre alta produzida pela infecção dos pregos enferrujados. 
 Sede decorrente da desidratação excessiva. Fome devido à ...
o Ele te chamou para ser vitorioso e próspero em tudo que Vc faz. 
o Ele te deu todas as promessas da Bíblia (“somos mais ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O propósito de Deus para o Homem

140 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
140
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O propósito de Deus para o Homem

  1. 1. PROPÓSITO DE DEUS PARA O HOMEM: SER DISCÍPULO DE JESUS  Questionar sobre o motivo de estarmos aqui. o Porque estamos aqui? Será que temos uma missão a cumprir? Um propósito a realizar?  Apontar duas possíveis respostas: teoria da evolução e criação do homem por Deus.  Teoria da Evolução: mostrar que a teoria da evolução atribui ao acaso a aparição do homem na terra. o Todos os seres orgânicos derivam de um único ou de vários tipos primitivos de vida. o Graças ao tempo, aperfeiçoamento sucessivo (lei da seleção natural) e “uma pitada de sorte”, plantas e animais desenvolveram-se pouco a pouco para culminar em algo mais perfeito: o homem? o Pensando desta forma lógica, plantas e animais continuam evoluindo, e talvez deva chegar o tempo em que o homem será apenas um degrau para uma forma de vida mais inteligente e aperfeiçoada. Isso faz com que o homem nesta terra não seja a peça mais importante. o Conclui-se, portanto, que estamos aqui através de uma evolução cega, mas sortuda, que conseguiu se adaptar e evoluir, sem propósito algum.  Criação do homem por Deus. o Homem criado através de um ato livre de um Criador. o Gn 1.26: “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.”
  2. 2. o Coloca o homem como a coroa da criação, cheio de honra e glória (Sl 8.5: Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste.).  Se não somos simples obra do acaso ou um puro “toque de sorte”, temos que ter um propósito nesta vida. Um propósito para estarmos aqui e agora. o Jesus nos ensina qual o nosso propósito: Mc. 8.34  Jesus quando veio a terra em forma de homem, ele veio com um propósito específico. o Não veio para ser teólogo. Jesus não escreveu livros. o Não veio para ser filósofo. Filósofos procuram verdades, e quando encontram, as deixam para a ciência. Jesus é a Verdade (Jo 14.6: Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida). o Não veio para ser médico. Jesus curou fisicamente algumas dezenas de pessoas, mas deixou todo o resto do mundo doente. o Jesus veio para salvar e resgatar a humanidade perdida e separada de Deus através do pecado.  Para que o homem pudesse ter novamente a vida de Deus (Jo 10.10: Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância). o Jesus nos chama, através da cruz, para sermos seus discípulos. Mc 8.34: “E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me.”  Ser discípulo de Jesus através da cruz: o Fazer a vontade de Deus  A cruz era a vontade de Deus para Jesus
  3. 3.  Mas será que é possível saber a vontade de Deus?  Jesus nos ensinou a orar "seja feita a tua vontade" (Mt 6.10). Logo concluímos que é possível conhecer e fazer a vontade de Deus.  A única razão para não nos submetermos à vontade de Deus é a desobediência, a ignorância ou, o desinteresse em não querer conhecê-la.  A relação do ativismo com o querer e fazer a vontade de Deus.  "Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade do Senhor" (Ef 5.17).  Será que temos buscado conhecer a vontade de Deus? Nós nos sentimos dispostos a isto? Estamos firmes neste propósito?  Muitas das vezes temos resistido fazer a vontade de Deus, mesmo quando Este nos chama. Exemplo de resistência: Jonas O profeta, inicialmente, não queria fazer a vontade de Deus. Ele passou por maus pedaços, e acabou "sendo convencido," pelo próprio Deus, a obedecer. Então, se aprontou e foi fazer o que Deus ordenara. "Pela segunda vez veio a palavra do Senhor a Jonas, dizendo: Levanta-te, e vai à grande cidade de Nínive, e lhe proclama a mensagem que eu te ordeno. Levantou-se, pois, Jonas, e foi a Nínive, segundo a palavra do Senhor" (Jn 3.1-3).  Mas qual é a vontade de Deus? (1 Tm 2.3,4: Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.) o Vitória
  4. 4.  Jo 19.30: E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.  Deus tem um propósito, desígnio, em tudo o que faz. Nada é por acaso. O acaso só existe para aqueles que não crêem.  O propósito da vida de Jesus era morrer na cruz e ressuscitar ao terceiro dia para que todos tivessem novamente a vida com Deus.  2 Co 2.14: E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragráncia do seu conhecimento.  Para que a missão de Jesus pudesse ser cumprida, muitos obstáculos foram vencidos: tentação, sede, fome, dor, sofrimento, maldição e até a morte.  Por isso, Jesus já venceu todos esses obstáculos para aqueles que crêem no sacrifício de Jesus.  Sl 91.10: Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. o Amor  Na época do império romano, a cruz era tida como um lugar de maldição. As pessoas mais marginalizadas da sociedade e que cometeram os crimes mais atrozes eram condenadas à morte de cruz. Isso se dava devido ao fato da morte na cruz ser a pior e mais cruel morte existente na época do império romano.  Horas e horas de agonia. A morte na cruz era lenta.  Dores decorrentes dos pregos enferrujados que perfuravam mãos e pernas.
  5. 5.  Febre alta produzida pela infecção dos pregos enferrujados.  Sede decorrente da desidratação excessiva. Fome devido à horas pendurado na cruz.  Dificuldade ao respirar devido à posição do corpo na cruz causando-lhe constantes asfixias. Todas as vezes que Jesus precisava respirar, ele tinha que elevar o corpo tendo como apoio os pregos dos pés.  Jesus sentiu forte agonia antes de ir para a cruz e orou ao Pai (Lc 22.42-44: Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua. E apareceu-lhe um anjo do céu, que o fortalecia. E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se em grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão.).  Talvez Jesus já tivesse ouvido falar da crucificação ou talvez Jesus já até tivesse presenciado outras crucificações. Ele sabia como era dolorosa a morte na cruz.  Entretanto, a cruz foi a maior prova de amor que alguém já demonstrou. Foi na cruz que Jesus expressou o quanto ama a humanidade.  Não foram os cravos que prenderam Jesus na cruz. Foi o seu amor por mim e por você.  Você foi escolhido por Deus para um propósito específico: ser discípulo de Jesus o Deus tem um sonho para Vc e para mim: fazer parte da família dEle através do sacrifício de Jesus o Ele te escolheu com um propósito: cumprir o “Ide” (Mt 28.19).
  6. 6. o Ele te chamou para ser vitorioso e próspero em tudo que Vc faz. o Ele te deu todas as promessas da Bíblia (“somos mais que vencedores”, “podemos todas as coisas naquele que nos fortalece”, “perseverantes na fé para alcançarmos a vida eterna com Deus”, “encher os nossos celeiros de bênçãos” o Mas tudo isso através da cruz. Sem antes dizer sim ao sacrifício de Jesus, tomar a nossa cruz e ser Seu discípulo

×