Olhaí Rondônia - nº 3

457 visualizações

Publicada em

Notícias de um governo que faz e um estado que acontece.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
457
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Olhaí Rondônia - nº 3

  1. 1. ia Habitação dôn 400 UNIDADES HABITACIONAIS FORAM Ron SORTEADAS EM ROLIM DE MOURA PELO GOVERNO DE RONDÔNIA, EM PARCERIA COM A Notícias de um Governo que faz e um Estado que acontece. PREFEITURA LOCAL. 18 de agosto de 2012 - Porto Velho, Rondônia - Ano 1, Número 3 rondonia.ro.gov.br Governo apóia maior Estradão apresenta evento folclórico números grandiosos do estado A disputa entre os bois bumbás Cerca de 800 servidores e aproximadamente 350 Malhadinho e Flor do Campo gerou máquinas, equipamentos e veículos do Projeto Estradão cerca de 30 mil empregos diretos e estão em atividade em todo o estado, recuperando 100% indiretos na cidade de Guajará Mirim, das estradas estaduais não pavimentadas. O investimento durante o Festival Duelo na Fronteira. previsto é de R$ 40 milhões. página 07 página 02 EFMM é 100! FLIRO A I Feira Literária de Rondônia acontecerá entre os dias 7 e 11 O centenário de inauguração da Estrada de novembro, e terá como tema de Ferro Madeira Mamoré foi comemorado o centenário da Estrada de no dia 1 de agosto em um grande ato que Ferro Madeira Mamoré. uniu emoção, recordações e cultura. página 08Complexo Rio Madeira Investimento na prevenção do câncer de mamaobras aceleradas e data definida Quase 50 mil mulheres em todo o estado serão atendidas pelo projeto de rastreamento mamográfico que será vializado por uma parceria entre Governo de Rondônia, Instituto Avon e Fundação Pio XII, gestora do Hospital do Câncer de Barretos – unidade de Porto Velho. página 06 ExpoPeru aproxima mercados e gera negócios 12 horas de rodadas de negócios e a presença de cerca de 200 empresários peruanos e brasileiros marcaram a primeira edição da Expo Peru Amazônia, realizada em Porto Velho no início de agosto. Cerca de US$ 15 milhões em negócios diretos foram gerados no evento. página 03Projetado para abrigar as secretarias, autarquias e órgãos da administração estadual, o Complexo Rio Madeira seráoficialmente inaugurado no próximo dia 22 de dezembro, com uma grande festa para os servidores estaduais e para apopulação em geral. No dia 12 de setembro terá início uma contagem regressiva de 100 dias para a inauguração do espaçoque proporcionará ao Estado uma economia de cerca de R$ 60 milhões anuais somente em aluguéis. O complexo terá página 07capacidade para atender mais de 7 mil servidores e seus cinco prédios ocuparão uma área de 16.227 m².
  2. 2. EDITORIAL Estradão. 350 máquinas e 800 trabalhadores Caros leitores, O Olhaí está de volta. O informati- vo do Governo de Rondônia volta a serviço de rondôniaa circular e agora de forma definitiva,com nova periodicidade. A partir desta edição o Olhaí estaránas ruas semanalmente. Seja em PortoVelho, na Zona da Mata, Região Central,Vale do Guaporé ou Cone Sul os rondo-nienes, todos os finais de semana, po-derão acompanhar a pauta positiva doEstado. O Governo da Cooperação fomenta epromove o crescimento e a melhoria daqualidade de vida no Estado. E o Olhaíevolui acompanhando o ritmo aceleradoda administração estadual. Utilidade pública, prestação de servi-ço, notícias que influenciam diretamen-te a sua vida. Participe do jornal, fazendosua pergunta ou simplesmente emitindosua opinião. Envie e-mail para decomro@gmail.com, tuíte no @governoro ou acesse ofacebook.com/governoderondonia. Este é o Olhaí. Jornal do governo semcara de jornal de governo. Boa leitura! O Estradão é o mais ambicioso projeto de recuperação de estradas não pavimentadas e linhas vicinais da história de Rondônia EXPEDIENTE ia dôn Tanto o pequeno produtor ru- A região de Porto Velho foi uma das apoio do Governo na recuperação de ral quanto os grandes pecuaristas mais beneficiadas com a implantação linhas vicinais pertencentes às prefei- Ron dependem diretamente de estradas do Projeto Estradão. Além de uma Re- turas. Neste ano os trabalhos devem boas para escoar sua produção e fo- sidência do DER instalada na capital, a atingir a marca de oito mil km de es- mentar grande parte da economia Ponta do Abunã [formada pelos distri- tradas não-pavimentadas recuperadas rondoniense. tos de Nova Califórnia, Extrema e Vista e conservadas pelo DER. Se em 2011 o Reafirmando seu papel de parceiro Alegre] ganhou uma Regional do DER. investimento no Estradão foi de apro- do homem do campo, o Departamento No local, de responsabilidade da prefei- ximadamente R$ 20 milhões, para este UMA PUBLICAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE de Estradas de Rodagem e Transportes tura de Porto Velho, o governo estadu- ano a estimativa é de R$ 40 milhões. COMUNICAÇÃO SOCIAL DO GOVERNO DE RONDÔNIA (DER) trabalha com cerca de 800 servi- al cuida da recuperação de 800 km de DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL dores e aproximadamente 350 máqui- estradas. Além disso, o DER também www. comunicacao.ro.gov.br nas, equipamentos e veículos no Proje- recupera 360 km de estradas na região PORTAL DO SERVIDOR to Estradão. de União Bandeirantes, que também é O produtor de leite José www.portaldoservidor.ro.gov.br Criado em 2011, o Projeto Estradão responsabilidade da capital. Gomes Armandes, morador prevê o patrolamento, a abertura late- REDES SOCIAIS www.facebook.com/governoderondonia ral e o encascalhamento de 100% das Pontes da RO-383 (Linha E) há 14 anos, na Estância Tutel estradas estaduais não-pavimentadas, Para garantir a segurança no trân- www.twitter.com/GovernoRO além da substituição de pontes velhas sito, pontes velhas de madeira são “Meus Heróis” afirma que PROJETO GRÁFICO de madeira por pontes, galerias de con- substituídas por pontes e galerias a estrada nunca recebeu Minhagencia Propaganda e Marketing creto e manilhas. Também faz parte do de concreto e tubos metálicos. Só na cuidados como tem ocorrido projeto a eliminação de curvas perigo- região de Jaru foram eliminadas 29 DIAGRAMAÇÃO nos últimos dois anos. Edson de Melo sas e morros elevados e a iluminação pontes de madeira. Nas adjacências de de trevos estaduais. Porto Velho foram eliminadas outras 21 As equipes do DER estão divididas pontes. Na Regional de Cacoal diversas em 11 Residências Regionais instaladas pontes de madeira deram lugares a ga- em pontos estratégicos, de forma que lerias de concreto e bueiros. Na RO-391, cada representação fica responsável em Chupinguaia, foi construída uma Teve inverno que minha por uma região do Estado, com um ponte de concreto de 145 metros sobre úteis família não conseguia sair percentual de estradas definido. o rio Pimenta. Pelo local passa boa par- O relatório de trabalho das residên- te da produção de soja e gado do Cone de casa, de tanta lama e 190 Polícia Militar cias mostra que mais de sete mil qui- Sul do Estado. A ponte, inaugurada atoleiro na porta da minha propriedade. Já perdi vendas 193 lômetros de estradas de chão já rece- neste ano, era uma das maiores reivin- Samu e Bombeiros beram o trabalho do DER. Desse total, dicações dos produtores da região. de boi e de leite. No período 191 Polícia Rodoviária em torno de 2 mil km foram encasca- lhados. Algumas residências, como as Os números mostram o quanto é grandioso o Projeto Estradão. Em 2010, de chuvas desse ano a 100 Denúncia de exploração infantil de Colorado do Oeste e a de Cacoal en- sem Estradão, o DER trabalhou em 5,5 estrada ficou transitável, sem atoleiros. 150 Vigilância sanitária cerraram o patrolamento e a abertura lateral de toda sua malha viária. Agora, mil km de estradas não-pavimentadas. Em 2011, com a implantação do Proje- 151 Procon as equipes concentram os serviços no encascalhamento. to, o Departamento recuperou mais de 7 mil km de estradas. Isso inclui o JOSÉ GOMES ARMANDES ônia Noticia de um Governo que faz, 2 d Ron de um Estado que acontece.
  3. 3. EXPOPERU EM RONDÔNIA CADASTRADO JUNTO À SOPH Uma comitiva formada por empresários Novas medidas de segurança peruanos e brasileiros visitou duas foram implantadas na Sociedade das maiores e mais modernas plantas de Portos e Hidrovias do Estado de frigoríficas de Rondônia. Os peruanos Rondônia (SOPH). A partir de agosto, ficaram impressionados com a qualidade só terá acesso ao Porto quem estiver da carne produzida no estado. PÁG 7 cadastrado junto a SOPH.Complexo Rio Madeira já temdata marcada para inauguração Os próximos dias 12 de setembro e 22de dezembro serão marcantes na histó-ria do executivo estadual. Em setembro as primeiras secreta-rias começarão a se instalar no Comple-xo Rio Madeira, sendo que no dia 12 teráinício a contagem regressiva de 100 diaspara a inauguração oficial deste espaço,que acontecerá às vésperas do Natal. Projetado para abrigar as secretarias,autarquias e órgãos da administraçãoestadual, o Complexo Rio Madeira pro-porcionará ao Estado uma economia decerca de R$ 60 milhões anuais em alu-guéis. Atualmente 30 órgãos estaduaisocupam 37 prédios alugados. Com o ad-vento do sistema Voip no complexo osgastos com telefonia devem diminuirem até 70%. Haverá redução de despesastambém com transporte, vigilância, lim-peza e material administrativo. Está sendo elaborado um relatório(RIT) do entorno do complexo com vistasa desafogar o trânsito através do alarga-mento das ruas e construção de novosestacionamentos, processo que inclui ademolição de prédios, como o ocupadoatualmente pela Secretaria de Finançasna avenida Presidente Dutra. O Complexo Rio Madeira localiza-se O Complexo Rio Madeira proporcionará ao governo, além de economia em aluguéis ena avenida Farquar, entre as ruas Pio XII outras despesas, otimização do trabalho e conforto para servidores e visitantese Padre Chiquinho. Complexo Rio Madeira em números Aeroporto de Cacoal ganhará mais um voo diário A população rondoniense, e Cuiabá/MT, e vice-versa, sem principalmente os moradores das qualquer conexão, de segunda à regiões central e Zona da Mata, sexta-feira. será beneficiada com mais um Os novos vôos são fruto dos vôo diário no Aeroporto Capital investimentos do governo estadual do Café, em Cacoal. O aeroporto, no Aeroporto Capital do Café. O que já conta com conexões de DER está à disposição da Agência voos diários de Porto Velho a Nacional de Aviação Civil (Anac), Cuiabá, no Mato Grosso [e vice- para buscar solução para qualquer versa] passando por Cacoal e pendência. Vilhena, a partir do próximo dia Somente no primeiro semestre 3 [de setembro] passará a contar deste ano, conforme dados da com mais um voo da empresa Trip administração do aeroporto, foram Linhas Aéreas. registrados quase 13 mil embarques O diferencial deste novo vôo é e desembarques no aeroporto com o apoio do Governo o aeroporto de Cacoal se que ele será direto entre Cacoal Capital do Capital. desenvolve e fomenta a economia de toda a região ônia Noticia de um Governo que faz, 3 d Ron de um Estado que acontece.
  4. 4. ESTUDANTES APRENDEM COM ESTÁGIO 8 MILHÕES INVESTIDOS EM SINALIZAÇÃO A PGE realizou o VII Exame de Seleção para O Departamento de Trânsito (Detran) tem investidoingresso no Programa de Estágio com a finalidade em convênios para sinalizações horizontais, verticaisde contribuir para o treinamento prático do futuro e semafóricas das vias nos municípios para assegurarprofissional em sua área de formação. O exame a regularidade no trânsito. Dados do Detran revelamdestinou-se a preencher vagas existentes e as que que desde 2011 foram investidos mais de R$ 8 milhõessurjam em seu prazo de validade. em sinalização.Fliro. um cenário Rondônia participa de Missão Pedagógica em Brasíliade obras e autores As professoras da rede estadual de ensino, Irene Felici Fidellis - com o projeto Arte e Política da Escola Santa Ana (em Alvorada do A partir deste ano Rondônia estará Oeste) - e Eliane Trivilim – com odefinitivamente inserida no calendário projeto Africanidade (de Pimentados grandes eventos do mercado edi- Bueno) - foram selecionadastorial. A Estrada de Ferro Madeira Ma- para participar da 2ª edição domoré será tema da I Feira Literária de Programa Missão Pedagógica noRondônia (Fliro), que acontecerá na pra- Parlamento, em Brasília.ça do complexo ferroviário, às margens As professoras se juntarão ado Rio Madeira, em Porto Velho, de 07 a outros 52 profissionais de todo11 de novembro. o Brasil e irão à Câmara dos Entre as atrações da Fliro – que terá Deputados, entre os dias 20 eum caráter multicultural, e não apenas 24 de agosto, para participaremliterário – está a comemoração dos cen- de um curso de formação emtenários de nascimento de Jorge Ama- democracia, cidadania, política,do e de Nelson Rodrigues. Uma tenda além de conhecer o Congressoespecial prestigiará a Semana de Arte Nacional e elaborar propostasModerna de 1922, que completa 90 anos para serem debatidas eem 2012. executadas no estado. Programação É a segunda vez que professores da Escola Estadual Santa Ana A programação da Fliro visa atrair representam a educação demais de 50 mil visitantes e comercia- Rondônia em Brasília.lizar cerca de 5 mil livros. Além da fei-ra em si, estão programadas oficinas,palestra, mesas redondas, encontros,sessões de autógrafos, compartilha-mento de atividades com o 10º FestiCi-neAmazônia, apresentações artísticas,exposições de artes plásticas e recitalde poesia por alunos das redes públicae privada. presenças Já estão confirmados Thiago deMello, poeta amazonense, e Ziraldo Al-ves Pinto, cartunista mineiro. Os escri- Professoras farão curso detores rondonienses também terão espa- formação em democracia,ços exclusivos na Fliro. cidadania e política Escola estadual vence concurso e é cenário de curta-metragem No final do mês de julho a equipe Escola, promoveram o Concurso da TV Escola, do Ministério Escola, Roteiro e Cinema em da Educação (MEC), realizou a escolas públicas participantes filmagem do curta-metragem do Programa “Mais Educação”. vencedor do concurso Roteiro, Estudantes dos anos finais do Escola e Cinema “O lugar onde ensino fundamental (6º ao 9º ano) vivo” na Escola Estadual Celso elaboraram roteiros em formato Ferreira da Cunha, situada no de curtas-metragens (duração de Distrito do Riozinho, Cacoal – RO. até 3 minutos) sobre o tema “O A escola ficou em primeiro lugar Lugar Onde Vivo”. em nível nacional, entre mais de Escola Celso Ferreira da Cunha, de Cacoal, foi a 1º colocada 140 escolas de todo o país. exibição no concurso “Escola, Roteiro e Cinema: O lugar onde vivo” A Organização dos Estados O curta-metragem será Ibero-americanos para a exibida no Congresso de Educação, Ciência e Cultura (OEI), Línguas da Ibero-América, em setembro. O aluno Pabikyt escola, Roberto de Oliveira em parceria com a Secretaria que será realizado na cidade Santos Cinta Larga, do 8º ano, Souza, representarão Rondônia de Educação Básica (SEB) e a TV de Salamanca, na Espanha, acompanhado do diretor da no Congresso. ônia O Governo da 4 d Ron Cooperação em Ação.
  5. 5. 20 mil casas. Meta inicial serábatida e mais famílias beneficiadas O sonho da casa própria mais perto meira vez que o governo estadual ajudada população. O governo de Rondônia, a construir casas para famílias carentesem parceria com a prefeitura de Rolim na região. Habitação recebede Moura, sorteou no final de julho 400unidades habitacionais construídas pelo Participantes Investimento históricoPrograma Minha Casa Minha Vida, do As pessoas selecionadas, em sua O Plano FutuRO combate asgoverno Federal, em parceria com o Pro- imensa maioria, não tinham a menor carências sociais do estado, entregrama Morada Nova, de âmbito estadual. perspectiva de um dia serem donas de elas a falta de moradias. O governo São 400 casas que “formarão uma suas casas, e vivem em situações precá- já investiu cerca de R$ 70 milhõespequena nova cidade” dentro de Rolim rias. em habitação, e deve fechar este anode Moura, com toda infraestrutura bá- Os inscritos no sorteio foram visi- com o lançamento de mais de 11 milsica, como asfalto, água, luz, iluminação tados por técnicos que confirmaram as casas, sendo duas mil na área rural,e transporte. As casas são todas em al- informações prestadas no momento da habitações que devem ser entreguesvenaria, cobertas com telhas de barro e inscrição: não possuírem imóveis e/ou até julho do próximo ano.revestidas com cerâmica na cozinha e serem beneficiados em outros progra- O governo irá não só cumprir obanheiro. mas habitacionais, além de não ultrapas- planejamento de construir as 20 mil De acordo com o secretário-regional sar o limite de renda de até R$ 1.600,00 Dalva Costa foi às lágrimas ao ser casas, como deverá ultrapassá-lo elocal, Iloir Miguel Alberti, o ‘Kiko’, é a pri- (um mil e seiscentos reais) por família. anunciada como uma das sorteadas se tornar um exemplo para o país. Critérios sociais utilizados para pré-seleção Famílias residentes em área de risco ou insalubres ou que tenham sido desabrigadas; Famílias com mulher responsável pela unidade familiar; Famílias de que façam parte pessoas com deficiência; Famílias que recebam Bolsa Família, Bolsa Futuro, inscritas no CADÚNICO e com cadastro atualizado e que estejam em situação de vulnerabilidade social e precariedade habitacional; Famílias que tenham o maior tempo de residência no município; As casas estão sendo construídas em terrenos de 10 x 15 metros e terão 37m2 cada. O governo está investindo R$ 1,8 milhão na parceria com a Caixa. Famílias com menor renda per capta. Rondônia tem 72% menos focos de calor em agosto Historicamente, agosto é o mês com as condições climáticas do estado o maior número de focos de calor. são favoráveis à proliferação de No entanto, segundo o relatório focos de queimadas, por se tratar de de monitoramento de focos de período seco, sem chuva. “A redução calor em Rondônia, divulgados dos focos é resultado das ações de pela Secretaria de Estado do controle e combate das queimadas Desenvolvimento Ambiental que a Sedam vem realizando este (Sedam) no período de 1º de junho a ano”, afirmou Gama. 8 de agosto, foram registrados 1.251 Este resultado é fruto de ações focos de calor em todo o Estado. Já preventivas e educativas. Por no mesmo período do ano passado meio de ações integradas com o foram registrados 2.161 focos, governo federal e as prefeituras representando uma redução de a Sedam fortaleceu as ações mais de 72%. de monitoramento, prevenção, Conforme explicou o meteorologista preparação e de respostas rápidas A redução dos focos é resultado das ações de controle e Marcelo Gama, coordenador de aos focos de calor de forma mais geociência da Sedam, neste período eficiente. combate das queimadas que a Sedam vem realizando este ano ia dôn O Governo da 5 Ron Cooperação em Ação.
  6. 6. AGENDA RIO SÃO DOMINGOS TERÁ PONTE CURSO DE DEFESA > Guajará-Mirim – 04-09 Uma ponte com cerca de 30 anos deSANITÁRIA ANIMAL > Porto Velho – 05/09 existência, com passagem para um veículoREALIZADO PELA IDARON > Ariquemes – 06/09 de cada vez, localizada sobre o rio São> Vilhena – 21/08 > Inscrições e informações através Domingos, em Jaru, dará lugar a uma ponte> Pimenta Bueno – 22/08 do telefone 3216-5118 ou diretamente nova, de concreto e mão-dupla. A ordem de> Rolim de Moura – 23/08 na sede da Idaron em Porto Velho. serviço foi assinada nesta sexta, 17.Investimento na prevenção Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas teráe cura do câncer de mama sede própria No dia 9 de agosto foram autorizados pelo O Instituto Avon e a Fundação Pio Executivo Estadual osXII oficializaram no último dia 8 a doa- trâmites necessários paração de R$ 1,7 milhão para o Hospital do a regularização do terrenoCâncer de Barretos – Unidade de Porto localizado na rua LiberoVelho, que serão aplicados no projeto de Badaró, no bairro Costa erastreamento mamográfico que atende- Silva - próximo à sede dorá a mais de 49 mil mulheres em todo Incra - , que será utilizadoo Estado, com o objetivo de detectar a para a construção da sede dodoença em tempo hábil e aumentar a Conselho Estadual de Políticaschance de cura. Públicas sobre Drogas (Conen). Essa é uma parceria do governo do A presidência do Conselho faráEstado com o Instituto Avon e Fundação visitas a Brasília em busca dePio XII, gestora do hospital em Porto Ve- liberação de emendas para alho, que prevê a redução de até 50% dos construção da sede do órgão.casos de câncer no Estado, com a reali- O Conen funciona atualmentezação de mamografias gratuitas em uma na Av. 7 de Setembro n.º 630,unidade móvel (carreta), que atenderá a dentro do Shopping Cidadão e14 municípios rondonienses. é responsável pelas atribuições A proposta, conforme explicou Lírio do poder público EstadualCipriani, diretor-executivo do Instituto em matérias normativas eAvon, é que a unidade móvel atenda, a consultivas de natureza departir de novembro, às rondonienses de Prevenção, Fiscalização e40 a 69 anos, ao longo de três anos, para Repressão de Entorpecentes.a detecção da doença. O câncer de mama, segundo Cipria-ni, é a segunda doença mais frequenteno Brasil, com o registro de 12 mil casosem 2010, segundo o Instituto Nacional de O Instituto Avon e a Fundação Pio XII doaram R$ 1,7 milhão paraCâncer (Inca), mas que se descoberta pre- a Unidade do Hospital do Câncer de Barretos de Porto Velhococemente tem 95% de chance de cura. A carreta será equipada com todainfraestrutura de um consultório (sala sário, realização do tratamento. capacitados em Barretos (SP), onde fica ade recepção, espaço para troca de roupa, Ainda com os recursos doados pela matriz do hospital.mamógrafo digital, mesa para biópsia e Avon será adquirido um mamógrafo di- Segundo Henrique Prata, diretor-equipamentos que permitem a trans- gital para entrar em funcionamento a -geral do Hospital de Câncer de Barretos,missão das imagens colhidas para o partir de 2013 na Unidade Avançada de que desde 2007 conta com a parceria dahospital. As mulheres que apresentarem Prevenção de Câncer de Mama do hospi- Avon, os equipamentos que chegarão aoalgum tipo de alteração é que serão en- tal. Profissionais da área da saúde (enfer- Estado até o mês de outubro são os maiscaminhadas ao Hospital de Câncer para meiros, técnicos de enfermagem e agen- modernos do país para o rastreamento Conen terá sede própriaavaliação mais detalhada e, caso neces- tes comunitários) também deverão ser do câncer, especialmente de mama. Mutirão de cirurgias atende pacientes com traumas ortopédicos Entre 7 de julho e 6 de agosto o HB, através de todos os servidores, Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro ofereceu o que há de melhor em realizou mais de 500 intervenções internação, técnicas cirúrgicas cirúrgicas em 181 pacientes usuários e atendimento humanizado do Sistema Único de Saúde (SUS). aos pacientes da saúde pública Também foram realizados mais estadual. 230 atendimentos em pacientes A maioria das cirurgias com problemas ortopédicos, como ortopédicas realizadas são fêmur, tíbia, quadril, tornozelo, necessárias por conta de acidentes pés, braço, antebraço, úmero, no trânsito. A conscientização cotovelo, ílio, ulna, ísquio, tarso, e a fiscalização no trânsito são púbis, entre outras áreas. caminhos para diminuir o alto FORAM REALIZADAS mais de 500 intervenções Todos os procedimentos cirúrgicos número de pacientes com traumas cirúrgicas em 181 pacientes usuários do SUS foram realizados com sucesso e o ortopédicos. ia dôn O Governo da 6 Ron Cooperação em Ação.
  7. 7. ExpoPeru. Rondônia se abre paraum novo mercado internacional Um marco nas relações diplomáticase comerciais entre o Peru e o Brasil. Au-toridades dos dois países se reuniramna manhã do último dia 9 em Porto Ve-lho para a ExpoPeru Amazônia, eventointernacional que promoveu a exposi-ção de produtos e serviços e o fortaleci-mento do intercâmbio comercial entreos empresários. região Rondônia foi o segundo estado brasi-leiro a receber a ExpoPeru - o primeiroevento foi realizado em São Paulo. O ob-jetivo é criar um intercâmbio comercialentre os dois países e Rondônia, que ficaem uma região estratégica e tem muitoa oferecer aos consumidores peruanos. Ao todo foram 12 horas de rodadasde negócios com a presença de cerca de200 empresários peruanos e brasileiros(a grande maioria rondonienses) dosmais diversos setores. Cerca de US$ 15 Cerca de US$ 15 milhões em negócios diretosmilhões em negócios diretos foram ge-rados no evento. foram gerados durante a expoperuRondônia é um Estado onde o A exposição foi uma A partir da ExpoPeru Ter o Peru como parceirointerior é até mais forte que a oportunidade de abrir novos Amazônia começamos a estratégico é um privilégiocapital, está se desenvolvendo mercados e divulgar produtos escrever uma nova história para o Brasil. Uma riquíssima muito rapidamente, e onde rondonienses em um país de intercâmbio cultural e história e excelentes temos grande interesse em altamente populoso e com alto econômico entre Brasil e oportunidades de negócios firmar parcerias comerciais. poder aquisitivo que é o Peru. Peru. são oferecidas por este país. GUSTAVO FONTENELE Secretário- ANTÔNIO DÊNIS BAÚ executivo do CASTILLO Presidente JOSÉ LUIS SILVA Ministério do Conselheiro da Federação MARTINOT Desenvolvimento, comercial da das Indústrias Ministro do Indústria e embaixada do Estado de Comércio Exterior Comércio Exterior peruana no Brasil Rondônia (Fiero) e Turismo do Peru do Brasil “Duelo na fronteira” une cultura, turismo e desenvolvimento Um espetáculo que uniu o folclore, restaurantes e em toda infra- a cultura, o turismo e movimentou estrutura necessária para realização a economia da região. Assim pode do espetáculo e recepção de turistas. ser descrita a 18º edição do Festival O governo estadual apoiou o evento Folclórico Duelo na Fronteira, através de melhorias na estrutura realizado no bumbódromo da do bumbodromo e de investimento cidade de Guajará Mirim - distante de mais de 1 milhão de reais na 320 quilometros de Porto velho - viabilização da segunda maior festa entre os dias 10 e 12 de agosto. de boi bumbá da região Norte. Com um publico médio de 15 mil Com uma diferença de 84,35 pontos pessoas por dia, a disputa entre sobre o boi Malhadinho, o Flor os bois bumbás Malhadinho e Flor do Campo – cantando e dançando do Campo gerou cerca de 30 mil ‘Pamine”: o renascer da floresta’- empregos diretos e indiretos na sagrou-se campeão desta edição do cidade de Guajará Mirim entre os Duelo da Fronteira. Este é o oitavo meses de março a agosto. São pessoas título do Flor do Campo, que se Boi Flor do Campo é o campeão que atuaram nos currais dos bois iguala em número de vitórias com da 18ª edição do Festival e trabalham em hotéis, farmácias, o seu oponente. ia dôn O Governo da 7 Ron Cooperação em Ação.
  8. 8. cultura. estrada de ferromadeira mamoré é 100! Os 100 anos da inauguração da Es-trada de Ferro Madeira Mamoré foramcomemorados em um ato que uniu emo-ção, recordações e cultura. A EFMM é uma das mais fantásticaspáginas da história do Brasil e marco daengenharia mundial, e deu origem à cida-de de Porto Velho e ao estado de Rondônia. O centenário foi comemorado comuma Virada Cultural na praça do comple-xo ferroviário na manhã do último dia1º de agosto. Além de autoridades, artis-tas e do público em geral, participaramvários descendentes de ex-ferroviários,a exemplo de Elvestre Johnson, 72 anos,cuja vida foi ligada à EFMM, juntamentecom seus outros 15 irmãos, filhos dos ex--funcionários da Madeira Mamoré Nor-man Johnson e Elvira Berenice. “O quemais marcou a cerimônia foi o apito dotrem, emocionante”, afirmou Elvestre. A comemoração ocorreu durantetodo o dia e à noite, com atividades cívi-cas, esportivas e culturais, além da alvo-rada com queima de fogos, descerramen-to da placa comemorativa do centenárioe distribuição da 2ª edição do livro “DasTrevas para a Luz - O Renascer da Estra-da de Ferro Madeira-Mamoré”, que contaa saga da ferrovia. parceria O centenário foi comemorado com uma Virada O Governo de Rondônia, em parceria Cultural na praça do complexo ferroviáriocom a prefeitura de Porto Velho e o Ins-tituto do Patrimônio Histórico e Artísti-co Nacional (Iphan) trabalha no projetode revitalização dos trilhos dos trechosque ligam Porto Velho à igreja de SantoAntônio e Guajará-Mirim ao distrito de Foi uma grande emoção A candidatura da A Estrada de Ferro Madeira-Iata, com financiamento das empresas participar da comemoração EFMM pra patrimônio Mamoré representa umaconstrutoras das usinas de Santo Antô-nio e Jirau. O projeto, que prevê também do centenário da Estrada de cultural da humanidade história de coragem ea construção do Complexo Turístico no Ferro, por ser de Porto Velho e pela Unesco é o passo heroísmo, de tragédia eentorno da igreja de Santo Antônio e do carregar na imagem dos meus adiante nas justas sangue dos pioneiros queMemorial dos Povos Indígenas, foi inicia- antepassados essa história, a homenagens que estão fundaram Porto Velho. A suado com a reforma dos galpões da praça. nossa história! Mais ainda pela sendo prestadas a revitalização, que ocorre em mensagem da peça teatral que EFMM, uma das mais meio às comemorações do o meu grupo “O Imaginário” fantásticas páginas seu centenário, é a maior levou para homenagear esse da história do Barsil prova de que não se apaga Campanha. EFMM grande dia, a peça: “A Ferrovia e todos nós queremos da memória de um povo um como Patrimônio dos Invisíveis: Narrativas do Outro Lado. que seja também da humanidade. fato histórico que determinou suas origens. Cultural da Humanidade Por suas características de excepcional valor histórico para a humanidade está sendo requerida junto ao Governo Brasileiro e à Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) a inclusão da Estrada de Ferro Madeira Mamoré na lista de Patrimônio da Humanidade. Para participar da campanha acesse o blog efmm100anos. wordpress.com ou ligue para RONILMA SANTOS BETO BERTAGNA RICARDO LEITE (69) 8406 5092. Psicóloga e atriz do Superintendente do Procurador Federal junto ao Iphan e coorde- Grupo O Imaginário. Iphan em Rondônia. nador do Comitê pró-Candidatura da ferrovia. ia dôn O Governo da 8 Ron Cooperação em Ação.

×