Coluna de Trajano
Quem foi Trajano? Marco Úlpio Nerva Trajano  nasceu em  Itálica,(  53 d.C). Foi imperador romano de 98 a 117. Reativou o c...
A  Coluna de Trajano  é um monumento em Roma construído sob a ordem do próprio imperador, pelo arquiteto Apolodoro de Dama...
Ao longo da coluna, figuras em  baixo relevo  contam a história da guerra contra os Dácios, repetidas vezes, devido ao mas...
Também na base da coluna pode ler-se a seguinte inscrição:  SENATVS·POPVLVSQVE·ROMANVS IMP·CAESARI·DIVI·NERVAE·F·NERVAE TR...
Realizado  por  : <ul><li>André Rocha nº3 </li></ul><ul><li>Breno Micael nº5 </li></ul><ul><li>Gisela nº10 </li></ul><ul><...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

C:\Documents And Settings\Francisco\Ambiente De Trabalho\ApresentaçãO1

1.039 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.039
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
537
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

C:\Documents And Settings\Francisco\Ambiente De Trabalho\ApresentaçãO1

  1. 1. Coluna de Trajano
  2. 2. Quem foi Trajano? Marco Úlpio Nerva Trajano nasceu em Itálica,( 53 d.C). Foi imperador romano de 98 a 117. Reativou o comércio e a agricultura, reduziu a carga tributária e realizou um ambicioso programa de obras em todo o império. Por um lado, se preocupou de realizar aquelas construções necessárias para facilitar a romanização e melhorar as condições de vida dos cidadãos: abriu caminhos em terras distantes, criou novas vias, construiu aquedutos e pontes, por outro lado, levantou edificações que, além de contribuírem para a perpetuação de sua memória, procuravam o embelezamento da Urbe , um aumento nas possibilidades de diversão dos romanos; teatros, circos, etc. Trajano levou o Império à sua máxima extensão territorial (como já dito) e é tido por muito historiadores como o protótipo do “bom governante” romano, com incentivos às obras públicas e outras políticas que fizeram seu reinado ser conhecido como uma época dourada. Com a cristianização de Roma surgiu um lenda que consistia, que o Papa Gregório I, pela intercessão divina, ressuscitou Trajano da morte e o batizou na fé cristã.
  3. 3. A Coluna de Trajano é um monumento em Roma construído sob a ordem do próprio imperador, pelo arquiteto Apolodoro de Damasco em comemoração às vitórias das campanhas militares contra os Dácios, tem 38 metros (a coluna tem aproximadamente 30 metros de altura mais oito metros de pedestal) toda ela feita em mármore, no seu interior, uma escada em espiral com 185 degraus dá acesso à plataforma do topo. Nesta coluna foram utilizados meios artísticos revolucionários para a época, como a utilização de uma árvore para separar uma cena de outra o que faz deste monumento um dos mais marcantes da historia de Roma.
  4. 4. Ao longo da coluna, figuras em baixo relevo contam a história da guerra contra os Dácios, repetidas vezes, devido ao massacre, alguns consideram a construção da coluna um monumento em homenagem a um &quot;genocídio“. Pensava-se que a coluna tinha sido construída para propaganda, glorificando a capacidade militar do imperador. No entanto a estrutura era quase invisível, rodeada como estava de outras construções do Fórum de Trajano, e devido à dificuldade de seguir o friso de um lado ao outro, acredita-se agora que teria pouco valor propagandístico. Devido ao que é dito na inscrição, a coluna pode ter servido como guia de construção para o fórum. Após a morte de Trajano o senado decidiu que as suas cinzas deveriam ser enterradas na base da coluna, como as da sua mulher Plotina. Actualmente as cinzas já lá não se encontram.
  5. 5. Também na base da coluna pode ler-se a seguinte inscrição: SENATVS·POPVLVSQVE·ROMANVS IMP·CAESARI·DIVI·NERVAE·F·NERVAE TRAIANO·AVG·GERM·DACICO·PONTIF MAXIMO·TRIB·POT·XVII·IMP·VI·COS·VI·P·P AD·DECLARANDVM·QVANTAE·ALTITVDINIS MONS·ET·LOCVS·TANT<IS·OPER>IBVS·SIT·EGESTVS O que pode ser traduzido como: O Senado e o Povo Romano ao imperador César, filho da divina Nerva, Nerva Traianus Augustus Germanicus Dacicus, Pontifex maximus no seu 17º ano no tribuno, tendo sido aclamado seis vezes Imperador , seis vezes Cônsul, Pater Patriae, para demonstrar a grande altura a que o monte se encontrava e foi removido para tais grandes trabalhos.
  6. 6. Realizado por : <ul><li>André Rocha nº3 </li></ul><ul><li>Breno Micael nº5 </li></ul><ul><li>Gisela nº10 </li></ul><ul><li>Fátima nº20 </li></ul>

×