Slidshere

4.155 visualizações

Publicada em

A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Slidshere

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDESECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DE POLÍTICAS EDUCACIONAISDIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.Mediador Pedagógico: Neila Andrade Tostes Lopez dos Santos Cursista: Gislaine Motti Scudler Osmar
  2. 2. Avaliação x Exame sticar iagno ara o de d tá-la p é o at eorien avaliar ista r s o, não c kesi, m v por is io, é Pa ra Lu a, tendo e o possível; ntrár o expe riênci r resultad iva, ao cuma r om elho e m selet e po r oduzi icatória, n . tivo,pr f a e sele destina a classi a e inclusiv sificatório ão se é tic las e n sim a di agnós minar é c nte, já qu possível, e a e Ex xclud ultado aminado. mes mo, e elhor res é ex isso m e o do do qu cons truçã o estática f icaçã classi
  3. 3. Para Jussara Hoffmann A avaliação é reflexão transformada emação. Ação essa, que nos impulsiona paranovas reflexões. Reflexão permanente do educador sobre a realidade, e acompanhamento, passo a passo doeducando, na sua trajetória de construção de conhecimento.
  4. 4. Durante o processo avaliativo temos que observar, analisar e compreender suas estratégias de aprendizagem e tomar decisões pedagógicas favoráveis a continuidade do processo, paraajudar o educando no avanço de suaaprendizagem. Precisamos entender e colocar em prática que cada um tem um jeito de aprender, seu tempo, suas estratégias, suasdiferenças, e cabe ao educador estar atento e ajudá-lo fazendo a intervenção pedagógica no tempo certo.
  5. 5. o se nov l iar nes ão- (200 0), ava s de a ç o ffmann portunidade nente d Segu ndo Ho mizar o perma dina ento e m se uparad igma é companham ar ao aluno u ma p i ci e rca dorefle xão, n ste deve pro reflexões ac ios e s or e e ê nci a, i bertárprofes o de aprend res críticos l rdades rocess ormando se e p o de v f struçã das. m undo, tivos na con ormula pa rticipa uladas e ref form
  6. 6. AVALIAÇÃO FORMATIVA A avaliação formativa não tem como objetivo classificar ou selecionar, ela é semelhante à avaliação diagnóstica e tem seu foco no processo ensino-aprendizagem e se dá durante todo o processo educacional. Ela busca conhecer melhor o aluno, detectando dificuldades que aparecem no decorrer da aprendizagem e saná-las o mais rápido possível, levando o professor a rever sua prática, buscando estratégiaspara ajudá-los, um trabalho individualizado visando o aprendizado e avanço dos alunos. Os resultados da avaliação formativa servirão de base paraverificarmos como o processo de aprendizagem tem acontecido, permitindo uma reavaliação das práticas pedagógicas com o objetivo de aprimorar a aprendizagem dos alunos.
  7. 7. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICALUCKESI, Cipriano Carlos – Avaliação da aprendizagemcomponente do ato pedagógico/ Cipriano Carlos Luckesi –1.ed - São Paulo: Cortez, 2011.HOFFMANN, Jussara. O jogo do contrário em avaliação/Jussara Hoffmann. – Porto Alegre: Mediação, 2005.HOFFMANN, Jussara. Práticas avaliativas e aprendizagemsignificativa: em diferentes áreas do currículo/Organizadores Janssen Felipe da Silva, Jussara Hoffmann,Maria Teresa Esteban – Porto Alegre: Mediação, 2003.Imagens do google:http://quipronat.files.wordpress.com/2009/09/professor.jpghttp://www.pime.org.br/pimenet/imagens/catmjmar2003-f1.jpghttp://querocriarumblog.com.br/wp-content/uploads/2011/06/educacao_ead.jpg

×