METABOLISMO DE TERPENOS EM PLANTAS SUPERIORES            Guilherme Araújo LACERDA1, Nelson Delú FILHO2          Aluno do C...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metabolismo de terpenos em plantas superiores

1.805 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.805
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metabolismo de terpenos em plantas superiores

  1. 1. METABOLISMO DE TERPENOS EM PLANTAS SUPERIORES Guilherme Araújo LACERDA1, Nelson Delú FILHO2 Aluno do Curso de Mestrado em Biotecnologia/UNINCOR1 Professor do Curso de Mestrado em Biotecnologia/UNINCOR2Palavras-chave: terpeno, isopreno, biossíntese.RESUMO Os terpenos e terpenóides são derivados do isopreno (C5H8) sendodiferenciados pela presença de CH e O (terpenos) e C e H (terpenóides). Estescompostos são biossintetizados a partir de metabólitos primários e mais tardeem duas diferentes vias. Na via do ácido mevalônico três moléculas de acetil-coA, são inseridas juntas para formar o ácido mevalônico que ocorre nocitosol/retículo endoplamático e a via do 2-C-metileritiritrol-4-fosfato, comprocedência na via 1-deoxixilulose-5-fosfato ocorrendo nos plastídeos. A viabásica para a biossíntese de terpenóides voláteis é convencionalmente tratadaem três fases: (1) formação de unidades básicas de C5, (2) condensação deduas ou três unidades de C5 para formar C10, C15 ou C20 prenil difosfatos, e(3) conversão resultando prenil difosfatos e produtos. Os terpenos sãoclassificados de acordo com o número de unidades isoprênicas: hemiterpenos(1 isopreno – 5C), monoterpenos (2 isoprenos – 10C), sesquiterpenos (3isoprenos – 15C), diterpenos (4 isoprenos – 20C), triterpenos (5 isoprenos –30C), tetraterpenos (8 isoprenos – 40C). São importantes fontes de compostosoleofílicos envolvendo a formação de produtos fitotoxinícos. As quantidadesaumentadas de terpenos podem agir como poluentes, aumentando o estresseda planta. O custo metabólico desta emissão fotoquímica é também muitoelevado. A leitura e interpretação de artigos recentes acerca do temametabolismo de terpenos forneceu embasamento para esta discussão sobre asmais diferentes rotas de biossíntese destes compostos e sua aplicação nasplantas que os produzem. Muitos terpenos e seus derivados são agentesimportantes de toxidade de insetos e de fungos patogênicos. As plantasnecessitaram se adaptar aos ambientes mais inóspitos e a síntese decompostos terpenóides as auxiliaram diretamente neste processo.____________________

×