PRÁTICAS DE GESTÃO EMPRESARIAL
NO MINDELO E NA PRAIA
JOSÉ MANUEL OLIVEIRA DA FONSECA
30 Abril 2008
A RESPONSABILIDADE SOCI...
A RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS
EMPRESAS EM CABO VERDE
 INTRODUÇÃO
 O ESTADO DA ARTE:
- SINTESE DAS ABORDAGENS TEÓRICAS
- ...
INTRODUÇÃOINTRODUÇÃO
Pertinência/Justificativa:
 Escassez de Estudos Análogos sobre a RSE em
Cabo Verde
 Amenizar a Carê...
Questão Norteadora da abordagem:
 Como se Apresenta a Responsabilidade Social
das Empresas em Cabo Verde na Perspectiva
d...
Hipóteses:
 H1 – As Práticas de Responsabilidade Social
desenvolvidas pelas Empresas em Cabo Verde têm
um Carácter Pontua...
REVISÃOREVISÃO DEDE LITERATURALITERATURA
“Deverão as empresas preocupar-se em ‘fazer o
bem junto da Comunidade’? Ou deverã...
 Argumentos a Favor a RSE:
- Aspecto Ético-Moral
- Aspecto Instrumental
 Argumentos Contra a RSE:
- Função Institucional...
Conceitos Transversais ao Tema:
 A Eficácia Organizacional
 A Imagem e Reputação Institucionais
 A Legitimidade Social
...
MODELO DE ANÁLISEMODELO DE ANÁLISE
(Santos e Colaboradores, 2006)
9
Estratégia
de Negócio
Atitude
Perante a RS
Stakeholder...
CONCEITO DIMENSÕES SUB-DIMENSÕES
ESTRATÉGIA DE
NEGÓCIO
CUSTO Actividades de Baixo Custo
FOCALIZAÇÃO
Actividades Centradas ...
CONCEITO DIMENSÕES SUB-DIMENSÕES
STAKEHOLDERS INFLUÊNCIA
INTENSIDADE DA
RELAÇÃO
TIPOLOGIA DAS
ACTIVIDADES
Quadro 2
Conceit...
METODOLOGIAMETODOLOGIA
 Enfoque Quantitativo
- INQUÉRITO por Questionário:
. Escala tipo Likert / 36 Items
. Pré-testes
....
Constituição da Amostra:
 Amostra Não Probabilística / Controlada:
- Critério da Notoriedade Social
31 Empresas:
Distribu...
ANÁLISE RESULTADOSANÁLISE RESULTADOS
Quadro 5
Posicionamento das Empresas nas Estratégias de RS
14
DIMENSÕES
ESTRATÉGIAS D...
Quadro 5 (Cont.) Fonte: Inquérito RSE CV, 2007.
15
DIMENSÕES
ESTRATÉGIAS DE
RESPONSABILIDADE SOCIAL %
MOTIVAÇÕES
ESTRATÉGI...
RESPONSABILIDADE SOCIAL EM CABO VERDE
PRÁTICAS
RESPONSABILIDADE
SOCIAL MAIS
DESENVOLVIDAS
-D. SOCIAL EXTERNA (38,7%)
-D. S...
Verificação das Hipóteses / Considerações Finais:
 H1 - As empresas em Cabo Verde apresentam
evidências empíricas de que ...
18
 H2 - Há uma relação directa entre as empresas de
maior dimensão em Cabo Verde e a
implementação de PRS.
- Maior Dispo...
Recomendações:Recomendações:
• Instrumento Ético e Normativo Fiscalização
• Articulação entre as Iniciativas Voluntárias e...
20
MUITO OBRIGADO PELAVOSSA ATENÇÃO!
FIM
“A RSE é uma Oportunidade de Sucesso Empresarial,é
o ‘ar fresco’ ao desgaste do c...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A responsabilidade social das empresas em cabo verde práticas de gestão empresarial no Mindelo e na Praia 2008

510 visualizações

Publicada em

KEYWORDS: Corporate Social Responsibilities; Effective Management; Image/Reputation; Competitive Advantage; Social Legitimacy.

However more frequently it has been shown, by theoretical and practices approaches, that the integration of Social Responsibilities Practices (SRP) in life matrix of corporations allows them to define their foothold in the market through differentiation, positive image/reputation, competitive advantage, social integration and legitimacy and effective management. The primary goal of this study is to identify (by means of inquiries) and analyze - quantitatively (inquiry and description) and qualitatively (interpretative analysis and associations) - the SRP on a sample of 31 enterprises in Cape Verde, through their managers descriptions. It is a micro sociological study by means of the hypothetic-deductive method approach of the phenomenon of Corporate Social Responsibilities (CSR) in Cape Verde (Sampieri et al., 2006, p. 8-9). The search data allow us to verify that in the most of the interviewed enterprises (33%) the SRP have a regular character but not integrate on the business strategy; Bigger companies show larger frequencies on the SRP. So, the companies in Cape Verde are not being effectives, because they don’t use the CSR like a practice of management business and as a strategic recourse to aggregate increase value.

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A responsabilidade social das empresas em cabo verde práticas de gestão empresarial no Mindelo e na Praia 2008

  1. 1. PRÁTICAS DE GESTÃO EMPRESARIAL NO MINDELO E NA PRAIA JOSÉ MANUEL OLIVEIRA DA FONSECA 30 Abril 2008 A RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS EM CABO VERDE Departamento de Ciências de Comunicação, Artes e Tecnologias de Informação Mestrado em Comunicação nas Organizações 1
  2. 2. A RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS EM CABO VERDE  INTRODUÇÃO  O ESTADO DA ARTE: - SINTESE DAS ABORDAGENS TEÓRICAS - MODELO DE ANÁLISE  METODOLOGIA  RESULTADOS 2
  3. 3. INTRODUÇÃOINTRODUÇÃO Pertinência/Justificativa:  Escassez de Estudos Análogos sobre a RSE em Cabo Verde  Amenizar a Carência de Pesquisas sobre a RSE  Dar a Conhecer a Importância desta Temática para o Desenvolvimento Empresarial e Social em Cabo Verde 3
  4. 4. Questão Norteadora da abordagem:  Como se Apresenta a Responsabilidade Social das Empresas em Cabo Verde na Perspectiva dos Centros de Decisão das Empresas? Objectivos/Questões Subjacentes: Que Práticas e em que Dimensões da RS (Económica, Social Interna/Externa, e Ambiental)? Que Sistematização? Que Frequências? Que Estratégias de Responsabilidade Social? Que Motivações/Benefícios/Obstáculos/Apoios? 4
  5. 5. Hipóteses:  H1 – As Práticas de Responsabilidade Social desenvolvidas pelas Empresas em Cabo Verde têm um Carácter Pontual, Não Sistematizadas / Integradas na Gestão da Estratégia dos Negócios da Empresa.  H2 – Devido ao seu Maior Poder Económico parte-se do pressuposto que as Grandes Empresas em Cabo Verde apresentam Maiores Frequências na Implementação e Desenvolvimento de Práticas de Responsabilidade Social. 5
  6. 6. REVISÃOREVISÃO DEDE LITERATURALITERATURA “Deverão as empresas preocupar-se em ‘fazer o bem junto da Comunidade’? Ou deverão focalizar-se no alcance de Objectivos Económicos, bastando que cumpram a Lei?” (Rego et al., 2006) “A Filantropia será Ética se a empresa obtiver Benefícios (…)? Mas será Éticamente Inapropriada se a empresa não os alcançar”? (Rego et al., 2006) 6
  7. 7.  Argumentos a Favor a RSE: - Aspecto Ético-Moral - Aspecto Instrumental  Argumentos Contra a RSE: - Função Institucional das Organizações - Direitos da Propriedade vs Legitimidade do Gestor - Maximização dos Lucros (Milton Friedman, 1970) 7
  8. 8. Conceitos Transversais ao Tema:  A Eficácia Organizacional  A Imagem e Reputação Institucionais  A Legitimidade Social  A Ética Empresarial  Os Investimentos de Carácter Social: Mecenato, Marketing de Causas, Patrocínios  Reporting do Balanço Social 8
  9. 9. MODELO DE ANÁLISEMODELO DE ANÁLISE (Santos e Colaboradores, 2006) 9 Estratégia de Negócio Atitude Perante a RS Stakeholders Práticas de RS PME Figure 1 Modelo Conceptual de RSE Fonte: Santos et al., 2006.
  10. 10. CONCEITO DIMENSÕES SUB-DIMENSÕES ESTRATÉGIA DE NEGÓCIO CUSTO Actividades de Baixo Custo FOCALIZAÇÃO Actividades Centradas em Produtos/Serviços e/ou Mercados DIFERENCIAÇÃO Desenvolvimento de Produtos/Serviços deValor Acrescentado (p.e., Marca e Imagem) INOVAÇÃO Introdução de Novos Produtos/Serviços; Modernização Processo Produtivo Quadro 1 Conceito de Estratégia de Negócio 10 Fonte: Santos et al., 2006.
  11. 11. CONCEITO DIMENSÕES SUB-DIMENSÕES STAKEHOLDERS INFLUÊNCIA INTENSIDADE DA RELAÇÃO TIPOLOGIA DAS ACTIVIDADES Quadro 2 Conceito de Stakeholders CONCEITO DIMENSÕES SUB-DIMENSÕES ATITUDE PERANTE A RESPONSABILIDADE SOCIAL DAS EMPRESAS FACTORES CRÍTICOS MOTIVAÇÕES BENEFÍCIOS OBSTÁCULOS TIPOS DE APOIOS PERIODICIDADE DAS PRÁTICAS Quadro 3 Conceito: Atitude perante a RSE 11 Fonte: Santos et al., 2006. Fonte: Santos et al., 2006.
  12. 12. METODOLOGIAMETODOLOGIA  Enfoque Quantitativo - INQUÉRITO por Questionário: . Escala tipo Likert / 36 Items . Pré-testes . Pedido de Consentimento Informado (Maio/Junho 2007) . Administração Directa e Presencial . SPSS: Análise Frequências / Associações Percentuais  Enfoque Qualitativo (Informal) - ENTREVISTAS Abertas Informais 12
  13. 13. Constituição da Amostra:  Amostra Não Probabilística / Controlada: - Critério da Notoriedade Social 31 Empresas: Distribuição das Empresas por Número de Pessoas ao Serviço 2 6,5 9 29,0 20 64,5 31 100,0 Pequena Empresa Média Empresa Grande Empresa Total Frequencias % Número de Colaboradores Fonte: Inquérito RSE em CV, 2007 13
  14. 14. ANÁLISE RESULTADOSANÁLISE RESULTADOS Quadro 5 Posicionamento das Empresas nas Estratégias de RS 14 DIMENSÕES ESTRATÉGIAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL % ESTRATÉGIA DE NEGÓCIO ESTRATÉGIA DE PREVENÇÃO: DIFERENCIAÇÃO 33 PERIODICIDADE DAS PRÁTICAS ESTRATÉGIA DE REACÇÃO: REGULARES, NÃO INTEGRADAS NA ESTRATÉGIA DE NEGÓCIOS 33 RELAÇÃO COM OS STAKEHOLDERS ESTRATÉGIA DE REACÇÃO: TRABALHADORES, CLIENTES E FORNECEDORES ESTRATÉGIA DE OBRIGAÇÃO: SÓCIOS E ENTIDADES PÚBLICAS 22 14 18
  15. 15. Quadro 5 (Cont.) Fonte: Inquérito RSE CV, 2007. 15 DIMENSÕES ESTRATÉGIAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL % MOTIVAÇÕES ESTRATÉGIA DE PREVENÇÃO: RESPONSABILIDADE SOCIAL E CÍVICA ; MELHORAR IMAGEM INSTITUCIONAL 73 BENEFÍCIOS ESTRATÉGIA DE PREVENÇÃO: COMUNICAÇÃO: REFORÇO REPUTAÇÃO/IMAGEM INSTITUCIONAL 78 OBSTÁCULOS ESTRATÉGIA DE OBRIGAÇÃO: FINANCEIROS / FALTA DE APOIOS DOS PODERES PÚBLICOS ESTRATÉGIA DE PREVENÇÃO: INFORMAÇÃO/CONHECIMENTO 33 32 TIPOS DE APOIO ESTRATÉGIAS DE REACÇÃO / OBRIGAÇÃO / PREVENÇÃO: INFORMAÇÃO / CONHECIMENTO / FINANCEIROS 36 30 28
  16. 16. RESPONSABILIDADE SOCIAL EM CABO VERDE PRÁTICAS RESPONSABILIDADE SOCIAL MAIS DESENVOLVIDAS -D. SOCIAL EXTERNA (38,7%) -D. SOCIAL INTERNA (37,4%) -D. ECONÓMICA (34,4%) -D.AMBIENTAL (11,8%) ÁREAS DE RS CONSIDERADAS MAIS IMPORTANTES -DESENVOLVIMENTO COMUNIDADE (47%) -DESENVOLVIMENTO COLABORADORES (23%) Quadro 6 16 Fonte: Inquérito RSE em CV, 2007.
  17. 17. Verificação das Hipóteses / Considerações Finais:  H1 - As empresas em Cabo Verde apresentam evidências empíricas de que as suas PRS são regulares, e não integradas na sua estratégia de gestão de negócios. - Eficácia Organizacional - Legitimidade Social Fraca Concorrência Sector - Excedente Recursos Humanos: Não Garantia Salário Mínimo/Fiscalização - Pouca Diversidade de Ofertas - Clientes: Critérios de RS Falta de Consciência Social Fraco Poder Reivindicativo 17
  18. 18. 18  H2 - Há uma relação directa entre as empresas de maior dimensão em Cabo Verde e a implementação de PRS. - Maior Disponibilidade Económica / Poder Mediático - Custo Adicional vs Investimento Estratégico - Limitação Orçamental - Visão Pouco Abrangente de RS: Informação/Sensibilização
  19. 19. Recomendações:Recomendações: • Instrumento Ético e Normativo Fiscalização • Articulação entre as Iniciativas Voluntárias e os Quadros Legais • Maior Responsabilização e Penalização das Empresas pela sua Conduta • Sistemáticas e Consistentes Pressões Sociais 19
  20. 20. 20 MUITO OBRIGADO PELAVOSSA ATENÇÃO! FIM “A RSE é uma Oportunidade de Sucesso Empresarial,é o ‘ar fresco’ ao desgaste do capital humano e do capital ambiental ao longo do tempo. É a oportunidade actual de Inovação e Diferenciação de que a empresa pode servir-se para assegurar a sua Perenidade,Eficácia e Competitividade no tempo.” (Rego et al., 2006)

×