Direitos das Crianças ePrincípios EmpresariaisTeresa Carpio Villegas, CRGTA Governança Regional dos Direitos da Criança -A...
Direitos das Crianças ePrincípios Empresariais"Eu acho que isso [Princípios das Crianças] é a peçaque faltava no quebra-ca...
Quais são os princípios de negócios eos direitos das crianças?“Direitos das Crianças e Princípios Empresariais”aponta açõe...
Por que eles são necessários: Princípios de Negócios eDireitos das Crianças?Direitos das Crianças e Princípios de Negócio...
Por que trabalhar: Princípios de Negócios e osDireitos das Crianças ?Save the Children e Direitos das Crianças e Princípio...
Impacto das empresas na vida das criançasA voz das criançasTodos os direitos das crianças devem ser garantidos,tratados c...
Impacto das empresas na vida das criançasA voz das criançasO setor empresarial tem a oportunidade de assumir umcompromiss...
Impacto das empresas na vida das criançasA voz das crianças“A exploração econômica … cria desunião na família,devido ao po...
Impacto das empresas na vida das crianças - A vozdas criançasPara garantir que as empresas não nos usem para venderdrogas...
Impacto das empresas na vida das crianças - A vozdas criançasElas (as empresas) são responsáveis por cuidar do mundoem qu...
Impacto das empresas na vida das crianças - A vozdas criançasAs ONGs devem ajudar a informar crianças eadolescentes sobre ...
Save the Children e o Setor privadoSC tem uma longa experiência trabalhando com o setorprivado, recebendo apoio para proje...
Save the Children e o Setor privadoObjetivos com a empresa piloto: Criar conscientização e engajamento sobre osPrincípios...
Processo de due diligence com a empresaCinco passos para incorporar os direitos das crianças à agenda de sustentabilidade ...
Desenvolvido (há um pouco menos de 7 meses)Compromisso políticoPrivacidade assumida. Plano de Ação. AcordoDue DiligenceImp...
"Uma profissão que só faz dinheiro, é umaocupação pobre". Henry Ford (empresário norte-americano)."Não é difícil tomar dec...
Seminário Direitos das Crianças e Princípios Empresariais: Save the Children
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário Direitos das Crianças e Princípios Empresariais: Save the Children

366 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
366
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário Direitos das Crianças e Princípios Empresariais: Save the Children

  1. 1. Direitos das Crianças ePrincípios EmpresariaisTeresa Carpio Villegas, CRGTA Governança Regional dos Direitos da Criança -América Latina & CaribeMaio 2013
  2. 2. Direitos das Crianças ePrincípios Empresariais"Eu acho que isso [Princípios das Crianças] é a peçaque faltava no quebra-cabeça ... Eu vim aquipensando: oh, não! eu não preciso de um outroconjunto de 10 princípios”. Mas eu estou realmentepensando que essa poderia ser a base para encapsular... e ajudar a mudar todos os outros aspectos dasustentabilidade também. "David Ford, Alfa Laval(no lançamento dos Princípios)
  3. 3. Quais são os princípios de negócios eos direitos das crianças?“Direitos das Crianças e Princípios Empresariais”aponta ações empresariais para respeitar e apoiaros direitos das crianças.Não estamos pedindo às corporações para fazer algo diferente da sua atividadenormal, estamos pedindo-lhes para fazer este negócio normal de forma diferente “.ex SG da ONU Kofi Annan
  4. 4. Por que eles são necessários: Princípios de Negócios eDireitos das Crianças?Direitos das Crianças e Princípios de Negócios fornecem umquadro geral para entender e lidar com o impacto do negóciosobre o bem estar das crianças.Pacto Global da ONU reconhece a falta de políticas dedireitos das crianças em 10 Princípios de Negócios.Pacto Global ONU, UNICEF e SC, colaboração paradesenvolver um conjunto de princípios para orientar osnegócios na sua responsabilidade para com os direitos dascrianças.
  5. 5. Por que trabalhar: Princípios de Negócios e osDireitos das Crianças ?Save the Children e Direitos das Crianças e Princípiosde Negócios reconhece: que as atividades do setor eas empresas privadas têm impactos significativossobre os direitos das crianças. A lógica por trás deengajar-se em RSE é colocar os direitos da criança notopo da agenda para as empresas e como umaperspectiva chave dentro da responsabilidade social esustentabilidade
  6. 6. Impacto das empresas na vida das criançasA voz das criançasTodos os direitos das crianças devem ser garantidos,tratados com respeito e amor que eles merecem.Bangladesh. Uma maior coordenação entre os governos, os governoslocais e os negócios, a fim de garantir a aplicação efetivados direitos das crianças e adolescentes. Costa Rica
  7. 7. Impacto das empresas na vida das criançasA voz das criançasO setor empresarial tem a oportunidade de assumir umcompromisso com a erradicação das piores formas deexploração infantil, mas não se limita a ela. Podem contribuirpara um melhor acesso à saúde e a oportunidades educativasde emprego para a infância. Costa Rica y Tanzania Deve haver mais restrições às empresas que produzemálcool (Changaa) para que não as contratem. Kenia
  8. 8. Impacto das empresas na vida das criançasA voz das crianças“A exploração econômica … cria desunião na família,devido ao pouco tempo que nossos pais passam em casa eao baixo salário que ganham.Além disso, pode levar à falta de educação e oportunidadesna vida para um menino ou menina que tem quetrabalhar e não pode frequentar a escola.”Adolescente da Argentina
  9. 9. Impacto das empresas na vida das crianças - A vozdas criançasPara garantir que as empresas não nos usem para venderdrogas, inclusive álcool e tabaco. Não vender a crianças.SudanRespeitar a idade mínima para trabalhar. Argentina Empresas [devem] relacionar-se com a comunidade, comas pessoas que vivem na área e que inclui não só os edifícios .Costa Rica
  10. 10. Impacto das empresas na vida das crianças - A vozdas criançasElas (as empresas) são responsáveis por cuidar do mundoem que todos vivemos (por exemplo, mineração, situaçõeshumanitárias). Costa Rica Não somente deve-se punir as empresas, mas o governodeve também premiar os empregadores que estão fazendoum bom trabalho em benefício de nós, as crianças.BangladeshOuça o que as crianças dizem sobre o negócio. Bangladeshe Argentina
  11. 11. Impacto das empresas na vida das crianças - A vozdas criançasAs ONGs devem ajudar a informar crianças eadolescentes sobre os seus direitos, especialmente emrelação ao setor empresarial. Kenia
  12. 12. Save the Children e o Setor privadoSC tem uma longa experiência trabalhando com o setorprivado, recebendo apoio para projetos dedesenvolvimento e apoio humanitário para crianças.Desde o lançamento dos Direitos das Crianças ePrincípios de Negócios, um piloto foi iniciado com umaempresa internacional
  13. 13. Save the Children e o Setor privadoObjetivos com a empresa piloto: Criar conscientização e engajamento sobre osPrincípios- Prestar apoio na compreensão de como asempresas afetam os direitos das crianças Orientar as empresas em como elas podem agir eintegrar os Princípios Ações para respeitar e apoiar os direitos das crianças
  14. 14. Processo de due diligence com a empresaCinco passos para incorporar os direitos das crianças à agenda de sustentabilidade daempresa:Compromisso políticoTomar uma decisão consciente de que os direitos das crianças farão parte do quadro desustentabilidade orientador da sua empresa.Due DiligenceAnalisar o contexto das suas operações de negócios e avaliar o seu impacto sobre ascrianças e seus direitos.Integração e açãoSelecionar e colocar em prática ações para as crianças que são baseadas nas atividadesprincipais do seu negócio.Desempenho e relatórios de controleMedir o impacto (indicadores - chave) e comunicar publicamente o progresso.RemediaçãoRespondendo a reclamações, incluindo aqueles das famílias e das crianças, de formatransparente e profissional.
  15. 15. Desenvolvido (há um pouco menos de 7 meses)Compromisso políticoPrivacidade assumida. Plano de Ação. AcordoDue DiligenceImplementação do Plano de Ação . Grupos deTrabalho. Questionários. Visitas de campo.Workshops. Analisar as lacunas. Definir avaliaçãoIntegração e açãoAvaliação desenvolvida. Ações a serem tomadas.Acordos para implementar e fechar lacunas.
  16. 16. "Uma profissão que só faz dinheiro, é umaocupação pobre". Henry Ford (empresário norte-americano)."Não é difícil tomar decisões quando se tem claroseus valores." Roy Disney (empresário norte-americano)."... Não basta ouvir ou ler o que dizer, mas levar emconta”. Garota de Costa Rica.

×