2011 10 26_xxi snptee

2.487 visualizações

Publicada em

Apresentação do Informe Técnico, Inovação e Sustentabilidade na Transição do Setor Elétrico para uma Economia de Baixo Carbono no XXI Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrico, realizado em Florianópolis – SC. O objetivo central do Informe Técnico é analisar como a transição mundial para uma nova economia de baixo carbono afetará os diferentes tipos de arranjos organizacionais do SEB.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.487
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.611
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2011 10 26_xxi snptee

  1. 1. Florianópolis, quarta-Feira 26/10 10h35 às 12h15 - GET 32 - Bloco 9Inovação e Sustentabilidade naTransição do Setor Elétrico parauma Economia de Baixo CarbonoAutor: Fernando L. Goldman - Eletrobras Furnas
  2. 2. Obs. : Os pontos de vista aqui apresentados são exclusivamente do autor e não representam necessariamente os do CIGRÉ- BRASIL, nem os da Eletrobras Furnas, da SBGC, do PPED/UFRJ ou de qualquer instituição com a qual ele esteja, ou tenha estado, ligado por qualquer laço de afiliação, prestação de serviços ou contratação.Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 2
  3. 3. Economia de Baixo Carbono O Brasil vai estar lá! Como ator ou como espectador ? Há a necessidade de se diferenciar “Feito no Brasil” de “Criado no Brasil”.Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 3
  4. 4. Economia de Baixo Carbono O Catching-up só se dará pelo “Criado no Brasil”Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 4
  5. 5. O Modelo Linear da Inovação Este modelo dominou o pensamento sobre a C&T até recentemente; O problema é que é muito usado, até hoje, por muitas de nossas empresas e alguns definidores de políticas públicas.Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 5
  6. 6. O Modelo Linear da Inovação negligencia as atividades externas àP&D; considera a inovação tecnológica comoum ato de produção, em lugar de umprocesso social contínuo; A relação entre empresas e inovação écomplexa, dinâmica e com vários níveis.**LAM, A. Organizational Inovation. In: FAGERBERG, J.; MOWERY, D. C.; NELSON, R.Oxford Handbook of Innovation. Oxford University Press, 2005. 6
  7. 7. Inovação em modelos de negócios Vem se percebendo que o determina a sustentabilidade econômica das empresas e países é a criação de modelos de negócios inovadores. Não apenas a simples criação de produtos e processos* *TEECE, D. J. Business Models, Business Strategy and Innovation. Long Range Planning 43, 2010.Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 7
  8. 8. Uma nova visão da InovaçãoA analogia da água para o conhecimento nãofunciona;o simples processamento ou acúmulo deinformações não propicia a inovação;todo o processo de inovação tem origemexatamente nas crenças subjetivas daspessoas ou em suas imagens do mundo;objetividade X subjetividade (Polanyi) 8
  9. 9. O objetivo central do IT Analisar como a transição mundial para uma nova economia de baixo carbono afetará os diferentes tipos de arranjos organizacionais do SEB.Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 9
  10. 10. A Inovação no SEB Os diferentes tipos de arranjos organizacionais do SEB precisarão – para o Brasil aproveitar a oportunidade de catching- up em tempo hábil desta transição – promover processos cada vez mais dinâmicos de inovação.Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 10
  11. 11. A Dialética Estes processos de inovação deverão lidar com a contradição da Modicidade Tarifária e a Continuidade no Suprimento.Inovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para uma Fernando L. GoldmanEconomia de Baixo Carbono Eletrobras Furnas 11
  12. 12. Na TCCO, uma empresa inovadora é a que : cria conhecimento continuamente a partir do conhecimento tácito dos seus indivíduos; inova por meio da síntese, um processo dialético, contínuo e dinâmico, que se nutre dos paradoxos; converte socialmente o conhecimento tácito em explícito e vice-versa. 12
  13. 13. ConclusõesO artigo conclui propondo a necessidade dese pesquisar uma contínua e adequadacriação de conhecimento organizacional, tantono nível das empresas, como no nívelinterorganizacional, propiciando ao SEB suatão desejada sustentabilidade. 13
  14. 14. Dúvidas ? www.kmgoldman.blogspot.com http://www.slideshare.net/goldman Engº Fernando Goldman Email: fernandogoldman@yahoo.com.brInovação e Sustentabilidade na Transição do SEB para umaEconomia de Baixo Carbono 14

×