Ginga open experience - Jornada empreendedora

346 visualizações

Publicada em

Como funciona o passo a passo do desenvolvimento do empreendedor? Quais são as metodologias e conteúdos que ele precisa em cada etapa do seu desenvolvimento?

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Gostaria de começar detalhando os objetivos do dia.

    Durante o dia de hoje, vocês vão experimentar 3 pilares da Ginga:

    Conteúdo instigante: Na Ginga, sempre trazemos conteúdos inovadores sobre o que existe de mais novo no mundo de empreendedorismo e inovação. Novas metodologias, novas formas de pensar, novos caminhos a seguir.

    Resultados práticos: Mais do que aprender as metodologias, o importante é como aplicá-las. Nos últimos anos, com nossa experiência em mais de 120 startups, aprendemos muito sobre o COMO FAZER. Nos nossos cursos você vai aplicar as metodologias nos seus projetos ou nos projetos das outras pessoas da turma, e assim conseguir desenvolver os seus projetos enquanto aprende a metodologia

    Networking focado: Conhecer pessoas é sempre muito bom. Mas melhor ainda é conhecer pessoas que podem agregar para o seu projeto. Na Ginga sempre exercitamos vocês a pensarem o que vocês podem necessitar de cada pessoa que vocês interagem e que ajuda devem procurar dessas pessoas.
  • Isso tudo formando um ambiente de crowdeducation, onde todo cada um desenvolve os seus projetos enquanto é responsável por ajudar os demais.

    A experiência de cada um, é tão importante quanto a experiência do especialista que está conduzindo o curso.
  • Ginga open experience - Jornada empreendedora

    1. 1. OBJETIVOS DO DIA • Conteúdo instigante • Resultados práticos • Networking focado
    2. 2. Como você se vê daqui a 5 anos?
    3. 3. BEM SUCEDIDO?
    4. 4. INVENTOR DE ALGO QUE MUDOU A VIDA DAS PESSOAS?
    5. 5. ALGUÉM LEMBRADO POR DEIXAR UMA MARCA NO MUNDO?
    6. 6. O que você precisa para chegar lá?
    7. 7. BOAS IDEIAS
    8. 8. IDEIAS SÃO COMMODITIES
    9. 9. TECNOLOGIA ESTÁ VIRANDO COMMODITY
    10. 10. O Customer Development condensa várias metodologias desenvolvidas especialmente para novos negócios
    11. 11. COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR
    12. 12. Escolas mantem até hoje as estruturas de sua origem militar, religiosa e industrial Sir Ken Robinson “
    13. 13. Existe uma jornada que os empreendedores passam ou deveriam passar para melhorar as chances de sucesso
    14. 14. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r
    15. 15. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • O empreendedor está incomodado com algo no seu dia a dia ou empolgado com a possibilidade de construir algo, mas ainda está decidindo se empreender é um caminho que quer seguir QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • Eventos de networking • Cases de empreendedores de sucesso
    16. 16. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o
    17. 17. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • O empreendedor decidiu que quer seguir no caminho do empreendedorismo, mas ainda não sabe exatamente para que área. Está buscando descobrir no que é bom para usar a seu favor QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • Golden circle • Desenho do propósito • Canvas pessoal
    18. 18. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o
    19. 19. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • O empreendedor sabe o que tem para contribuir para o mundo mas está atrás de uma grande boa ideia que valha a pena seguir QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • Tendências do mundo • Futurismo • Técnicas de brainstorm • Oceano azul
    20. 20. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o Va l i d a ç ã o d o p r o b l e m a
    21. 21. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • O empreendedor já tem uma ideia do que quer fazer, mas precisa formatar essa ideia como um negócio. • Até essa fase, tudo são hipóteses na cabeça do empreendedor. Por isso é muito importante ir a rua para conhecer o cliente QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • Business Model Canvas • Canvas tecnológico • Mapa de concorrentes • Mapa de empatia • Mapa de influência • Personas • Etnografia • Tipos de problemas
    22. 22. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o Va l i d a ç ã o d a s o l u ç ã o Va l i d a ç ã o d o p r o b l e m a
    23. 23. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • O empreendedor descobriu que existe um problema significativo que ele está resolvendo, mas ainda não sabe se a solução dele tem potencial para resolver. • Quando chega nessa fase, é ideal que o empreendedor não tenha começado a desenvolver o seu produto ainda QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • Canvas da proposta de valor • Design thinking • Business Design Blueprint • MVP e Técnicas de prototipação • Desenho de testes • Technology roadmap • Composição de equipes • Pitch do negócio
    24. 24. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o Va l i d a ç ã o d a s v e n d a s Va l i d a ç ã o d a s o l u ç ã o Va l i d a ç ã o d o p r o b l e m a
    25. 25. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • Existe um problema relevante e a solução desenvolvida realmente resolve o que se propõe. Nessa fase, o empreendedor veste o chapéu de vendedor e vai as ruas para tentar convencer pessoas a pagarem dinheiro pela sua solução. QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • TAM, SAM e SOM • Funil de vendas • Aquisição de clientes • Retenção de clientes • Crescimento de receita • Precificação • Métricas de MKT • Pitch de venda • Pitch para investidores
    26. 26. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o Va l i d a ç ã o d a s v e n d a s Va l i d a ç ã o d a e s c a l a Va l i d a ç ã o d a s o l u ç ã o Va l i d a ç ã o d o p r o b l e m a
    27. 27. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • As primeira vendas já foram feitas e o funil de vendas se provou eficiente. Nessa hora o empreendedor assume o papel de analista de números e cuida para que a estratégia seja replicada com eficiência para mais clientes e mercados QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • CPlanejamento financeiro • Métricas de crescimento • Growth hacking • Costumer success • Marketing de conteúdo • Selling points
    28. 28. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o Va l i d a ç ã o d a s v e n d a s Va l i d a ç ã o d a e s c a l a E s t r u t u r a ç ã o d a e m p r e s a Va l i d a ç ã o d a s o l u ç ã o Va l i d a ç ã o d o p r o b l e m a
    29. 29. JORNADA EMPREENDEDORA COMO O EMPREENDEDOR ESTÁ NESSA FASE • O empreendedor se torna o gestor e cuida para que cada aspecto da empresa seja eficiente. • Ele também pensa nas possíveis formas de expansão (novos mercados, novos produtos, etc) QUE FERRAMENTAS E CONTEÚDOS ELE PODE PROCURAR • Aprimoramento de processos • Criação de portfólio de produtos • Gestão de parcerias • Automatização de tarefas • Abertura de novos mercados
    30. 30. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o Va l i d a ç ã o d a s v e n d a s Va l i d a ç ã o d a e s c a l a E s t r u t u r a ç ã o d a e m p r e s a Va l i d a ç ã o d a s o l u ç ã o Va l i d a ç ã o d o p r o b l e m a
    31. 31. JORNADA EMPREENDEDORA I m p u l s o e m p r e e n d e d o r A u t o - c o n h e c i m e n t o I d e a ç ã o Va l i d a ç ã o d a s v e n d a s Va l i d a ç ã o d a e s c a l a E s t r u t u r a ç ã o d a e m p r e s a Va l i d a ç ã o d a s o l u ç ã o Va l i d a ç ã o d o p r o b l e m a GRUPO NÃO TENHO UMA IDEIA GRUPO TENHO UMA IDEIA GRUPO TENHO UM NEGÓCIO
    32. 32. E é exatamente por acreditarmos que existem caminhos que ajudam o empreendedor a se desenvolver, que nós criamos a Ginga
    33. 33. O QUE É A GINGA A Ginga é um processo de aceleração d e n ovos n eg ócios e p rojetos em f orm a de cur sos qu e ajuda empreendedores e profissionais que desejam inovar a desenvolver su as ideias d e f orm a orient ada e com ajuda, at ravés d e cursos presenciais d e cu r ta du ração e p rát icos dados p or profissionais com experiência d e mercado e f ocados em resu ltados .
    34. 34. COMO FUNCIONA A GINGA 3 M ES ES 3 m e s e s d e i n t e n s o c o n t e ú d o , n e t w o r k i n g e m u i t a c o n s t r u ç ã o 150 INOVADORES P r o f i s s i o n a i s e e m p r e e n d e d o r e s d e s e n v o l v e n d o n e g ó c i o s e c a r r e i r a s 60 CURS OS PRÁTICOS N a s á r e a s d e m k t , g e s t ã o , v e n d a s , d e s e n v o l v i m e n t o d e p r o d u t o s e d e n e g ó c i o s
    35. 35. AMBIENTE DE CROWDEDUCATION
    36. 36. Futurismo: mundo em 2050 Golden Circle: como começar negócios de impacto Design Thinking: como fazer seu cliente virar seu fã Customer Development Canvas: todo o seu negócio em uma folha MVP: como criar produtos de forma rápida e barata Design UX: prototipação de baixo custo Novos conceitos de organização EXEMPLOS DE CURSOS MINDSETS DO FUTURO CRIATIVIDADE E IDEAÇÃO COMO TIRAR IDEIAS DO PAPEL CONSTRUÇÃO DE PRODUTOS
    37. 37. Inbound Marketing Growth Hacking 101 Funil de vendas: como transformar acessos em vendas Mire certo: técnicas para encontrar o melhor canal de aquisição Precificação: como determinar quanto vale meu produto Valuation: como avaliar minha empresa MARKETING SEM GRANA VENDAS INOVADORAS NOVAS FORMAS DE LIDAR COM DINHEIRO EXEMPLOS DE CURSOS
    38. 38. PRÓXIMA RODADA DATA: ON DE: COM O PARTICIPAR: 11/ 08 A 11/ 11 ESPAÇ O 104 Você com p ra u m passap or te qu e te dá direito a todos os cu r sos e você faz o seu cam in ho. Qu em escolhe o qu e é n ecessário para o desen volvimento da su a em p resa é você
    39. 39. www.ginga.ae Vamos pra Ginga?
    40. 40. ATIVIDADES
    41. 41. GRUPO NÃO TENHO 1 IDEIA
    42. 42. P A I X Ã O E N E G Ó C I O S P R Ó X I M O S P A S S O S N Ã O T E N H O U M A I D E I A E X P L O R A N D O O S P R I M E I R O S P A S S O S Várias referências, como o startup genome, apontam que a taxa de sucesso entre as startups é menor quando os empreendedores são motivados prioritariamente pelo desejo de enriquecer. Seu sonho de um mundo melhor ou seu desejo de ver as coisas sendo feitas com mais eficiência pode ser a maior fornte de energia para mantê-lo engajado com um negócio nos próximos 5 a 20 anos. Quer fazer algo duradouro e transformador? Comece identificando seus talentos e incômodos. Teve alguns Insights e identificou alguns ambientes que te motivam? 1) Escolha 3 ideias e tente transformá-las em conceitos mais robustos. Qual problema ela soluciona? Qual o cliente e tamanho do mercado? 2) Pesquise para cada uma: • Qual o tamanho do mercadode cada uma? • Quem já falhou fazendo algo semelhante? • É realmente necessário? 3) Discuta com as pessoas e teste interesse de potenciais clientes de cada ideia. 4) Mate duas ideias! 1 Sua história Individualmente, tire alguns minutos para pensar em sua história de vida. Liste suas habilidades e interesses em cada momento. Quais interesses marcaram as diferentes fases de sua vida? Pense nos momentos que te marcaram e liste tantos quantos conseguir. 2 Ambientes e problemas Em grupos, conte sua história destacando seus interesses. Receba feedbacks sobre os momentos onde você falou com mais paixão e brilho nos olhos. Liste ambientes de atuação e problemas que te movem. Dica: durante suas interações tente identificar pessoas com as mesmas paixões. Troque contatos e sejam interlocução para a evolução da ideáia do outro. Não se assuste se identificar seu futuro sócio dessa forma! 3 BRAINSTORM!!!! Em grupos, cada grupo escolhe um ambiente* de interesse. Para cada um vocês farão um brainstorm de 10 minutos respondendo a pergunta: Como será o ambiente _________ em 50 anos**? * Considere ambientes de atuação, temas, espaços ou mercados: saúde, mercado financeiro, escolas, alimentação, etc. **50 anos é um tempo arbitrário para fazer você sair da caixa, mas não ignore nenhuma ideia. Atenção!!! 1) Quem sugeriu o ambiente anota todas as ideias no verso dessa folha, do forma que fique visível para todos. 2) Siga algumas dicas simples mas importantes para fazer um brainstorm produtivo: • Quanto mais ideias melhor • Estabeleça uma meta numérica de ideias • Não diga não • Valorize as ideias loucas • Respeite o tempo, deixe um cronômetro a vista • Fale qualquer coisa, mas não deixe de falar! • Divirta-se no processo • Conte uma piada para aquecer o grupo 4 Registre seus insights Após o brainstorm do ambiente que você escolheu, registre insights de ideias que você gostou, conceitos que apareceram, pensamentos que te estimularam. Se conseguir já tente registrar possíveis ideias de negócios ou projetos.
    43. 43. GRUPO TENHO 1 IDEIA
    44. 44. V A L I D A Ç Ã O P R Ó X I M O S P A S S O S T E N H O U M A I D E I A H I P Ó T E S E S + A R R I S C A D A S É o processo de identificar uma hipótese por trás da sua ideia e testar no mercado de forma rápida e barata se ela é verdadeira. O processo de validação aumenta a probabilidade de sucesso do negócio e reduzindo seu risco de investir em algo que na realidade não funciona como você imagina. Assim, o objetivo principal da validação, é descobrir como as coisas realmente funcionam na prática. Para começar, precisamos identificar a premissa mais arriscada, o que está por trás de sua ideia, e que, se não for verdade, tudo desaba? 1 Entendendo sua ideia Individualmente, prepare um pitch simples, para começar a explicar sua ideia. Comece pelo modelo abaixo: Minha ideia é desenvolver _______________________________ ________________________________ para ajudar __________ ___________________________ a _______________________ _______________ com _________________________________ _________________________________________. (proposta de valor/ solução) (tipo de cliente) (resolver qual problema) (o diferencial da sua solução) 2 Pitch it! Em até 3 minutos, explique sua ideia, começando pela frase que você escreveu no primeiro passo. Depois de explicar, discuta com o grupo quais premissas estão escondidas por trás de sua ideia de negócio ou projeto. Liste tudo o que surgir na discussão. Dica: não foque a discussão em descobrir se a ideia é boa ou não aos olhos do grupo, desapegue das opiniões e comece a agir como um cientista. 3 Hipótese mais arriscada Avalie as premissas e tente identificar a mais importante, aquela que caso seja falsa, não dá pra contornar a situação, não dá pra ajustas a ideia, simplesmente não vai funcionar. Registre em uma frase afirmativa, simples e objetiva – essa será sua hipótese mais arriscada. _________________________________________________ 4 Laboratório de validação Em grupo, discutam as hipóteses de cada um, e para cada uma delas tente criar pelo menos 2 experimentos para testar sua hipótese. Atenção, seu teste deve ser SEM CUSTO! Tente seguir o modelo abaixo. O que eu quero testar Com quem devo testar Como vou testar Como vou medir Teste1 Como vou testar Como vou medir Teste2 Validar o Problema Validar o problema é um dos passos mais importantes para transformar sua ideia em negócio. Veja 3 perguntas simples que te ajudam a fazer isso de forma rápida entrevistando* seu potencial cliente. • Você já teve (cite o problema)?Se a pessoa não tiver, não é necessário fazer mais perguntas. • Me conte sobre uma vez que teve (o problema mencionado). • Pra você, qual é a solução ideal para essa situação? Dica de validação: foque sempre no comportamento passado, essenão é uma hipótese. * Atenção, entrevista não é questionário, é olho-no-olho!
    45. 45. GRUPO TENHO 1 NEGÓCIO
    46. 46. D E S A F I O S E F O C O P R Ó X I M O S P A S S O S T E N H O U M N E G Ó C I O F O C O N O D E S A F I O C E R T O Especialmente os negócios inovadores possuem desafios muito particulares. Desenvolver esses negócios significa construir mapas para caminhos ainda não descritos. Um dos grandes problemas do empreendedor é identificar seus principais desafios em meio a tantos problemas e focar sua inteligência onde ele é insubstituível. Além dos desafios de cada dase (validar, vender, tracionar) o seu negócio possui um desafio próprio, algo que trava em diferentes momentos, e que muitas vezes você não vê porque assume muitos pressupostos inquestionáveis. Quais os seus? 1 Sua questão transversal Individualmente, tire alguns minutos para na história do seu negócio, o problema que resolve, o propósito por trás dele e quais são seus desafios hoje. Identifique uma questão transversal, uma pergunta que está por trás dos desafios que tiram seu sono. Pode ser algo interno ou externo a empresa. 1) Frente a questão transversal ao seu negócio. Tente identificar padrões relacionados a ela. O que acontece frequentemente e que se relaciona com sua grande questão transversal? 2) Desenhe uma ação simples, fácil de implementar, mas que seja capaz de quebrar um desses padrões. 3) Implemente essa ação, aprenda e busque outras formas de atuar/ agir para lidar ocm esses padrões. Propósito Problema Desafios do negócio Qual a questão transfersal ao seu negócio? 2 Explorando a questão Escreva 3 sentenças afirmativas sobre sua questão transversal. 3 Perguntas desavisadas Em grupos, leia as 3 sentenças sobre sua questão transversal. Atenção, você não deve falar para o grupo qual a sua questão. Somente leia as 3 sentenças. Isso ajudará a escapar da sua forma de ver as coisas, e da sua forma de explicar a questão, partindo para um novo padrão, com chances de contruiir um novo olhar. Após ler as questões, o grupo terá 3 minutos para fazer perguntas sobre essas sentenças, explorando o que deve ser respondido sobre elas. Não é para responder as perguntas. O grupo deve fazer o maior número de perguntas possível nesse 3 minutos, como um brainstorm. Marque o tempo com um cronômetro. Registre todas as perguntas! 4 Aprofundando Após todas as rodadas de perguntas, discutam as questões e os insights gerados pelas perguntas desavisadas. Tente ajudar o outro a identificar potenciais padrões, consequencias, e causas que ele ainda não viu. Nas sua vez, não tente rebater, tente refletir e identificar seus “pressupostos inquestionáveis” que deveriam ser questionados. Não fique na superfície, mergulhe fundo e registre os insights.
    47. 47. TEMPO
    48. 48. P A I X Ã O E N E G Ó C I O S P R Ó X I M O S P A S S O S N Ã O T E N H O U M A I D E I A E X P L O R A N D O O S P R I M E I R O S P A S S O S Várias referências, como o startup genome, apontam que a taxa de sucesso entre as startups é menor quando os empreendedores são motivados prioritariamente pelo desejo de enriquecer. Seu sonho de um mundo melhor ou seu desejo de ver as coisas sendo feitas com mais eficiência pode ser a maior fornte de energia para mantê-lo engajado com um negócio nos próximos 5 a 20 anos. Quer fazer algo duradouro e transformador? Comece identificando seus talentos e incômodos. Teve alguns Insights e identificou alguns ambientes que te motivam? 1) Escolha 3 ideias e tente transformá-las em conceitos mais robustos. Qual problema ela soluciona? Qual o cliente e tamanho do mercado? 2) Pesquise para cada uma: • Qual o tamanho do mercadode cada uma? • Quem já falhou fazendo algo semelhante? • É realmente necessário? 3) Discuta com as pessoas e teste interesse de potenciais clientes de cada ideia. 4) Mate duas ideias! 1 Sua história Individualmente, tire alguns minutos para pensar em sua história de vida. Liste suas habilidades e interesses em cada momento. Quais interesses marcaram as diferentes fases de sua vida? Pense nos momentos que te marcaram e liste tantos quantos conseguir. 2 Ambientes e problemas Em grupos, conte sua história destacando seus interesses. Receba feedbacks sobre os momentos onde você falou com mais paixão e brilho nos olhos. Liste ambientes de atuação e problemas que te movem. Dica: durante suas interações tente identificar pessoas com as mesmas paixões. Troque contatos e sejam interlocução para a evolução da ideáia do outro. Não se assuste se identificar seu futuro sócio dessa forma! 3 BRAINSTORM!!!! Em grupos, cada grupo escolhe um ambiente* de interesse. Para cada um vocês farão um brainstorm de 10 minutos respondendo a pergunta: Como será o ambiente _________ em 50 anos**? * Considere ambientes de atuação, temas, espaços ou mercados: saúde, mercado financeiro, escolas, alimentação, etc. **50 anos é um tempo arbitrário para fazer você sair da caixa, mas não ignore nenhuma ideia. Atenção!!! 1) Quem sugeriu o ambiente anota todas as ideias no verso dessa folha, do forma que fique visível para todos. 2) Siga algumas dicas simples mas importantes para fazer um brainstorm produtivo: • Quanto mais ideias melhor • Estabeleça uma meta numérica de ideias • Não diga não • Valorize as ideias loucas • Respeite o tempo, deixe um cronômetro a vista • Fale qualquer coisa, mas não deixe de falar! • Divirta-se no processo • Conte uma piada para aquecer o grupo 4 Registre seus insights Após o brainstorm do ambiente que você escolheu, registre insights de ideias que você gostou, conceitos que apareceram, pensamentos que te estimularam. Se conseguir já tente registrar possíveis ideias de negócios ou projetos. 5 MINUTOS 10 MINUTOS POR PESSOA 5 MINUTOS POR PESSOA 5 MINUTOS
    49. 49. V A L I D A Ç Ã O P R Ó X I M O S P A S S O S T E N H O U M A I D E I A H I P Ó T E S E S + A R R I S C A D A S É o processo de identificar uma hipótese por trás da sua ideia e testar no mercado de forma rápida e barata se ela é verdadeira. O processo de validação aumenta a probabilidade de sucesso do negócio e reduzindo seu risco de investir em algo que na realidade não funciona como você imagina. Assim, o objetivo principal da validação, é descobrir como as coisas realmente funcionam na prática. Para começar, precisamos identificar a premissa mais arriscada, o que está por trás de sua ideia, e que, se não for verdade, tudo desaba? 1 Entendendo sua ideia Individualmente, prepare um pitch simples, para começar a explicar sua ideia. Comece pelo modelo abaixo: Minha ideia é desenvolver _______________________________ ________________________________ para ajudar __________ ___________________________ a _______________________ _______________ com _________________________________ _________________________________________. (proposta de valor/ solução) (tipo de cliente) (resolver qual problema) (o diferencial da sua solução) 2 Pitch it! Em até 3 minutos, explique sua ideia, começando pela frase que você escreveu no primeiro passo. Depois de explicar, discuta com o grupo quais premissas estão escondidas por trás de sua ideia de negócio ou projeto. Liste tudo o que surgir na discussão. Dica: não foque a discussão em descobrir se a ideia é boa ou não aos olhos do grupo, desapegue das opiniões e comece a agir como um cientista. 3 Hipótese mais arriscada Avalie as premissas e tente identificar a mais importante, aquela que caso seja falsa, não dá pra contornar a situação, não dá pra ajustas a ideia, simplesmente não vai funcionar. Registre em uma frase afirmativa, simples e objetiva – essa será sua hipótese mais arriscada. _________________________________________________ 4 Laboratório de validação Em grupo, discutam as hipóteses de cada um, e para cada uma delas tente criar pelo menos 2 experimentos para testar sua hipótese. Atenção, seu teste deve ser SEM CUSTO! Tente seguir o modelo abaixo. O que eu quero testar Com quem devo testar Como vou testar Como vou medir Teste1 Como vou testar Como vou medir Teste2 Validar o Problema Validar o problema é um dos passos mais importantes para transformar sua ideia em negócio. Veja 3 perguntas simples que te ajudam a fazer isso de forma rápida entrevistando* seu potencial cliente. • Você já teve (cite o problema)?Se a pessoa não tiver, não é necessário fazer mais perguntas. • Me conte sobre uma vez que teve (o problema mencionado). • Pra você, qual é a solução ideal para essa situação? Dica de validação: foque sempre no comportamento passado, essenão é uma hipótese. * Atenção, entrevista não é questionário, é olho-no-olho! 5 MINUTOS 10 MINUTOS POR PESSOA 5 MINUTOS POR PESSOA 5 MINUTOS
    50. 50. D E S A F I O S E F O C O P R Ó X I M O S P A S S O S T E N H O U M N E G Ó C I O F O C O N O D E S A F I O C E R T O Especialmente os negócios inovadores possuem desafios muito particulares. Desenvolver esses negócios significa construir mapas para caminhos ainda não descritos. Um dos grandes problemas do empreendedor é identificar seus principais desafios em meio a tantos problemas e focar sua inteligência onde ele é insubstituível. Além dos desafios de cada dase (validar, vender, tracionar) o seu negócio possui um desafio próprio, algo que trava em diferentes momentos, e que muitas vezes você não vê porque assume muitos pressupostos inquestionáveis. Quais os seus? 1 Sua questão transversal Individualmente, tire alguns minutos para na história do seu negócio, o problema que resolve, o propósito por trás dele e quais são seus desafios hoje. Identifique uma questão transversal, uma pergunta que está por trás dos desafios que tiram seu sono. Pode ser algo interno ou externo a empresa. 1) Frente a questão transversal ao seu negócio. Tente identificar padrões relacionados a ela. O que acontece frequentemente e que se relaciona com sua grande questão transversal? 2) Desenhe uma ação simples, fácil de implementar, mas que seja capaz de quebrar um desses padrões. 3) Implemente essa ação, aprenda e busque outras formas de atuar/ agir para lidar ocm esses padrões. Propósito Problema Desafios do negócio Qual a questão transfersal ao seu negócio? 2 Explorando a questão Escreva 3 sentenças afirmativas sobre sua questão transversal. 3 Perguntas desavisadas Em grupos, leia as 3 sentenças sobre sua questão transversal. Atenção, você não deve falar para o grupo qual a sua questão. Somente leia as 3 sentenças. Isso ajudará a escapar da sua forma de ver as coisas, e da sua forma de explicar a questão, partindo para um novo padrão, com chances de contruiir um novo olhar. Após ler as questões, o grupo terá 3 minutos para fazer perguntas sobre essas sentenças, explorando o que deve ser respondido sobre elas. Não é para responder as perguntas. O grupo deve fazer o maior número de perguntas possível nesse 3 minutos, como um brainstorm. Marque o tempo com um cronômetro. Registre todas as perguntas! 4 Aprofundando Após todas as rodadas de perguntas, discutam as questões e os insights gerados pelas perguntas desavisadas. Tente ajudar o outro a identificar potenciais padrões, consequencias, e causas que ele ainda não viu. Nas sua vez, não tente rebater, tente refletir e identificar seus “pressupostos inquestionáveis” que deveriam ser questionados. Não fique na superfície, mergulhe fundo e registre os insights. 5 MINUTOS 12 MINUTOS POR PESSOA 3 MINUTOS POR PESSOA 5 MINUTOS

    ×