ALTERAÇÃO NA PRODUÇÃO DE
HORMÓNIO DE CRESCIMENTO E
TIREÓIDE
• Discentes: Docente:
• Florentino Uatala Dr. Belo
• Luisa Fra...
• ALTERAÇÃO NA PRODUÇÃO DA HORMONA DE
CRESCIMENTO.
• A hormona de crescimento também chamada
de hormónio somatotrófico ou ...
• Quando as glándulas produzem um número
maior ou menor de hormónios, provocam um
mau funcionamento do orgánismo.
• No cas...
• 1. PAN-HIPOPITUITARISMO
• É uma doença caracterizada pela redução de
secreção de todos os hormónios da hipófise
anterior...
• 2. NANISMO
• É uma doença relacionada com o pan-
hipopituitarismo, ou seja, resulta na
deficiência de secreção dos hormó...
• Um individuo portador de nanismo não entra
na puberdade e nunca secreta quantidades
suficientes de hormónios gonadotrófi...
• A testa inclina-se para a frente devido ao
crescimento excessivo dos sulcos supra-
orbitários, o nariz chega a dobrar de...
• 4. GIGANTISMO
• Ocasionalmente, as células acidofílicas
produtoras de hormónio de crescimento da
hipófise se tornam exce...
• TRATAMENTO COM HORMÓNIOS DE
CRESCIMENTO HUMANO
• O hórmonio de crescimento humano pode ser
sintetizado pelas bactérias E...
• ALTERAÇÃO NA PRODUÇÃO DA HORMONA DA
TIREÓIDE
• A tireóide localisa-se abaixo da laringe e ocopa as
regiões lateral e ant...
• 1. HIPERTIREOIDISMO
• De uma forma geral, bócio tóxico,
tireotoxicose, a doença de graves,
apresentam-se como sendo as c...
• O hipertireoidismo e de serta forma, causado
por anticorpos que surgem do
desenvolvimento de auto-imunidade contra o
tec...
• SINTOMAS DE HIPERTIREOIDISMO
Os sintomas de hipertireoidismo são: um
estado de excitablidade, intoleráncia ao calor,
per...
• FISIOLOGIA DO TRATAMENTO DO
HIPERTIREOIDISMO
• O tramtamento mais directo para o
hipertireoidismo é a remoção cirúrgica ...
• 2. ADENOMA TIREOIDEANA
• O adenoma tireoideano é um caso particular
do hipertreoidismo que em alguns momentos
resulta de...
• 3.HEXOFTALMIA
• A maior parte das pessõas com hipertireoidismo
desenvolvem algum grão de protrusão dos glóbulos
oculares...
• 2.HIPOTIREOIDISMO
• Os efeitos do hipotireoidismo, são oposto ao
hipertireoidismo, mas alguns mecanismos
fisiológicos sã...
• MEXIDEMA
• O mexidema desenvolve-se no paciente com
ausência quase total da função de hormónio
tireoideano. Nesses casos...
• EXAMES DIAGNÓSTICOS NO
HIPOTIREOIDISMO
• Os exames já descritos para o diagnóstico do
hipertireoidismo apresentam recurs...
• OBRIGADO PELA ATENÇÃO DISPENÇADA.
DÚVIDAS?
DÚVIDAS????
Alteracao na producao de hormonio de crescimento e tireoide
Alteracao na producao de hormonio de crescimento e tireoide
Alteracao na producao de hormonio de crescimento e tireoide
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Alteracao na producao de hormonio de crescimento e tireoide

211 visualizações

Publicada em

A alteracao na producao da hormona de crescimento e tireoide, causa varios problemas ao nivel do organismo. No caso da hormona de crescimento esta pode impedir o desenvolvimento de todas as celulas, causando varias doencas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alteracao na producao de hormonio de crescimento e tireoide

  1. 1. ALTERAÇÃO NA PRODUÇÃO DE HORMÓNIO DE CRESCIMENTO E TIREÓIDE • Discentes: Docente: • Florentino Uatala Dr. Belo • Luisa Francisco
  2. 2. • ALTERAÇÃO NA PRODUÇÃO DA HORMONA DE CRESCIMENTO. • A hormona de crescimento também chamada de hormónio somatotrófico ou somatotrofina é uma pequena molécula de proteina que promove o crescimento de quase todos os tecidos do corpo que são capazes de crescer. • De uma forma geral, os hormónios são produzidos através de certos orgãos denominados glándulas.
  3. 3. • Quando as glándulas produzem um número maior ou menor de hormónios, provocam um mau funcionamento do orgánismo. • No caso do hormónio de crescimento este fenómeno denomina-se “alteração na produção de hormónio de crescimento”, e isto causa diversas anormalidades, tais como: • 1.Pan-Hipopituitarismo • 2.Nanismo • 3.Acromegalia • 4.Gigantismo
  4. 4. • 1. PAN-HIPOPITUITARISMO • É uma doença caracterizada pela redução de secreção de todos os hormónios da hipófise anterior. Esta baixa secreção pode ser congénita (presente ao nascimento), ou pode ocorrer subitamente em qualquer momento da vida, resultando em um tumor hipofisário que destroi a hipófise.
  5. 5. • 2. NANISMO • É uma doença relacionada com o pan- hipopituitarismo, ou seja, resulta na deficiência de secreção dos hormónios da hipófise anterior. Neste caso, a deficiência na secreção é mais acentuada e ocorre durante a infáncia. Uma criança com 10 anos de idade pode apresentar o desenvolvimento corporal de uma criança com 4 a 5 anos, e esta mesma pessoa aos 20 anos de idade pode apresentar o desenvolvimento corporal de uma criança com 7 a 10 anos.
  6. 6. • Um individuo portador de nanismo não entra na puberdade e nunca secreta quantidades suficientes de hormónios gonadotróficos para desenvolver as funções sexuais adulta. • ACROMEGALIA • E um tumor que ocorre depois da adolescéncia, nesta condição, o paciente não pode crescer, mas, os ossos se tornam mais espessos e as partes moles continuam a crescer. O aumento é acentuado nos ossos das mãos, dos pés e nos ossos membranosos, incluindo o crânio, o nariz, as bossas na testa, os sulcos supra-orbitários e a maxila inferior.
  7. 7. • A testa inclina-se para a frente devido ao crescimento excessivo dos sulcos supra- orbitários, o nariz chega a dobrar de tamanho, os pés aumentam e os sapatos chegam ao tamanho de 45m ou mais, os dedos apresentam um espaçamento extremo, de modo que as mãos atingem quase duas vezes o tamanho normal.
  8. 8. • 4. GIGANTISMO • Ocasionalmente, as células acidofílicas produtoras de hormónio de crescimento da hipófise se tornam excessivamente activas, ate que tumores acidofílicos ocorrem na glândula, como consequéncia são produzidas grandes quantidades de hormónios do crescimento. Todos os tecidos do corpo crescem rapidamente, inclusive os ossos. Se a condição ocorre antes da adolescéncia, antes que da fussão das epífises dos ossos longos ocorra, o tamanho aumenta de modo que a pessõa se torna um gigante com ate 2,43 m de altura.
  9. 9. • TRATAMENTO COM HORMÓNIOS DE CRESCIMENTO HUMANO • O hórmonio de crescimento humano pode ser sintetizado pelas bactérias ESCHERCHIA COLI, como resultado da aplicação bem sucedida da tecnologia do DNA. • O hormónio do crescimento humano pode provar ser benéfico em outros distúrbios metabólicos devido as suas âmplas funções metabólicas.
  10. 10. • ALTERAÇÃO NA PRODUÇÃO DA HORMONA DA TIREÓIDE • A tireóide localisa-se abaixo da laringe e ocopa as regiões lateral e anterior da traqueia. Esta glândula secreta dois hormónios principais, a TIROXINA e a TRIODOTIRONINA, habitualmente chamados de T4 e T3. • A alteração na produção da hormona da tireóide causa várias doenças, tais como: • 1.Hipertireoidismo • 2.Adenoma Tireoideano • 3.Exoftalmia • 4.Hipotireoidismo
  11. 11. • 1. HIPERTIREOIDISMO • De uma forma geral, bócio tóxico, tireotoxicose, a doença de graves, apresentam-se como sendo as causas do hipertireoidismo, Na maioria dos pacientes com hipertireoidismo, o tamanho da tireóide aumenta de duas a três vezes acima do normal. Estudos de captação de Iodo radioativo, indicam que algumas das glândulas hiperplásicas secretam hormónios tireoideano em taxa de 5 a 15 vezes mais que o normal.
  12. 12. • O hipertireoidismo e de serta forma, causado por anticorpos que surgem do desenvolvimento de auto-imunidade contra o tecido tireoideano. Nessas condições, presumi-se que, em algum momento da história clínica da pessõa, foi liberado um excesso de antígenos pelas células tireoideanas que resultou na formação de anticorpos contra a própria tireóide.
  13. 13. • SINTOMAS DE HIPERTIREOIDISMO Os sintomas de hipertireoidismo são: um estado de excitablidade, intoleráncia ao calor, perda de pesso ligeira, nervosismo, fadiga estrema acompanhada de insónia e tremor nas mãos. EXAMES DIAGNOSTICOS PARA O HIPERTIREOIDISMO O exame diagnostico mais precisso é a medição directa da concentração da tiroxina livre e as vezes a triodotironina no plasma, usando procedimentos de radioimunoensão apropriado.
  14. 14. • FISIOLOGIA DO TRATAMENTO DO HIPERTIREOIDISMO • O tramtamento mais directo para o hipertireoidismo é a remoção cirúrgica da maior parte da tireóide. • Outro mecanismo consiste no tratamento da tireóide. Neste caso são administrado ao paciente cinco milicuries de Iodo radioactivo, cuja condicão é reavaliada várias semanas depois. Se o paciente ainda apresentar hipertireoidismo, doses adicionais são administradas ate que o estado normal da tireóide seja atingida.
  15. 15. • 2. ADENOMA TIREOIDEANA • O adenoma tireoideano é um caso particular do hipertreoidismo que em alguns momentos resulta de um “tumor”, que se desenvolve no tecido tireoideano e secreta uma grande quantidade de hormónio tireoideano. Esta patologia é diferente da forma mais comum de hipertireoidismo, pois, não esta associado a evidencias de doenças auto-imune. • O hormónio tireoideano do adenoma suprime a produção de TSH pela hipófise.
  16. 16. • 3.HEXOFTALMIA • A maior parte das pessõas com hipertireoidismo desenvolvem algum grão de protrusão dos glóbulos oculares, conforme demostrado na figura abaixo. Esta condição é chamada de exoftalmia. • A hexoftalmia ocorre em cerca de um terço dos pacientes com hipertireoidismo e a condição as vezes se torna tão grave que a profusão do globo ocular provoca um estiramento do nervo óptico suficiente para causar danos a visão. Com mais frequência, os olhos são lesados porque as pálpebras não são fechadas completamente quando a pessõa pisca os olhos ou dorme. Como resultado, as superficies epiteliais dos olhos tornam-se ressecadas, irritadas e, frequentimente infectadas, resultando em ulceração da córnea. • A exoftalmia geralmente regride com o tratamento contra o hipertireoidismo.
  17. 17. • 2.HIPOTIREOIDISMO • Os efeitos do hipotireoidismo, são oposto ao hipertireoidismo, mas alguns mecanismos fisiológicos são especificas dessa patologia. A tireóide de pacientes com hipotireoidismo apresenta uma tireoidite auto- imune, ao qual significa inflamação da tireóide. Isto causa deterioração progressiva, resultando em diminuição ou ausência da secressão do hormónio tireoideano. Muitos outos tipos de hipotireoidismo pode ocorrer, associados ao aumento da glândula, chamado de Bócio.
  18. 18. • MEXIDEMA • O mexidema desenvolve-se no paciente com ausência quase total da função de hormónio tireoideano. Nesses casos há uma flacidez sob os olhos e o inchaço da face, causado pala produção excessiva do ácido hialurónico e sulfato de condroitina. como ilustra a figura abaixo.
  19. 19. • EXAMES DIAGNÓSTICOS NO HIPOTIREOIDISMO • Os exames já descritos para o diagnóstico do hipertireoidismo apresentam recursos opostos no hipotireoidismo. A consentração sanguinea de tiroxina livre e baixa. Taxa metabólica basal varia entre 30 a 50 de TSH pela hipófise anterior. • TRATAMENTO DO HIPOTIREOIDISMO • O tratamento do hipotireoidismo consiste na administração de comprimidos que contem tiroxina.
  20. 20. • OBRIGADO PELA ATENÇÃO DISPENÇADA. DÚVIDAS? DÚVIDAS????

×