Diferentemente das reações a que estamos acostumados e que serelacionam exclusivamente à eletrosfera, a radioatividade é u...
UM POUCO DE HISTÓRIA...Modelo Atômico de Dalton              Esfera maciça;              Indivisível;              Inde...
Modelo Atômico de Rutherford                           Espaços vazios;                           Núcleo pequeno de carga...
Modelo Atômico de Bohr                     Instituiu os níveis de energia                     Elétrons saltam de um níve...
 Foi aluno de Rutherford; Descoberta do Nêutron em 1932;Possui massa igual a do próton e carga nula; É responsável pel...
A DESCOBERTA DAS EMISSÕES RADIOATIVAS...    Wilhelm Röentgen      (1845 - 1923)                          Descobriu a emiss...
EMISSÃO RADIOATIVA NATURAL...    Dentre as várias emissões radioativas do núcleo do átomo, as principais e mais    conheci...
Consiste em um feixe de partículas carregadas positivamente (partículas alfa) com cargas 2 +e uma massa 4 na escala de mas...
Quando um átomo emite uma partícula alfa, ele perde dois prótons e dois nêutrons.Desse modo, irá formar um átomo com númer...
A radiação beta é constituída por um feixe de partículas carregadas negativamente(partículas beta), idênticas, em propried...
Consiste em fótons de alta energia, de comprimento de onda muito curto (γ = 0,0005 a1,0 mm). A emissão de radiação gama ac...
bomba de Cobalto: as radiações do Cobalto-60, usadascuidadosamente, bloqueiam o crescimento das células cancerosas.
Exemplo: O urânio-238 emite duas partículas a e duas partículas B. Qual o novo elementoformado?Representação da equação:Na...
As radiações possuem diferentes poderes de penetração no organismo:A radiação gama, por se tratar de uma onda eletromagnét...
DECAIMENTO RADIOATIVO... O processo de decaimento radioativo de um elemento modifica seu núcleo. Com isso, há formação de ...
CINÉTICA DAS RADIOAÇÕES...      É o estudo da velocidade das reações químicas e os fatores que as influenciam.A radioativi...
RadioisótoposConsidere uma amostra de substância radioativa qualquer, tendo N0 átomos:Podemos observar que, a cada período...
Graficamente, podemos representar o processo de decaimento radioativo através da                       curva exponencial d...
APLICAÇÕES DA RADIOATIVIDADE... O processo de datação da idade de um fóssil de um ser vivo é muito utilizado em Arqueologi...
Alimentos podem ser conservados utilizando-se radiação  Radiação g é direcionada sobre o alimento, e bactérias    fungos e...
A Medicina Nuclear é uma das áreas que mais se desenvolveram nos últimos anos.As aplicações em medicina vão desde a utiliz...
CÉSIO – 137...
BOMBA ATÔMICA...   O processo de fissão nuclear foi utilizado por um grupo de cientistas, liderados por J. Robert   Oppenh...
A Bomba “A”, lançada em Hiroshima, em 6/8/45, era carregada com urânio-235, com uma potência de 20 quilotons, isto é, corr...
Uma vez absorvida a radiação, a massa detonou e o ar em redor dela formou uma bola defogo que, ao expandir-se, destruiu to...
Imediatamente depois (0,0001 segundos), a massa gasosa se expandiu e emitiu elevadasquantidades de raio X e raios ultravio...
A onda de choque se propagou rapidamente, seguida de deslocamento de arprovocado pela esfera de fogo. O fenômeno equivale ...
BOMBA de NÊUTRONS...A bomba de nêutron de eliminar, quer dizer, imobilizar o inimigo e preservar os prédios,casas, etc. se...
O nêutron, em altíssima energia gerada pelareação nuclear, é mais penetrante que outros  tipos de radiação, como a radiaçã...
REATOR NUCLEAR...As usinas termonucleares são utilizadas há vários anos em muitos países. No Brasil, aCentral Nuclear de A...
1 g de madeira → 0,0018 kWh → energia para iluminar 1 lâmpada de 100 W, durante 1 min.  1 g de carvão → 0,0037 kWh → energ...
PARA SABER MAIS...http://www.profpc.com.br/radioatividade.htmhttp://ronaldologia.blogspot.com/2010_03_01_archive.htmlhttp:...
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Radioatividade para blog
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Radioatividade para blog

1.613 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.613
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
153
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Radioatividade para blog

  1. 1. Diferentemente das reações a que estamos acostumados e que serelacionam exclusivamente à eletrosfera, a radioatividade é umfenômeno restrito ao núcleo do átomo. Ela não é afetada pornenhum fator externo como pressão e temperatura.DEFINIÇÃO:Radioatividade é o fenômeno pelo qual um núcleo instável emiteespontaneamente entidades (partículas, ondas) numa reação nuclear denominadadecomposição radioativa ou decaimento, transformando-se em outro núcleo maisestável.As entidades emitidas pelo núcleo são denominadas de radiações.
  2. 2. UM POUCO DE HISTÓRIA...Modelo Atômico de Dalton  Esfera maciça;  Indivisível;  Indestrutível;  Imperecível;  Sem carga elétrica;Modelo Atômico de Thomson  Esfera maciça positiva;  Elétrons incrustados na massa positiva;  Esférico;
  3. 3. Modelo Atômico de Rutherford  Espaços vazios;  Núcleo pequeno de cargas positivas;  Elétrons em órbitas circulares; Dedicou parte da sua vida ao estudo da radioatividade e da desintegração doselementos; Prêmio Nobel em 1908; Seu modelo atômico confirmava que o átomo possui um núcleo formado por cargaspositivas, extremamente denso, e muito pequeno em relação ao tamanho deste átomo,porém não explicava como os elétrons estavam distribuídos no átomo...;
  4. 4. Modelo Atômico de Bohr Instituiu os níveis de energia Elétrons saltam de um nível a outro por absorção e emissão de energia Desenvolveu estudos do átomo e a radiação emitida por ele Premio Nobel em 1922 Foi um dos primeiros a propor uma teoria para a instabilidade dos núcleos Seu modelo é aceito até hoje por explicar que o átomo de hidrogênio foi um marcona história dos modelos atômicos
  5. 5.  Foi aluno de Rutherford; Descoberta do Nêutron em 1932;Possui massa igual a do próton e carga nula; É responsável pela e estabilidade do núcleo; E contribui para sua instabilidade;
  6. 6. A DESCOBERTA DAS EMISSÕES RADIOATIVAS... Wilhelm Röentgen (1845 - 1923) Descobriu a emissão de raios, que por serem desconhecidos, foram chamados de Raios X Antoine Becquerel (1852 - 1908) Estudando os Raios X, descobriu a radioatividade natural de elementos como o Urânio Prêmio Novel em Física em 1903
  7. 7. EMISSÃO RADIOATIVA NATURAL... Dentre as várias emissões radioativas do núcleo do átomo, as principais e mais conhecidas são: Partículas alfa (a) Partículas Beta (b) Radiação Gama (g) Uma emissão de partículas está associada a mudanças no elemento químico, provocando uma transmutação. Transmutação: mudança dum elemento químico em outroAs radiações são ondas eletromagnéticas, ou seja, são formadaspor fótons, assim como a luz. A emissão da radiação só alteraráo núcleo do átomo se estiver acompanhada de uma emissãocorpuscular
  8. 8. Consiste em um feixe de partículas carregadas positivamente (partículas alfa) com cargas 2 +e uma massa 4 na escala de massa atômica, que se refere a dois prótons e dois nêutrons.Essas partículas são idênticas aos núcleos de átomos de hélio comuns, .
  9. 9. Quando um átomo emite uma partícula alfa, ele perde dois prótons e dois nêutrons.Desse modo, irá formar um átomo com número atômico duas unidades menores enúmero de massa quatro unidades menores.Esse tipo de reação nuclear é característico de elementos pesados, com número atômicomaior que 83.
  10. 10. A radiação beta é constituída por um feixe de partículas carregadas negativamente(partículas beta), idênticas, em propriedade, aos elétrons Representação da radiação beta:
  11. 11. Consiste em fótons de alta energia, de comprimento de onda muito curto (γ = 0,0005 a1,0 mm). A emissão de radiação gama acompanha a maioria dos processos radioativos.Um núcleo excitado, resultante de uma emissão alfa ou beta, libera um fóton (ondaseletromagnéticas) e passa para um nível de energia mais baixo e mais estável. Representação da radiação gama:
  12. 12. bomba de Cobalto: as radiações do Cobalto-60, usadascuidadosamente, bloqueiam o crescimento das células cancerosas.
  13. 13. Exemplo: O urânio-238 emite duas partículas a e duas partículas B. Qual o novo elementoformado?Representação da equação:Nas equações nucleares a massa também éconservada, ou seja, é igual para reagentes eprodutos; o mesmo vale para o número atômico.Calculando a massa: Calculando o número atômico238 = 2 . 4 + 2 . 0 + A 92 = 2 . 2 + 2 . (-1) + Z A = 230 Z = 90Consultando a tabela periódica, z = 90 => tório
  14. 14. As radiações possuem diferentes poderes de penetração no organismo:A radiação gama, por se tratar de uma onda eletromagnética, penetra facilmente,provocando vários danos, enquanto as partículas alfa são menos perigosas, devido ao seubaixo poder de penetração.
  15. 15. DECAIMENTO RADIOATIVO... O processo de decaimento radioativo de um elemento modifica seu núcleo. Com isso, há formação de um novo elemento, cujas propriedades físicas e químicas são diferentes. TODOS os elementos da tabela periódica possuem isótopos radioativos,ou seja, que sofrem decaimento.A diferença é que o tempo de decaimento pode variar muito, sendomenos de um segundo a milhões de anos....
  16. 16. CINÉTICA DAS RADIOAÇÕES... É o estudo da velocidade das reações químicas e os fatores que as influenciam.A radioatividade é um fenômeno estatístico. Isso significa que não é possível prever quantotempo um determinado átomo levará para se desintegrar emitindo partículas ou ; mas épossível determinar quanto tempo uma amostra desses átomos levará para se desintegrar. Meia vida de um elemento radioativo: Tempo necessário para que a quantidade do elemento seja reduzida à metade... Ou É o tempo necessário para que metade do número de átomos de determinada substância radioativa se desintegre.
  17. 17. RadioisótoposConsidere uma amostra de substância radioativa qualquer, tendo N0 átomos:Podemos observar que, a cada período de meia-vida (P) que se passa, o número deátomos radioativos na amostra diminui pela metade.Concluímos, então, que, após x períodos de meia-vida, o número de átomos radioativosque resta na amostra (n) pode ser calculado pela relação:onde:n = número de átomos final (restantes)n0 = número de átomos inicialX = número de períodos de meia-vida que se passou.O tempo (t) necessário para que dos n0 átomos radioativos iniciais restem apenas n podeser calculado pelo produto:Sendo o números de átomos (n) diretamente proporcional à massa (m) de átomos naamostra, vale ainda a relação:onde:m = massa de átomos final (restantes)m0 = massa de átomos inicialX = número de períodos de meia-vida que se passou
  18. 18. Graficamente, podemos representar o processo de decaimento radioativo através da curva exponencial de decaimento:
  19. 19. APLICAÇÕES DA RADIOATIVIDADE... O processo de datação da idade de um fóssil de um ser vivo é muito utilizado em Arqueologia. Envolve principalmente os isótopos Carbono-14 e Potássio-40, dependendo da idade do fóssil a ser estudado. Baseia-se no fato de que todos os organismos são formados de carbono. Uma pequena quantidade desse carbono radioativo é absorvida pelo organismo Na medida em que os organismos emitem CO2 com C-14, e esse equilíbrio de absorção e emissão de C-14 mantém sua quantidade constante no organismo Quando um organismo morre, para de absorver 14C, e sua quantidade começa a decair. Como a meia-vida desse elemento é cerca de 5 715 anos, pode-se calcular a idade do fóssil...
  20. 20. Alimentos podem ser conservados utilizando-se radiação Radiação g é direcionada sobre o alimento, e bactérias fungos e demais micro-organismos responsáveis por estraga o alimento são destruídas. Após a irradiação não há resíduos, ou seja, o alimento não apresenta radioatividade. Toda a energia excedente é dissipada para os coletores presentes no meio
  21. 21. A Medicina Nuclear é uma das áreas que mais se desenvolveram nos últimos anos.As aplicações em medicina vão desde a utilização em diagnósticos e exames até a radioterapiapara tratamento do câncer.Para o diagnóstico de doenças, um isótopo radioativo é ingerido a fim de se obter omapeamento do organismoAs substâncias radioativas injetadas durante os exames com imagem não prejudicam oorganismo. Os radioisótopos usados na medicina nuclear decaem rapidamente, emquestão de horas ou até mesmo minutos, têm níveis de radiação menores que os raios Xcomuns ou que as tomografias computadorizadas, e são eliminados pela urina ou atividadeintestinal.
  22. 22. CÉSIO – 137...
  23. 23. BOMBA ATÔMICA... O processo de fissão nuclear foi utilizado por um grupo de cientistas, liderados por J. Robert Oppenheimer, em Los Álamos (Novo México), na fabricação da bomba atômica (Bomba A), que foi detonada em 16 de julho de 1945, no campo experimental do Novo México (EUA), e militarmente usada no fim da Segunda Guerra Mundial contra as cidades japonesas de Hiroshima (Bomba A de urânio-235 em 6/8/45) e de Nagasaki (Bomba A de plutônio-238 em 9/8/45).No processo de fissão ocorre uma reação em cadeia. Teoricamente, bastaria apenas um nêutronpara iniciar o processo, mas na prática exige-se uma massa mínima para que isto ocorra.Essa massa mínima, acima da qual haverá detonação com reação em cadeia, é denominadamassa crítica. Para o urânio-235, essa massa vale cerca de 40 kg.
  24. 24. A Bomba “A”, lançada em Hiroshima, em 6/8/45, era carregada com urânio-235, com uma potência de 20 quilotons, isto é, correspondente à carga de 20 000 toneladas de TNT (dinamite).A bomba foi lançada a mais de mil metros de altitude, e a explosão teve início no momento emque duas massas subcríticas foram postas em contato através de um explosivo comum,iniciando a reação em cadeia. Nesse instante, a bomba é uma massa gasosa com temperaturada ordem de milhões de graus. Só agora, cerca de 6 segundos após a primeira fissão, a onda de choque atinge o solo iniciando a devastação mecânica.
  25. 25. Uma vez absorvida a radiação, a massa detonou e o ar em redor dela formou uma bola defogo que, ao expandir-se, destruiu todos os materiais inflamáveis e provocouqueimaduras de primeiro, segundo e terceiro graus. O brilho luminoso podia destruir aretina.
  26. 26. Imediatamente depois (0,0001 segundos), a massa gasosa se expandiu e emitiu elevadasquantidades de raio X e raios ultravioleta. Essa emissão de radiação eletromagnética foiabsorvida pelo ar e provocou uma luminosidade tão intensa que poderia cegar as pessoasque a encarassem.
  27. 27. A onda de choque se propagou rapidamente, seguida de deslocamento de arprovocado pela esfera de fogo. O fenômeno equivale a um furacão com ventos de200 a 400 km/h.
  28. 28. BOMBA de NÊUTRONS...A bomba de nêutron de eliminar, quer dizer, imobilizar o inimigo e preservar os prédios,casas, etc. sendo possível a utilização posterior destes...A bomba de nêutron é uma bomba nuclear, melhor dizendo, termonuclear, que após umareação de fusão entre os elementos que compõem a bomba os nêutrons não são absorvidospela reação, o que permite que eles escapem com uma alta energia, bem como os raios-X quetambém são gerado nessa fusão nuclear.
  29. 29. O nêutron, em altíssima energia gerada pelareação nuclear, é mais penetrante que outros tipos de radiação, como a radiação gama,então ela penetra em locais onde possa existir blindagem contra radiações
  30. 30. REATOR NUCLEAR...As usinas termonucleares são utilizadas há vários anos em muitos países. No Brasil, aCentral Nuclear de Angra dos Reis emprega a fissão de urânio.
  31. 31. 1 g de madeira → 0,0018 kWh → energia para iluminar 1 lâmpada de 100 W, durante 1 min. 1 g de carvão → 0,0037 kWh → energia para iluminar 2 lâmpadas de 100 W, durante 1 min.1 g de 235U → 150 000 kWh → energia para iluminar uma cidade de 500 000 habitantes durante 1 hora. Visão seccional de uma usina nuclear tipo PWR
  32. 32. PARA SABER MAIS...http://www.profpc.com.br/radioatividade.htmhttp://ronaldologia.blogspot.com/2010_03_01_archive.htmlhttp://www.quimica.net/emiliano/especiais/acidentes/index.html

×