I Seminário Bibliotecas na Prática

173 visualizações

Publicada em

Apresentação feita com Juliana Rubim sobre o relato de experiência vivenciado entre os profissionais da Biblioteca do Colégio de Aplicação da UFRJ, apresentada no I Seminário Bibliotecas na Prática, no IFRJ (campus Volta Redonda).

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
173
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

I Seminário Bibliotecas na Prática

  1. 1. A Biblioteca do CAp/UFRJ Relato de experiência
  2. 2. Projetos de dinamização das suas atividades para a comunidade escolar • Dinamizando a leitura na biblioteca do Colégio de Aplicação – PIBIAC • Biblioteca Escolar como espaço de afeto acadêmico – PIBIAC • Biblioteca Escolar e Projeto Pedagógico: uma proposta de integração em escolas da rede pública – PIBEX • Semana da Biblioteca – PIBEV 1 / Edital de apoio à eventos PR3 • Ciranda Literária – PIBEV 2 / Edital de apoio à eventos PR3
  3. 3. Para que os projetos funcionem adequadamente é necessário um trabalho em conjunto.
  4. 4. Dinamizando a leitura na biblioteca do Colégio de Aplicação As práticas leitoras e informacionais de apropriação de conhecimento das variadas comunidades atendidas pelas unidades de informação modificam-se e produzem sentidos que desembocarão em outros textos, e outros, num processo infinito de releituras, numa polifonia de vozes e reflexos (NOBREGA, 2009, p. 97).
  5. 5. SEMANA DA BIBLIOTECA O projeto Semana da Biblioteca se caracteriza como um evento que tem como objetivos: •Contribuir para a formação do leitor, a partir do estabelecimento de um relacionamento estreito e prazeroso com a biblioteca; •Tornar o ambiente convidativo, agradável e cativante para atrair os usuários.
  6. 6. O Gato da Biblioteca Kenji Miyakawa Dewey: o gato da biblioteca Vicki Myron e Bret Witter Atividade com as turmas do 3º ano: mediação da história do livro, curiosidades sobre a arte japonesa - Kiriê e também, orientação para as diferenças entre biblioteca, livraria e editora. Atividade com as turmas do 2º ano: contação da história e uma explicação para os alunos sobre de que forma o acervo da biblioteca é organizado e sistematizado.
  7. 7. A menina que roubava livros Markus Zusak O Pequeno Príncipe Antoine de Saint-Exupéry Atividade com as turmas do 5º ano: história do livro e sua relação filosófica, biografia do autor, adaptações cinematográficas e parques temático. Atividade com as turmas do 4º ano: apresentação do enredo do livro e informações sobre a II Guerra Mundial, Alemanha, Nazismo e Hitler.
  8. 8. Uso de recursos midiáticos e a decoração temática da biblioteca • Estabelecer uma relação entre as atividades de leitura e os recursos visuais, auditivos e táteis apresentados nos suportes informacionais. O Pequeno Príncipe – Antoine de Saint-Exupéry A menina que roubava livros - Markus Zusak
  9. 9. CIRANDA LITERÁRIA A Ciranda Literária tem como objetivo promover ações de caráter artístico cultural em interseção com gêneros literários e com os processos de formação do leitor, realizado pela biblioteca do Colégio de Aplicação da UFRJ em parceria com os professores do 6º ao 9ª de língua portuguesa.
  10. 10. BIBLIOTECA COMO ESPAÇO DE AFETO ACADÊMICO Práticas que possibilitam uma leitura livre de obrigações e uso de narrativas orais para estimular o gosto pela leitura.
  11. 11. Seleção e leitura livre na biblioteca, além de orientação do uso do acervo e manuseio dos livros – turmas do 2º e 3º ano.
  12. 12. BIBLIOTECA ESCOLAR E PROJETO PEDAGÓGICO: UMA PROPOSTA DE INTEGRAÇÃO EM ESCOLAS DA REDE PÚBLICA ENSINO FUNDAMENTAL Formação de leitores ENSINO MÉDIO Orientação a pesquisa escolar  Orientação à pesquisa escolar e normalização documental;  Orientação no uso e busca de informações, avaliação de fontes de informação confiáveis;  Trabalho com um conjunto de textos e interlocução com a arte do bordado  Contação de histórias • Contadores convidados • Bibliotecárias e bolsistas  Mediação de leitura • Formação de leitores  Apresentação da biblioteca • Cantinho infanto-juvenil
  13. 13. TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS Trabalho de mediação de leitura feito com alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Shakespeare, visando o incentivo à leitura e a formação de leitores por meio de contações de histórias.
  14. 14. SOPHIA, A PENSADORA Trabalho de contação de histórias e realização de oficina de máscaras com o grupo convidado SPASophia, de Angra dos Reis. Os trabalhos foram feitos no CAp/UFRJ e na Escola Municipal Shakespeare no ano de 2014.
  15. 15. PROJETO TECER Projeto realizado com oficinas durante o ano de 2014, articulando através da pesquisa e produção de narrativas as relações entre o tecer e o texto. Os trabalhos foram feitos com uma das turmas do 3º ano do Colégio Estadual Ignácio Azevedo do Amaral, constituída por futuros educadores de nível técnico em escolas de ensino fundamental.
  16. 16. OFICINA DE REDAÇÃO E NORMALIZAÇÃO DOCUMENTAL Oficina realizada em parceria com os professores das disciplinas de Geografia e Língua Portuguesa do 1º ano do Ensino Médio do CAp/UFRJ, cujas temáticas de pesquisa trabalhadas pelos alunos tratavam-se de assuntos relacionados ao Rio de Janeiro.
  17. 17. REFERÊNCIAS ALMEIDA, Waldinéa Ribeiro; COSTA, Wilse Arena da; PINHEIRO, Mariza Inês da Silva. Bibliotecários Mirins e a mediação da leitura na biblioteca escolar. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.17, n.2, p.472-490, jul./dez., 2012. Disponível em: < http://revista.acbsc.org.br/racb/article/viewFile/812/pdf_1>. Acesso em: 15 fev. 2014. ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco; BORTOLIN, Sueli. Mediação da Informação e da Leitura. In: SEMINÁRIO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 2., 2007, Londrina. Anais... Londrina: Universidade Estadual de Londrina, 2007. CAMPELLO, Bernadete. Letramento informacional no Brasil: práticas educativas de bibliotecários em escolas de ensino básico. 2009. 208 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) –Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009. ______. Perspectivas de letramento informacional no Brasil: práticas educativas de bibliotecários em escolas de ensino básico. Encontros Bibli, Florianópolis, v. 15, p. 184-208, 2010.
  18. 18. REFERÊNCIAS CASTRO FILHO, Cláudio Marcondes de. Roger Chartier e práticas de leitura: uma abordagem para o campo da informação. In: SEGUNDO, José Eduardo Santarem; SILVA, Márcia Regina da; MOSTAFA, Solange Puntel (Orgs). Os pensadores e a Ciência da Informação. Rio de Janeiro: E-papers, 2012. p. 25-36. GOMES, Luciano Ferreira; BORTOLIN, Sueli. Biblioteca escolar e mediação da leitura. Semina: Ciências Sociais e Humanas, Londrina, v. 32, n. 2, p. 157-170, jul./dez. 2011. KUHLTHAU, Carol. Como usar a biblioteca na escola: um programa de atividades para o ensino fundamental. 2. Ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004. NÓBREGA, Nanci Gonçalves da. No espelho, o trickster. In: SANTOS, Fabiano dos; MARQUES NETO, José Castilho; RÖSING, Tânia M. K. (Orgs.). Mediação de leitura: discussões e alternativas para a formação de leitores. São Paulo: Global, 2009. p. 95-112. PETIT, Michèle. A arte de ler ou como resistir à adversidade. São Paulo: Ed. 34, 2009. YUNES, Eliana, ROCHA, Alessandro (orgs.). Biblioteca e formação de leitores. Rio de Janeiro: Cátedra UNESCO de Leitura PUC-Rio; São Paulo: Editora Reflexão, 2015.
  19. 19. BIBLIOTECA CAp UFRJ Rua JJ Seabra, s/n, Lagoa – Rio de Janeiro Tel: (21) 2294-6597 (ramal 30) / 2511-5338 bibliotecacap@yahoo.com.br bibliotecadocapufrj Ana Lúcia Ferreira Gonçalves Leni Rodriguez Perez Fulco Tatyanne Christina Gonçalves Ferreira Valdez Brisa Alves Gisele Araújo Jéssica Alves Johnny Mendonça Juliana Rubim Michele Maximiana Tamiris Peniche EQUIPE BIBLIOTECÁRIAS: BOLSISTAS:

×