Fim do estado novo e governo dutra editado

3.457 visualizações

Publicada em

Crise do Estado Novo e Governo de Dutra.
O arquivo é uma edição resumida (sem recursos audiovisuais) do utilizado em sala de aula.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.457
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fim do estado novo e governo dutra editado

  1. 1. História • Capítulo 1 – O Governo Dutra o Populismo o A agonia do Estado Novo o Eleições o Governo Dutra Prof. Flávio Ferreira
  2. 2. POPULISMO • Fenômeno visto em sociedades em transição TRADICIONAL > MODERNO • Forma de fazer política > Apoio das massas; • Baseado na pessoa > "o salvador" (matriz teológica). • Relação direta GOVERNANTE e GOVERNADO (ultrapassa as instituições) Prof. Flávio Ferreira Vargas, Juan D Perón, Lázaro Cardenas
  3. 3. Brasil – contexto interno Acreditavam no projeto de desenvolvimento autônomo do país e criticavam entrada de capital internacional. Não Acreditavam no projeto de desenvolvimento autônomo do país e defendiam a entrada de capital estrangeiro. Prof. Flávio Ferreira Nacionalistas x Entreguistas (internacionalistas)
  4. 4. - 2ª Guerra: o Brasil > ao lado dos Aliados - Contra o totalitarismo > democracia; Contradição: Brasil era uma ditadura; - Pressões internas: militares, empresários, comunistas, UNE, OAB... - Pressão externa: EUA (acordos econômicos com o Brasil). AGONIA DO ESTADO NOVO Prof. Flávio Ferreira
  5. 5. - Organização dos partidos: - UDN > União Democrática Nacional(liberais oposicionistas a Vargas); - PSD > Partido Social Democrático (Vargas e oligarquias regionais, industriais e banqueiros beneficiados pelo seu nacionalismo); - PTB > Partido Trabalhista Brasileiro (Vargas –domínio sobre as massas a partir do trabalhismo); - PCB > Partido Comunista Brasileiro (o partido foi reaberto e comunistas tradicionais foram anistiados); AGONIA DO ESTADO NOVO Prof. Flávio Ferreira
  6. 6. AGONIA DO ESTADO NOVO - Queremismo “Constituinte com Getúlio” “Queremos Getúlio” Prof. Flávio Ferreira
  7. 7. Queremismo Prof. Flávio Ferreira
  8. 8. Isto é o que nós queremos • Autor: Ataulfo Alves Intérprete: Ataulfo Alves e suas pastoras Gênero: Samba Gravadora: Victor “Nós queremos nossa liberdade Liberdade de pensar e falar Nós queremos escolas pros filhos E mais casas pro povo morar Nós queremos leite, carne e pão Nós queremos açúcar sem cartão Nós queremos viver sem opressão Nós queremos progresso da Nação” Prof. Flávio Ferreira
  9. 9. Queremismo – a última cartada UDN, militares – contrários ao movimento. *Vargas: -Decreto antitruste (combate aos cartéis > prejuízo para as empresas estrangeiras); -Nomeou novo chefe da polícia do DF (Benjamin Vargas); Militares > sitiam o palácio Guanabara e Vargas renuncia (documentos sonoros 22 min) Prof. Flávio Ferreira
  10. 10. O cordão dos puxa-sacos “Iaiá me deixa Subir essa ladeira Eu sou do bloco Mas não pego na chaleira Lá vem o cordão dos puxa-sacos Dando “vivas” aos seus maiorais Quem está na frente é passado pra trás E o cordão dos puxa-sacos cada vez aumenta mais Vossa Excelência, Vossa Eminência Quanta reverência nos cordões eleitorais Mas se o doutor cai do galho e vai ao chão A turma toda evolui de opinião E o cordão dos puxa-sacos cada vez aumenta mais” Prof. Flávio Ferreira
  11. 11. Eleições • UDN – Brigadeiro Eduardo Gomes; • PSD (aliança com PTB) – General Eurico Gaspar Dutra; • PCB – Yedo Fiuza; Prof. Flávio Ferreira
  12. 12. "Dom Pedro I gritou, No Ipiranga, a nossa liberdade O povo em torno clamou Salve, salve, vossa majestade Agora outro grito ecoou Sacudindo o Brasil inteiro O povo da rua gritou: oba, Salve, salve o Brigadeiro Oooooô, oooooô, O povo está alegre Porque o Brigadeiro chegou Oooooô, Oooooô, Gritando Brigadeiro Nossa tristeza acabou” Prof. Flávio Ferreira Brigadeiro Eduardo Gomes Campanha eleitoral
  13. 13. Marmiteiro, marmiteiro todo mundo grita, Marmiteiro, marmiteiro todo mundo grita... Prof. Flávio Ferreira Gaspar Dutra Campanha eleitoral
  14. 14. • Dutra, ex-ministro da Guerra de Getúlio, foi eleito pelo PSD, em aliança com o PTB, com 55% dos votos válidos. General Eurico Gaspar Dutra (1945-50) (Vice-presidente: Nereu Ramos) Prof. Flávio Ferreira Eleições
  15. 15. E Vargas? • Apoiou Dutra e garantiu sua vitória; • Eleito deputado e senador em vários estados; • Assumiu como Senador pelo RS; Prof. Flávio Ferreira
  16. 16. GOVERNOS POPULISTAS DEMOCRÁTICOS (1945-1964) • Eurico Gaspar Dutra • Getúlio Vargas > Café Filho • Juscelino Kubitschek • Jânio Quadros > João Goulart (Jango) Prof. Flávio Ferreira
  17. 17. O GOVERNO DUTRA (1946-1950) Prof. Flávio Ferreira
  18. 18. Prof. Flávio Ferreira
  19. 19. CONSTITUIÇÃO DE 1946 - Liberal, democrática, mas com dispositivos autoritários. Prof. Flávio Ferreira
  20. 20. CONSTITUIÇÃO DE 1946 • Organização do Estado • República • Federativa • Presidencialista • Separação dos poderes; Prof. Flávio Ferreira
  21. 21. CONSTITUIÇÃO DE 1946 • Direitos políticos • Voto: obrigatório; homens e mulheres; maiores de 18 anos; • Eleições diretas para todos os cargos eletivos; • Voto secreto; • Restrição de voto para analfabetos; • Pluripartidarismo. Prof. Flávio Ferreira
  22. 22. CONSTITUIÇÃO DE 1946 • Ordem social e econômica • Critérios de uso dos recursos minerais e energéticos; • 3% do orçamento anual destinado à programas de desenvolvimento da Amazônia e do Nordeste. Prof. Flávio Ferreira
  23. 23. Constituinte de 1946 Prof. Flávio Ferreira
  24. 24. CONSTITUIÇÃO DE 1946 • Direitos trabalhistas • semelhantes a constituição de 1934; • Imposto sindical; • Direito de greve (limitação aos serviços não essenciais); Prof. Flávio Ferreira
  25. 25. CONSTITUIÇÃO DE 1946 • Direitos sociais • Igualdade de todos perante a lei; • Prisão só em flagrante delito ou por ordem escrita de autoridade competente; • Garantia ampla de defesa; • Extinção da pena de morte; • Liberdade de manifestação (censura só em espaços públicos); • Inviolabilidade domiciliar e de correspondência; Prof. Flávio Ferreira
  26. 26. CONSTITUIÇÃO DE 1946 • Direitos sociais • Liberdade de consciência, de crença e de exercício de cultos religiosos; • Liberdade de associação para fins lícitos; • Proibido o divórcio; • Poder do Estado para dissolver e intervir em agremiações, partidos considerados antidemocráticos; Prof. Flávio Ferreira
  27. 27. CONTEXTO EXTERNO - Guerra Fria EUA X URSS - Guerra da Coreia (1950-1953); - 1957 – Sputnik I e II; - 1961 – Yuri Gagarin (primeiro homem no espaço); - 1962 – Crise dos mísseis; - 1964 - Vietnã - 1969 – Apolo 11 (homem chega à lua); 3 de novembro de 1957 a cadela Laika se Torna o primeiro ser vivo no espaço. Prof. Flávio Ferreira O GOVERNO DUTRA (1946-1950)
  28. 28. Dutra e Truman Prof. Flávio Ferreira Alinhamento junto aos Estados Unidos
  29. 29. O general norte-americano Eisenhower visita o presidente Dutra, no Rio de Janeiro (CPDOC) Alinhamento junto aos Estados Unidos Prof. Flávio Ferreira
  30. 30. Brasil – contexto interno Acreditavam no projeto de desenvolvimento autônomo do país e criticavam entrada de capital internacional. Não Acreditavam no projeto de desenvolvimento autônomo do país e defendiam a entrada de capital estrangeiro. Prof. Flávio Ferreira Nacionalistas x Entreguistas (internacionalistas) Lembre-se!
  31. 31. DUTRA, O “ENTREGUISTA”? • Alinhamento com os EUA; rompimento com a URSS e fechamento do PCB; • Intervenção em mais de 300 sindicatos → Movimento Unificado dos Trabalhadores (MUT) na ilegalidade. • Envio de tropas ao Canal de Suez em 1948 (apoio aos EUA). • 1950 - Guerra das Coreias - Dutra se compromete a ajudar os EUA. • Missão Abbink: Cooperação econômica Brasil e EUA → recomendou abertura do setor petrolífero às empresas estrangeiras. • Incentivos que favoreceram a instalação de grandes empresas estrangeiras; Prof. Flávio Ferreira
  32. 32. Truman visitou o Brasil em 1946 e Dutra retribuiu a visita em 1948. Prof. Flávio Ferreira
  33. 33. Apoio aos Estados Unidos no Contexto da Guerra Fria Prof. Flávio Ferreira
  34. 34. ECONOMIA Prof. Flávio Ferreira A POLÍTICA LIBERALISTA E INTERNACIONALISTA DE DUTRA
  35. 35. • Liberalismo econômico – facilidades para importações - Esgotamento de reservas financeiras; - Retração da indústria nacional; - Endividamento; - Arrocho salarial; - Inflação; - Descontentamento de trabalhadores; • 1947 – Intervencionismo estatal. Prof. Flávio Ferreira CRISE NA ECONOMIA
  36. 36. Charge ironizando os problemas do governo Dutra, a inflação e o combate ao Partido Comunista Brasileiro. Prof. Flávio Ferreira
  37. 37. Acontecimentos ocorridos no governo Dutra - Plano SALTE; - Criação da Escola Superior de Guerra voltada para a formação de oficiais militares; - Construção da rodovia ligando São Paulo ao Rio de Janeiro (atual rodovia Presidente Dutra). - Construção da rodovia ligando a Bahia ao Rio de Janeiro; - Instalação da Companhia Hidrelétrica do São Francisco; - Criação do Estatuto do Petróleo (voltado para a criação de refinarias e aquisição de navios petroleiros); - Proibição dos jogos de azar (30/04/1946). Prof. Flávio Ferreira
  38. 38. PLANO SALTE SAÚDE ALIMENTAÇÃO TRANSPORTE ENERGIA Com falta de recursos para investimentos, poucas ações do plano viraram realidade; SALTE Prof. Flávio Ferreira
  39. 39. Prof. Flávio Ferreira Caricaturas satirizando o governo Dutra
  40. 40. Caricaturas satirizando o governo Dutra Prof. Flávio Ferreira
  41. 41. • 1950 – criação da TV Tupi de São Paulo ; • A primeira emissora de TV do Brasil e da América latina. "Está no ar a televisão do Brasil" Prof. Flávio Ferreira CULTURA
  42. 42. Prof. Flávio Ferreira
  43. 43. Prof. Flávio Ferreira
  44. 44. Prof. Flávio Ferreira
  45. 45. Prof. Flávio Ferreira
  46. 46. Copa de 50 no Brasil • Construção do Maracanã; Prof. Flávio Ferreira
  47. 47. Copa de 50 no Brasil Final: Brasil X Uruguai Prof. Flávio Ferreira
  48. 48. Símbolos de uma época: o fracasso do Governo Dutra e a derrota do Brasil na final da Copa do Mundo de 1950, no Maracanã completamente lotado. BRASIL 1 x 2 URUGUAI Copa de 50 no Brasil Prof. Flávio Ferreira
  49. 49. Prof. Flávio Ferreira
  50. 50. Prof. Flávio Ferreira

×