1
O compromisso do profissional daO compromisso do profissional da
educação no terceiro milênio:educação no terceiro milên...
2
FORMAÇÃO DOCENTE
• Quem sabe onde quer chegar,
escolhe certo o caminho e o jeito
de caminhar. (Thiago de Mello)
• Quem s...
3
EDUCAÇÃO-TERCEITO
MILÊNIO
• É PRECISO REINVENTAR A ESCOLA.
• Reinventar a relação de E/A.
• É preciso reinventar aquilo ...
4
É PRECISO REINVENTAR A
ESCOLA.
• NINGUÉM TERÁ DIREITO DE SER
MEDÍOCRE NO SÉCULO XXI.
5
É PRECISO REINVENTAR A
ESCOLA
• “NA MESA DE JOGO DO SÉCULO XXI A
QUALIDADE,NÃO SERÁ MAIS UM DIFERENCIAL
COMPETITIVO,MAS ...
6
7
O PROFESSOR:AUTO-ESTIMA
• É corajoso, decidido, flexível, criativo, capaz de
desfrutar as pequenas coisas da vida,
• É r...
8
ASSERTIVIDADE
9
ASSERTIVIDADE
• VIVER E USUFRUIR OS SEUS DIREITOS.
• RECONHECER E EXPRESSAR OS SEUS
SENTIMENTOS E EMOÇÕES;
• SOLICITAR O...
10
Ter o direito de
ser respeitado e tratado de igual para igual
manter seus próprios valores, respeitando os
dos outros...
11
Crenças bloqueadoras
Não tenho o direito de recusar pedidos.
Não tenho o direito de discordar dos
outros.
Tenho que ...
12
PROATIVIDADE
• E algumas atitudes simples do dia-a-dia tornam-se
essenciais para se tornar uma pessoa proativa :
• Tome...
13
O ENSINO MUDOU E VOCÊ?
• FORMAR PROFESSORES PARA MUDANÇA.
• QUEBRA DE PARADIGMAS.
• PERFIL PROFISSIONAL.
• CONSTRUIR CO...
14
O PROFESSORO PROFESSOR
E ASE AS
MUDANÇASMUDANÇAS
PARADIGMASPARADIGMAS
EDUCAÇÃO PARAEDUCAÇÃO PARA
TODOSTODOS
TENDÊNCIAST...
15
O QUE FAZER DIANTE DESTASO QUE FAZER DIANTE DESTAS
MUDANÇAS?MUDANÇAS?
16
sentar num canto esentar num canto e
chorar?chorar?
dormir e sonhar comdormir e sonhar com
o paraíso?o paraíso?
ficar e...
17
A mudança é inevitável, é uma questão de
sobrevivência da IE/PROFESSOR/EDUCAÇÃO..
É inútil resistir às mudanças, pois e...
18
Paradigma:Paradigma:
das partes para o tododas partes para o todo
LinearLinear
simplicidadesimplicidade
estabilidadeest...
19
das partes para o tododas partes para o todo
LinearLinear
• disciplinas estanquesdisciplinas estanques
• sala de aula l...
20
O novo paradigma exige um ensinoO novo paradigma exige um ensino
centrado na descoberta e na exploração;centrado na des...
21
ENSINO HOLÍSTICO,ENSINO HOLÍSTICO,
HISTÓRICO EHISTÓRICO E
CONTEXTUALIZADOCONTEXTUALIZADO
APLICABILIDADEAPLICABILIDADE U...
22
.
o trabalho docente deve privilegiar nãoo trabalho docente deve privilegiar não
apenas o processo de ensino mas, sim,a...
23
MÉTODOS DEMÉTODOS DE
ENSINOENSINO
APRENDIZAGEMAPRENDIZAGEM
AULASAULAS
EXPOSITIVASEXPOSITIVAS
ESTUDO DO MEIOESTUDO DO ME...
24
METODOLOGIA DE ENSINOMETODOLOGIA DE ENSINO
APRENDIZAGEM EAPRENDIZAGEM E
DE AVALIAÇÃODE AVALIAÇÃO
REFLEXÃO-NA-REFLEXÃO-N...
25
REFLEXÃO-NA-REFLEXÃO-NA-
AÇÃOAÇÃO
O aluno aprende aO aluno aprende a
a partir da análisea partir da análise
e da interp...
26
.
SORRIA. VOCÊ ESTÁ SENDOSORRIA. VOCÊ ESTÁ SENDO
OBSERVADO.OBSERVADO.
os professores devem entender aos professores dev...
27
AVALIAÇÃOAVALIAÇÃO
INSTITUCIONALINSTITUCIONAL
Aprendizagem eAprendizagem e
reaprendizagemreaprendizagem
permanenteperma...
28
.
os professoresos professores necessitam denecessitam de
atualização permanenteatualização permanente parapara
acompan...
29
.
Na formação contínua a mudança é deNa formação contínua a mudança é de
uma formação por catálogos, para umauma formaç...
30
.
Sócrates, Platão e Aristóteles nãoSócrates, Platão e Aristóteles não
perdiam tempo com conteúdosperdiam tempo com con...
31
.AA formação continuada docenteformação continuada docente deve sedeve se
concretizar por meio de discussões coletivas ...
32
o professor não é quem ensina,o professor não é quem ensina, masmas
o eterno aprendizo eterno aprendiz, que aprende, qu...
33
PASSOS PARA A EFICIÊNCIAPASSOS PARA A EFICIÊNCIA
DO PROCESSODO PROCESSO
ENSINO/APRENDIZAGEM.ENSINO/APRENDIZAGEM.
.
34
PLANEJAMENTO PARA O
PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO.
• 1-Planeje a aula. Monte o plano de aula.
• 2-Prepare o ambiente com ant...
35
PLANEJAMENTO PARA O
PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO.
• 7-Discussão do conteúdo (questionamentos)
• 8-Promova a estruturação da...
36
PLANEJAMENTO PARA O
PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO.
• 11-Expresse intenções imediata. Segmente a
sessão em blocos/etapas e se...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1

213 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
213
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1

  1. 1. 1 O compromisso do profissional daO compromisso do profissional da educação no terceiro milênio:educação no terceiro milênio: Prof.Msc. NILCE JOVIANO DOS SANTOS ““O papel do professor frente às mudanças”.O papel do professor frente às mudanças”.
  2. 2. 2 FORMAÇÃO DOCENTE • Quem sabe onde quer chegar, escolhe certo o caminho e o jeito de caminhar. (Thiago de Mello) • Quem sabe onde quer chegar, escolhe certo a avaliação e o jeito de avaliar. (José Dias Sobrinho)
  3. 3. 3 EDUCAÇÃO-TERCEITO MILÊNIO • É PRECISO REINVENTAR A ESCOLA. • Reinventar a relação de E/A. • É preciso reinventar aquilo que se faz para se construir uma pessoa de sucesso.
  4. 4. 4 É PRECISO REINVENTAR A ESCOLA. • NINGUÉM TERÁ DIREITO DE SER MEDÍOCRE NO SÉCULO XXI.
  5. 5. 5 É PRECISO REINVENTAR A ESCOLA • “NA MESA DE JOGO DO SÉCULO XXI A QUALIDADE,NÃO SERÁ MAIS UM DIFERENCIAL COMPETITIVO,MAS O CACIFE MÍNIMO PARA SE PEDIR AS CARTAS”. Luis Almeida Marins. Consultor.
  6. 6. 6
  7. 7. 7 O PROFESSOR:AUTO-ESTIMA • É corajoso, decidido, flexível, criativo, capaz de desfrutar as pequenas coisas da vida, • É receptivo a novos conhecimentos, vê as pessoas como amigas e não como uma ameaça. E tem senso de humor. • Confia nas próprias ideias e sabe ser merecedor da felicidade. • Reconhece o fato de que o seu destino é ser feliz, por isso não desanima perante as dificuldades da vida e persiste diante delas.
  8. 8. 8 ASSERTIVIDADE
  9. 9. 9 ASSERTIVIDADE • VIVER E USUFRUIR OS SEUS DIREITOS. • RECONHECER E EXPRESSAR OS SEUS SENTIMENTOS E EMOÇÕES; • SOLICITAR O QUE VOCÊ QUER; • EXPRESSAR OS SEUS PONTOS DE VISTA SOBRE ASSUNTOS, IDEIAS, IDEAIS E CONCEITOS.
  10. 10. 10 Ter o direito de ser respeitado e tratado de igual para igual manter seus próprios valores, respeitando os dos outros expressar seus sentimentos e opiniões dizer não sem se sentir culpado mudar de opinião cometer erros
  11. 11. 11 Crenças bloqueadoras Não tenho o direito de recusar pedidos. Não tenho o direito de discordar dos outros. Tenho que ser perfeito e nunca cometer erros. Criticar e ser criticado é terrível.
  12. 12. 12 PROATIVIDADE • E algumas atitudes simples do dia-a-dia tornam-se essenciais para se tornar uma pessoa proativa : • Tome a iniciativa. Assuma novas responsabilidades; • Questione! Gere novas ideias de valor; • Seja flexível. Esteja aberto a mudanças e melhorias; • Aperfeiçoe-se sempre. Inscreva-se em novos cursos e treinamentos; • Conheça seus colegas, sua equipe de trabalho. Explore o melhor dela. • Planeje! Prepare-se para agir em situações de risco. Acredite, elas aparecerão!
  13. 13. 13 O ENSINO MUDOU E VOCÊ? • FORMAR PROFESSORES PARA MUDANÇA. • QUEBRA DE PARADIGMAS. • PERFIL PROFISSIONAL. • CONSTRUIR CONHECIMENTO. • PRINCÍPIOS DA FORMAÇÃO. • PESQUISAR SE APRENDE PESQUISANDO
  14. 14. 14 O PROFESSORO PROFESSOR E ASE AS MUDANÇASMUDANÇAS PARADIGMASPARADIGMAS EDUCAÇÃO PARAEDUCAÇÃO PARA TODOSTODOS TENDÊNCIASTENDÊNCIAS PEDAGÓGICASPEDAGÓGICAS MUDANÇASMUDANÇAS INSTITUCIONAISINSTITUCIONAIS PPP-PDEPPP-PDE O MOVIMENTO DAO MOVIMENTO DA AVALIAÇÃOAVALIAÇÃO TECNOLOGIA DATECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EINFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃOCOMUNICAÇÃO
  15. 15. 15 O QUE FAZER DIANTE DESTASO QUE FAZER DIANTE DESTAS MUDANÇAS?MUDANÇAS?
  16. 16. 16 sentar num canto esentar num canto e chorar?chorar? dormir e sonhar comdormir e sonhar com o paraíso?o paraíso? ficar em cima doficar em cima do muro?muro? tirar proveito dastirar proveito das mudanças?mudanças?
  17. 17. 17 A mudança é inevitável, é uma questão de sobrevivência da IE/PROFESSOR/EDUCAÇÃO.. É inútil resistir às mudanças, pois elas virão, queiramos ou não... Existem oportunidades e riscos para aqueles que se dispuserem ou não a participarem das mudanças...
  18. 18. 18 Paradigma:Paradigma: das partes para o tododas partes para o todo LinearLinear simplicidadesimplicidade estabilidadeestabilidade objetividadeobjetividade ComplexidadeComplexidade totalidadetotalidade instabilidadeinstabilidade intersubjetividadeintersubjetividade CONCEPÇÃO DECONCEPÇÃO DE CIÊNCIA, CONHECIMENTO E EDUCAÇÃOCIÊNCIA, CONHECIMENTO E EDUCAÇÃO CF-LDB-ECA-PPP-PDE-CF-LDB-ECA-PPP-PDE-
  19. 19. 19 das partes para o tododas partes para o todo LinearLinear • disciplinas estanquesdisciplinas estanques • sala de aula linha de montagemsala de aula linha de montagem • aprendizagem como produtoaprendizagem como produto • professor só ensinaprofessor só ensina • conhecimentos certosconhecimentos certos autoritarismoautoritarismo • ênfase nas partesênfase nas partes • aluno como ser passivoaluno como ser passivo ComplexidadeComplexidade • integração dos assuntosintegração dos assuntos •domínio do processodomínio do processo • aprendizagem como processoaprendizagem como processo • professor ensina e aprendeprofessor ensina e aprende • conhecimento mutávelconhecimento mutável • diálogodiálogo • ênfase no todoênfase no todo • aluno como ser ativoaluno como ser ativo
  20. 20. 20 O novo paradigma exige um ensinoO novo paradigma exige um ensino centrado na descoberta e na exploração;centrado na descoberta e na exploração; nana aprendizagem colaborativaaprendizagem colaborativa; na; na investigação, fundamentado na realidade.investigação, fundamentado na realidade. Deve ser holístico, histórico eDeve ser holístico, histórico e contextualizado.contextualizado. .
  21. 21. 21 ENSINO HOLÍSTICO,ENSINO HOLÍSTICO, HISTÓRICO EHISTÓRICO E CONTEXTUALIZADOCONTEXTUALIZADO APLICABILIDADEAPLICABILIDADE UTILIDADEUTILIDADE VALORVALOR Projeto Pedagógico do cursoProjeto Pedagógico do curso (fazendo acontecer na prática)(fazendo acontecer na prática)
  22. 22. 22 . o trabalho docente deve privilegiar nãoo trabalho docente deve privilegiar não apenas o processo de ensino mas, sim,apenas o processo de ensino mas, sim, oo processo de ensino-aprendizagemprocesso de ensino-aprendizagem; a; a ênfase deve estar presente naênfase deve estar presente na aprendizagem dos alunos e não naaprendizagem dos alunos e não na transmissão de conhecimentos.transmissão de conhecimentos.
  23. 23. 23 MÉTODOS DEMÉTODOS DE ENSINOENSINO APRENDIZAGEMAPRENDIZAGEM AULASAULAS EXPOSITIVASEXPOSITIVAS ESTUDO DO MEIOESTUDO DO MEIO SEMINÁRIOSSEMINÁRIOS PAINELPAINEL ESTUDOS DE CASOESTUDOS DE CASO TRABALHOS COMTRABALHOS COM TEXTOSTEXTOS DRAMATIZAÇÃODRAMATIZAÇÃO
  24. 24. 24 METODOLOGIA DE ENSINOMETODOLOGIA DE ENSINO APRENDIZAGEM EAPRENDIZAGEM E DE AVALIAÇÃODE AVALIAÇÃO REFLEXÃO-NA-REFLEXÃO-NA- AÇÃOAÇÃO REFLEXÃO-REFLEXÃO- SOBRE-A-AÇÃOSOBRE-A-AÇÃO REFLEXÃO-SOBRE-REFLEXÃO-SOBRE- A-REFLEXÃO-NA-A-REFLEXÃO-NA- AÇÃOAÇÃO FORMAÇÃO REFLEXIVA ouFORMAÇÃO REFLEXIVA ou Reprodutora?Reprodutora?
  25. 25. 25 REFLEXÃO-NA-REFLEXÃO-NA- AÇÃOAÇÃO O aluno aprende aO aluno aprende a a partir da análisea partir da análise e da interpretaçãoe da interpretação de uma atividadede uma atividade Aprende fazendoAprende fazendo REFLEXÃO-REFLEXÃO- SOBRE-A-AÇÃOSOBRE-A-AÇÃO é o processo doé o processo do pensamento quepensamento que ocorre de formaocorre de forma retrospectivaretrospectiva sobre uma dadasobre uma dada situaçãosituação AprendeAprende compreendendo acompreendendo a razão da suarazão da sua própria açãoprópria ação REFLEXÃO-SOBRE-REFLEXÃO-SOBRE- A-REFLEXÃO-NA-A-REFLEXÃO-NA- AÇÃOAÇÃO é o processo queé o processo que leva o aluno aleva o aluno a progredir no seuprogredir no seu conhecimento e aconhecimento e a construir suaconstruir sua forma pessoal deforma pessoal de conhecerconhecer AprendeAprende reconstruindoreconstruindo
  26. 26. 26 . SORRIA. VOCÊ ESTÁ SENDOSORRIA. VOCÊ ESTÁ SENDO OBSERVADO.OBSERVADO. os professores devem entender aos professores devem entender a avaliação institucional como umaavaliação institucional como uma estratégia de aprendizagem e deestratégia de aprendizagem e de reaprendizagem permanentereaprendizagem permanente
  27. 27. 27 AVALIAÇÃOAVALIAÇÃO INSTITUCIONALINSTITUCIONAL Aprendizagem eAprendizagem e reaprendizagemreaprendizagem permanentepermanente EXAME NACIONALEXAME NACIONAL DE CURSOSDE CURSOS 19951995 ENEMENEM PROVINHA BRASIL.PROVINHA BRASIL. AVALIAÇÃO DASAVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DECONDIÇÕES DE OFERTAOFERTA 19971997 ENADEENADE 20062006 PAIUBPAIUB 19941994 SINAESSINAES 20032003
  28. 28. 28 . os professoresos professores necessitam denecessitam de atualização permanenteatualização permanente parapara acompanharem a velocidade doacompanharem a velocidade do mundo contemporâneo.mundo contemporâneo.
  29. 29. 29 . Na formação contínua a mudança é deNa formação contínua a mudança é de uma formação por catálogos, para umauma formação por catálogos, para uma reflexão na prática, sobre a práticareflexão na prática, sobre a prática.. (aprender fazendo, interpretando e(aprender fazendo, interpretando e reconstruindo)reconstruindo)
  30. 30. 30 . Sócrates, Platão e Aristóteles nãoSócrates, Platão e Aristóteles não perdiam tempo com conteúdosperdiam tempo com conteúdos engessados.engessados. Discutiam o que eraDiscutiam o que era essencial.essencial. Sabiam o que era essencialSabiam o que era essencial porqueporque viviam da reflexãoviviam da reflexão, e a aula, e a aula era resultado de um profundoera resultado de um profundo processo de preparação.processo de preparação.
  31. 31. 31 .AA formação continuada docenteformação continuada docente deve sedeve se concretizar por meio de discussões coletivas sobreconcretizar por meio de discussões coletivas sobre as práticas, os planejamentos, as situações vividas.as práticas, os planejamentos, as situações vividas. Os professores devem conviver comOs professores devem conviver com reuniõesreuniões semanais de ciclos, de séries, semináriossemanais de ciclos, de séries, seminários semestrais e anuais, perspectivas interdisciplinaressemestrais e anuais, perspectivas interdisciplinares de discussãode discussão, dentre outras, não contempladas na, dentre outras, não contempladas na estrutura do trabalho do professor.estrutura do trabalho do professor.
  32. 32. 32 o professor não é quem ensina,o professor não é quem ensina, masmas o eterno aprendizo eterno aprendiz, que aprende, que aprende melhor e está à frente dos outrosmelhor e está à frente dos outros nesse desafio, ou seja, anesse desafio, ou seja, a aprendizagem deve ser permanente.aprendizagem deve ser permanente. .
  33. 33. 33 PASSOS PARA A EFICIÊNCIAPASSOS PARA A EFICIÊNCIA DO PROCESSODO PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM.ENSINO/APRENDIZAGEM. .
  34. 34. 34 PLANEJAMENTO PARA O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO. • 1-Planeje a aula. Monte o plano de aula. • 2-Prepare o ambiente com antecedência. • 3-Sensibilize. Enfatize a importância o conteúdo. • 4-Oriente atitudes.(atenção,flexibilidade) • 5-Oriente comportamentos e habilidades.(formas de participação, estabeleça contratos). • 6-Levante os conhecimentos prévios dos alunos. (relato de experiências).
  35. 35. 35 PLANEJAMENTO PARA O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO. • 7-Discussão do conteúdo (questionamentos) • 8-Promova a estruturação da representação do conhecimento.Distribua folhas com esquemas,tabelas,diagramas do conteúdo a serem preenchidos com palavras-chave ou ilustrações). • 9-Problematize. (perguntas individuais, em equipe,consulta em materiais de pesquisa...) • 10-Conduza a aula com interatividade.Passe várias vezes pelo mesmo assunto aumentando o nível de complexidade. Isso reduz ansiedades e revisa a aula.
  36. 36. 36 PLANEJAMENTO PARA O PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO. • 11-Expresse intenções imediata. Segmente a sessão em blocos/etapas e sempre que houver conclusão de assuntos,fale sobre a próxima seqüência. • 12-Oriente finalidades de exercícios e trabalhos. • 13-Possibilite a aplicação dos conhecimentos.

×