Tendências da Gestão para a Sustentabilidade na Construção

720 visualizações

Publicada em

O presentation “Tendências da Gestão para a Sustentabilidade na Construção”, de Lucas Amaral, do CDSC da FDC, mostra quatro projetos sobre a gestão da sustentabilidade na construção.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
720
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tendências da Gestão para a Sustentabilidade na Construção

  1. 1. Tendências da Gestão para aSustentabilidade na Construção Lucas Amaral Lauriano
  2. 2. CDSC 2012 Objetivo da Apresentação • Mostrar quatro projetos sobre a gestão da sustentabilidade na construção – Incorporação da Sustentabilidade no Sistema de Gestão Empresarial da MASB – Inovação, Industrialização e Sustentabilidade: a Solução Precon – A Sustentabilidade na Perspectiva dos Gestores da Qualidade – Estágio da Sustentabilidade do Setor da Construção Brasileiro
  3. 3. CDSC 2012 Incorporação da Sustentabilidade no Sistema de Gestão Empresarial da MASB
  4. 4. CDSC 2012 Incorporação da Sustentabilidade no Sistema de Gestão Empresarial da MASB
  5. 5. CDSC 2012 Incorporação da Sustentabilidade no Sistema de Gestão Empresarial da MASB • Incorporação de 15 indicadores de sustentabilidade.
  6. 6. CDSC 2012 Inovação, Industrialização e Sustentabilidade: a Solução Precon • Produção de estudo de caso sobre o modelo de construção industrializada da Precon Engenharia.
  7. 7. A Sustentabilidade naperspectiva de gestores daqualidade
  8. 8. Objetivo da pesquisa Captar a perspectiva dos gestores e professores de gestão da qualidade sobre: 1. Os conceitos de sustentabilidade e qualidade; 2. Os ganhos proporcionados pela sustentabilidade e qualidade para as empresas; 3. A relação entre qualidade e sustentabilidade.
  9. 9. Principais resultadosPILARES DA SUSTENTABILIDADETratamento dos pilares de sustentabilidade Há um forte viés ambiental no entendimento do conceito de sustentabilidade. No entanto, ele desaparece no tratamento conjunto da sustentabilidade com qualidade, o que leva à valorização dos aspectos econômicos e gerenciais Alinhamento entre qualidade e sustentabilidade: observa-se a necessidade de incluir questões socioambientais como metas da gestão da qualidade
  10. 10. Principais resultadosCONSTRUÇÃO DE REFERÊNCIASQue referências podem auxiliar gestores de qualidade a atuarem comsustentabilidade? Não há ferramentas disseminadas que reúnam qualidade e sustentabilidade Foi apontada grande necessidade de conscientização das pessoas Foram apontadas como principais referências sobre sustentabilidade as práticas empresariais e normas técnicas Espaço para novas referências: potencial para estudos de caso e manuais de aplicação de normas técnicas reunindo qualidade e sustentabilidade
  11. 11. Recomendações da surveyNOVAS REFERÊNCIAS NOVAS CAPACITAÇÕESJustificativa: Existe carência por material que Justificativa: Aspectos socioambientais perdemoriente os gestores a aplicarem conjuntamente relevância quando profissionais reúnem qualidadequalidade e sustentabilidade nas empresas. e sustentabilidade.Características: Características: • Formato: estudos de caso; mini-casos; e • Formato: uso de bases da qualidade ferramentas de gestão baseadas em alinhadas com a sustentabilidade (ex: normas técnicas. foco em stakeholders, redução de • Objetivo: promover consciência dos desperdício e uso de recursos). profissionais; orientar sobre atuação nas • Objetivo: alinhamento na gestão e busca empresas. de objetivos ambientais, econômicos e sociais.
  12. 12. Estágio da Sustentabilidade dasEmpresas do Setor daConstrução Brasileiro2012
  13. 13. Objetivo da pesquisa Analisar o estágio da gestão da sustentabilidade nas empresas brasileiras do setor da construção.
  14. 14. Principais Achados As empresas brasileiras começam a agir em prol da sustentabilidade, mas em um nível ainda muito voltado para o ganho de credibilidade e reputação. Os dados apontam para uma grande dissociação entre a percepção e importância da sustentabilidade para os negócios e sua aplicação e incorporação no sistema de gestão das empresas brasileiras. 98% das empresas concordam que as organizações devem operar com ética. 91% das empresas concordam que muitas empresas promovem a sustentabilidade, mas não estão realmente comprometidas com a questão.
  15. 15. Qual é o estágio da sustentabilidade dosetor da construção brasileiro?
  16. 16. Construção x Brasil A transparência das atividades das organizações do setor é comprometida pela falta de metas e mensuração dos impactos das atividades das mesmas. 27% das empresas afirmam medir os impactos sociais de suas iniciativas sociais. (PN: 45%) 23% das empresas afirmam que gestores individuais possuem metas de performance relacionadas a direitos humanos dentro da cadeia de suprimentos (PN: 34%) 20% das empresas afirmam que gestores individuais possuem metas de performance relacionadas ao apoio à comunidade (PN: 37%)
  17. 17. Como as empresas do setor podem avançarna gestão da sustentabilidade? Conscientização de que a sustentabilidade é uma estratégia de negócios, e não um tema “bonito”. Metas que envolvam todas as pessoas Novas parcerias
  18. 18. Oportunidades É possível avaliar pontos positivos e melhorias necessárias nas organizações. A pesquisa abre a possibilidade de realizar avaliações em empresas específicas. Geração de benchmarks Segunda edição da pesquisa em 2013 Contato: sustentabilidade@fdc.org.br
  19. 19. CDSC 2012Ficha TécnicaTÍTULO: “Tendências da Gestão para a Sustentabilidade na Construção”.AUTOR: Lucas Amaral LaurianoFDC – Núcleo Petrobras de Sustentabilidade – CDSCBelo Horizonte – Dezembro 201219 Slides EMPRESAS ASSOCIADAS AO CDSC www.fdc.org.br/construcao sustentabilidade@fdc.org.br

×