INTERFACE<br />EDUCACIONAL<br />
Definições:<br />Para Prates, Figueiredo e Bach apud Moran (1981):<br />     A interface envolve todos os aspectos de um s...
Alguns Conceitos Básicos para projeção da Interface:<br />
ORGANIZAÇÃO: <br />PRÓXIMO<br />A  F  A  S  T  A  D  O<br />
CON<br />TRAS<br />TE<br />
ALINHAMENTO<br />
SIMPLICIDADE<br />
 EFICIÊNCIA E CONSISTÊNCIA<br /> <br />CRIANÇA<br />JOVENS<br />ADULTOS<br />BRINCADEIRA<br />PARQUE<br />
Uso de Cores e Linhas<br />FORTES<br />SUAVES<br />FINA<br />GROSSA<br />
Interface com design desejável apresenta:<br /><ul><li>     Aproveitamento do espaço branco, na disposição,  com agrupamen...
     Apresentação do conteúdo de forma atraente, com linguagem simples e títulos significativos. </li></li></ul><li>Exempl...
Referências<br />COSTA,Rosa M. E. M. da; MARINS, Vânia; Aula 2 - Interfaces: Material da disciplina Ambientes Virtuais e M...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Interface educacional

1.044 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.044
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Interface educacional

  1. 1. INTERFACE<br />EDUCACIONAL<br />
  2. 2. Definições:<br />Para Prates, Figueiredo e Bach apud Moran (1981):<br /> A interface envolve todos os aspectos de um sistema com o qual o usuário mantém contato e logo tem um impacto direto no uso que as pessoas podem ou conseguem fazer dele.<br /><ul><li>Para Costa e Marins apud Laurel (1990): </li></ul>  [...] interface é uma superfície de contato como a maçaneta é a interface entre as pessoas e a porta.<br />
  3. 3. Alguns Conceitos Básicos para projeção da Interface:<br />
  4. 4. ORGANIZAÇÃO: <br />PRÓXIMO<br />A F A S T A D O<br />
  5. 5. CON<br />TRAS<br />TE<br />
  6. 6. ALINHAMENTO<br />
  7. 7. SIMPLICIDADE<br />
  8. 8. EFICIÊNCIA E CONSISTÊNCIA<br /> <br />CRIANÇA<br />JOVENS<br />ADULTOS<br />BRINCADEIRA<br />PARQUE<br />
  9. 9. Uso de Cores e Linhas<br />FORTES<br />SUAVES<br />FINA<br />GROSSA<br />
  10. 10. Interface com design desejável apresenta:<br /><ul><li> Aproveitamento do espaço branco, na disposição, com agrupamento e a orientação de informações, de modo a facilitar a leitura.
  11. 11. Apresentação do conteúdo de forma atraente, com linguagem simples e títulos significativos. </li></li></ul><li>Exemplo:<br />O site inova com cores suaves, na presença da criança, que faz refletir sobre a responsabilidade com o futuro, suaves desenhos que dão significado que a educação pode ser divertida e agradável, também são encontradas janelas entre os desenhos, que transmite ser o caminho para o conhecimento. Promove conforto, simplicidade e principalmente atraente.<br />
  12. 12. Referências<br />COSTA,Rosa M. E. M. da; MARINS, Vânia; Aula 2 - Interfaces: Material da disciplina Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação, do curso Planejamento, Implementação e Gestão da EAD, 2010, UFF, Rio.<br />NASCIMENTO, Anna Christina de Azevedo; Princípios de design na elaboração de material multimídia para a Web. Acessado em 22/04/2011.<br />FONSECA, Maria Cristina; Fórum da Semana 2: da disciplina Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação, do curso Planejamento, Implementação e Gestão da EAD, postado em 25/04/2011, <br />YOUNG, Regina Reflexões sobre as Interfaces Educacionais. Disponível em: http://www.br-ie.org/pub/index.php/wie/article/viewFile/811/797.<br /> acessado em 10/05/11<br />Por Maria da Gloria Grigorio Bento – maio 2011<br />

×