Aula 2 conceitos de planejamento ambiental

1.356 visualizações

Publicada em

Aulas de Planejamento Ambiental - 2013

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.356
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
135
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 2 conceitos de planejamento ambiental

  1. 1. Planejamento ambiental Aula 2 – O processo de Planejamento
  2. 2. Processo de Planejamento Ambiental Um procedimento geral de planejamento requer uma atuação sistemática e programada; • Os estágios fundamentais para planejamento são: 1.Identificação do problemas e determinação das necessidades; 2. Obtenção e análise de dados; 3. Desenvolvimento dos objetivos e metas; 4.Classificação associadas; e diagnóstico do problema e questões
  3. 3. Processo de Planejamento Ambiental 5. Identificação de opções; 6. Análise das opções; 7. Avaliação e recomendação de ações; 8.Desenvolvimento de um programa de implementação; 9.Controle, monitoramento e avaliação dos resultados;
  4. 4. 1º Etapa Definição do problema e determinação das necessidades “Um problema é um obstáculo, um impedimento, uma dificuldade, um desafio ou qualquer situação que peça uma resolução; essa resolução é reconhecida como uma solução ou contribuição em direção a um propósito ou objetivo estabelecido.” “Uma necessidade é aquilo que é necessário para que um organismo viva de forma saudável. Necessidades se distinguem de desejos pois a deficiência em atender uma necessidade causa um resultado negativo claro. Necessidades podem ser objetivas e físicas, como alimentação, ou subjetivas e psicológicas, como autoestima.”
  5. 5. 1º Etapa Definição do problema e determinação das necessidades A formulação do correto problema é fundamental para o planejamento. Inicia-se pelo conhecimento das necessidades específicas da área contemplada; Exemplos: Problema (trânsito) – Necessidade (ampliação de rodovias); Problema (falta de água) – Necessidade (obtenção de recursos hídricos);
  6. 6. 1º Etapa Definição do problema e determinação das necessidades • As necessidades podem ser difíceis serem expressas; • Conflitos de interesse podem dificultar ainda mais; • Identificar um problema não se limita a conhecimento do que ocorre na atualidade; O planejamento visa atender problemas potenciais, de maneira a evitar a sua ocorrência; Assim é necessário fazer a distinção entre problema e o correto problema a ser abordado.
  7. 7. ! Discussão – Caso 1 • Desaparecimento de áreas agrícolas em uma região! • O que pode estar ocorrendo? –São os fazendeiros que estão abandonando as fazendas? Qual a razão para isto? –As condições locais não incentivam os jovens a se fixarem no campo? – Existe uma pressão para a expansão de áreas residenciais, industriais ou para outra atividade?
  8. 8. 1º Etapa Definição do problema e determinação das necessidades Problema: Problemas explicam insatisfatória; ou representam Os problemas não existem fora da percepção e conceitualização dos indivíduos que os confrontam; Uma situação ou condição ambiental só é problemática quando o ser humano está relacionado à mesma. uma realidade
  9. 9. 1º Etapa Definição do problema e determinação das necessidades • Uma formulação cuidadosa do problema busca: – Compreender a situação, formando uma imagem do que está envolvido; – Chegar a uma representação da situação problemática, explicando o que ela representa; – Formar uma base para a busca de soluções, verificando todas as possíveis para atender ao problema; – Desenvolver meios para avaliar as opções, definindo uma forma para fazer a escolha.
  10. 10. 2º Etapa Obtenção de dados • Qual a importância dos dados em planejamento? – Possibilita um melhor conhecimento sobre o problema e suas causas; – Melhora a compreensão das opções que podem fornecer uma solução ao problema.
  11. 11. 2º Etapa Obtenção de dados Dados que não podem ser transformados em informação são inúteis. As informações devem ser capazes de responder em tempo hábil e de maneira precisa, questões relacionadas: – À natureza da mudança; – Aos padrões de oportunidades e restrições; – Aos mecanismos de mitigação ativos na área de planejamento.
  12. 12. 2º Etapa Obtenção de dados A base de informações para planejamento inclui dados primários e secundários: – Dados primários: coletados de uma fonte original, como fotografias aéreas, imagens de satélite e dados coletados em campo. – Dados secundários: são dados que foram coletados e obtidos por terceiros e disponibilizados para uso, como censo demográfico, relatórios, etc.
  13. 13. 3º Etapa Desenvolvimento de objetivos e metas • Em geral o estabelecimento de objetivos e metas envolve três atividades inter-relacionadas: –Identificação de problemas presentes e futuros; –Determinação das aspirações da comunidade; –Identificação de questões estratégicas e prioridades. Neste contexto um objetivo representa o fim para o qual os esforços do planejamento são direcionados;
  14. 14. 3º Etapa Categorias de objetivos Em planejamento ambiental os objetivos são divididos em cinco categorias; • Objetivos herdados: – Resultam de políticas previamente estabelecidas como: • Planos diretores e políticas de desenvolvimento. pqe.com.br soliloquioinsipiente.blogspot.com participacaopolitica.ning.com
  15. 15. 3º Etapa Categorias de objetivos • Objetivos legais: – Definem os requisitos encontrados em políticas estaduais ou federais, ou resultantes de interpretação de autoridade estatutária e direitos constitucionais: • Lei de zoneamento ambiental; • Direitos constitucionais. ippuc.org.br
  16. 16. 3º Etapa Categorias de objetivos • Objetivos genéricos: – Descrevem ideais sugeridos pelo pensamento e teoria correntes. • Incluem questões relacionados à qualidade ambiental, eqüidade, qualidade de vida, eficiência econômica, saúde e segurança.
  17. 17. 3º Etapa Exemplo – Objetivos genéricos Para uma cidade sustentável é necessário planejá-la e organizála pautadas sobre as seguintes dimensões (Sachs, Ignacy, Estratégias de transformação para o século XXI Para pensar o desenvolvimento sustentável. Editora 1993): Dimensão social: maior equidade na distribuição de renda e bens; Dimensão econômica: gerenciamento dos recursos e de fluxo constante de investimento públicos e privados;
  18. 18. 3º Etapa Exemplo – Objetivos genéricos Dimensão ecológica: uso potencial de recursos dos diversos ecossistemas, com o mínimo de danos ao meio ambiente; Dimensão espacial: uma configuração rural-urbana mais equilibrada e uma melhor distribuição territorial dos assentamentos humanos e das atividades econômicas; Dimensão cultural: mudança dentro da continuidade cultural, e que traduzam conceito normativo de ecodesenvolvimento em um conjunto de soluções específicas para o local, o ecossistema, a cultura e a área.
  19. 19. 3º Etapa Categorias de objetivos • Necessidades da comunidade: – Explica os objetivos derivados das projeções de mudança da população, econômicas e ambientais, requerendo uma resposta apropriada. • Incluem oferta de serviços básicos de água, esgoto, coleta de lixo, áreas para urbanização, centros comerciais, etc.
  20. 20. 3º Etapa Categorias de objetivos • Aspirações da comunidade: –Caracterizam os desejos desenvolvidos fora do processo participatório de definição dos objetivos. • São articulados pela manifestação da comunidade, definindo preocupações e prioridades que auxiliam a cristalizar as necessidades percebidas pela comunidade. portosalvador.blogspot.com
  21. 21. 3º Etapa O que são metas? As metas tendem a ser muito mais específicas, focando aspectos particulares do objetivo; conelengenharia.com Uma meta é uma condição intermediaria atingida, na direção de uma grande realização (resultado);
  22. 22. 3º Etapa Exemplo: • Problema: Fim da vida do aterro sanitário • Objetivo: conservar a capacidade de um aterro. Para isto, podem ser estabelecidas as seguintes metas: – Expandir o programa de reciclagem da comunidade para as atividades de comércio, até uma data específica; – Reduzir o uso de materiais não recicláveis em 30%; – Ampliar em 20% a capacidade dos centros de reciclagem, visando receber outros tipos de materiais.
  23. 23. 5º Etapa Identificação de opções e seleção de alternativas A obtenção de opções para solucionar problemas pode ser feita por métodos já consagrados: - Brainstorming (tempestade cerebral); - Síntese; - Simulação; - Etc. Os objetivos e metas podem ser atingidos por mais de um caminho.
  24. 24. 5º Etapa Métodos para obtenção de opções • Brainstorming: – É uma técnica de solução de problemas em grupo; isenta de –Cada participante apresenta a sua idéia para a solução do problema em análise; –As idéias são anotadas para posterior análise e discussão. http://picemony.com/brainstorming.html –Deve existir uma atmosfera julgamentos ou críticas;
  25. 25. 5º Etapa Métodos para obtenção de opções • Síntese: – Similar ao brainstorming; – Com possibilidade de alguma avaliação das opções propostas. • Simulação: – Explora as implicações do desenvolvimento de opções, as direções que elas seguem e os valores associados às mesmas; – Para cada opção conseqüências. procura-se avaliar as possíveis
  26. 26. 5º Etapa Métodos para obtenção de opções • As opções resultam: –Do pensamento criativo; –Da compreensão do problema; –Do desejo de explorar soluções que podem desafiar as normas convencionais. Após a identificação de opções deve-se selecionar a mais adequada.
  27. 27. 6º Etapa Seleção da opção mais adequada Uso de ferramentas e técnicas baseadas em metodologias de previsão e comparação. • Metodologia de previsão - Extrapolação: – É baseada na análise de tendência; – É um método freqüentemente utilizado para explorar condições futuras.
  28. 28. 6º Etapa Seleção da opção mais adequada • Metodologia de previsão - Modelagem: – As decisões são tomadas com base em algum tipo de modelo; Os modelos podem ser: Uma representação formal em computador, escrita em uma linguagem de programação; Uma simples idéia de como nós imaginamos como alguma coisa funciona ou comporta-se. – Os modelos fornecem meios para simplificar problemas complexos.
  29. 29. 6º Etapa Seleção da opção mais adequada • Metodologia de previsão - Intuitivas: –Utilização da experiência e julgamento de especialistas para ver possíveis resultados de uma opção; – É um processo de aquisição de conhecimento, onde o analista questiona um grupo de especialistas para obter um processo casual relacionado com a opção em estudo;
  30. 30. 8º Etapa Síntese e implementação Para se possa ter uma síntese do planejamento é necessários: – Ter objetivos e metas bem articulados; –Dados coletados e analisados; – Problema bem definido; –Conjunto de alternativas. Isto faz com que o plano tome forma, não apenas como documento, mas sim como uma idéia bem integrada.
  31. 31. 8º Etapa Síntese e implementação • Com um programa de implementação adequado os obstáculos serão mínimos; • Deve-se considerar que um plano ambiental é dinâmico; • O surgimento de novos problemas exigirá a repetição ou revisão de algumas fases do planejamento.
  32. 32. Implementação do Plano É a fase mais difícil do planejamento; Geralmente são utilizados projetos de demonstração; Possibilidade de obtenção de experiência, monitorar a eficácia e promover ajustes, antes da implementação em larga escala; Pode-se utilizar também a implementação do plano em fases.
  33. 33. Material Consultado • Floriano, Eduardo Pagel Planejamento Ambiental, Caderno Didático nº 6, 1ª ed./ Eduardo P. Floriano Santa Rosa, 2004. • PHD 2541 – Planejamento e Saúde Ambiental Aulas 2 – O processo de Planejamento USP
  34. 34. Atividade – O processo de planejamento Com base no problema escolhido, elabore uma proposta de planejamento abordando as seguintes etapas: • Identificação do problema e determinação das necessidades; • Desenvolvimento de objetivos e metas para resolução do problema apresentado; • Identificação de soluções; • Análise das opções (opções mais adequadas); • Desenvolvimento de programa de implantação (como colocar em prática a(s) proposta(s).
  35. 35. Reflexão ocacadordeacoes.blogspot.com
  36. 36. Resumindo: Elementos do planejamento • Os nove elementos de planejamento, a seguir, geralmente, são explícitos no plano: • Propósitos – O que fazer. • Objetivos – Porque fazer. • Prazos – Em quanto tempo. • Políticas – Que regras seguir. • Critérios – Como julgar. • Procedimentos – Como fazer, que passos seguir (plano de ação); • Recursos (tecnológicos e financeiros) – O que utilizar. • Monitoramento – O que medir. • Controle – Como analisar e revisar o que se fez.

×