Questoes mercado finaceiro capitais

2.168 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Questoes mercado finaceiro capitais

  1. 1. QUESTÕES ASSINALE V OU F • Moeda em poder do Público mais os Depósitos à Vista nos Bancos Comerciais, pode ser considerado o conceito de M1 dos Meios de Pagamento. M1 = MOEDA EM PODER DO PÚBLICO (+) DEPÓSITOS A VISTA NOS BANCOS COMERCIAIS VERDADEIRO • Sendo M4 = Moeda em poder do Público, (+) Depósitos a Vista nos Bancos Comerciais, (+) Depósitos a Vista nas Caixas Econômicas, (+) Títulos Públicos colocados no Mercado, (+) Saldo de Fundos de Aplicação Financeira (RF), (+) Depósitos em Cadernetas de Poupança, (+) Depósitos a Prazo Fixo (CDB, RDB), (+) Letras de Câmbio e Letras Imobiliárias: O Aumento da relação M4/M1, que se observa nos processos inflacionários, chama-se monetização. O AUMENTO DA RELAÇÃO M4/M1, QUE SE OBSERVA NOS PROCESSOS INFLACIONÁRIOS, CHAMA-SE DESMONETIZAÇÃO. A REDUÇÃO DE M4/M1, CHAMA-SE MONETIZAÇÃO. FALSO • A Base Monetária representa as exigibilidades monetárias do Governo, em poder dos agentes econômicos, ou seja, a emissão primária de moeda na economia. A BASE MONETÁRIA REPRESENTA AS EXIGIBILIDADES MONETÁRIAS DO GOVERNO, EM PODER DOS AGENTES ECONÔMICOS, OU SEJA, A EMISSÃO PRIMÁRIA DE MOEDA NA ECONOMIA. VERDADEIRO • Os motivos de se manter moeda, ao invés de buscar alternativas de aplicação em ativos que produzem rendimentos, segundo Keynes são para: Negócios ou transações; Precaução e Especulação. Porque manter moeda, se existem alternativas de aplicação em ativos que produzem rendimentos ? Segundo Keynes os motivos são : • Negócios ou transações: necessidade de manter moeda para pagar compromissos. Descompasso entre recebi-mentos e pagamentos. • Precaução: devido as incertezas dos pagamentos. • Especulação: para aproveitar oportunidades de inves-timento. FALSO • A demanda de moeda de uma economia se reduz à medida que se produz mais renda, ou seja, quando a atividade produtiva agrega mais riqueza. A DEMANDA DE MOEDA DE UMA ECONOMIA SE ELEVA À MEDIDA QUE SE PRODUZ MAIS RENDA, OU SEJA QUANDO A ATIVIDADE PRODUTIVA AGREGA MAIS RIQUEZA. FALSO
  2. 2. • A procura de moeda decresce quando os juros caem, gerando maiores expectativas de lucros aos investidores. A PROCURA DECRESCE QUANDO OS JUROS SOBEM, GERANDO MAIORES EXPECTATIVAS DE LUCROS AOS INVESTIDORES. FALSO • O Efeito Multiplicador resulta da possibilidade de manutenção de valores inferiores em espécie do total de depósitos os vistos recebidos dos clientes. Isto ocorre função da não-utilização total dos recursos de forma simultânea por parte dos clientes e do resultado do fluxo de entrada e saída desses mesmos recursos. • O Depósito compulsório é um percentual dos depósitos recolhidos pelas Instituições Financeiras junto ao BACEN. Depósito compulsório: percentual dos depósitos recolhidos pelas Inst. Fin.junto ao público. FALSO • Política monetária expansionista é aquela que eleva a liquidez da economia, injetando maior volume de recursos nos mercados e elevando, em conseqüência, os meios de pagamento. POLÍTICA MONETÁRIA EXPANSIONISTA É AQUELA QUE ELEVA A LIQUIDEZ DA ECONOMIA, INJETANDO MAIOR VOLUME DE RECURSOS NOS MERCADOS E ELEVANDO, EM CONSEQÜÊNCIA, OS MEIOS DE PAGAMENTO. VERDADEIRO • Através de uma política monetária expansionista, as autoridades monetárias promovem reduções dos meios de pagamento da economia, retraindo a demanda agregada (consumo e investimento) e a atividade econômica. ATRAVÉS DE UMA POLÍTICA MONETÁRIA RESTRITIVA, AS AUTORIDADES MONETÁRIAS PROMOVEM REDUÇÕES DOS MEIOS DE PAGAMENTO DA ECONOMIA, RETRAINDO A DEMANDA AGREGADA (CONSUMO E INVESTIMENTO) E A ATIVIDADE ECONÔMICA. FALSO • A política monetária restritiva visa a restringir a oferta de crédito e elevar seu custo, de forma de adequar o consumo e o investimento agregados à oferta monetária da economia. A POLÍTICA MONETÁRIA RESTRITIVA, VISA A RESTRIGIR A OFERTA DE CRÉDITO E ELEVAR SEU CUSTO, DE FORMA DE ADEQUAR O CONSUMO E O INVESTIMENTO AGREGADOS À OFERTA MONETÁRIA DA ECONOMIA. VERDADEIRO • A alteração das taxas de recolhimento compulsório determina a expansão ou a retração da atividade econômica.
  3. 3. A alteração das taxas de recolhimento compulsório determina a expansão ou a retração da atividade econômica. VERDADEIRO • Operações de Mercado Aberto fundamentam-se na compra e venda de títulos da dívida pública no mercado, processadas pelo CVM na qualidade de agente monetário do governo. Operações de Mercado Aberto Fundamentam-se na compra e venda de títulos da dívida pública no mercado, processadas pelo BACEN na qualidade de agente monetário do governo. FALSO • O mercado secundário corresponde à negociação direta e (primária) entre o emitente dos títulos (governo) e seus adquirentes (instituições financeiras). Mercado primário: corresponde a negociação direta e (primária) entre o emitente dos títulos (governo) e seus adquirentes (instituições financeiras). FALSO • Dealers são instituições financeiras legalmente credenciadas para atuar no mercado em nome do Banco Central. Dealers: instituições financeiras legalmente credenciadas para atuar no mercado em nome do Banco Central. VERDADEIRO • Overnight é o nome dado às operações que se desenvolvem dentro do mercado aberto, pelas quais os poupadores adquirem títulos no mercado secundário com o compromisso de negociá-los no dia seguinte. Esta modalidade apresenta prazo e preço de recompra predeterminados, sendo sua característica o seu curtíssimo prazo. Overnight: operações que se desenvolvem dentro do mercado aberto, pelas quais os poupadores adquirem títulos no mercado secundário com o compromisso de negocia-lhos no dia seguinte. Esta modalidade apresenta prazo e preço de recompra predeterminados, sendo sua característica o seu curtíssimo prazo. VERDADEIRO • O BACEN costuma realizar empréstimos de assistência de liquidez às instituições financeiras visando equilibrar suas necessidades de caixa no caso de aumento acentuado da demanda de recursos dos depositantes. A taxa de juros cobrada pelo BACEN nessas operações chama-se taxa de redesconto. Esta taxa age sobre o nível de liquidez monetária da economia e sobre as taxas de juros praticadas pelos bancos. O redesconto permite reduzir ou expandir M1. O BANCO CENTRAL COSTUMA REALIZAR EMPRÉSTIMOS DE ASSISTÊNCIA DE LIQUIDEZ ÀS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS VISANDO EQUILIBRAR SUAS NECESSIDADES DE CAIXA NO CASO DE AUMENTO ACENTUADO DA DEMANDA DE RECURSOS DOS DEPOSITANTES. A TAXA DE JUROS COBRADA PELO BC NESSAS OPERAÇÕES CHAMA-SE TAXA DE REDESCONTO. ESTA TAXA AGE SOBRE O NÍVEL DE LIQUIDEZ MONETÁRIA DA ECONOMIA E SOBRE AS TAXAS DE JUROS PRATICADAS PELOS BANCOS. O REDESCONTO PERMITE REDUZIR OU EXPANDIR M1 VERDADEIRO
  4. 4. • Para reduzir o M1 devem-se adotar algumas medidas, tais como: Redução da taxa redesconto; Aumento prazos resgate; Aumento limites operacionais; Menor restrição s/ títulos redescontáveis. Para AUMENTAR o M1:Redução taxa redesconto;Aumento prazos resgate;Aumento limites operacionais;Menor restrição s/títulos redescontáveis. Para REDUZIR o M1: Aumento taxa redesconto; Redução prazos resgate; Redução limites operacionais; Maior restrição s/títulos redescontáveis FALSO • Se a taxa de redesconto for menor que a taxa do mercado as Instituições Financeiras são incentivadas a elevar a oferta de crédito, porém, se a taxa de redesconto for maior que a taxa do mercado as Instituições Financeiras são incentivadas a reduzir a oferta de crédito. SE A TAXA DE REDESCONTO < TAXA MERCADO - As Instituições Financeiras são incentivadas a elevar a oferta de crédito SE A TAXA DE REDESCONTO > TAXA MERCADO - As Instituições Financeiras são incentivadas a reduzir a oferta de crédito VERDADEIRO • O juro exprime o preço de troca de ativos disponíveis em diferentes momentos do tempo. Tratase de uma remuneração pela alocação de capital. O JURO EXPRIME O PREÇO DE TROCA DE ATIVOS DISPONÍVEIS EM DIFERENTES MOMENTOS DO TEMPO. TRATA-SE DE UMA REMUNERAÇÃO PELA ALOCAÇÃO DE CAPITAL. VERDADEIRO • O juro é o preço do dinheiro. Juros: Custo do capital durante determinado período de tempo O JURO EXPRIME O PREÇO DE TROCA DE ATIVOS DISPONÍVEIS EM DIFERENTES MOMENTOS DO TEMPO. TRATA-SE DE UMA REMUNERAÇÃO PELA ALOCAÇÃO DE CAPITAL. VERDADEIRO • Os títulos públicos são admitidos como sendo os ativos de maior risco no mercado. O GOVERNO TEM O CONTROLE EXCLUSIVO DOS MEIOS DE PAGAMENTO E DA EMISSÃO DE TÍTULOS PÚBLICOS, ADMITIDOS COMO ATIVOS SEM RISCO. FALSO • A taxa pura ou livre de risco é aquela que precifica os ativos privados no mercado, constituindose na taxa de juros base do sistema econômico. TAXA PURA OU LIVRE DE RISCO: É AQUELA QUE PRECIFICA OS ATIVOS DO GOVERNO NO MERCADO, CONSTITUÍNDO-SE NA TAXA DE JUROS BASE DO SISTEMA ECONÔMICO. FALSO
  5. 5. • A Teoria das Expectativas propõe que as taxas de juros de longo prazo sejam a média geométrica das taxas de curto prazo correntes e previstas para o horizonte de maturação de um ativo de longo prazo. Teoria das Expectativas: propõe que as taxas de juros de longo prazo sejam a média geométrica das taxas de curto prazo correntes e previstas para o horizonte de maturação de um ativo de longo prazo. VERDADEIRO • A Teoria da Preferência pela Liquidez admite que os rendimentos de longo prazo sejam inferiores aos de curto prazo, pela incorporação de uma remuneração adicional pelo risco assumido. Teoria da Preferência pela Liquidez: admite que os rendimentos de longo prazo sejam superiores aos de curto prazo, pela incorporação de uma remuneração adicional pelo risco assumido. FALSO • Intermediação Financeira é a atividade que tem por finalidade viabilizar o atendimento das necessidades financeiras de curto, médio e longo prazo, manifestados pelos agentes econômicos carentes de recursos, aplicando ao mesmo tempo o excedente monetário de agentes superavitários, com mínimo de risco. • São os caminhos para associar a poupança ao investimento: 1- Autofinanciamento: Empresas geram internamente seus próprios recursos; 2- Financiamentos Governamentais; 3- Mercados Financeiros. • Ativos financeiros são títulos emitidos pelos agentes superavitários que representam uma forma de manter a riqueza de seus possuidores e um compromisso por parte dos que dispõe de recursos. • Ativos financeiros podem ser títulos de renda fixa, títulos patrimoniais ou derivativos. • São Características dos Ativos Financeiros: Liquidez, divisibilidade e prazo. • O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é um conjunto de instituições financeiras e instrumentos financeiros que visam transferir recursos dos agentes econômicos (pessoas, empresas, governo) deficitários para os superavitários. Estrutura do SFN: Conjunto de instituições financeiras e instrumentos financeiros que visam transferir recursos dos agentes econômicos (pessoas, empresas, governo) superavitários para os deficitários. FALSO • O Conselho Monetário Nacional (CMN) é responsável pela formulação de toda a política de comércio exterior, objetivando atender aos interesses econômicos e sociais do país. CMN - FINALIDADE PRINCIPAL: formulação de toda a política de moeda e do crédito, objetivando atender aos interesses econômicos e sociais do país.
  6. 6. FALSO • O Banco Central com sua rede de agências atua no varejo controlando o crédito e a moeda nacional. • São atribuições da CVM: Incentivar a poupança no mercado acionário; Estimular o funcionamento das bolsas de valores e das instituições operadoras do mercado acionário; Assegurar a lisura nas operações de compra/venda de valores mobiliários; Promover a expansão dos negócios do mercado acionário; Proteger os investidores do mercado acionário. Funções Básicas da CVM: Incentivar a poupança no mercado acionário; Estimular o funcionamento das bolsas de valores e das instituições operadoras do mercado acionário; Assegurar a lisura nas operações de compra/venda de valores mobiliários; Promover a expansão dos negócios do mercado acionário; Proteger aos investidores do mercado acionário. VERDADEIRO • Sociedade Anônima de capital misto, controlada pela União. Até 1986 foi considerada uma autoridade monetária, atuando na emissão de moeda. O privilégio foi revogado por decisão do CMN. Agente financeiro do Governo Federal: na execução de sua política creditícia e financeira sob a supervisão do CMN. Banco Comercial: pode exercer atividades próprias dessas instituições. Banco de Investimento e Desenvolvimento: financia atividades rurais, industriais, comerciais e de serviços, além de fomentar a economia de diferentes regiões. Essas são atribuições que caracterizam o BNDES. Banco do Brasil: Sociedade Anônima de capital misto, controlada pela União. Até 1986 foi considerada uma autoridade monetária, atuando na emissão de moeda. O privilégio foi revogado por decisão do CMN. Agente financeiro do Governo Federal: na execução de sua política creditícia e financeira sob a supervisão do CMN. Banco Comercial: pode exercer atividades próprias dessas instituições. Banco de Investimento e Desenvolvimento: financia atividades rurais, industriais, comerciais e de serviços, além de fomentar a economia de diferentes regiões. FALSO • O objetivo do BNDES reequipar e fomentar empresas de interesse ao desenvolvimento do país. BNDES - Objetivo: reequipar e fomentar empresas de interesse ao desenvolvimento do país. VERDADEIRO • As caixas econômicas são instituições financeiras públicas, autônomas e que apresentam um claro objetivo social. A CEF executa atividades características dos bancos comerciais e múltiplos. A CEF é o principal agente do SFH, atuando no financiamento da casa própria. As caixas econômicas são instituições financeiras públicas, autônomas e que apresentam um claro objetivo social; A CEF executa atividades características dos bancos comerciais e múltiplos; A CEF é o principal agente do SFH, atuando no financiamento da casa própria. VERDADEIRO • São constituídos em forma de S.A.; Executam operações de crédito de curto prazo; Têm capacidade de criar moeda; Possuem a tendência à concentração via fusões; Executam a
  7. 7. prestação de serviços, pagamento de cheques, cobranças, transferências, ordens de pagamentos, aluguel de cofres, custódia de valores, operações de câmbio. Essas são características dos bancos de investimento. Bancos Comerciais: • Constituídas em forma de S.A. • Executam operações de crédito de curto prazo • Capacidade de criar moeda • Tendência a concentração via fusões • Prestação de serviços, pagamento de cheques, cobranças, transferências, ordens de pagamentos, aluguel de cofres, custódia de valores, operações de câmbio FALSO • Bancos Múltiplos: formados com base nas atividades (carteiras) de quatro instituições: banco comercial, banco de investimento e desenvolvimento, sociedade de crédito, financiamento e investimento e sociedade de crédito imobiliário. Bancos Múltiplos: formados com base nas atividades (carteiras) de quatro instituições: banco comercial, banco de investimento e desenvolvimento, sociedade de crédito, financiamento e investimento e sociedade de crédito imobiliário. VERDADEIRO • Uma das principais características das Instituições Financeiras não Bancárias é sua capacidade de criar moeda. Instituições Financeiras não Bancárias Não têm capacidade de criação de moeda. FALSO • Certificados de Depósitos Bancários (CDB): é uma obrigação de pagamento futura de um capital aplicado em depósito a prazo fixo em Instituições Financeiras. Recibos de Depósitos Bancários (RDB): similar ao anterior, transferíveis, obrigatoriamente nominativos. • Certificados de Depósitos Bancários (CDB): é uma obrigação de pagamento futura de um capital aplicado em depósito a prazo fixo em IF. Transferível. • Recibos de Depósitos Bancários (RDB): similar ao anterior, intransferível, obrigatoriamente nominativos. FALSO • Certificados de Depósitos Interfinanceiros (CDI): títulos emitidos pelas instituições que participam do mercado financeiro. As taxas negociadas não sofrem normalmente intervenções oficiais diretas, refletindo as expectativas do mercado com relação ao comportamento das taxas de juros da economia. A taxa CDI pode ser entendida como taxa básica do mercado financeiro que influencia a formação das demais taxas de juros. • Certificados de Depósitos Interfinanceiros (CDI): títulos emitidos pelas instituições que participam do mercado financeiro. • As taxas negociadas não sofrem normalmente intervenções oficiais diretas, refletindo as expectativas do mercado com relação ao comportamento das taxas de juros da economia. • A taxa CDI pode ser entendida como taxa básica do mercado financeiro que influencia a formação das demais taxas de juros.
  8. 8. VERDADEIRO

×