Romanos 11
Deus não rejeitou seu povoDeus rejeitou seu povo! (1)O exemplo de Paulo (1)O exemplo de Elias (2-4)O exemplo do remanescen...
Deus não desistiu de seu povoA transgressão de Israel trouxe salvação para osgentios (11-12);A salvação dos gentios trouxe...
Deus salvará seu povoDe que mistério Paulo está falando? (25)Que significa esse endurecimento em parte de Israel?(25)O que...
Deus é exaltado por seu plano            vitoriosoA teologia precisa transformar-se em doxologia (33-35)Expressão de louvo...
DOXOLOGIAA profundidade da riqueza de Deus (33). inescrutável sabedora de Deus (33).A absoluta independência de Deus (34-3...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Romanos 11

1.812 visualizações

Publicada em

Slide de Aula ministrada na Escola Bíblica Dominical - Carta de Paulo aos Romanos - Capítulo 11

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Romanos 11

  1. 1. Romanos 11
  2. 2. Deus não rejeitou seu povoDeus rejeitou seu povo! (1)O exemplo de Paulo (1)O exemplo de Elias (2-4)O exemplo do remanescente segundo a graça (5,6)O exemplo da eleição x endurecimento(7-10)
  3. 3. Deus não desistiu de seu povoA transgressão de Israel trouxe salvação para osgentios (11-12);A salvação dos gentios trouxe ciúmes para os judeus(11,13-15)A rejeição de Israel e a aceitação dos gentios (16-22)A restauração de Israel, um milagre da graça (23,24)
  4. 4. Deus salvará seu povoDe que mistério Paulo está falando? (25)Que significa esse endurecimento em parte de Israel?(25)O que significa a plenitude dos gentios? (25)O que Paulo quer dizer quando afirma que todo Israelserá salvo? (26,27)O que Paulo quer dizer com dons e vocação de Deusirrevogáveis? (29-31)
  5. 5. Deus é exaltado por seu plano vitoriosoA teologia precisa transformar-se em doxologia (33-35)Expressão de louvor a Deus (Sl 68.35; 72.19). No NTemprega-se “bendito” (Mt 21.9; Rm 9.5; 2Co 1.3; Ef 1.3; 1Pe1.3) e “glória” (Lc 2.14; Rm 11.36; 1Tm 1.17; 1Pe 4.11; Jd 25; Ap7.12)As coisas profundas de Deus devem levar-nos à adoraçãonão a especulação (33-35)Deus não pode ser compreendido por nossa mente finita(33-35)
  6. 6. DOXOLOGIAA profundidade da riqueza de Deus (33). inescrutável sabedora de Deus (33).A absoluta independência de Deus (34-35).O estudo da doutrina deve levar-nos à completarendição de Deus (36)Deus é a origem de todas as coisa (36)Deus é o sustentador de todas as coisas (36)Deus é o herdeiro de todas as coisas (36)Deus é o alvo de todas as coisas (36)

×