SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Ficha de Leitura sobre o livro “O Diário de Anne Frank” de Otto Frank. 
1- Dados do leitor: 
Nome: Gabriela Gomes Prado de Almeida. 
Ano: 8ª série/ 9º ano. 
Turma: 8ª série A. 
Nome do Professor: MS Maria Piedade Teodoro da Silva. 
Nome da escola: Escola Estadual Professor João Cruz. 
Local: Rua Ernesto Duarte. 
Data: 24/08/2014. 
2- Título da Obra: O título da obra é “O Diário de Anne Frank” de Otto Frank. 
3- Informações Bibliográficas: 
Editora: Record. 
Local: Holanda. 
Data de Publicação: Ano de 1947. 
Número de Páginas: 373. 
Tradução: Alves Calado. 
4- Informações sobre o autor: Annelies Marie Frank e mais conhecida como Anne Frank era a 
segunda filha de Otto Heinrich Frank. Nasceu em 12 de Junho de 1929 em Frankfurt am Main e 
faleceu em Bergen-Belsen, em Março de 1945. Foi uma adolescente alemã de origem judaica, 
vítima do Holocausto. Ela se tornou mundialmente famosa com a publicação de seu Diário, no qual 
escrevia as experiências do período em que sua família se escondeu suas intimidades, o cotidiano 
das pessoas ao seu redor, seus sentimentos, pensamentos e afazeres. Anne passou a maior parte da 
vida em Amsterdã. A família de Anne juntamente com mais quatro pessoas passaram a se 
esconderem em julho de 1942, abrigando-se em um anexo secreto de um edifício comercial. Os 
longos meses de silêncio e medo aterrorizante acabaram, ao ser denunciada e deportada 
para campos de concentração nazistas, onde morreu em março de 1945. Otto Frank, foi o único que 
sobreviveu e teve acesso ao diário da filha. Seus esforços levaram à publicação do material em 
1947. 
5- Informações sobre a obra: “O Diário de Anne Frank” é um diário escrito por Anne 
Frank entre 12 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944 durante a Segunda Guerra Mundial. 
Escondida com sua família e outros judeus em Amsterdã durante a ocupação nazista nos Países 
Baixos, Anne, com treze anos de idade, conta, em seu diário, a vida deste grupo de pessoas. Em 4 
de agosto de 1944, foram descobertos e separaram Anne de seus pais e a levaram para campos de 
concentração. O Diário de Anne Frank foi entregue por Miep Gies a Otto H. Frank após a morte 
de Anne Frank ser confirmada. Seu desfecho acontece com os alemães deportando Anne e sua 
família para campos de concentração, o que se resulta em morte de todos, menos de Otto Frank. 
Tema: O tema do livro são os fatos ocorridos e sentimentos de Anne Frank durante o período que 
estava escondida. 
Palavras-chave: sofrimento, guerra, desespero, desesperança, sentimentos, descobertas, vítimas, 
judeus, perseguição. 
Personagens: As personagens são Anne Frank, Otto Frank, Edith Frank-Holländer, Margot Frank, 
Auguste van Pels-Röttgen, Hermann van Pels, Peter van Pels, Fritz Pfeffer, Miep Gies, Johannes 
Kleiman, Victor Kugler e Bep Voskuijl.
Tempo da Narrativa: 1ª pessoa (narrador onisciente). 
Classificação da obra: Boa. 
Fato gerador do conflito: O fato gerador do conflito foi a perseguição dos nazistas aos judeus na 
Segunda Guerra Mundial. 
6- Personagens: A personagem que eu relatarei será a própria Anne Frank. Suas características 
eram: Apelidada carinhosamente de Anne, nasceu em 1929, era boa em produção de texto, sonhava 
em ser escritora ou jornalista, conversava muito nas aulas da escola, se dava melhor com o pai e era 
muito sensível. Morreu de tifo (doença transmitida por piolhos) aos 15 anos quando estava no 
campo de concentração, tinha os cabelos ondulados, covinhas na bochecha, estava se descobrindo, 
era uma adolescente, falava o que pensava, era de opinião, não se dava com sua mãe, era 
namoradeira, apaixonada por Peter, e gostava muito da natureza. Era de classe média baixa, tinha 
uma vida estável antes de se esconder e uma inteligência de nível alto. 
7- Classificação da Obra: A classificação dessa obra pode ser considerada como “drama” por 
quanto relata o sofrimento da família Frank; “suspense”, pois enquanto viviam no anexo secreto, 
deveriam permanecer em silencio, escondidos, e não sabiam o que poderia acontecer com eles 
quando ouviam barulhos estranhos. E por fim “relato pessoal”, pois Anne relata sua vida. 
8- Tempo da Narrativa: 
A) Histórico: O livro “O Diário de Anne Frank” se passa durante a Segunda Guerra Mundial, onde 
os judeus sofriam perseguição dos alemães. Anne escreveu em seu diário entre 12 de junho de 1942 
a 1 de agosto de 1944, durante o tempo em que ficou escondida no Anexo. Mesmo sendo um livro 
escrito há 70 anos é atemporal, que pode ser lido em qualquer época, pois é uma forma de 
aprendizado sobre o assunto tratado. Há marcas dessa época, pois a linguagem usada era típica do 
momento, como por exemplo, Anne falava “ruje” que é o atual “blush” que se passa na bochecha. 
Os personagens são históricos, são pessoas que vivenciaram esse momento amargo que nosso povo 
sofreu. 
B) Cronológico: O tempo cronológico é a duração das ações. Nesse caso, durou de 12 de Junho de 
1942 a 1 de Agosto de 1944, período em que Anne escreveu em seu diário antes de ser levada ao 
campo de concentração e morta no ano seguinte. 
C) Psicológico: Não há presença de tempo psicológico, pois Anne Frank escrevia o que acontecia 
em seu dia durante sua vida escondida no Anexo Secreto. 
9- Espaço Geográfico: O livro “O Diário de Anne Frank” relata em sua história, por exemplo, onde 
Anne estava escondida, o espaço geográfico urbano, este onde passou dois anos. Era um escritório 
(prédio comercial) no centro da cidade, na Rua Prinsengracht, uma rua junto a um dos canais de 
Amsterdã. 
10- Meio Social: As personagens relatadas no Diário de Anne Frank como a autora, pertencem à 
classe popular e aos trabalhadores. Otto Frank fundou uma empresa, a Pectacon, mas mesmo assim 
não pertencia à classe alta, era um trabalhador que se esforçava para sustentar sua família. Dussel 
era dentista, Anne, Margot e Peter eram estudantes e Sra. Hermann van Pels e Edith Frank, donas 
de casa. Eram de origem Alemã.
11- Foco Narrativo: O foco narrativo do Livro “O Diário de Anne Frank” é em primeira pessoa, 
onde o narrador é onisciente, pois participa da história e a narra também. 
12- Outros recursos usados: O desfecho do livro é esperado, pois nas condições em que as 
famílias se encontravam sendo judeus em uma cidade de dominação Alemã (nazistas) e o período 
de guerra em que estava vivendo era de se esperar o pior. Foi um desfecho muito trágico e triste, 
Anne e sua família como inúmeros judeus morreram em campos de concentração e sofreram muito 
até sua morte, sendo fato verídico todos se comovem. Não há presenças de flashback, pois a menina 
relata coisas que aconteceram no presente, apenas. 
13- Citações: A seguir, há cinco citações que eu julgo relevantes sobre o livro “O Diário de Anne 
Frank”. 
 “Para ser franca, não consigo imaginar como alguém poderia dizer "Eu sou fraco" e 
continuar assim. Se você sabe isso ao seu respeito, por que não luta contra, por que não 
desenvolve o caráter?” 
 "Vai e procura os campos, a natureza e o Sol: vai, procura a felicidade em ti e em Deus. 
Pensa no que é belo e que se realiza em ti 
e à tua volta, sempre e sempre de novo". 
 “Nesses momentos não penso no infortúnio, e sim na beleza que permanece. é nisso que eu 
e mamãe somos muito diferentes. Seu conselho diante da melancolia é: "pense em todo o 
sofrimento que há no mundo e agradeça por não fazer parte dele." meu conselho é: "saia, vá 
para o campo, aproveite o sol e tudo que a natureza tem para oferecer. saia e tente recapturar 
a felicidade que há dentro de você; pense na beleza que há em você e em tudo ao seu redor, 
e seja feliz." 
 “Mesmo sendo a mais nova, você já não é pequenina, Sua vida é mesmo difícil, porque 
nosso dever — que ensina — É bancarmos professores, chatice que não termina. Nós somos 
experientes! Aprenda tudo comigo! Nós já passamos por isso, ouça tudo o que digo. 
Sabemos as regras, conhecemos o jogo. É sempre a mesma coisa desde a descoberta do 
fogo. Nossos defeitos não passam de coisa muito pequena, Mas os defeitos dos outros são 
mesmo de causar pena. É fácil encontrar as falhas quando a gente procura, Mas para os seus 
pais, por mais que tentem, é tarefa dura Tratar você com justiça, tratar você com bondade; 
Abandonar picuinhas, só com força de vontade. Vivendo com gente velha, o jeito é se 
acostumar Com tamanha rabugice — é duro, mas não se pode negar. A pílula é bem 
amarga, mas deve ser engolida, Assim mantemos a paz, a tranqüilidade da vida. Os meses 
vividos aqui não foram jogados fora. Você não desperdiça tempo, não manda a coragem 
embora. Lê e estuda o dia inteiro — é realmente incrível Querendo expulsar o tédio para o 
mais longe possível. O que é que eu vou vestir? Qual é a minha saída? Não tenho mais 
calcinhas, a roupa está apertada, Minha anágua virou tanga, pareço uma enjeitada! Só 
mesmo cortando os pés consigo calçar sapatos, Ah, meu Deus, que desgraça, como sofro 
maus-tratos!”" 
 “Eu vivia sorrindo, mas isso não me impedia de chorar escondida.” 
14- Glossário: 
Hanukkah: é uma festa judaica, também conhecida como o Festival das luzes. "Chanucá" é uma 
palavra hebraica que significa "dedicação" ou "inauguração".
Cherbourg: Cherbourg - Octeville (em português Cherburgo) é uma comuna francesa na região 
administrativa da Baixa - Normandia. 
Estalajadeiro: Aquele que possui uma estalagem; indivíduo responsável pela gerência de uma 
estalagem. 
Tonel das Danaides: A expressão “tonel das danaides” nos remete à mitologia grega, essa fonte 
inesgotável de conhecimento, por meio do qual entendemos a alma humana. Resumidamente, as 
danaides eram 50 gêmeas que se casaram, e na noite de núpcias mataram os seus respectivos 
maridos, exceto uma que se apaixonou e assim, não conseguiu executar a ordem do pai. Pelo crime, 
foram castigadas a encher tonéis sem fundo pelo resto da vida. 
15- Comentários sobre o livro: O Diário de Anne Frank é um livro extraordinário, todo bom leitor 
deve lê-lo sem sombra de duvidas. Alem de relatar fatos cotidianos, sentimentos, intimidades de 
uma adolescente “em crise”, traz muito conhecimento para nós leitores sobre a Segunda Guerra 
Mundial. Anne Frank era uma menina enfrentando problemas muito difíceis para uma jovem de 
apenas 14 anos. Passou por mudanças, descobriu o amor, passou por dificuldades, medos, crises, 
sofrimentos, momentos que marcaram sua vida durante sua estadia no Anexo. Em relação a isso 
muitos adolescentes se identificam com a Anne e tenho certeza que muitos pensam iguais a ela. De 
forma clara e linguagem fácil, Anne relata sobre a Guerra com uma franqueza de adolescente 
mesmo que é surpreendente. O final, mesmo sendo trágico e muito triste, não pode negar que foi um 
aprendizado para nós, para valorizarmos a vida e que dificuldades todos nós passamos. Eu 
recomendaria esse livro para todas as pessoas, você vai se sentir igual à Anne, parecendo que o que 
acontece com ela, acontece com o leitor também. Esse livro mexe com os seus sentimentos. 
16- Dúvidas: Durante a leitura, entendi todos os sentimentos que a autora queria passar para nós 
leitores, e entendemos as dificuldades, problemas, tristezas que ela sentiu. Uma duvida que fica no 
ar seria: Será que se Anne Frank conseguisse sobreviver até o fim da guerra, ela deixaria publicar 
esse diário? 
Fonte consultada para o trabalho: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Di%C3%A1rio_de_Anne_Frank 
http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/347296 
http://www.infoescola.com/livros/o-diario-de-anne- frank/ 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anne_Frank

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

«Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca
«Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca «Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca
«Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca
Ana Silva
 
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativaO cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
fercariagomes
 
Lourenço pp
Lourenço ppLourenço pp
Lourenço pp
fantas45
 

Mais procurados (20)

Anne Frank (Final)
Anne Frank (Final)Anne Frank (Final)
Anne Frank (Final)
 
A rapariga que roubava livros
A rapariga que roubava livrosA rapariga que roubava livros
A rapariga que roubava livros
 
Diário de anne frank
Diário de anne frankDiário de anne frank
Diário de anne frank
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Contributo de Descartes
Contributo de DescartesContributo de Descartes
Contributo de Descartes
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Anne frank - Prof. Altair Aguilar
Anne frank - Prof. Altair AguilarAnne frank - Prof. Altair Aguilar
Anne frank - Prof. Altair Aguilar
 
«Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca
«Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca «Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca
«Mestre Finezas» de Manuel da Fonseca
 
O Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
O Cavaleiro da Dinamarca - SínteseO Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
O Cavaleiro da Dinamarca - Síntese
 
o rapaz do caixote de madeira
 o rapaz do caixote de madeira o rapaz do caixote de madeira
o rapaz do caixote de madeira
 
Textos de opinião dos alunos 9.ºano
Textos de opinião dos alunos 9.ºanoTextos de opinião dos alunos 9.ºano
Textos de opinião dos alunos 9.ºano
 
A Pesca
A PescaA Pesca
A Pesca
 
Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correção
 
Cavaleiro da dinamarca trabalho final
Cavaleiro da dinamarca trabalho finalCavaleiro da dinamarca trabalho final
Cavaleiro da dinamarca trabalho final
 
Como fazer uma apresentação oral de um livro 2
Como fazer uma apresentação oral de um livro 2Como fazer uma apresentação oral de um livro 2
Como fazer uma apresentação oral de um livro 2
 
Sociedade do séc.XIX
Sociedade do séc.XIXSociedade do séc.XIX
Sociedade do séc.XIX
 
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativaO cavaleiro da dinamarca  categorias da narrativa
O cavaleiro da dinamarca categorias da narrativa
 
Miguel Torga
Miguel TorgaMiguel Torga
Miguel Torga
 
Ficha de Leitura- O Diário de Anne Frank
Ficha de Leitura- O Diário de Anne FrankFicha de Leitura- O Diário de Anne Frank
Ficha de Leitura- O Diário de Anne Frank
 
Lourenço pp
Lourenço ppLourenço pp
Lourenço pp
 

Semelhante a Ficha de leitura sobre o livro "O Diário de Anne Frank".

dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdfdtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
Lucas84223
 
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkldresumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
CicleideMaciel
 
Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"
Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"
Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"
anaaclaudia
 
Tributo A Irena Sendler
Tributo A Irena SendlerTributo A Irena Sendler
Tributo A Irena Sendler
Nuno Costa
 
O Diário de Anne Frank
O Diário de Anne FrankO Diário de Anne Frank
O Diário de Anne Frank
virginiaff
 

Semelhante a Ficha de leitura sobre o livro "O Diário de Anne Frank". (20)

Diario de anne frank
Diario de anne frankDiario de anne frank
Diario de anne frank
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Diario de anne frank quadrinhos
Diario de anne frank quadrinhosDiario de anne frank quadrinhos
Diario de anne frank quadrinhos
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdfdtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
dtrabalhosdosalunos2008-09annefrankpp2-090421195734-phpapp02.pdf
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Caderno de leitura
Caderno de leituraCaderno de leitura
Caderno de leitura
 
Anne frank em tempos de pandemia - Fernando Silva
Anne frank   em tempos de pandemia - Fernando SilvaAnne frank   em tempos de pandemia - Fernando Silva
Anne frank em tempos de pandemia - Fernando Silva
 
FICHA DE LEITURA : A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS
FICHA DE LEITURA : A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS FICHA DE LEITURA : A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS
FICHA DE LEITURA : A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS
 
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkldresumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
resumo do livro Anne Frank kfjgdklfjgkld
 
AnneFrank
AnneFrankAnneFrank
AnneFrank
 
Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"
Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"
Ficha de leitura sobre o livro "O Reencontro"
 
Segundo fichamento
Segundo fichamentoSegundo fichamento
Segundo fichamento
 
Anne Frank1
Anne Frank1Anne Frank1
Anne Frank1
 
O diario de_anne_frank_em_quadrinhos.pdf
O diario de_anne_frank_em_quadrinhos.pdfO diario de_anne_frank_em_quadrinhos.pdf
O diario de_anne_frank_em_quadrinhos.pdf
 
Anne frank
Anne frankAnne frank
Anne frank
 
Tributo A Irena Sendler
Tributo A Irena SendlerTributo A Irena Sendler
Tributo A Irena Sendler
 
Irena Sendler
Irena  SendlerIrena  Sendler
Irena Sendler
 
O Diário de Anne Frank
O Diário de Anne FrankO Diário de Anne Frank
O Diário de Anne Frank
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 

Ficha de leitura sobre o livro "O Diário de Anne Frank".

  • 1. Ficha de Leitura sobre o livro “O Diário de Anne Frank” de Otto Frank. 1- Dados do leitor: Nome: Gabriela Gomes Prado de Almeida. Ano: 8ª série/ 9º ano. Turma: 8ª série A. Nome do Professor: MS Maria Piedade Teodoro da Silva. Nome da escola: Escola Estadual Professor João Cruz. Local: Rua Ernesto Duarte. Data: 24/08/2014. 2- Título da Obra: O título da obra é “O Diário de Anne Frank” de Otto Frank. 3- Informações Bibliográficas: Editora: Record. Local: Holanda. Data de Publicação: Ano de 1947. Número de Páginas: 373. Tradução: Alves Calado. 4- Informações sobre o autor: Annelies Marie Frank e mais conhecida como Anne Frank era a segunda filha de Otto Heinrich Frank. Nasceu em 12 de Junho de 1929 em Frankfurt am Main e faleceu em Bergen-Belsen, em Março de 1945. Foi uma adolescente alemã de origem judaica, vítima do Holocausto. Ela se tornou mundialmente famosa com a publicação de seu Diário, no qual escrevia as experiências do período em que sua família se escondeu suas intimidades, o cotidiano das pessoas ao seu redor, seus sentimentos, pensamentos e afazeres. Anne passou a maior parte da vida em Amsterdã. A família de Anne juntamente com mais quatro pessoas passaram a se esconderem em julho de 1942, abrigando-se em um anexo secreto de um edifício comercial. Os longos meses de silêncio e medo aterrorizante acabaram, ao ser denunciada e deportada para campos de concentração nazistas, onde morreu em março de 1945. Otto Frank, foi o único que sobreviveu e teve acesso ao diário da filha. Seus esforços levaram à publicação do material em 1947. 5- Informações sobre a obra: “O Diário de Anne Frank” é um diário escrito por Anne Frank entre 12 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944 durante a Segunda Guerra Mundial. Escondida com sua família e outros judeus em Amsterdã durante a ocupação nazista nos Países Baixos, Anne, com treze anos de idade, conta, em seu diário, a vida deste grupo de pessoas. Em 4 de agosto de 1944, foram descobertos e separaram Anne de seus pais e a levaram para campos de concentração. O Diário de Anne Frank foi entregue por Miep Gies a Otto H. Frank após a morte de Anne Frank ser confirmada. Seu desfecho acontece com os alemães deportando Anne e sua família para campos de concentração, o que se resulta em morte de todos, menos de Otto Frank. Tema: O tema do livro são os fatos ocorridos e sentimentos de Anne Frank durante o período que estava escondida. Palavras-chave: sofrimento, guerra, desespero, desesperança, sentimentos, descobertas, vítimas, judeus, perseguição. Personagens: As personagens são Anne Frank, Otto Frank, Edith Frank-Holländer, Margot Frank, Auguste van Pels-Röttgen, Hermann van Pels, Peter van Pels, Fritz Pfeffer, Miep Gies, Johannes Kleiman, Victor Kugler e Bep Voskuijl.
  • 2. Tempo da Narrativa: 1ª pessoa (narrador onisciente). Classificação da obra: Boa. Fato gerador do conflito: O fato gerador do conflito foi a perseguição dos nazistas aos judeus na Segunda Guerra Mundial. 6- Personagens: A personagem que eu relatarei será a própria Anne Frank. Suas características eram: Apelidada carinhosamente de Anne, nasceu em 1929, era boa em produção de texto, sonhava em ser escritora ou jornalista, conversava muito nas aulas da escola, se dava melhor com o pai e era muito sensível. Morreu de tifo (doença transmitida por piolhos) aos 15 anos quando estava no campo de concentração, tinha os cabelos ondulados, covinhas na bochecha, estava se descobrindo, era uma adolescente, falava o que pensava, era de opinião, não se dava com sua mãe, era namoradeira, apaixonada por Peter, e gostava muito da natureza. Era de classe média baixa, tinha uma vida estável antes de se esconder e uma inteligência de nível alto. 7- Classificação da Obra: A classificação dessa obra pode ser considerada como “drama” por quanto relata o sofrimento da família Frank; “suspense”, pois enquanto viviam no anexo secreto, deveriam permanecer em silencio, escondidos, e não sabiam o que poderia acontecer com eles quando ouviam barulhos estranhos. E por fim “relato pessoal”, pois Anne relata sua vida. 8- Tempo da Narrativa: A) Histórico: O livro “O Diário de Anne Frank” se passa durante a Segunda Guerra Mundial, onde os judeus sofriam perseguição dos alemães. Anne escreveu em seu diário entre 12 de junho de 1942 a 1 de agosto de 1944, durante o tempo em que ficou escondida no Anexo. Mesmo sendo um livro escrito há 70 anos é atemporal, que pode ser lido em qualquer época, pois é uma forma de aprendizado sobre o assunto tratado. Há marcas dessa época, pois a linguagem usada era típica do momento, como por exemplo, Anne falava “ruje” que é o atual “blush” que se passa na bochecha. Os personagens são históricos, são pessoas que vivenciaram esse momento amargo que nosso povo sofreu. B) Cronológico: O tempo cronológico é a duração das ações. Nesse caso, durou de 12 de Junho de 1942 a 1 de Agosto de 1944, período em que Anne escreveu em seu diário antes de ser levada ao campo de concentração e morta no ano seguinte. C) Psicológico: Não há presença de tempo psicológico, pois Anne Frank escrevia o que acontecia em seu dia durante sua vida escondida no Anexo Secreto. 9- Espaço Geográfico: O livro “O Diário de Anne Frank” relata em sua história, por exemplo, onde Anne estava escondida, o espaço geográfico urbano, este onde passou dois anos. Era um escritório (prédio comercial) no centro da cidade, na Rua Prinsengracht, uma rua junto a um dos canais de Amsterdã. 10- Meio Social: As personagens relatadas no Diário de Anne Frank como a autora, pertencem à classe popular e aos trabalhadores. Otto Frank fundou uma empresa, a Pectacon, mas mesmo assim não pertencia à classe alta, era um trabalhador que se esforçava para sustentar sua família. Dussel era dentista, Anne, Margot e Peter eram estudantes e Sra. Hermann van Pels e Edith Frank, donas de casa. Eram de origem Alemã.
  • 3. 11- Foco Narrativo: O foco narrativo do Livro “O Diário de Anne Frank” é em primeira pessoa, onde o narrador é onisciente, pois participa da história e a narra também. 12- Outros recursos usados: O desfecho do livro é esperado, pois nas condições em que as famílias se encontravam sendo judeus em uma cidade de dominação Alemã (nazistas) e o período de guerra em que estava vivendo era de se esperar o pior. Foi um desfecho muito trágico e triste, Anne e sua família como inúmeros judeus morreram em campos de concentração e sofreram muito até sua morte, sendo fato verídico todos se comovem. Não há presenças de flashback, pois a menina relata coisas que aconteceram no presente, apenas. 13- Citações: A seguir, há cinco citações que eu julgo relevantes sobre o livro “O Diário de Anne Frank”.  “Para ser franca, não consigo imaginar como alguém poderia dizer "Eu sou fraco" e continuar assim. Se você sabe isso ao seu respeito, por que não luta contra, por que não desenvolve o caráter?”  "Vai e procura os campos, a natureza e o Sol: vai, procura a felicidade em ti e em Deus. Pensa no que é belo e que se realiza em ti e à tua volta, sempre e sempre de novo".  “Nesses momentos não penso no infortúnio, e sim na beleza que permanece. é nisso que eu e mamãe somos muito diferentes. Seu conselho diante da melancolia é: "pense em todo o sofrimento que há no mundo e agradeça por não fazer parte dele." meu conselho é: "saia, vá para o campo, aproveite o sol e tudo que a natureza tem para oferecer. saia e tente recapturar a felicidade que há dentro de você; pense na beleza que há em você e em tudo ao seu redor, e seja feliz."  “Mesmo sendo a mais nova, você já não é pequenina, Sua vida é mesmo difícil, porque nosso dever — que ensina — É bancarmos professores, chatice que não termina. Nós somos experientes! Aprenda tudo comigo! Nós já passamos por isso, ouça tudo o que digo. Sabemos as regras, conhecemos o jogo. É sempre a mesma coisa desde a descoberta do fogo. Nossos defeitos não passam de coisa muito pequena, Mas os defeitos dos outros são mesmo de causar pena. É fácil encontrar as falhas quando a gente procura, Mas para os seus pais, por mais que tentem, é tarefa dura Tratar você com justiça, tratar você com bondade; Abandonar picuinhas, só com força de vontade. Vivendo com gente velha, o jeito é se acostumar Com tamanha rabugice — é duro, mas não se pode negar. A pílula é bem amarga, mas deve ser engolida, Assim mantemos a paz, a tranqüilidade da vida. Os meses vividos aqui não foram jogados fora. Você não desperdiça tempo, não manda a coragem embora. Lê e estuda o dia inteiro — é realmente incrível Querendo expulsar o tédio para o mais longe possível. O que é que eu vou vestir? Qual é a minha saída? Não tenho mais calcinhas, a roupa está apertada, Minha anágua virou tanga, pareço uma enjeitada! Só mesmo cortando os pés consigo calçar sapatos, Ah, meu Deus, que desgraça, como sofro maus-tratos!”"  “Eu vivia sorrindo, mas isso não me impedia de chorar escondida.” 14- Glossário: Hanukkah: é uma festa judaica, também conhecida como o Festival das luzes. "Chanucá" é uma palavra hebraica que significa "dedicação" ou "inauguração".
  • 4. Cherbourg: Cherbourg - Octeville (em português Cherburgo) é uma comuna francesa na região administrativa da Baixa - Normandia. Estalajadeiro: Aquele que possui uma estalagem; indivíduo responsável pela gerência de uma estalagem. Tonel das Danaides: A expressão “tonel das danaides” nos remete à mitologia grega, essa fonte inesgotável de conhecimento, por meio do qual entendemos a alma humana. Resumidamente, as danaides eram 50 gêmeas que se casaram, e na noite de núpcias mataram os seus respectivos maridos, exceto uma que se apaixonou e assim, não conseguiu executar a ordem do pai. Pelo crime, foram castigadas a encher tonéis sem fundo pelo resto da vida. 15- Comentários sobre o livro: O Diário de Anne Frank é um livro extraordinário, todo bom leitor deve lê-lo sem sombra de duvidas. Alem de relatar fatos cotidianos, sentimentos, intimidades de uma adolescente “em crise”, traz muito conhecimento para nós leitores sobre a Segunda Guerra Mundial. Anne Frank era uma menina enfrentando problemas muito difíceis para uma jovem de apenas 14 anos. Passou por mudanças, descobriu o amor, passou por dificuldades, medos, crises, sofrimentos, momentos que marcaram sua vida durante sua estadia no Anexo. Em relação a isso muitos adolescentes se identificam com a Anne e tenho certeza que muitos pensam iguais a ela. De forma clara e linguagem fácil, Anne relata sobre a Guerra com uma franqueza de adolescente mesmo que é surpreendente. O final, mesmo sendo trágico e muito triste, não pode negar que foi um aprendizado para nós, para valorizarmos a vida e que dificuldades todos nós passamos. Eu recomendaria esse livro para todas as pessoas, você vai se sentir igual à Anne, parecendo que o que acontece com ela, acontece com o leitor também. Esse livro mexe com os seus sentimentos. 16- Dúvidas: Durante a leitura, entendi todos os sentimentos que a autora queria passar para nós leitores, e entendemos as dificuldades, problemas, tristezas que ela sentiu. Uma duvida que fica no ar seria: Será que se Anne Frank conseguisse sobreviver até o fim da guerra, ela deixaria publicar esse diário? Fonte consultada para o trabalho: http://pt.wikipedia.org/wiki/Di%C3%A1rio_de_Anne_Frank http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/347296 http://www.infoescola.com/livros/o-diario-de-anne- frank/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Anne_Frank