Carácter Químico das Substâncias

17.316 visualizações

Publicada em

Carácter Químico das Substâncias.

Publicada em: Educação
2 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carácter Químico das Substâncias

  1. 1. Ácidos e Bases<br />8º Ano<br />Professora<br /> Paula Neves<br />
  2. 2. Carácter químico das substâncias<br /> Lucrécio (98-55 a.C.), poeta romano, escreveu a dada altura: <br />"... os corpos agradáveis aos sentidos são formados por elementos macios e redondos e (...), pelo contrário, todas as substâncias amargas e ásperas ao gosto resultam de um conjunto de elementos cobertos de ganchos e de dentes, que dilaceram as vias que conduzem aos nossos sentidos e maltratam os órgãos de que forçam a passagem". <br />Em latim "ácido" significa "amargo", por isso todas as substâncias com sabor amargo foram chamadas ácidos.<br />Na pele, o sabão e a lixívia dão uma sensação "escorregadia"; estas substâncias, são conhecidas por bases. <br />As bases têm um comportamento químico oposto ao das substânciasácidas.<br />Ácidos e Bases<br />
  3. 3. Normalmente as substâncias manifestam o seu comportamento ácido ou básico quando dissolvidas em água. <br />Quando uma solução não é ácida nem básica (ou alcalina) diz-se neutra.<br />
  4. 4. Normalmente as substâncias manifestam o seu comportamento ácido ou básico quando dissolvidas em água. <br />Quando uma solução não é ácida nem básica (ou alcalina) diz-se neutra.<br />Ácidos e Bases<br />Paula Neves <br />2010/2011<br />
  5. 5. Normalmente as substâncias manifestam o seu comportamento ácido ou básico quando dissolvidas em água. <br />Quando uma solução não é ácida nem básica (ou alcalina) diz-se neutra.<br />Ácidos e Bases<br />Paula Neves <br />2010/2011<br />
  6. 6. Indicadores<br />É perigoso investigar a acidez ou basicidade de uma solução pelo sabor ou pelo contacto com a pele, pois a maioria delas são cáusticas. <br />Para determinar o carácter químico das soluções existem os indicadores.<br />Em Química, os indicadores mais usados são:<br />solução alcoólica de fenolftaleína;<br />tintura azul de tornesol;<br />indicador universal.<br />Os indicadores são substâncias que tomam colorações diferentes, conforme o carácter químico das soluções a que se adicionam.<br />Ácidos e Bases<br />
  7. 7. Algumas plantas são indicadores naturais, como por exemplo, as hortênsias. <br />As que crescem em solos ácidos são azuis e as que crescem em solos alcalinos são rosa.<br />O sumo da couve roxa apresenta uma cor rosa/vermelho num ácido forte e azul/verde numa base forte.<br />Ácidos e Bases<br />Indicadores de uso corrente<br /> no laboratório<br />
  8. 8. Algumas plantas são indicadores naturais, como por exemplo, as hortênsias. <br />As que crescem em solos ácidos são azuis e as que crescem em solos alcalinos são rosa.<br />O sumo da couve roxa apresenta uma cor rosa/vermelho num ácido forte e azul/verde numa base forte.<br />Ácidos e Bases<br />Indicadores de uso corrente<br /> no laboratório<br />
  9. 9. Como identificar se uma solução é ácida, básica ou neutra?<br />A solução alcoólica de fenolftaleína fica carmim com as soluções básicas e permanece incolor com as soluções ácidas e neutras <br />Para testar o carácter químico das soluções utilizamos indicadores<br />A tintura de tornesol adquire cor vermelha nas soluções ácidas, cor azul nas soluções básicas e cor roxa nas soluções neutras<br />incolor<br />Ácidos e Bases<br />azul<br />incolor<br />vermelho<br />incolor<br />roxo<br />carmim<br />azul<br />
  10. 10. Ácido é uma substância que, em solução aquosa, avermelha a tintura de tornesol e deixa incolor a solução alcoólica de fenolftaleína.<br />Base é uma substância que, em solução aquosa, torna carmim a solução alcoólica de fenolftaleína e azul a tintura de tornesol.<br />Solução ácida<br />Solução neutra<br />Solução alcalina<br />
  11. 11. Escala de pH<br />Como saber de duas soluções ácidas qual a mais ácida ou de duas soluções alcalinas qual a mais alcalina?<br />Os químicos utilizam uma escala numérica, com valores compreendidos entre 0 e 14 - chamada escala de pH <br />(p minúsculo e H maiúsculo).<br />t = 25º<br />pH=7 é neutra<br />Esta escala foi introduzida por S. P. L. Sorensen (1868-1939) para poder quantificar o grau de acidez e de basicidade.<br />pH<7 é ácida<br />pH>7 <br />é básica<br />Ácidos e Bases<br />Básica<br />Ácida<br />
  12. 12. Exercício<br />Os valores de pH para duas soluções A e B são 5 e 9, respectivamente.<br />Indica:<br /> A solução básica.<br />b) A solução ácida.<br />Dados<br />pH (solução A) = 5<br />pH (solução B) = 9<br />Resposta<br />A solução básica é B<br />b) A solução ácida é A. <br />
  13. 13. Importância do pH no dia-a-dia<br />lago saudável <br />5 < pH < 9<br />pH >10 <br />morrem<br />pH < 5<br />lago acidificado <br />
  14. 14. Para medir o pH de soluções usa-se, em geral, o indicador universal(em papel ou em solução).<br />Este indicador apresenta cores distintas para diferentes valores de pH.<br />A cada cor do papel indicador universal corresponde um número de l a 14 constituindo a chamada escala de pH (abreviatura de "poder do hidrogénio").<br />Ácidos e Bases<br />
  15. 15. Para medir com mais rigor o pH de soluções aquosas, usam-se aparelhos chamados medidores de pH. <br />Ácidos e Bases<br />
  16. 16. Grau de acidez de algumas soluções<br />Ácidos e Bases<br />
  17. 17. T.P.C.<br />-Resolução de exercícios propostos no manual (pág.97) <br />Consolidação de aprendizagens:<br />Exercícios de 10 a 17 (pág.160-161);<br />Preparação de indicador caseiro<br />Ácidos e Bases<br />
  18. 18. FIM<br />BOM TRABALHO!<br />Ácidos e Bases<br />Paula Neves <br />2010/2011<br />

×