Mestrado em
Bioinformática e
Biologia Computacional
Francisco Couto
Maio 6, 2014
Sessão de apresentação do Mestrado em Bio...
Objetivos
• Formação complementar nas áreas de
interface entre as Ciências da Vida e das
Tecnologias de Informação e Compu...
Acesso
• 20 vagas por ano
• Avaliação:
–Grau académico
–Curriculum académico, científico e técnico
–Experiência profission...
Coordenação conjunta
• Informática
– Francisco Couto (atual coordenador)
• Biologia Animal
– Octávio Paulo
• Biologia Vege...
Plano Curricular
• 18 ECTS obrigatórios
• restantes 12+30 ECTS opcionais
• 60 ECTS na disciplina de dissertação
– Bioinfor...
Disciplinas
• Fundamentos de Programação
• Introdução às Bases de Dados
• Aprendizagem Automática em Ciências
• Programaçã...
Candidaturas 2014/15
(sexta edição)
• 1ª Fase
– 2 de Junho a 16 de Julho
http://www.fc.ul.pt/pt/pagina/5461/candidaturas
•...
Bioinformática
na
FCUL
Francisco Couto
Maio 6, 2014
Sessão de apresentação do Mestrado em Bioinformática e
Biologia Comput...
9
Biology is changing…
Genomes Nucleotide sequence
Gene expression
Systems
Literature and ontologies
Protein families, mot...
Importância da Bioinformática
• Enorme quantidade e variedade de
informação a analisar
• Desde 2010, mais de 2.600.000 art...
Disciplinas
• Fundamentos de Programação
– Python
• Introdução às Bases de Dados
– Bases de dados relacionais (MySQL)
• Ma...
Teses mais recentes
Após o mestrado
• Ambas aceites em programas de doutoramento
internacionais
– Vera Carvalho
• Technical University of Denm...
Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2004
Ordem dos Engenheiros
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mestrado em Bioinformática e Biologia Computacional da FCUL

876 visualizações

Publicada em

Sessão de Apresentação do Mestrado em Bioinformática e Biologia Computacional, dia 6 de Maio de 2014 às 16h30 no Anfiteatro da FFCUL

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
876
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mestrado em Bioinformática e Biologia Computacional da FCUL

  1. 1. Mestrado em Bioinformática e Biologia Computacional Francisco Couto Maio 6, 2014 Sessão de apresentação do Mestrado em Bioinformática e Biologia Computacional
  2. 2. Objetivos • Formação complementar nas áreas de interface entre as Ciências da Vida e das Tecnologias de Informação e Computação • Destina-se a alunos do 1º ciclo das áreas – da Biologia, Bioquímica, Farmácia, Medicina, Veterinária, Agronomia, Ciências da Saúde e afins – da Informática, Tecnologias da Informação, Estatística, Matemática e afins
  3. 3. Acesso • 20 vagas por ano • Avaliação: –Grau académico –Curriculum académico, científico e técnico –Experiência profissional em áreas relacionadas
  4. 4. Coordenação conjunta • Informática – Francisco Couto (atual coordenador) • Biologia Animal – Octávio Paulo • Biologia Vegetal – Francisco Dionísio • Com a participação dos departamentos – Estatística e Investigação Operacional – Química e Bioquímica – Matemática
  5. 5. Plano Curricular • 18 ECTS obrigatórios • restantes 12+30 ECTS opcionais • 60 ECTS na disciplina de dissertação – Bioinformática – Ou Biologia Computacional Perfil Entrada Informática Estatística Biologia Biologia/ Bioquímica Biologia 6 ECTS 6 ECTS 6 ECTS Informática 6 ECTS 6 ECTS 6 ECTS Física e Matemática 6 ECTS 6 ECTS 6 ECTS
  6. 6. Disciplinas • Fundamentos de Programação • Introdução às Bases de Dados • Aprendizagem Automática em Ciências • Programação por Objetos • Vida artificial • Visualização de Dados Científicos • Bioestatística para a Bioinformática • Fundamentos de Bioestatística • Análise de Dados Multivariados • Genética Molecular • Biologia Molecular • Genética Populacional • Dinâmica Populacional • Métodos Computacionais em Evolução e Ecologia • Filogenética • Biologia Computacional e Genómica • Evolução Experimental • Deteção Remota e Sistemas de Informação Geográfica • Introdução aos Modelos Biomatemáticos • Modelos e Métodos Computacionais em Biologia • Data Warehousing e Data Mining • Integração e processamento Analitico de informação • Ontologias Aplicadas às Ciências • Sistemas Interativos em Ciências • Inteligência Artificial em Ciências • Complementos de programação • Bioinformática • Aplicações na Web • Métodos Estatísticos em Bioinformática • Regulação de Sistemas Bioquímicos • Regulação Bioquímica • Simulação Bioquímica • Evolução Molecular • Computação na Medição de Fenómenos Biológicos • Epidemiologia e Doenças Transmissíveis • Biologia Computacional na Prática Biomédica • Perspetivas em Biologia Computacional • Investigação em Bioinformática • Aplicações Avançadas em Biologia • Análise Computacional da Morfologia e Dinâmica de Material Biológico
  7. 7. Candidaturas 2014/15 (sexta edição) • 1ª Fase – 2 de Junho a 16 de Julho http://www.fc.ul.pt/pt/pagina/5461/candidaturas • Mais informação – http://bbc.fc.ul.pt/
  8. 8. Bioinformática na FCUL Francisco Couto Maio 6, 2014 Sessão de apresentação do Mestrado em Bioinformática e Biologia Computacional
  9. 9. 9 Biology is changing… Genomes Nucleotide sequence Gene expression Systems Literature and ontologies Protein families, motifs and domains Interactions Protein sequence Protein structure Pathways Chemical entities Source: Introduction to the EBI by James Watson, 2010
  10. 10. Importância da Bioinformática • Enorme quantidade e variedade de informação a analisar • Desde 2010, mais de 2.600.000 artigos foram adicionados à MEDLINE • A ler 10 artigos por dia • demoraria mais de 700 anos • Gestão só possível usando tecnologias de informação
  11. 11. Disciplinas • Fundamentos de Programação – Python • Introdução às Bases de Dados – Bases de dados relacionais (MySQL) • Mais avançadas – Data Warehousing e Data Mining – Aplicações na web – Ontologias aplicadas às ciências – …
  12. 12. Teses mais recentes
  13. 13. Após o mestrado • Ambas aceites em programas de doutoramento internacionais – Vera Carvalho • Technical University of Denmark – Beatriz Gomes • Max Planck Institute of Molecular Cell Biology and Genetics
  14. 14. Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2004 Ordem dos Engenheiros

×