Avaliação Neuropsicológica

10.839 visualizações

Publicada em

0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.839
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
570
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação Neuropsicológica

  1. 1. AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA GISELE CORTONI CALIA NEUROPSICÓLOGA – GRUPO DE HIDRODINÂMICA CEREBRAL DO HC FMUSP SETEMBRO/2014
  2. 2. FUNÇÕES COGNITIVAS  MEMÓRIA  ATENÇÃO  LINGUAGEM  VISUOPERCEPTIVAS E VISUOESPACIAIS  FUNÇÕES EXECUTIVAS  OUTRAS
  3. 3. AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA • Investigação de condições cognitivas, comportamentais e psicológicas de um indivíduo • Entrevistas, questionários e testes específicos  EXTENDIDA / COMPLETA  FOCADA / BREVE
  4. 4. RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO I. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE  Nome; Sexo; Data de nascimento; Idade; Data da Avaliação  Estado Civil; Nº filhos; Escolaridade  Ocupação atual e anterior  Acompanhante/ Cuidador; Médico solicitante  QUEIXAS PRINCIPAIS: do paciente e do acompanhante  DADOS GERAIS: lateralidade; acuidade visual e auditiva; atividade física; medicamentos; II. DESEMPENHO COGNITIVO (RESULTADOS QUANTITATIVOS) TABELA COM DADOS QUANTITATIVOS E REFERÊNCIA DOS PERCENTIS III. DISCUSSÃO  Interpretação dos resultados quantitativos; dados de observação qualitativa; observações; indicações; encaminhamentos IV. CONCLUSÃO (mostrar exemplo relatório adulto)
  5. 5. AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA COMPLETA FUNÇÕES COGNITIVAS / TESTES PONTOS BRUTOS Pontos Ponderados CLASSIFICAÇÃO INTERPRETAÇÃO EFICIÊNCIA INTELECTIVA Vocabulário 62 17 - Matrizes 8 11 - (Soma) - 28 - QI Total Estimado 114 - Médio-superior Preservada MEMÓRIA Dígitos Diretos Dígitos Indiretos Dígitos Total 7 6 13 - - 13 Médio-superior Preservada HVLT- R Total HVLT- R Tardia Reconhecimento 20 8 12 T = 45 T = 51 T = 65 Médio Médio Superior Defasagem Leve Defasagem Leve Preservada Reprod. Visual I Reprod. Visual II 29 24 13 14 Médio-superior Superior Preservada Preservada Memória Lógica I Memória Lógica II 28 30 15 17 Superior Muito-superior Preservada Preservada VISUOCONSTRUÇÃO Relógio (Shumman) 12 P. Corte = 11 - Preservada VELOCIDADE PROCESSAMENTO Códigos – WAIS-III 25 10 Médio Defasagem Leve LINGUAGEM Boston Naming Test 14 Máx = 15 Médio-superior Preservada Vocabulário WAIS-III 62 17 Muito Superior Preservada Provérbios quali - - Preservada ATENÇÃO E F. EXECUTIVAS Stroop I; II; III 24,45,100 19,24,57 Média Preservada Fluência nominal 28 p = 20 Médio-inferior D. Moderada Fluência categórica 14 p = 25 Médio-inferior D. Moderada AVALIAÇÃO FUNCIONAL Avaliação das AVDs– Katz 5 3 2 3 - Dependência Básica e Funcional HUMOR Inventário Beck de Depressão 4 Cut off = 9 - Ausência de sinais ou sintomas de depressão  ABRANGENTE; MAIOR NÚMERO POSSÍVEL DE FUNÇÕES TESTADAS EXEMPLO: sintomas neurológicos sem diagnóstico fechado  EFICIÊNCIA INTELECTIVA  MEMÓRIA VERBAL  MEMÓRIA VISUAL  VISUOCONSTRUÇÃO  VELOCIDADE PROCESSAMENTO  LINGUAGEM  ATENÇÃO  FUNÇÕES EXECUTIVAS  HUMOR
  6. 6. FUNÇÃO COGNITIVA TESTES APLICADOS e DESEMPENHO PRÉ e PÓS TT INTERPRETAÇÃO e EVOLUÇÃO PRÉ e PÓS TT ESTADO MENTAL MEEM: 22/30 e 22/30 Preservadas Sem alteração VELOCIDADE GRAFOMOTORA Symbol Digit: 14 e 20 Defasagem Moderada => Leve ↑ Alteração positiva FLUÊNCIA VERBAL: SEMÂNTICA Animais/Mercado: 15 e 21 Defasagem leve => Preservada ↑ Alteração positiva ATENÇÃO E MEMÓRIA OPERACIONAL (AUDITIVA) Dígitos (diretos e indiretos): 6;3 e 5;4 Preservada Sem alteração significativa CONTROLE INIBITÓRIO Stroop Test: 16 e 24; 24 e 20; 35 e 44 Defasagem Leve => Moderada ↓ Alteração Negativa FUNÇÃO VISUOCONSTRUTIVA Teste Relógio (Okamoto): 13/15 e 14/15 Preservadas Sem alteração significativa AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA BREVE FOCADA EM ALGUMAS FUNÇÕES EXEMPLO: para auxílio no diagnóstico de uma patologia específica (HPN)  ESTADO MENTAL (MINI-MENTAL)  VELOCIDADE GRAFOMOTORA  FLUÊNCIA VERBAL SEMÂNTICA  MEMÓRIA OPERACIONAL  ATENÇÃO  VISUOCONSTRUÇÃO
  7. 7. Exemplo: AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA HOSPITALAR PACIENTE: SR. JOSÉ VELOSO RG: 5678901 MÉDICO(A) SOLICITANTE: DRA. PATRICIA DANTAS REALIZADA POR: NEUROPSICÓLOGA GISELE CALIA ABRIL/2014
  8. 8. PACIENTE: Sr. JOSÉ VELOSO (DN: 03/10/1930; 83 anos) ; 4 anos estudo Queixas: Do paciente: “só esqueço nomes; meus filhos exageram, não estou tão mal...” Dos filhos: teimosia, choro frequente, dificuldades graves de memória recente, irritabilidade, desatenção FUNÇÃO COGNITIVA TESTES RESULTADOS CLASSIFICAÇÃO INTRPRETAÇÃO ESTADO MENTAL Mini Mental* 18/30 No ponto de corte (18) No limiar para demência LINGUAGEM Nomeação Descrição de cenas Cálculo/Aritmética 20/60 (quali) poucas palavras 11/20 ↓↓ da média Empobrecimento ↑ média Defasagem Grave Declínio de função Preservada FUNÇÃO VISOESPACIAL e VISOCONTRUÇÃO Reconhecimento figuras Interpretação de Cenas Desenho do Relógio 30/45 Não identificou 2/2 contextos 1/15 ↓↓ da média ↓↓↓ da média ↓↓↓↓ ponto de corte (11) Defasagem Moderada Defasagem Grave DEFICITÁRIA MEMÓRIA VERBAL ¨ESTÓRIAS¨ IMEDIATA e TARDIA 7/50 e 0/50 ↓↓↓↓ da média DEFICITÁRIA MEMÓRIA VISUAL IMEDIATA e TARDIA RECONHECIMENTO 3/12 e 2/10 7/12 ↓↓↓↓ da média ↓↓ da média DEFICITÁRIA Defasagem Moderada ATENÇÃO CONCENTRADA, SELETIVA CONTROLE INIBITÓRIO Stroop I e II: 30 e 82 seg Stroop III: ↑ nº erros permitidos ↓↓ média e ↓↓↓ média ↓↓↓↓ da média Def. Moderada e Grave DEFICITÁRIO FLUÊNCIA NOMINAL SEMÂNTICA: Animais FONÊMICA: FAS 15 5;7;4 (16) ↑ ponto corte (9) ↓↓↓↓ da média Preservada DEFICITÁRIA MEMÓRIA OPERACIONAL Dígitos D; I (Total) 7; 4 (11) ↑ média Preservada CONCLUSÃO Paciente com graves declínios em funções de memória, executivas (controle inibitório, fluência fonêmica), e funções visuoespaciais
  9. 9. JOSÉ VELOSO OBSERVAÇÕES:  Paciente com postura desconfiada durante a avaliação.  Escala Geriátrica de Depressão: 8/30 => normal (preenchida pelo paciente)  Índice de Katz - Avaliação das AVDs básicas: independente  Questionário Pfeffer – Atividades funcionais: 19/30 => dependente  Memória recente extremamente prejudicada.  Habilidade com números, cálculos e raciocínios matemáticos simples estão mais preservadas.  Erros atencionais permearam toda a avaliação.  Baixo reconhecimento de figuras (representadas no papel), mesmo as de seu conhecimento, como “janela”, por exemplo.  Grande dificuldade de nomeação: exemplo: lápis por caneta, assento de parque por banco, árvore por flor.
  10. 10. ANEXO: parte gráfica
  11. 11. Exemplos de TESTES NEUROPSICOLÓGICOS MEMÓRIA EPISÓDICA VERBAL IMEDIATA, TARDIA, RECONHECMENTO HVLT-R (Lista Palavras) ATENÇÃO SELETIVA STROOP TEST VISUOCONSTRUÇÃO FUNÇÕES EXECUTIVAS, MEMÓRIA VISUAL FIGURA COMPLEXA DE REY LISTA I II III tardia Leão Esmeralda Cavalo Cabana Safira Hotel Caverna Rubi Tigre Pérola Vaca Chalé TOTAL
  12. 12. TESTE DE RASTREIO PARA DEMÊNCIA: MEEM (MINI-MENTAL) Escolaridade Formal Nota de corte sugerida Analfabetos 14 a 16 Pelo menos 4 anos 18 a 21 De 4 a 7 anos 20 De 5 a 8 anos 21 De 9 a 11 anos 22 Mais que 11 anos 25 Superior completo 27
  13. 13. TESTE DO DESENHO DO RELÓGIO Critérios correção Exemplos
  14. 14. TESTES NEUROPSICOLÓGICOS FUNÇÃO MOTORA GROOVED PEGBOARD RACIOCÍNIO NÃO-VERBAL RAVEN ATENÇÃO e MEMÓRIA OPERACIONAL Dígitos DIRETA INVERSA 1 - 7 6 - 3 5 – 8 - 2 6 – 9 - 4 6 – 4 - 3 - 9 7 – 2 – 8 - 6 4 – 2 – 7 – 3 - 1 7 – 5 – 8 – 3 - 6 6 – 1 - 9 – 4 – 7 – 3 3 – 9 - 2 – 4 – 8 - 7 5 – 9 – 1 – 7 – 4 – 2 - 8 4 – 1 – 7 – 9 – 3 – 8 – 6 3 – 8 – 2 – 9 – 5 – 1 – 7 - 4 5 – 8 – 1 – 9 – 2 – 6 – 4 - 7 2 – 7 – 5 – 8 – 6 – 2 – 5– 8-4 7 – 1 – 3 – 9 – 4 – 2 – 5– 6-8
  15. 15. TRAIL MAKING
  16. 16. TRAIL MAKING “A”
  17. 17. BATERIA BREVE
  18. 18. CARTÃO DE EVOCAÇÃO – TESTE A MEMÓRIA RBMT O senhor João / Rocha, / funcionário da Empresa de Segurança VIGIAR / foi morto com um tiro / na segunda-feira / durante um assalto a banco / em São Paulo. / Os quatro assaltantes / usaram máscaras / e um deles portava / uma metralhadora / importada. / Os detetives da polícia / estavam examinando depoimentos / de testemunhas oculares / na noite passada. / Uma testemunha disse: / “Ele era um homem muito corajoso”. / Ele atacou / o assaltante armado / e travou uma tremenda luta. (69 palavras – São Paulo contado como 1 palavra – 21 ideias)
  19. 19. SKT
  20. 20. TESTE DE ATENÇÃO – ELIMINAR NÚMEROS http://www.chezmaya.com/jeux/game33.htm
  21. 21. PROVAS DE PIAGET PROTOCOLO - CONSERVAÇÃO DA QUANTIDADE DE MATÉRIA MATERIAL: DUAS MASSAS DE MODELAR DE CORES DIFERENTES OBJETIVO: AVALIAR O NÍVEL DE CONSERVAÇÃO DE QUANTIDADE CONSTANTE DE MASSA. ENTREVISTADOR: ENTREVISTADO: DATA: REGISTRO ESTRATEGIAS DO ENTREVISTADOR CONDUTA DO ENTREVISTADO _Conhece este material? Já trabalhou com Apresentação do material. ele? _Eu gostaria que você fizesse uma bola com uma dessas massas. _Agora, você poderia fazer outra bola que tenha a mesma quantidade de massa que esta? Pedido de estabelecimento de igualdade inicial.
  22. 22. TABELAS DE CORREÇÃO
  23. 23. SPAN VISUAL Torre de Londres WCST
  24. 24. WAIS
  25. 25. OBRIGADA!! gisele@neuropsiclinica.com.br www.neuropsiclinica.com.br

×