Apresentação Avina 2013

548 visualizações

Publicada em

Apresentação Avina - Revisão Estratégica da Organização 2013 - 2017

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
548
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Este Esta presentación, que se recomienda ver en modo de presentación, muestra las nuevas funciones de PowerPoint. Estas diapositivas están diseñadas para ofrecerle excelentes ideas para las presentaciones que creará en PowerPoint 2011.Para obtener más plantillas de muestra, haga clic en el menú Archivo y después en la ficha Nuevo a partir de plantilla. En Plantilla, haga clic en Presentaciones.
  • Apresentação Avina 2013

    1. 1. REVISÃOestratégica Nossa missão A partir da América Latina, impactar o desenvolvimento sustentável, criando condições favoráveis para que atores diversos possam contribuir juntos ao bem comum.2 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    2. 2. NOSSOvalor: a construção de capital social paraimpulsionar a mudança Identificar Fortalecer e e associar conectar Relevantes, Construir Medir e escaláveis e agendas refinar comuns sistêmicas Coordenar, Estabelecer comunicar e Alianças escalar ações globais3 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    3. 3. MODELOdeintervenção Câmbio ClimáticoFerramentas e serviços de Impacto Bioma Acesso a Migrações Amazônico Água Tecnologia para o Câmbio Cidades Social Energia Reciclagem Sustentáveis Oportunidades de Impacto (6) Social Progress Index Indústrias Institucio- Gran Extrativas nalidade Chaco Oportunidades em Desenvolvimento (3) Negócios de Impacto4 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    4. 4. MAPAdeação M M E I E5 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    5. 5. ESTRATÉGIAbiomaamazônicoContribuímos à conservação do Bioma Amazônico,por meio da articulação e fortalecimento dos atores locais e regionais com a finalidade de mitigar as mudanças climáticas e garantir a sustentabilidadedo ecossistema e qualidade de vida dos habitantes. Nosso objetivo é localizar, fortalecer e conectar iniciativas para construir uma visão e agenda compartilhadas para a sustentabilidade do Bioma Amazônico.6 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    6. 6. CONTEXTObiomaamazônico
    7. 7. DESENVOLVIMENTOrecente bioma amazônico Copyright © 2012 Fundación AVINA 8
    8. 8. DESENVOLVIMENTOrecente bioma amazônico Avanços monitoramento satélite  EBA - RAISG publica mapa de áreas protegidas na Amazônia 2006: Campanha Greenpeace e  Brasil define seu limite absoluto de moratória da soja carbono em 2020  Alemanha doa US$ 30 milhões para 2007/8: Novas políticas: Fiscalização Fundo Amazônia focada; critérios em bancos;  Municípios de Querênia e de Alta corresponsabilização de compradores Floresta saem da lista de de áreas embargadas desmatadores da Amazônia  Governo do Pará cria programa 2009: Carta das empresas ; meta de municípios verdes e assume meta de redução do desmatamento; Fundo desmatamento líquido zero a partir de Amazônia 2020  Carvão: Estudo investigativo provoca 2010/12: Municípios verdes mudança em empresa do setor siderúrgico Copyright © 2012 Fundación AVINA 9
    9. 9. DESENVOLVIMENTO&desafios bioma amazônico + =? Copyright © 2012 Fundación AVINA 10
    10. 10. ENFOQUES&ênfases bioma amazônico Monitorar e abordar causas do desmatamento, incidindo sobre a tomada de decisão Transparência florestal ImpactoConsolidar uma plataforma Panamazônica que Consolidar e difundir modelos exitosos dereforce a cultura de sustentabilidade e que gestão territorial para reverter oconsolide salvaguardas socioambientais. desmatamento da fronteira PanamazônicaPlataforma Panamazônica para salvaguardas Gestão Territorial Copyright © 2012 Fundación AVINA 11
    11. 11. RESULTADOSesperados bioma amazônico R1: R1: R2: KS artic. enm EGPs Presença em salvag. monitoredos meios comunic R2: Infos R3: Visão estrat Estrateg. Red MP crit salvag. Info estrat R3: Arti. fontes R4: PAN TF Info SIG TICs para redes EB R4: A R5: Incid. e impacto Indicadores en PP Panamazônicos GT R1: R4: Ident e dif PP para Enfoques GT GT R2: R3: Fortalec Implement GT indigena NE12 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    12. 12. ALIADOSbiomaamazônico 170 aliados, 146 organizações, 3 redes na escala amazônica13 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    13. 13. ESTRATÉGIAenergia Queremos construir uma plataforma de diálogo que esteja orientada a possibilitar que distintos atores da sociedade possam debater o futuro da matriz elétrica brasileira ainda em seu espaço/tempo de planejamento, antes e durante a tomada de decisão governamental de levar os projetos de geração, sua viabilização política e econômica e os leilões adiante. 14 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    14. 14. ESTRATÉGIAenergiaContexto no Brasil Modelo desenvolvimentista anos 60 – 70 Falta de investimentos e de planejamento durante os 80 – 90 2002 Brasil retoma processo de planejamento no setor com a criação da EPE – Empresas de Pesquisas Energéticas E retoma o processo de investimentos massivos no setor. Vem agregando + 6GW por ano à matriz Previsão de R$ 1 trilhão, nos próximos 10 anos em energia, sendo 30% para o setor elétrico. (EPE). 15 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    15. 15. ESTRATÉGIAenergia16 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    16. 16. ESTRATÉGIAenergia Copyright © 2012 Fundación AVINA17 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    17. 17. ESTRATÉGIAenergia18 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    18. 18. ESTRATÉGIAenergiaEstamos vivendo uma mudança de paradigma no setor elétrico brasileiro... 19 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    19. 19. ESTRATÉGIAenergia...migrando de uma matriz hidroelétrica para uma matriz hidrotérmica...20 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    20. 20. ESTRATÉGIAenergia... ao mesmo tempo em que o país assume compromisso com reduçãode emissões GEE no setor...21 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    21. 21. ESTRATÉGIAenergia... e no momento em que novos atores passam a ser protagonistas dodebate energético-elétrico brasileiro, antes restrito aos setor privado eao governo.22 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    22. 22. ESTRATÉGIAenergiaEsse novo paradigma passa a exigir: Novos esforços em política e planejamento energético, que terão que alterar práticas, ações, métodos e modelos computacionais. Maior diversificação da matriz elétrica Maior participação no debate energético dos distintos atores da sociedade interessados.23 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    23. 23. ESTRATÉGIAenergia Criar as condições para uma nova governança energética, que permita aos distintos atores participar do planejamento e da tomada de decisão no setor, garantindo a simetria de poder e permitindo a construção de uma visão de longo prazo para uma matriz mais sustentável, segura e inclusiva. 24 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    24. 24. ESTRATÉGIAenergiaComo e com quem? Incidência no planejamento energético do país: – Plataforma de Cenários Energéticos • ÚNICA, ABEEÓLICA, GESEL/UFRJ, MPF, WWF, Greenpeace, GT infraestrutura Amazônia, Incidência no marco legal e nas políticas públicas do setor – Condições legais e de mercado para o desenvolvimento da geração descentralizada: • RENOVE Fortalecendo os atores que desenvolvem tecnologias e ações para a universalização do acesso a energia. – Criação de redes de cooperação e incidência: • 28 organizações latino-americanas • Alianças com ABC e UE25 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    25. 25. ESTRATÉGIAenergiaResultados: Incidência no marco legal e nas políticas públicas do setor:  Resolução 482/2012 - ANEEL Fortalecendo os atores que desenvolvem tecnologias e ações para a universalização do acesso a energia:  Conformação da Plataforma Latino-americana de Energia Sustentável e Equidade26 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    26. 26. ESTRATÉGIAenergia Estratégia Latino-americana nasce no Chile Copyright © 2009 Fundación AVINA27 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    27. 27. ESTRATÉGIAenergia28 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    28. 28. ESTRATÉGIAenergia29
    29. 29. ESTRATÉGIAcidadessustentáveis Perseguimos o objetivo de que um número crescente de políticas públicas sejam instaladas nas principais cidades latino-americanas graças a uma cidadania ativa. Esperamos que isso melhore de forma tangível a equidade no acesso a bens e serviços públicos e, deste modo, incrementem a qualidade de vida de seus cidadãos.30 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    30. 30. ESTRATÉGIAcidadessustentáveis 2013 - 2017: Concentra no aumento da capacidade das plataformas para pressionar por melhorias na qualidade de vida nas cidades através de ação coletiva eficaz e de defesa em torno de oportunidades concretas para mudar políticas e práticas.31 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    31. 31. ESTRATÉGIAcidadessustentáveis Programas/Linhas de ação: Políticas públicas para cidades sustentáveis • Buscar instalar a mensagem de Cidade como Bem Público • Ampliar a capacidade de incidência, especialmente nas políticas de gestão de resíduos, mobilidade e adaptação/mitigação de mudanças climáticas. Difusão de tecnologias sociais e digitais para participação • Evidências sobre tecnologias cidadãs • Ferramentas TICs • Difusão de tecnologias sociais e digitais para a participação32 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    32. 32. ESTRATÉGIAcidadessustentáveis Foco Brasil Apoiar a implementação do Programa Cidades Sustentáveis Difusão de tecnologias sociais e digitais para a participação Identificação de novas parcerias para o desenvolvimento da estratégia Promover sinergia com estratégias de Reciclagem, Mudanças Climáticas e Água33 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    33. 33. ESTRATÉGIAcidadessustentáveis Principais resultados alcançados:  70 redes de cidades compostas por centenas de organizações locais de diversos setores;  Fortalecimento de redes nacionais de cidades sustentáveis ​em 10 países;  Consolidação da Rede de Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis;  Implementação de "planos de metas" em mais de 30 cidades;  Maior conscientização sobre as ligações entre as cidades e as mudanças climáticas - Pacto de México;34 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    34. 34. ESTRATÉGIAcidadessustentáveis Rede Latinoamericana35 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    35. 35. ESTRATÉGIAcidadessustentáveis Iniciativa Clima América Latina (ICAL) Brasil36 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    36. 36. ESTRATÉGIAreciclagem Em aliança com os catadores e outros atores estratégicos, trabalhamos para a inclusão de milhões de catadores na gestão sustentável dos resíduos. 37 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    37. 37. ESTRATÉGIAreciclagem demanda exclusão38 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    38. 38. ESTRATÉGIAreciclagem - contexto Brasil Aprovação da Política Nacional de Resíduos Sólidos; Acordos Setoriais da Logística Reversa – em negociação; Elaboração dos Planos de Gerenciamento dos Resíduos Sólidos; Oportunidades de melhorias e negócios em aterros sanitários através dos MDL;39 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    39. 39. ESTRATÉGIAreciclagem - contexto Brasil Estimativa de 800 mil catadores de materiais recicláveis, apenas 10% participam de alguma organização coletiva; Aproximadamente 1.100 organizações de catadores em funcionamento; Baixo número de municípios com coleta seletiva implantada; Fechamento dos lixões até 2014;40 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    40. 40. EIXOSdeação1. Promover a formulação e implementação de POLÍTICAS PÚBLICAS e dos marcos regulatórios orientados à inclusão social dos catadores Apoiar e monitorar os municípios na implementação de políticas de gestão de resíduos, com ênfase na remuneração de organizações de catadores para a prestação de serviços de coleta e separação;  na realização de estudos de custos para estes serviços;  na formulação e monitoramento de indicadores e metas para a política de coleta seletiva;  no estímulo à educação cidadã para a redução, reutilização e separação de resíduos;  na implantação da logística reversa com a participação dos catadores. 41 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    41. 41. EIXOSdeação2. Fomentar a CADEIA DE VALOR da reciclagem articular organizações de catadores com empresas; fortalecer a capacidade empreendedora e de gestão das cooperativas; e fomentar redes de comercialização. 42 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    42. 42. EIXOSdeação3. Estimular o desenvolvimento de liderança e organização dos recicladores com base no ASSOCIATIVISMO, na formalização e no bem comum Contribuir para o fortalecimento do Movimento Nacional de Catadores de Material Reciclável nas suas dimensões econômica, social e organizacional. Fomentar a integração do MNCR com os demais movimentos da região por meio da Red LACRE (Red Latinoamericana y del Caribe de Recicladores) 43 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    43. 43. ESTRATÉGIAreciclagem - resultados Participação dos catadores na elaboração da  Reconhecimento institucional (PNRS) Política Nacional de Resíduos Sólidos; dos catadores como elemento chave da gestão de resíduos; Software de gestão para cooperativas (Cata Fácil);  Aumento de produtividade e eficiência dos empreendimentos; Apoio na articulação junto às indústrias e prefeituras para a contratação das redes e  Melhores preços e condições de cooperativas como prestadoras de serviços; comercialização de seus produtos; Acordos assinados entre empresas e  Mudança do paradigma – catador como cooperativas; ativo sócio-econômico-ambiental (X catador como problema social) - Estudo de viabilidade técnica da logística EXPOCATADORES reversa das embalagens;  Desenvolvimento dos empreendimentos Fomento e fortalecimento dos modelos de como estratégia de indústria e comércio; negócios das cooperativas; Disseminação de experiências. 44 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    44. 44. ESTRATÉGIAreciclagem - aliados45 Copyright © 2013 Fundación AVINA
    45. 45. ESTRATÉGIAacessoaágua A sociedade civil organizada e articulada com os setores público e privado, contribui para prover acesso a água na América Latina, com responsabilidade e equidade, transparência e democracia46 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    46. 46. ESTRATÉGIAacessoaágua Contexto  50 milhões – sem acesso a água ou com água de baixa qualidade.  64% - Percentual da população sem acesso a água em zonas rurais (OMS 2010)  80,000 - OCSAS – Organizações Comunitárias de Água e Saneamento  40 milhões – Pessoas Atendidas por OCSAS (1) (1) PAS, 200847 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    47. 47. ESTRATÉGIAacessoaágua PROMESSA DE VALOR: Melhorar o Acesso a Agua na América Latina através da MODELOS DE promoção e fortalecimento dos GOBERNABILIDADE Fortalecimento modelos de Governabilidade de DEMOCRÁTICA da ÁGUA Democrática da Agua. Capacidades Gestão Comunitária da Água Comunicação Articulação social e O QUE BUSCA A AVINA: Controle Social Experiências Inovadoras Maior Ver Publicação em água e melhor acesso a Proteção das fontes de água www.avina.net Associativismo Mecanismos Fortalecer a democracia e Financeiros Equidade de gênero Incidência Construção da Cidadanía Programas48 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    48. 48. ESTRATÉGIAacessoaágua Foco Brasil Contribuir com a difusão das cisternas escolares, familiares e para produção e intercambio com outros países Apoiar a implementação da Política de Convivência com o Semiárido/PE e promover sinergia com o Programa Cidades Sustentáveis Identificação de novas tecnologias Expandir a estratégia para os centros urbanos e promover sinergia com outras agendas e aliados49 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    49. 49. ESTRATÉGIAacessoaágua Resultados:  2.184,664 - pessoas com acesso a água  7 países - fortalecimento e ou criação dos movimentos nacionais – Nicaragua, El Salvador, Costa Rica, Equador, Colombia, Peru e Argentina  5 países - implementação do programa de fortalecimento de capacidades  3 encontros - articulação regional criação da CLOCSAS  Influência na Política nacional de Agua e Saneamento  Produção de conhecimento: www. avina.net50 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    50. 50. ESTRATÉGIAacessoaágua51 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    51. 51. ESTRATÉGIAacessoaáguaFdC– CAMARENE-Pilas Copyright © 2009 Fundación AVINA52
    52. 52. FERRAMENTASdeimpacto – Tecnologia para amudança social Buscamos investir em oportunidades para reduzir a brecha entre movimentos cívicos e tecnologia, identificando e apoiando de maneira integral a implementação de inovações tecnológicos que acelerem estratégias coletivas de mudança social na América Latina. 53 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    53. 53. TECNOLOGIAparaamudançasocial- EnfoquesEsses projetos envolverão temas como... Monitoramento de indicadores de qualidade de vida E- participação Monitoramento de planos e indicadores de governo Monitoramento e controle dos orçamentos públicos Mapeamento de recursos/ coordenação da comunidade Acesso à informação/ dados públicos Monitoramento de impacto ambiental Monitoramento de violação dos direitos humanos Consumo responsável Monitoramento de eleições locais54 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    54. 54. TECNOLOGIAparaamudançasocial – ResultadosEsperados  Apoiar desenvolvimento de 10 a 16 plataformas cívicas orientadas a “accountability” e que sejam replicáveis, escaláveis a vários milhares de usuários, sustentáveis, orientadas a mudança e/ou implementação de políticas públicas com alta participação da sociedade civil.  Formar uma comunidade de prática, para intenso intercambio de informação e aprendizagem com pelo menos 20 organizações55 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    55. 55. TECNOLOGIAparaamudançasocial - Contexto  Aprovação e implementação de Leis de acesso à informação é uma tendência em América Latina, crescimento de movimentos e iniciativas de governo aberto e dados abertos  Popularização do acesso a Internet em dispositivos móveis e facilidade de desenvolvimento de aplicativos  O crescente interesse de movimentos cívicos e cidadãos por usar as tecnologias da informação e comunicação (TICs) como instrumentos de busca de transparência e accountability, somada a existência de organizações com experiência e interesse no desenvolvimento de tecnologia com fins cívicos56 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    56. 56. TECNOLOGIAparaamudançasocial – PrincipaisAliados  Omidyar Network (EUA)  Avina Americas (EUA)  W3C (Brasil)  Sunlight Foundation  Fundación Ciudadano Inteligente57 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    57. 57. FERRAMENTASdeimpacto – negócios de impacto Queremos criar um ecosistema colaborativo de inovação tecnológica capaz de criar negócios rentáveis que gerem impactos sociais e ambientais significativos e de alcance global 58 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    58. 58. FERRAMENTASdeimpacto - negócios de impactoA Aliança WTT (Walk the Talk) é uma iniciativa da Avina e do InstitutoArapyaú e foi incorporada no Panamá como uma fundação e umaempresa.O objetivo da Aliança WTT é contribuir para o fortalecimento dacadeia de valor da indústria de negócios de impacto: direcionando os esforços de universidades e centros de tecnologias aplicadas para os desafios ambientais e de inclusão social da nossa região criando e apoiando novas empresas dedicadas a maximizar os impactos sociais e ambientais dessas novas tecnologías e produtos59 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    59. 59. FERRAMENTASdeimpacto - negócios de impactoWTT atuará com duas linhas de trabalho e os seguintes objetivos:Gestão de uma Plataforma de Desenvolvimento de Inovações Consolidar o núcleo central da plataforma: os centros privados de inovação AIC-Chile, AML-EUA y BRAERG-Brasil Gerar um pipeline de inovações aplicadas, com base nas tecnologias existentes e soluções originais para a base da pirâmide Orquestração de Negócios de Impacto Apoiar a criação e tomar participação acionária em empresas spin- offs criadas pelos membros da Plataforma Participar ativamente do desenho das estratégias e modelos de negócios dessas empresas para garantir o impacto social e ambiental60 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    60. 60. FERRAMENTASdeimpacto – negócios de impacto PIPELINE WTT 2015 2014 2013 Reciclagem Tetra Pack Tratamento de Águas Purificação de Água por Industriais Plasma Reciclagem de Papelão Eficiência Energética de Condensador Sincrônico Hélices Magnéticas Data Centers Supercondutivo Turbina Eólica Etanol Celulósico 3.0 Medidor de Metais Pesados Biofilme Fitoativado … …61 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    61. 61. FERRAMENTASdeimpacto – negócios de impactoA Aliança WTT deve mobilizar entre US$ 10 y US$ 15 milhões para ospróximos 3 anos que permitirão: cobrir os custos institucionais e de funcionamento e posicionar WTT como ator relevante na indústria de negócios de impacto investir no pipeline de inovações e apoiar a consolidação financeira dos centros participantes da Plataforma investir na orquestração de 5 a 12 empresas e joint-ventures62 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    62. 62. FERRAMENTASdeimpacto mudança climáticas Avina contribui à adaptação e mitigação das mudanças climáticas por meio de todas as suas oportunidades de impacto, de forma transversal, e através de uma agenda regional de posicionamento. EBA Chaco Água Recic Migra Mudanças lage ções climáticas m Cidades Institucio Sustentá nalidade veis IE Energia63 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    63. 63. CONTEXTOmudançaclimáticas Exportadora de materias primas x Nova economia, bens públicos e capacidade de resiliência? Reprimarização da economia Credor ecológico64 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    64. 64. CONTEXTOmudançaclimáticasUm amplificador de ameaças que acarreta riscos para o desenvolvimentosustentável da América Latina65 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    65. 65. CONTEXTOmudançaclimáticas….e cria oportunidades para desenvolver uma agenda de nova economia ebens públicos.66 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    66. 66. DESENVOLVIMENTOrecente mudança climáticas Políticas e Iniciativas 2012: Consulta Municipais de 1994: CQMC Publicas dos Planos Mudanças Setoriais Climáticas 2008: Plano Políticas Estaduais Política de REDD+ Nacional sobre de Mudanças em desenvolvimentoMudança do Clima Climáticas 2009: Política Observatório do Nacional de Fundo Amazonia Clima e participação Mudanças da sociedade civil Climáticas 67 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    67. 67. DESENVOLVIMENTOrecente mudança climáticas68 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    68. 68. DESENVOLVIMENTOedesafios mudança climáticas Manutenção redução do desmatamento Reversão de tendência de crescimento das emissões nos demais setores e estabelecimento de trajetória pós-2020 (elaboração e monitoramento dos planos setoriais) Harmonização das políticas climáticas estaduais e avanços em governança do clima69 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    69. 69. ENFOQUES&ênfases mudança climáticas Estratégia Centro de formação integral em Mudanças Climáticas (UNESCO) Plataforma Climática Latino-americana ESI – Earth Security IniciativaTransversalização Posicionamento a Oportunidades regional Institucionais70 Copyright © 2009 Fundación AVINA
    70. 70. RESULTADOSesperados mudança climáticas Da ferramenta: Desenvolver ferramentas que sirvam para incorporar Mudanças Climáticas nas estratégias de Avina e ao posicionamento no nível regional. Em sinergia com parceiros no Brasil: desenvolver argumentos de posicionamento para a incidência nos planos municipais de gestão de resíduos; de mobilidade urbana e de adaptação/mitigação a mudanças climáticas. Aliança com ICAL nas agendas de cidades sustentáveis, mudanças climáticas urbanas e participação da sociedade civil em políticas climáticas nacionais.71 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    71. 71. ALIADOSmudançaclimáticasGlobais: Co-financiadores: ICAL, CLUA, SKOLL, Oak Iniciativas regionais: ESI, Unesco, PCL Comunicação: CRP, Practical ActionNacionais: Tasso Azevedo, Rachel Biderman, Idesam, Imazon, Rede de Cidades Sustentáveis, Ethos, Fórum Amazônia Sustentável, entre outros aliados das UOs ICAL, Skoll72 Copyright © 2012 Fundación AVINA
    72. 72. glaucia.barros@avina.netpaulo.rocha@avina.netramiro.fernandez@avina.net Copyright © 2009 Fundación AVINA Copyright © 2009 Fundación AVINA Copyright © 2009 Fundación AVINA

    ×