Biorefinaria de pneus

717 visualizações

Publicada em

O processo de conversão de baixa temperatura (CBT) é um processo não-incineratório de conversão catalítica de materiais orgânicos em gás de síntese - síngas.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
717
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biorefinaria de pneus

  1. 1. Nós transformamos resíduos em valorBiorefinaria de Pneus
  2. 2. Agenda• Sumário Executivo• Cadeia de Valor• Comparação de Gaseificação vs. Combustão• Estado da Arte Gaseificaçao• Lista de Empresas em Gaseificação• Processo de Fischer Tropsch• Produtos• Tecnologia• Vantagens
  3. 3. Sumário ExecutivoNome da Empresa: AGT BioenergiaLocalização: Contíguo a Centro deColeta de Pneus InservíveisTamanho: 1t/hora,Biomassa: Pneus inservíveispulverizadosTecnologias: crioprocessamento,CBT, Singas MotogeradoresProdutos: Energia Eletrica, AçoManutenção: remota e local em 48HOperação: 8000h/anoremota e localSpare Parts: Almoxerifado localGarantias: Dos fabricantesTempo de Entrega: 6-8 mesesEmissão ZERO
  4. 4. InsumosBiomassa PlásticosDerivados dePetróleoRSU Pneus HulhaInsumos OrgânicosMateriais BiogênicosStoffeMateriais FosseisLodo deEsgoto
  5. 5. PneusInservíveisMoagemMicronizaçãoGaseificaçãoSíngasPurificaçãoFTDieselMotorEnergiaGerador
  6. 6. Cadeia de Valor24t/diaPneusSingasPulveizaçãoEletricidade5MWhCBT é um processo NÃO INCINERATIVO de conversão térmica de materiais carbonáceosEm gás de síntese – síngas.CBT1t/h
  7. 7. Exemplos de DesempenhoEsperadoInsumo Entrada (t/h) Saida (MWh) RoI (anos)RSU 6 11 6,7Biomassa 3 3,75 3,6Pneus 3 16,5 3,4Hulha 10 2,7 6,15
  8. 8. Premissas• Processamento de 960.000 pneus/ano <->8000t/ano• Conteúdo energético de pneu 38MJ/Kg• Eficiência mínima de 32% 3,2MW/t• Produção de 30.000MW energia elétrica,R$150,00/MW  R$ 4,4 milhões/ano• Produção de 1200t de aço• Produção de 5% de cinzas de silício
  9. 9. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.Nossa Planta impressão
  10. 10. Baseado no processo CBT de Conversão em Baixa Temperatura para o processamentoeficiente de materiais orgânicos inventado por E. Bayer (Tuebingen).Gaseificação progressiva termo catalítica com integração da purificação dos gases ocorre emum equipamento hermeticamente fechadoOs materiais e gases são carregados individualmente em tubos progressivos comtemperaturas diferentes, de modo que a qualidade do gás independente do insumo, sejaconstante.O equipamento são optimizados para a qualidade dos insumos usados. Todos osequipamentos de CBT produzem a partir de diferentes materiais orgânicos, qualidade degases de alta a muito alta em processamento continuo.As diferentes seções integradas no equipamento são direcionadas para a produção de gás dealto valor e sua transformação em eletricidade, com alta eficiência e com um mínimo deperda térmica.Singularidade do nosso processo de CBT
  11. 11. BiomasseLodo deEsgotoPlásticosDerivados dePetróleoEsse material é considerado informação proprietaria de AGT e não pode ser copiado ou divulgado sem permissão de AGT. .Utilização MaterialRSUGás ricoPneusUtilização EnergéticaHulhaTecnologia de ConversãoInsumos OrgânicosMateriais BiogênicosStoffeMateriais FosseisPetróleo/gás sintético/ carvão EletricidadeA Transformação
  12. 12. Strengths and Weakness ofCombustion vs. GasificationFonte: Technical Report NREL TP-7A-246190
  13. 13. Gasification TechnologiesAGT Bioenergia = CFB, circulating fluididized bed gasifier
  14. 14. Gasification TechnologyCompaniesFonte:TechnicalReportNRELTP-7A-246190
  15. 15. Gasification TechnologyCompaniesFonte: Technical Report NREL TP-7A-246190
  16. 16. Gasification TechnologyCompaniesFonte: Technical Report NREL TP-7A-246190
  17. 17. Gasification for Fuel - BTLFonte: NREL TP 510 34929Oportunidade para Bioenergia
  18. 18. Fonte: NREL TP 510 34929Summary of FT Products
  19. 19. Summary of FT Processes
  20. 20. Summary of Poisons
  21. 21. Processo de Transformação• Conversão em Baixa Temperatura (<4500C)• Biomassa é essencialmente polímero decarboidrato (CH2O)• Combustíveis são hidrocarbonetos (CnH2n+2)CH3- (CH2)5000-CH2OH + H2O  CO(g) + H2(g)Formação de síngas através da gaseificação da biomassaFormação de Hidrocarbonetos (DIESEL) através de Fischer-Tropsch
  22. 22. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.Sucção do gás de conversão eretroalimentação do restantepara o cicloSeparação dosmateriaisinorgânicosTransporte domaterial porrosca sem fimVentoinha para produtoda conversão1. Retorno parcial parauso próprio2. Para tubulação paragasômetro externoGasômetro parareserva intermediariado gás. Aquiacontece a separaçãoAparelho para oresfriamento econversão do gásAquecimento domaterial atravésde infravermelhoDiagrama do Ciclo deConversão
  23. 23. 27Copyright by AGT Management & Engineering AG, CHGaseificaçãoseca400°CQuebra catalíticados hidrocarbonetosGaseificaçãode solido500°CPurificação do GásTratamentodo gásReforma catalíticado gásHidrogasGás de ConversãoGás do CicloVaporCarvãoPurificação do gásGás térmicoCa.7,5-8,9 KW/m³Resíduos inorgânicosTurbina de gás e vapor(Próxima Foto)Processo AGT de Conversão em BaixaTemperaturaEsquema com Fluxo energético2,78 MW2,33 MW0,45 MW0,29 MW2,33 MW2,78 MW2,78 MWthCalor da reaçãopara aquecimentodo reator0,59 MWDefinição:Energia químicaEnergia TérmicaInsumo BioMBM 10 MJ/kgCom 40 % H2Oe 20 % aoTS0,25 MW
  24. 24. 28Copyright by AGT Management & Engineering AG, CHCompressor turbinaTurbinadeCondensaçãoCamara decombustãoArGás Produzido2,78 MWthCaldeirade VaporSGás de exaustão; Perda de caldeira0,17 MWUsina Gas e VaporExaustão parcial para suprimentode calor para conversão0,25 MW0,83 MW1,7 MW0,46 MW1,07 MW1,53 MWOutputEnergia Eletrica1,29 MWh/t Combustivel= 47% do Input
  25. 25. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.Resultado do Micronizador1. Insumos Preparação
  26. 26. 6. Produção de Energia• Transformação do síngasem energia através dacombinação eficiente deturbinas de gás e vapor.• O excesso de calor éusado para secagem ecalor do processo• Produção de energiapara uso próprio e paraalimentar rede. Gases etanques para ofornecimento continuado
  27. 27. Turbina a Vapor
  28. 28. AGT-Bioenergia CBT
  29. 29. SingasCalorGAS+Vapor TURBINATurbina a Vapor1/3 Energia - 2/3 Calor≤ 30% CO2 GEE100% CO2 GEEReferenzwertMaterial energéticocarbonaceoThis material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.Combustão Conversão2/3 Energia - 1/3 CalorComparação de Sistemas
  30. 30. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.• AGT Bioenergia CBT produz 1,25 – 1,85 [MWhel] de eletricidade efetiva narede, por tonelada de RSU. Dependendo do valor calórico do insumo• O melhor processo de combustão produz 0,25 [MWel] de eletricidade portonelada do mesmo insumo• Através de AGT-BE CBT resíduos utilizáveis são produzidos e cerca de70% redução de emissão de CO2. Posteriormente em combinação com ocraqueamento de CO2 obtemos emissão “ZERO”.• O preço de uma planta de CBT está 10-25% acima da maioria das plantasde combustão, mas o desempenho é muitas vezes maior.Comparação de Eficiência
  31. 31. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.• A AGT-CBT é feita em um reator para fora hermeticamente fechado• Nenhuma emissão tóxica como furanos e dioxinas são produzidas.• Materiais inorgânicos não são volatizados. A estrutura molecular émantida, assim são mais facilmente reutilizáveis• Os limites da EU são alcançados e as especificações superadas.Emissões
  32. 32. • A nova tecnologia desenvolvida por nós de “Emissão Zero“representa a mais alta prioridade.• Essa para cada emissor de CO2 com uma aplicaçãoindependente, torna possível uma redução de 70% da emissãoe mais tarde, redução para quase zero.• Em nossa planta AGT-CBT esta é uma secção adicional que éopcional no pacote• Em um processo químico pode a emissão completa de CO2 sertransformada em hidrocarbonetos puros que sãoretroalimentados ao processo industrial.This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.“EMISSÃO ZERO”
  33. 33. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.• A Conversão CBT é um processo limpo.• A Conversão CBT é extremamente eficiente.• A Conversão CBT é em respeito aos materiais de insumo eprodutos energéticos gerados flexível• A Conversão CBT possibilita o menor tempo de amortizaçãodo investimentoConclusões
  34. 34. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.• PROCESSO SIMPLES• A planta de AGT-CBT garante a máxima eficiência, robustez e vidaútil• Baixo custo de operação, através da automatização completa, commenor demanda de pessoal• Montagem simples e eficiente no local de operação• Operação independente de energia através da geração na própriaplanta• Plantas AGT-LTC tem controle de processo remoto, portanto menordemanda por manutençãoVantagens
  35. 35. This material is considered AGT Proprietary Information, and is not to be copied or reprinted without the prior written permission from AGT.Campo de AplicaçõesPlásticos (PET,PE, PP, etc.); Pneus; BiomassaHulha; Dejetos Animais; Madeira; Podas;Lodo de Esgoto; RSU e Resíduos Industriais.

×