SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
HORA DO CONTO Animação da Leitura
Animação da Leitura
Animação da Leitura O sapo estava sentado à beira do rio. Sentia-se esquisito. Não sabia se estava contente ou se estava triste
Animação da Leitura Toda a semana tinha andado como que a sonhar. Que é que teria?
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object]
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Animação da Leitura E ficou tão contente que deu um salto enorme pela porta fora.
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object],[object Object]
Animação da Leitura Não sabia escrever, mas sabia fazer bonitas pinturas. Quando voltou para casa fez uma pintura linda, com vermelho, azul, e muito verde que era a cor que ele mais gostava.
Animação da Leitura À noite, quando já estava escuro, saiu com a pintura e enfiou-a por baixo da porta da Pata. Com a emoção, tinha o coração a bater com toda a força.
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object]
Animação da Leitura No dia seguinte o Sapo colheu um belo ramo de flores. Ia oferece-las à Pata. Mas quando chegou à porta não teve coragem para a enfrentar. Pôs as flores na soleira da porta e fugiu o mais depressa que pôde. E assim continuaram as coisas, dia após dia. O Sapo não conseguia arranjar coragem para falar.
Animação da Leitura A Pata andava muito contente com todos aqueles belos presentes. Mas quem é que os mandaria?
Animação da Leitura Pobre Sapo! Perdeu o apetite e à noite não conseguia dormir… E as coisas continuavam assim durante semanas.
Animação da Leitura Como é que havia de mostrar à Pata que gostava dela? - Tenho de fazer uma coisa de que mais ninguém seja capaz – decidiu ele. – tenho que bater o recorde do mundo de salto em altura! A Patinha vai ficar muito surpreendida, e depois ela também vai gostar de mim.
Animação da Leitura O Sapo começou logo a treinar. Praticou salto em alturas durante dias a fio. Saltava cada vez mais alto, até às nuvens. Nunca nenhum sapo do mundo tinha saltado tão alto.
Animação da Leitura Que é que terá o Sapo ? – perguntou a Pata preocupada - saltar assim é perigoso. Ainda acaba por se magoar. E tinha razão.
Animação da Leitura Às duas horas e treze minutos da tarde de sexta-feira, as coisas correram mal. O Sapo estava a dar o salto mais alto da história quando perdeu o equilíbrio e caiu no chão. A Pata, que ía a passar nessa altura, veio a correr ajudá-lo.
Animação da Leitura ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Animação da Leitura Desde então. amam-se perdidamente. Um sapo e uma pata… Verde e branca. O amor não conhece barreiras.
Animação da Leitura HORA DO CONTO

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Osx apresentação corporativa português_abril
Osx apresentação corporativa português_abrilOsx apresentação corporativa português_abril
Osx apresentação corporativa português_abrilosxri
 
Ejercicios. leyes de la dinámica
Ejercicios. leyes de la dinámicaEjercicios. leyes de la dinámica
Ejercicios. leyes de la dinámicaquififluna
 
Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!
Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!
Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!Lívia Paupério
 
Tema3.2ºbachillerato.física
Tema3.2ºbachillerato.físicaTema3.2ºbachillerato.física
Tema3.2ºbachillerato.físicaquififluna
 
Jardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeutica
Jardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeuticaJardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeutica
Jardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeuticaÉrika Renata
 
Programa Nações Unidas para o desenvolvimento
Programa Nações Unidas para o desenvolvimentoPrograma Nações Unidas para o desenvolvimento
Programa Nações Unidas para o desenvolvimentoKeko-Acessorios
 
USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014
USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014
USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014resgatesalta
 
Tema 5 rompiendo las barreras
Tema 5 rompiendo las barrerasTema 5 rompiendo las barreras
Tema 5 rompiendo las barrerasSilvia Siri
 
Tema6.2ºbachillerato.física
Tema6.2ºbachillerato.físicaTema6.2ºbachillerato.física
Tema6.2ºbachillerato.físicaquififluna
 
Apresentação 4T12
Apresentação 4T12 Apresentação 4T12
Apresentação 4T12 Cteep_ri
 
285115-OSHAcademy-Transcript
285115-OSHAcademy-Transcript285115-OSHAcademy-Transcript
285115-OSHAcademy-TranscriptVijaykumar Gandi
 

Destaque (20)

O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Osx apresentação corporativa português_abril
Osx apresentação corporativa português_abrilOsx apresentação corporativa português_abril
Osx apresentação corporativa português_abril
 
Ejercicios. leyes de la dinámica
Ejercicios. leyes de la dinámicaEjercicios. leyes de la dinámica
Ejercicios. leyes de la dinámica
 
Mundo utopico
Mundo utopicoMundo utopico
Mundo utopico
 
Apresentacao JaquelineMoll_MaisEducacao
Apresentacao JaquelineMoll_MaisEducacaoApresentacao JaquelineMoll_MaisEducacao
Apresentacao JaquelineMoll_MaisEducacao
 
Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!
Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!
Crise da Interioridade?? Viva a intimidade arregaçada!
 
Bases de datos
Bases de datosBases de datos
Bases de datos
 
Multinacionales
MultinacionalesMultinacionales
Multinacionales
 
Tema3.2ºbachillerato.física
Tema3.2ºbachillerato.físicaTema3.2ºbachillerato.física
Tema3.2ºbachillerato.física
 
Jardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeutica
Jardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeuticaJardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeutica
Jardim, le. a preocupação liberadora no contexto da prática terapeutica
 
Entero planet
Entero planetEntero planet
Entero planet
 
Programa Nações Unidas para o desenvolvimento
Programa Nações Unidas para o desenvolvimentoPrograma Nações Unidas para o desenvolvimento
Programa Nações Unidas para o desenvolvimento
 
USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014
USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014
USF Physis - Boletim Informativo de Dezembro 2014
 
Nutricao e saude
Nutricao e saudeNutricao e saude
Nutricao e saude
 
Tema 5 rompiendo las barreras
Tema 5 rompiendo las barrerasTema 5 rompiendo las barreras
Tema 5 rompiendo las barreras
 
Tema6.2ºbachillerato.física
Tema6.2ºbachillerato.físicaTema6.2ºbachillerato.física
Tema6.2ºbachillerato.física
 
Apresentação 4T12
Apresentação 4T12 Apresentação 4T12
Apresentação 4T12
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Na miña cara redondiña.ppt
Na miña cara redondiña.pptNa miña cara redondiña.ppt
Na miña cara redondiña.ppt
 
285115-OSHAcademy-Transcript
285115-OSHAcademy-Transcript285115-OSHAcademy-Transcript
285115-OSHAcademy-Transcript
 

Semelhante a O sapo apaixonado

Semelhante a O sapo apaixonado (16)

O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
o-sapo-apaixonado.ppt
o-sapo-apaixonado.ppto-sapo-apaixonado.ppt
o-sapo-apaixonado.ppt
 
O sapo apaixonado.ppt
O sapo apaixonado.pptO sapo apaixonado.ppt
O sapo apaixonado.ppt
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
O sapo-apaixonado (1)
O sapo-apaixonado (1)O sapo-apaixonado (1)
O sapo-apaixonado (1)
 
6399476 o-sapo-apaixonado
6399476 o-sapo-apaixonado6399476 o-sapo-apaixonado
6399476 o-sapo-apaixonado
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
Ppt o sapo apaixonado
Ppt o sapo apaixonadoPpt o sapo apaixonado
Ppt o sapo apaixonado
 
O sapo apaixonado[1]
O sapo apaixonado[1]O sapo apaixonado[1]
O sapo apaixonado[1]
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
Conto o sapo apaixonado
Conto   o sapo apaixonadoConto   o sapo apaixonado
Conto o sapo apaixonado
 
Osapoapaixonado Div
Osapoapaixonado   DivOsapoapaixonado   Div
Osapoapaixonado Div
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonado O sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!
 
Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02
Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02
Powerpointsapoapaixonado 090323172146-phpapp02
 

Mais de Gracinda Pinto Lopes (10)

O conto
O contoO conto
O conto
 
O conto
O contoO conto
O conto
 
O conto
O contoO conto
O conto
 
Hist
HistHist
Hist
 
Imagem4
Imagem4Imagem4
Imagem4
 
S martinho castanha l ili
S martinho castanha l iliS martinho castanha l ili
S martinho castanha l ili
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
O sapo-apaixonado
O sapo-apaixonadoO sapo-apaixonado
O sapo-apaixonado
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Comentário gracinda
Comentário   gracindaComentário   gracinda
Comentário gracinda
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 

O sapo apaixonado

  • 1. HORA DO CONTO Animação da Leitura
  • 3. Animação da Leitura O sapo estava sentado à beira do rio. Sentia-se esquisito. Não sabia se estava contente ou se estava triste
  • 4. Animação da Leitura Toda a semana tinha andado como que a sonhar. Que é que teria?
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. Animação da Leitura E ficou tão contente que deu um salto enorme pela porta fora.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Animação da Leitura Não sabia escrever, mas sabia fazer bonitas pinturas. Quando voltou para casa fez uma pintura linda, com vermelho, azul, e muito verde que era a cor que ele mais gostava.
  • 13. Animação da Leitura À noite, quando já estava escuro, saiu com a pintura e enfiou-a por baixo da porta da Pata. Com a emoção, tinha o coração a bater com toda a força.
  • 14.
  • 15. Animação da Leitura No dia seguinte o Sapo colheu um belo ramo de flores. Ia oferece-las à Pata. Mas quando chegou à porta não teve coragem para a enfrentar. Pôs as flores na soleira da porta e fugiu o mais depressa que pôde. E assim continuaram as coisas, dia após dia. O Sapo não conseguia arranjar coragem para falar.
  • 16. Animação da Leitura A Pata andava muito contente com todos aqueles belos presentes. Mas quem é que os mandaria?
  • 17. Animação da Leitura Pobre Sapo! Perdeu o apetite e à noite não conseguia dormir… E as coisas continuavam assim durante semanas.
  • 18. Animação da Leitura Como é que havia de mostrar à Pata que gostava dela? - Tenho de fazer uma coisa de que mais ninguém seja capaz – decidiu ele. – tenho que bater o recorde do mundo de salto em altura! A Patinha vai ficar muito surpreendida, e depois ela também vai gostar de mim.
  • 19. Animação da Leitura O Sapo começou logo a treinar. Praticou salto em alturas durante dias a fio. Saltava cada vez mais alto, até às nuvens. Nunca nenhum sapo do mundo tinha saltado tão alto.
  • 20. Animação da Leitura Que é que terá o Sapo ? – perguntou a Pata preocupada - saltar assim é perigoso. Ainda acaba por se magoar. E tinha razão.
  • 21. Animação da Leitura Às duas horas e treze minutos da tarde de sexta-feira, as coisas correram mal. O Sapo estava a dar o salto mais alto da história quando perdeu o equilíbrio e caiu no chão. A Pata, que ía a passar nessa altura, veio a correr ajudá-lo.
  • 22.
  • 23. Animação da Leitura Desde então. amam-se perdidamente. Um sapo e uma pata… Verde e branca. O amor não conhece barreiras.
  • 24. Animação da Leitura HORA DO CONTO