T100 as grandes religiões da humanidade hinduísmo, budismo e taoísmo_29.08.13

920 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
920
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

T100 as grandes religiões da humanidade hinduísmo, budismo e taoísmo_29.08.13

  1. 1. Hinduísmo, Budismo e Taoísmo Visão geral. Aula de Ensino Religioso Turma 100 – 29/08/2013 Ensino Religioso Prof. e Pr. Gerson Dieter Prates Capelão
  2. 2. 1. Hinduísmo 2. Budismo 3. Taoísmo 4. Xintoísmo 5. Judaísmo 6. Cristianismo 7. Islamismo
  3. 3. Origem e fundador: Povos arianos* que invadiram o vale do rio Indo, por volta de 1.500 a.C. (atual Índia) *arianos = povos originários de planícies semi-áridas da Ásia Central.
  4. 4.  Região predominante:  Principais crenças, Índia, Ceilão, Ilhas Fiji (e colônias de imigração indiana).  Número aproximado de adeptos: Cerca de 850 milhões de adeptos.  Fonte doutrinária ou livros sagrados: Vedas , *Upanishades e outros. doutrinas e dogmas: transmigração das almas (metempsicose – mais amplo que reencarnação); crença no Karma e no Nirvana.  Principais ritos e costumes: banho no rio Ganges, cremação, vegetarianismo, sistema de castas, yoga,...
  5. 5. Yoga Banho no rio Ganges
  6. 6.  Idéia de Deus: visão pluralista que vai do panteísmo ao ateísmo, podendo passar pelo politeísmo, henoteísmo e pode chegar ao monoteísmo Brahmânico. Crença e adoração a inúmeras divindades (Brahma, Vishnu, Shiva, Kali, Durga, Ganesh,...) e animais sagrados: vaca, elefante, ratos, ..
  7. 7. Origem, fundador: Dissidência do Hinduísmo, fundada pelo Príncipe Sidharta Gautama no Nepal, no séc. VI a.C.
  8. 8.  Região predominante e número aproximado de adeptos: Leste da Ásia (Indochina, China, Coréia, Japão, Birmânia,...; Cerca de 400 milhões (em franca expansão pelo mundo ocidental).  Fonte doutrinária ou livros sagrados; Tripitaka (3 cestos sagrados).  Principais crenças,doutrinas e dogmas: reencarnação, lei do karma e nirvana; 4 nobres verdades nobres.
  9. 9.  A vida é sofrimento.  A causa do sofrimento é o desejo.  A cessação do sofrimento é se ver livre do desejo.  O modo de fazê-lo é o Caminho Óctuplo.
  10. 10.  Nossas vidas estão fora de equilíbrio.  Esse desequilíbrio leva ao sofrimento.  A vida é dukkha (fora do eixo).
  11. 11.  A pessoa vive insatisfeita porque pensa nas coisas que ainda não possui.  Então, esteja com este momento. Viva o agora!
  12. 12.  Nirvana no sentido de apagar a chama da vela para a chama ficar livre.  Liberte-se dos desejos puramente egoístas  Quando você apaga seus desejos você atinge o equilíbrio e fica livre.
  13. 13.  Como posso levar essa prática comigo?  Óctuplo: compreensão apropriada, pensamento apropriado, linguagem apropriada, ação apropriada, meios de vida apropriados, esforço apropriado, vigilância apropriada, concentração apropriada.  Nos livrando do nosso dukkha, nosso desequilíbrio.
  14. 14.  Principais ritos e costumes: meditação, vida contemplativa; preces, oferendas.  Idéia de Deus: prega o ateísmo ou inexistência de um Deus pessoal. Observação: a grande diversidade de correntes budistas hoje dificulta sua descrição exata.
  15. 15. Origem, fundador: fundado por Lao-Tsé, no séc.VI a.C., na China.  Região predominante e número aproximado de adeptos: China e Coréia; o número de adeptos está em torno de 56 milhões, podendo chegar a 180 milhões de taoístas “mistos”.
  16. 16.  Fonte doutrinária ou  Principais ritos e livros sagrados: livro TaoTeh-King.  Principais crenças,doutrinas e dogmas: O Tao é o caminho da virtude e felicidade; respeito e contemplação da natureza; crença no Yin e Yang; harmonia e equilíbrio com o universo. costumes: contemplação, alimentação integral, festa do Dragão, alquimia.  Idéia de Deus: não há um deus pessoal, mas uma força cósmica suprema, presente em tudo e em todos.

×