Obesidade Infantil

1.667 visualizações

Publicada em

Um trabalho que demostra os riscos da obesidade infantil como forma de alerta, além de demostrar o crescimento e os principais motivos que dão origem a obesidade.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.667
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Obesidade Infantil

  1. 1. A GENÉTICA Pesquisas afirmam que a obesidade infantil pode ter causas relacionadas à genética. Pessoas com certas alterações genéticas têm naturalmente mais apetite e tendência a ter mais peso. Um grupo de pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, descobriu uma modificação em um gene que pode levar à obesidade infantil. De acordo com a pesquisa, a perda de um segmento de DNA pode ser a causa da obesidade mórbida em algumas crianças. O estudo também aponta que a descoberta pode ajudar no diagnóstico deste tipo de problema em crianças, que muitas vezes é identificado como consequência de uma alimentação inadequada.
  2. 2. OS HÁBITOS ALIMENTARES ERRADOS Além da genética outros fatores contribuem para a obesidade infantil como os alimentos errados que consumimos, onde na maioria das vezes são encontrados em lanchonetes, supermercados e até mesmo em nossas casas. Sem falar que muitos desses alimentos no caso das crianças e adolescentes são consumidos na própria escola com a venda de alimentos do tipo no momento do intervalo através de pessoas que trabalham para certas bancas de lanches ou até mesmo de cantinas que são colocadas dentro da própria escola.
  3. 3. PROBLEMAS GERADOS PELA DOENÇA A obesidade pode gerar diversos problemas entre eles os principais são:  Hipertensão (Pressão alta)  Diabetes  Depressão  Artrite  Trombose  Problemas cardiovasculares  Artrose  Gota  Impotência sexual  Bulling e outros
  4. 4. O PAPEL DOS PAIS A família tem um grande impacto no comportamento alimentar dos filhos assim como nas atividades físicas e consequentemente na adequação do peso da criança. Infelizmente uma grande quantidade de pais não tem tempo para orientar os filhos que acabam sofrendo com a obesidade infantil e com ela outras doenças. Lembrando que é dever dos pais orientar os filhos e chamar a atenção deles em relação à alimentação saudável, porém atualmente a maioria dos alimentos prejudiciais a saúde são consumidos na própria casa em decorrência ao mal hábito de vida dos pais.
  5. 5. O PAPEL DAS ESCOLAS Assim como os pais as escolas devem dar uma boa educação para os alunos e contribuir com uma alimentação mais saudável nas cantinas e merendas, assim ajudam os alunos e até mesmo os pais a reorganizarem seus hábitos alimentares na escola e em casa evitando complicações futuras. Não podemos deixar de lembrar que as escolas tem um papel muito importante em relação ao bulling já que é na escola que os alunos que se encontram um pouco acima do peso sofrem mais transtornos através de xingamentos e apelidos de mal gosto.
  6. 6. REFLEXÕES FINAIS A obesidade é um tipo de distúrbio ou doença causada muitas vezes por motivos genéticos mais também pelo modo de vida da pessoa aliado aos hábitos alimentares errados que geram uma série de doenças que afetam de diversas formas a vida da pessoa que sofre com a obesidade. De todas as doenças citadas a que vem mais preocupando é o bulling pois tem aumentado muito e assim preocupando diversas ONGS (Organizações não Governamentais), pais e educadores a respeito do tema.
  7. 7. EDUCAÇÃO O papel dos pais e das escolas são muito importantes pois além de informar tentam conscientizar as pessoas a respeito do tema para que haja um maior e melhor resultado de ambas as partes e assim o assunto é comentado até que haja uma reeducação alimentar pois gráficos afirmam um grande crescimento em relação a obesidade.
  8. 8. 0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 Déficit de Peso Excesso de Peso Obesidade Déficit de Peso Excesso de Peso Obesidade 1974-1985 1989 2002-2003 2008-2009 HOMENS MULHERES
  9. 9. AGRADECEMOS A ATENÇÃO

×