Resultados com Gestão Planejada

625 visualizações

Publicada em

Caderno Especial de A Tribuna sobre o Seminário de Planejamento Estratégico 2013.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
625
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resultados com Gestão Planejada

  1. 1. Informe publicitário ESPECIALVITÓRIA, ES | DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2012Resultados com O planejamento é uma ferramenta utilizada pelo governo do Estado para melhor organizar suasgestão planejada estratégias, metas, objetivos e projetos que se traduzem em mais resultados para a população. THIAGO GUIMARÃES/SECOM-ES Audiências Futuro do públicas para Espírito Santo conhecer planejado até o demandas > 8 ano de 2030 > 10 Foram realizadas Plano de longo prazo 10 audiências para está sendo revisitado debater orçamento e terá novidades
  2. 2. 2 ATRIBUNA VITÓRIA, ES, DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2012 Especial THIAGO GUIMARÃES/SECOM-ES EQUIPE DE GOVERNO teve Investimentos a oportunidade de estudar programados melhor os programas e chegam a projetos em andamento e R$ 6 bilhões definir as metas Apesar das ameaças de re- que devem ser dução das receitas, o governo alcançadas em do Estado já garantiu a manu- 2013, focadas tenção dos investimentos em em quatro R$ 1,5 bilhão por ano até 2016, áreas totalizando R$ 6 bilhões. Es- prioritárias: ses investimentos asseguram a segurança, oferta de serviços à população, saúde, com mais escolas, mais unida- educação e des de saúde, melhorias na in- mobilidade fraestrutura e na segurança. urbana No segundo dia do seminá- rio, secretários, subsecretários e presidentes de autarquias di- vidiram-se em grupos, repre- sentando os Comitês Estraté- gicos do Governo, e fizeram uma reflexão das prioridades do Estado. Ao final, cada gru- po apresentou seus resultados em plenária, para toda a equi- pe. Antes dos trabalhos em gru- po, o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Robson Leite, reuniu a equipe e passou as diretrizes. “Para obtermos um bom resultadoEquipe de governo define com esse trabalho temos que levar em consideração a visão do governo, os focos prioritá- rios e as premissas, tudo de acordo com os programas eações durante seminárioForam dois dias de THIAGO GUIMARÃES/SECOM-ES projetos dos comitês estraté- gicos alinhados ao orçamen- to”, disse. O secretário refor- çou ainda a necessidade do comprometimento da equipe e o foco na execução do que foi planejado. ALGUMAS AÇÕES Na avaliação do secretário oreunião dos membros seminário serviu para mobili-do primeiro escalão dogoverno com gestores Prioridades anunciadas zar a equipe, definir priorida- des, além de permitir a cada SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL > CINCO ESCOLAS técnicas construí- secretaria conhecer o que ase técnicos para elencar > OS HOSPITAIS Dr. Jayme Santos Ne- das/reformadas até 2014 outras pastas estão fazendo. “É ves (novo Dório Silva) e São Lucas es- > 27 MIL PROFISSIONAIS qualificados o que eu chamo de visão sistê-as prioridades tarão funcionando em 2013 com uma mica, que todo o secretariado e oferta de 570 leitos SEGURANÇA todos os membros do governo ara planejar as ações que o passam a ter”, destacou.P > SERÃO INAUGURADAS 60 novas uni- > 15 UNIDADES INTEGRADAS de Polícia governo do Estado pretende dades de saúde até 2014 (UIPC) construídas até 2013. As UIPCs No pronunciamento de en- desenvolver no próximo > CONSTRUÇÃO de quatro novos cen- são centros que vão integrar as polí- cerramento, o governador Re-ano, o governador Renato Casa- tros de consulta e exames especializa- cias civil e militar em um mesmo am- nato Casagrande reforçou pa- ROBSON LEITE orientou equipegrande reuniu sua equipe de go- dos a partir de 2013 nos municípios de biente ra a equipe a importância deverno no Seminário de Planeja- Guaçuí, Nova Venécia, Linhares e Do- > 10 UNIDADES prisionais construídas ampliar ainda mais o diálogomento Estratégico realizado nos bulência. Vamos ter o cuidado de mingos Martins entre 2013 e 2014, totalizando 3,5 mil com a sociedade. “Temos quedias 7 e 8 de agosto, em Vitória. qualificar nossos investimentos > 20 MIL FAMÍLIAS serão beneficiadas novas vagas fortalecer ainda mais nossa Secretários, subsecretários, ges- em pessoal e custeio, que terá um com o Bolsa Capixaba comunicação com a popula-tores e técnicos tiveram a oportuni- acompanhamento diário. A vitória MOBILIDADE URBANA ção. Fazer uma comunicaçãodade de estudar melhor os progra- e o sucesso estão contratados des- EDUCAÇÃO > BRT – PROJETO executivo concluído direta com as pessoas, porquemas e projetos em andamento e de- de que continuemos trabalhando > 23 ESCOLAS construídas/reconstruí- em 2013 os cidadãos têm interesse emfinir as metas que devem ser alcan- dessa forma, com comprometi- das > BRT – OBRAS DO PORTAL do Príncipe e receber informações do go-çadas em 2013, focadas em quatro mento”, disse Casagrande. > 280 ESCOLAS reformadas e amplia- Complexo Cauê (1ª etapa) concluídas verno. Somos um governo deáreas prioritárias: segurança, saú- Justamente para se adequar a es- das até 2014, e demais obras iniciadas em diálogo, que reconhece e valo-de, educação e mobilidade urbana. sas constantes mudanças, principal- > 285 LABORATÓRIOS de ciências 2014 riza a opinião da sociedade”, Em seu pronunciamento na mente do cenário econômico, é que > 1,6 MIL ALUNOS matriculados nas es- > QUARTA PONTE – projeto executivo ressaltou.abertura do evento, o governador se faz necessário planejar de forma colas do Redetec concluído em 2013destacou a importância do com- dinâmica a gestão, como afirma o CACÁ LIMAprometimento com o serviço pú- secretário de Estado de Economia e ROMERO MENDONÇA/SECOM-ESblico. “Ninguém faz nada sozinho. Planejamento, Robson Leite.Precisamos da ajuda de todos vo- “Fomos orientados pelo gover-cês. Se chegamos bem até aqui, foi nador a adequarmos os nossoscom a ajuda de toda a equipe.” programas e projetos à nova reali- Segundo Casagrande, 2011 foi dade da economia. Com o fim doum ano economicamente forte. “O Fundap, vamos diminuir nossa ca-Espírito Santo cresceu 9,2%, en- pacidade em investimentos comquanto o País cresceu 2,7%. No en- recursos próprios em R$ 200 mi- EDUCAÇÃO:tanto, a crise mundial é crônica, lhões, mas já temos contratados reforma evamos ter que lidar com ela nos R$ 1,5 bilhão por ano para os pró- construçãopróximos anos. É uma mudança ximos quatro anos. Empréstimos de escolasque vai afetar a todos. Estamos realizados com o BNDES e Bird, estão entre asaqui reunidos para discutir for- por exemplo, nos possibilitaram prioridades domas, para mais uma vez sabermos consolidar as prioridades de acor- governo para olidar com ela. Temos a garantia do com as demandas da popula- próximo anoque enfrentaremos toda essa tur- ção.” GOVERNADOR pediu diálogo
  3. 3. VITÓRIA, ES, DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2012 ATRIBUNA 3 EspecialPrograma para monitorar ações THIAGO GUIMARÃES/SECOM-ESPara acompanhar o OS NÚMEROSandamento de todosos projetos, o governoconta com o Realiza+para fazer o 18 programas estruturantesgerenciamento urante o Seminário de Pla- 178D nejamento Estratégico o governo do Estado lançou oPrograma de Gestão para Resulta- projetos nas diversas áreasdos, batizado com o nome de Rea-liza+. O modelo tem o objetivo deampliar a capacidade em executarestratégia e entregar resultados àpopulação. O gerenciamento intensivo dosprogramas estruturantes e dosprojetos prioritários se dá pormeio de reuniões com finalidadesdiversas, mas que convergem para REGIS MATTOS,a sua boa execução. As principais subsecretário desão a reunião de Comitê Estratégi- Planejamento eco e a reunião de monitoramento. Projetos, A reunião de Comitê Estratégico apresentou oocorre semanalmente com a pre- programa nosença do governador e do vice-go- segundo dia dovernador. Nesse encontro são in- seminárioformados o andamento físico-fi-nanceiro de cada programa e pro-jeto, bem como informações e ris- prometer o andamento, além de sitem da decisão do governador. rá um papel muito importante SAIBA MAIScos relevantes que podem com- problemas estratégicos que neces- Já a reunião de monitoramento nesse sentido”, disse o subsecretá- ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SEP é realizada quinzenalmente entre rio de Planejamento e Projetos, Realiza + os membros do Escritório de Pro- Regis Mattos. > VAI GERENCIAR intensivamente a jetos do Governo, por meio da Se- Além de priorizar projetos nas carteira de programas estruturan- cretaria de Economia e Planeja- áreas de segurança, saúde, educa- tes e projetos prioritários do go- mento, e os gerentes de programas ção e mobilidade urbana, o Pro- verno do Estado, visando reduzir e projetos das demais secretarias. grama de Gestão para Resultados prazos, custos e melhorar a quali- Nessa reunião são avaliados a do governo, lançado durante o Se- dade dos serviços e obras, entre- execução do projeto, a superação minário de Planejamento Estraté- gando mais resultados para a so- dos marcos críticos, o andamento gico, irá acompanhar 178 projetos ciedade. físico-financeiro, o levantamento e e 18 programas estruturantes do > PARA concretizar esse objetivo, o go- a análise dos riscos. Esses encon- governo, dentre eles: ES Digital, verno desenvolve desde 2011 o ali- tros fornecem subsídios para deci- Juntos pela Vida, Reflorestar, Vida nhamento do planejamento estraté- sões nas reuniões de Comitê Es- no Campo, Estado Presente, In- gico à gestão de portfólio dos progra- tratégico com o governador. cluir, Mobilidade Metropolitana e mas estruturantes e projetos priori- “Temos que aperfeiçoar esse Expansão e Melhoria do Ensino tários (2011-2014).EQUIPE da Secretaria de Planejamento que fará o monitoramento acompanhamento, e o Realiza+ te- Médio.Mapa estratégico orienta Plano de Governo O Executivo estadual conta com estão alinhadas a esse mapa. Cabe a O mapa estratégico foi construí- os 78 municípios capixabas. cionadas, com acompanhamentoum modelo de gestão implantado Secretaria de Estado de Economia e do tendo como referência o Plano Para fortalecer a gestão do Plano direto do governador.no início da administração, em ja- Planejamento monitorar as ações. de Desenvolvimento Espírito San- de Governo, o governador Renato Além dos oito eixos estratégicos,neiro de 2011, baseado em um mapa Para cada um dos oito eixos estra- to 2025 e o documento Caminhos Casagrande instituiu comitês para o Plano de Governo para o períodoestratégico composto por oito ei- tégicos há uma carteira de projetos, para o Amanhã, que foi o resultado acompanhar as ações de cada um de 2011 a 2014 estabelece comoxos. sendo que cada projeto tem suas de propostas e sugestões colhidas dos oito eixos. premissas a responsabilidade fis- Todas as ações a serem executa- metas e um gerente responsável pa- durante os seminários regionais Esses comitês são compostos cal e ambiental, governança de-das nas diversas áreas do governo ra acompanhar o andamento. promovidos em 2010, abrangendo pelos secretários das pastas rela- mocrática e gestão transparente. PLANO DE GOVERNO 2011-2014 MAPA ESTRATÉGICO ESPÍRITO SANTO: UM ESTADO PRÓSPERO, SUSTENTÁVEL E SEGURO,Visão de Futuro 2014 COM OPORTUNIDADES PARA TODOS.Focos prioritários ATENDIMENTO AOS SEGMENTOS MAIS VULNERÁVEIS DESENVOLVIMENTO REGIONALMENTE EQUILIBRADO Desenvolvimento da agricultura e do meio ambiente Prevenção e redução da criminalidadeEixos Atenção integral à saúde e proteção social Inovação e desenvolvimentoestratégicos Integração logística Desenvolvimento da infraestrutura urbana Melhoria da gestão pública e valorização do servidor Desenvolvimento da educação, cultura, esporte e lazerPremissas RESPONSABILIDADE GOVERNANÇA GESTÃO RESPONSABILIDADE AMBIENTAL DEMOCRÁTICA TRANSPARENTE FISCAL DOCUMENTO prevê ações até 2014
  4. 4. 4 ATRIBUNA VITÓRIA, ES, DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2012 Especial FOTOS: THIAGO GUIMARÃES/SECOM-ESDados mostramestabilidadeeconômicaPalestrante ressaltou chegar a 7,3% nos 12 meses con- O JORNALISTA cluídos em setembro do ano pas- CRISTIANOque o Brasil não está sado, deve chegar ao fim de 2012 ROMEROem crise e apresentou na meta de 4,5%. Estamos no oita- abordou o tema vo ano consecutivo de cumpri- conjunturanúmeros e indicadores mento da meta, embora a inflação econômica eque sustentam esta brasileira ainda seja alta para pa- mostrou que, drões internacionais”, salientou. apesar da criseafirmação O jornalista reforçou lembrando mundial, o que a taxa básica de juros (Selic) Brasil conjuntura econômica foi está em 8% ao ano, a menor da his- apresentaA um dos temas abordados no primeiro dia do Semináriode Planejamento Estratégico do tória. No fim de agosto, cairá para 7,5%, como já sinalizou o Banco Central. A taxa de juro real está em dados positivosgoverno do Estado. O editor exe- 1,9% ao ano. Em 2002, chegou per-cutivo do jornal Valor Econômico, to de 25% ao ano. Segundo ele, oCristiano Romero, foi o palestran- Estado brasileiro, depois de penarte e iniciou dizendo que na econo- por duas décadas desde a crise da afirmou que a dívida externa dei- O QUE ELE DISSEmia a boa notícia é que o Brasil não dívida externa em 1982, é solvente. xou de ser um problema: “o Brasilestá em crise. Para sustentar a afirmação, ele A relação dívida líquida/PIB está em 35%. Em 2002, era de 60,4%. é hoje credor líquido. Em junho, o mundo ‘devia’ ao Brasil US$ 94 bi- Mundo menos inflacionáriocitou indicadores como a taxa de Outros dados reforçam esse ce- lhões. No auge do nosso endivida- “O baixo crescimento da econo- flacionário no momento em que odesemprego, que é a mínima his- nário favorável, como os US$ 375 mento, chegamos a ter uma dívida mia mundial está contendo os pre- Brasil precisava controlar a sua in-tórica: 6%. Em 2003, estava em bilhões de que o País dispõe em re- líquida de US$ 190 bilhões.” ços das commodities. Isso é ruim flação.”torno de 13%. Também disse que a servas internacionais. Em 2002, ti- O Brasil é hoje, depois da China, para o Brasil, já que o País é um dosinflação está em queda. “Depois de nha US$ 38 bilhões. O palestrante o País que mais recebe investi- principais exportadores de com- Cristiano Romero, editor mento estrangeiro direto. No ano modities do planeta. Por outro lado, executivo do jornal Valor passado foram US$ 67 bilhões, um a crise tornou o mundo menos in- Econômico CENÁRIO recorde histórico. Em 2012, o Bra- sil deve ser destino do mesmoDesenvolvimento financeiro montante. Enquanto em 2003, re- cebeu apenas US$ 10 bilhões.> O VOLUME DE CRÉDITO no Brasil sal- trilhões em 2011 Segundo Cristiano Romero, há tou de 25,8% para 50,1% do PIB entre > ESPECIALISTAS calculam que, para também as más notícias. “O Brasil 2001 e 2012 crescer a taxas superiores a 5% ao está crescendo pouco. Infelizmen-> EM 2002, o País tinha 87,6 milhões ano sem gerar inflação e sem pres- te, a economia brasileira ainda não de clientes bancários. Hoje, possui sionar o balanço de pagamentos, o está preparada para crescer na ve- 174,7 milhões País precisa ter uma taxa de investi- locidade registrada entre 2004 e> O BRASIL TEM HOJE a sexta maior mento de pelo menos 24% do PIB 2010. Nesse período, a média de economia do mundo. Os cinco pri- > O CICLO DE CRESCIMENTO de 2004 expansão anual foi de 4,4%. Em meiros são os Estados Unidos, Chi- a 2010 foi liderado pelo consumo das 2010, o País cresceu 7,5%, o melhor na, Japão, Alemanha e França famílias, amparado pelo crédito e pe- desempenho em 24 anos. Crescer> O PIB BRASILEIRO chegou a US$ 2,4 los investimentos das empresas 7,5% provocou enorme pressão in- flacionária”, disse.Os desafios da sustentabilidade RECITAL de alunos que participam do projeto em Vila Nova de Colares No primeiro dia do Seminário SAIBA MAISde Planejamento Estratégico fo-ram realizadas duas palestras.Uma delas abordou o tema “Lide- Desenvolvimento Orientações para as nações promo- Núcleo de Inclusãorança para os desafios da sustenta-bilidade”, que teve como pales-trante o professor da Fundação verem o desenvolvimento sustentá- vel. > LIMITAÇÃO do crescimento popula- Musical faz apresentaçãoDom Cabral, Cláudio Boechat. cional O encerramento das atividades Os participantes são crianças e Segundo ele, o governo existe > G A R A N TI A de recursos básicos do primeiro dia do Seminário de adolescentes entre 8 e 14 anos depara promover a sustentabilidade, (água, alimentos, energia) a longo Planejamento Estratégico do go- idade que recebem aulas de flautae o planejamento é fundamental prazo verno do Estado foi marcado pela doce, sensibilização musical, cantopara que isso seja possível, pois é > PRESERVAÇÃO da biodiversidade e apresentação do Núcleo de Inclu- coral, violão e percussão. São be-preciso conhecer os desafios e ela- dos ecossistemas são Musical, do Programa Estado neficiados, aproximadamente,borar as estratégias para alcançar > DIMINUIÇÃO do consumo de energia Presente, de Vila Nova de Colares, 1.800 alunos.melhores resultados na oferta de e desenvolvimento de tecnologias localizado no município da Serra. Neste primeiro momento, as es-produtos e serviços para a popula- com uso de fontes energéticas reno- Os alunos apresentaram can- colas atendidas são: Escola Márioção. Para ele, o maior desafio da váveis ções de artistas brasileiros, entre Gurgel, no bairro Terra Vermelha, BOECHAT: “Olhar para o futuro”gestão hoje é compor todos os in- > AU M E NTO da produção industrial eles Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, em Vila Velha; Ewerton Monte-teresses. nos países não industrializados com que este ano completaria 100 negro, no bairro Nova Bethânia, Boechat afirmou ainda que cabe esse quadro mudou. “O planeta ca- base em tecnologias ecologicamen- anos. em Viana; Escola Zaira Manhãesao governo pensar as dimensões minha para 9 bilhões de pessoas te adaptadas O objetivo do projeto, parte do de Andrade, em Nova Rosa da Pe-da sustentabilidade e trazer para a em 2050. > CONTROLE da urbanização desorde- Programa Estado Presente em De- nha I, município de Cariacica; Es-sociedade as condições necessá- “Liderar é ter o olhar voltado pa- nada e integração entre campo e ci- fesa da Vida, do governo do Espíri- cola Vila Nova de Colares, norias para sua implementação. Para ra o futuro e passar para as futuras dades menores to Santo, é oferecer atendimento bairro Vila Nova de Colares, nareforçar, ele comentou que a eco- gerações condições de vida me- > AT E N D I M E N TO das necessidades semanal a crianças e adolescentes Serra; e Escola Elza Lemos An-nomia foi gerada quando a nature- lhor do que recebemos”, defendeu básicas (saúde, escola, moradia) em situação de vulnerabilidade e dreata, no bairro São Pedro, emza era uma fonte inesgotável, e que o professor. risco social. Vitória.
  5. 5. VITÓRIA, ES, DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2012 ATRIBUNA 5 EspecialPlano conta com mais de mil ações ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SESAInstrumento de RECURSOS PARA Aplanejamento, o PPA SAÚDE: noserve para definir PPA estão garantidos osdiretrizes, programas investimentose ações de governo necessários para o Hospitalpara quatro anos Dr. Jayme Santos Neves, o Plano Plurianual (PPA) éO um instrumento de plane- jamento de médio prazo,que estabelece, de forma regiona- novo Dório Silvalizada, diretrizes, objetivos e me-tas da administração pública parao período de quatro anos. A gestão do PPA é orientada pa-ra a obtenção de resultados, neleestando inseridas as orientaçõesde governo nos níveis estratégicose tático-operacional. No Espírito Santo, incorporam-se ao PPA as orientações estratégi-cas gerais do governo, constantesdo Plano de Desenvolvimento ES2025 e do Plano de Governo, deacordo com o documento NovosCaminhos, além das orientaçõesestratégicas setoriais, pertinentesao planejamento estratégico dosórgãos públicos estaduais. O Plano Plurianual, traduzidoem lei de iniciativa do Poder Exe- ação de Estado, uma vez que sub- nais e Setoriais, Leis de Diretrizes convênios, valores arrecadados RAIO Xcutivo, é uma obrigação constitu- mete as suas disposições à elabo- Orçamentárias –LDOs – e Leis Or- pelas autarquias, pelas empresascional. É possível afirmar que a ração dos demais instrumentos de çamentárias Anuais – LOAs). públicas, operações de crédito, en- Números do PPAConstituição atribui ao PPA um planejamento e orçamento (Pla- O Plano Plurianual do Espírito tre outros, o crescimento foi de 444 PROPOSTAS ENVIADAS PELOpapel central da organização da nos e Programas Nacionais, Regio- Santo para o período 2012-2015 foi 44,30% (de R$ 31,56 bilhões no SITE PREFEITURA DE VILA VELHA aprovado pela Assembleia Legisla- PPA 2008-2011 para R$ 45,55 bi- 10 AUDIÊNCIAS PÚBLICAS PRESEN- tiva e consta da Lei nº 9.781/2012. lhões no PPA 2012-2015). CIAIS Nele estão contemplados 78 pro- Durante a elaboração do PPA Mais de 6 mil PESSOAS PRE- gramas finalísticos, 35 programas 2012-2015 foram identificadas as SENTES NOS 10 ENCONTROS de apoio a políticas públicas e áreas principais potencialidades do Es- Mais de mil MEMBROS CADAS- especiais, totalizando 113 progra- tado, como a existência de um se- TRADOS NA REDE SOCIAL mas dos quais 18 são estruturantes. tor público moderno, de uma base Mais de 12 mil VISITAS AO SITE Além disso, o PPA 2012-2015 es- logística de alta capacidade, de 183 SEGUIDORES NO TWITTER tadual tem a ele incorporadas 1.113 segmentos econômicos competiti- 85 CURTIDAS NO FACEBOOK ações governamentais, prevendo vos e de instituições articuladoras. investimentos globais da ordem de R$ 45,5 bilhões, entre investimen- tos e custeio, incluindo o progra- ma de pessoal. O valor previsto com recursos de Participação on-line caixa do Tesouro Estadual é de R$ Como forma de aproximar o PPA de melhorias para suas regiões. 29,7 bilhões, o que representa um dos capixabas, o governo, em uma As proposições com maior nú- aumento de 51,99% se comparado iniciativa inédita no Estado, criou e mero de adesões foram levadas com o último PPA (2008-2011), que utilizou a rede social PPA Online, para discussão em audiências pú- totalizava R$ 19,58 bilhões de caixa. em que moradores de todas as re- blicas realizadas nas dez microrre- Quando considerados os recur- giões do Espírito Santo enviaram e giões do Espírito Santo, envolven-MOBILIDADE URBANA é uma das áreas prioritárias para receber ações sos de todas as fontes – o que inclui discutiram via internet propostas do todos os municípios. DIVULGAÇÃO Projeto do PPA na internet ganha prêmio nacional A Superintendência de Comu- A superintendente adjunta de Foram meses de reuniões, pla- nicação Social (Secom) do Gover- Comunicação, Kenia Amaral, co- nejamento e trabalho, em parceria no do Espírito Santo recebeu o ordenadora do projeto, represen- com a equipe de Mídia Eletrônica Prêmio E-Gov 2011 com o projeto tou o governo na premiação. Para da Secom e da Secretaria de Pla- PPA Online. ela, o prêmio representa o reco- nejamento e com colaboradores. O site, desenvolvido em parceria nhecimento de um trabalho em “É um prêmio coletivo e mostra com a Secretaria de Planejamento equipe, voltado para ampliar a que o Espírito Santo tem bons (SEP), foi um dos premiados na participação popular na atual exemplos para dar ao Brasil. O categoria e-Administração Públi- gestão. PPA Online mostrou ser um im- ca, durante o 39º Seminário Na- “O PPA Online foi um grande portante recurso do governo na cional de Tecnologia, Informação desafio, pois foi o primeiro passo concretização de uma gestão par- e Comunicação de Gestão Pública que o governo deu rumo à plata- ticipativa, porque deu aos cida- (Secop), realizado no ano passado. forma 2.0, voltada para a interati- dãos a oportunidade de opinar e O prêmio é um dos principais vidade e o aumento da participa- decidir de forma mais direta so- na área de tecnologia e informa- ção dos capixabas nas decisões da bre o desenvolvimento do Esta- ção da administração pública. administração pública”, explicou. do”, destacou Kenia Amaral. KENIA AMARAL: trabalho para ampliar a participação popular na gestão

×