O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Leguminosas na alimentação: melhoramento de feijão

991 visualizações

Publicada em

A importância do melhoramento de feijão no estado do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Palestra apresentada por Benedito Fernandes de Souza Filho no Simposio Ano Internacional de Leguminosas ocorrido em 12 e 13 de maio de 2016 no campus da UFRRJ em Campos dos Goytacazes - RJ

Publicada em: Alimentos
  • DOWNLOAD THAT BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { http://bit.ly/2m6jJ5M } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book that can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer that is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story That Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money That the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths that Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Caro Manoel, Agradeço suas observações. No caso apresentado, a quebra de safra de 2015 se deu em função de uma seca prolongada naquele ano.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Boa tarde colegas, prezado Gilberto, o Dr Benedito, ainda tem muito a fazer para aproximar-se do rendimento da soja, mas veja como o ocorrido com o BRS Campeiro, não se pode aceitar uma quebra pela metade propriamente dito de um ano para outro, ocorreu algum acidente. Mas evoluir dentro do Estado com um aumento produtivo em 100% já uma grande vitória.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Leguminosas na alimentação: melhoramento de feijão

  1. 1. NO RIO DE JANEIROSegurança Alimentar Sustentabilidade Oportunidades Profissionais SECRETARI A DE AGRI CULTURA E PECUÁRI A
  2. 2. Caesalpinia echinata Pau brasil O pau-brasil[1] (Caesalpinia echinata Lam.), também chamado arabutã,[1] ibirapiranga, [1] ibirapitanga,[2] ibirapitá,[2] orabutã,[1] pau-de-pernambuco,[1] pau-de-tinta[1] e pau- pernambuco,[1] é uma árvore leguminosa nativa da Mata Atlântica, no Brasil. As leguminosas apresentam enorme diversidade, envolvendo árvores, arbustos e culturas de ciclo curto. São importantíssimas no ciclo do nitrogênio e suas implicações na agricultura moderna. Sua participação é evidente na proteção do meio ambiente e produção de alimentos, óleos, carboidratos, vitaminas, fibras e resíduos nobres.
  3. 3. No caso do feijoeiro no Estado do Rio de Janeiro o enorme consumo (320 mil toneladas), a pequeníssima produção (menos de 1%), a importância nutricional, o baixo preço, o benefício para a população de baixa renda e o enriquecimento da merenda escolar, encorajam ações para aumentar a produção, especialmente na agricultura familiar
  4. 4. CULTURA DO FEIJÃO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – IBGE 2010 ÁREA PRODUÇÃO (t) RENDIMENTO MÉDIO (kg/ha) 3.951 3.835 972
  5. 5. Dentro das possibilidades, a PESAGRO-RIO/ CEPAAR tem direcionado esforços para contribuir na redução da importação do produto, em benefício do agronegócio do feijão no Estado. Com a publicação do livro “A cultura do feijão no Estado do Rio de Janeiro”, a PESAGRO-RIO objetiva o aumento da produção e produtividade desse alimento com mais acerto. São informações referentes a tecnologias geradas e aplicadas a realidade do Estado, com ênfase nas regiões Norte, Noroeste e Serrana, que são destinadas principalmente ao pequeno produtor.
  6. 6. O feijão não sendo uma comodities, sendo de alto risco com grande sazonalidade, de difícil armazenamento, com suscetibilidade a fatores geográficos; climáticos, econômicos, políticos e agronômicos, sua eficiência na segurança alimentar é mais afetada que outros produtos. A pesquisa com o feijoeiro, tem dado ênfase na obtenção de materiais genéticos adaptados às condições edafoclimáticas e exigências do mercado no Estado. Para isso muitas cultivares já foram indicadas.
  7. 7. Rendimento de grãos (kg/ha) de 11 genótipos de feijão preto (VCU), na comunidade de Tapinoã (Araruama/RJ), nos cultivos da seca/inverno, nos anos agrícolas de 2013,2014 e 2015 ANO AGRÍCOLA GENÓTIPO 2013 2014 2015 MÉDIA CNFP 15310 2.433 1.942 1.325 1.900 CNFP 15290 2.448 1.907 1.320 1.892 CNFP 15361 2.264 1.651 1.227 1.714 CNFP 15289 2.329 1.538 1.153 1.673 BRS CAMPEIRO 2.433 1.636 852 1.640 CNFP 15292 2.034 1.713 1.094 1.614 BRS ESPLENDOR 2.304 1.587 933 1.608 CNFP 15304 2.281 1.321 1.124 1.575 CNFP 15302 2.087 1.613 963 1.554 CNFP 15359 2.287 1.243 916 1.482 IPR UIRAPURU 1.964 1.058 956 1.326 MÉDIA 2.260 1.564 1.078 PLANTIO 17/04 07/05 14/05 COLHEITA 20/07 08/08 12/08 1.634
  8. 8. As possibilidades de produção de feijão no Rio de Janeiro são favorecidas pelo clima e podem ser concentradas nas seguintes frentes: -Produção de feijão preto e especiais próxima ao mercado consumidor; -Consórcio e rotação com outras culturas; -Integração agricultura x pecuária na renovação de pastagens degradadas. A melhoria da produção precisa ser respaldada por: -Infraestrutura específica no campo e pós colheita; -Produção de insumos biológicos (semente, rizóbio, etc.); -Adequação do manejo (plantio direto e uso de caldas alternativas); -Utilização das boas práticas agronômicas.
  9. 9. BENEDITO FERNANDES DE SOUZA FILHO Eng. Agr. Pesquisador da PESAGRO-RIO CEPAAR
  10. 10. BENEDITO FERNANDES DE SOUZA FILHO Eng. Agr. Pesquisador da PESAGRO-RIO CEPAAR

×