Gestão de Distribuição

1.310 visualizações

Publicada em

Apresentado aos alunos do Curso Técnico de administração e do Nucleo de Ensino OpenGo - Profª Alejandra / Profº André / Profº Flavio Pereira

Publicada em: Negócios
1 comentário
15 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.310
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de Distribuição

  1. 1. Logística de Distribuição NNúúcclleeoo EEnnssiinnoo OOppeennGGoo -- OOssaassccoo TTééccnniiccoo ddee AAddmmiinniissttrraaççããoo
  2. 2. Bem vviinnddoo aa mmaaiiss uummaa aauullaa ddoo mmóódduulloo ddoo ccuurrssoo ddee AAddmmiinniissttrraaççããoo:: GGeessttããoo ddaa DDiissttrriibbuuiiççããoo
  3. 3. Gestão da Distribuição •O Atributo Praça / PDV – também chamado de distribuição – abarca todos os canais de distribuição necessários para tornar um produto disponível no mercado.
  4. 4. • Canais de marketing ou de distribuição podem ser vistos como um conjunto de organizações interdependentes envolvidas no processo de tornar o produto ou serviço disponível para consumo ou uso.
  5. 5. Distribuição  A distribuição diz respeito à concepção e à gestão dos canais por meio dos quais a organização e seus produtos chegam ao mercado.  As organizações podem optar por:  Vendedores, representantes ou consultores.  Lojas e sucursais próprias da organização.  Venda on-line pelo site da organização.  Rede de franqueados.  Varejistas. 5
  6. 6. Funções dos canais de distribuição 6
  7. 7. • Somente através da distribuição que produtos e serviços públicos e privados se tornam disponíveis aos consumidores, já que o produto precisa ser transportado para onde os consumidores têm acesso, ser estocado e trocado por outro tipo de recurso para que se possa ter acesso a ele. • Verifica-se , então, que os quatro tipos de utilidade (forma, tempo, lugar e posse) são inseparáveis. • Não existe um produto completo que não compreenda todas estas quatro formas, sejam estas voltadas a um objeto, ideia ou serviço.
  8. 8. • Os participantes ( fabricantes, atacadistas e varejistas) têm o apoio dos chamados “facilitadores dos canais de distribuição”, que são as empresas de pesquisa de mercado, de transporte, de seguros, de propaganda, depósitos, instituições financeiras e consultores.
  9. 9. • Supply Chain Management: é o gerenciamento de uma rede interligada de negócios envolvidos na provisão final de pacotes produto e serviço requeridos por clientes finais. ( Wikipédia) • Outra definição é fornecido pelo Dicionário APICS quando define SCM como "design, planejamento, execução, controle, e monitoramento das atividades da cadeia de suprimentos com o objetivo de criar valor líquido, construção de uma infraestrutura competitiva, alavancagem logística mundial, sincronizar a oferta e a procura e avaliação do desempenho global."
  10. 10. •Gestão da cadeia de suprimentos
  11. 11. 1. Produtores: Os fabricantes de produtos são empresas que produzem matérias-primas e empresas que fabricam produtos finais. • Os produtores de matérias-primas são organizações que exploram as minas para obterem os minerais, realizam as perfurações na superfície terrestre para obter petróleo ou gás ou procedem ao corte de árvores. • Estas organizações são dos mais variadas áreas tais como de agricultura, criação de animais ou pesca. • WIKIPÉDIA
  12. 12. 2. Distribuidores: os distribuidores são conhecidos como revendedores. • Vão buscar, em grande volume, stocks aos produtores para entregar aos clientes, ou seja, vendem os produtos em quantidades superiores às que um consumidor normalmente compra.
  13. 13. 3. Varejistas: Os Varejistas são uma organização que controla de perto as preferências e a procura dos clientes. Eles armazenam os estoques e vendem em quantidades pequenas ao público geral. •Utilizam uma combinação de preços, seleção do produto, serviço e conveniência, para atrair os clientes. •WIKIPÉDIA
  14. 14. 4. Clientes: Clientes ou consumidores são organizações que compram ou usam um produto. Um consumidor pode comprar um produto com o objetivo de incorporar noutro, vendendo posteriormente a outro cliente. •Por outro lado, o cliente pode ser o utilizador/consumidor final do produto. •WIKIPÉDIA
  15. 15. 5. Fornecedores de serviços: Os fornecedores de serviços são organizações que fornecem serviços aos produtores, distribuidores, retalhistas e clientes.
  16. 16. • EDI – Eletronic Data Interchange: que é a transferência eletrônica e automática de dados entre comutadores de empresas participantes, dados esses devidamente estruturados dentro dos padrões. O EDI se tornou especialmente popular nas transações entre grandes empresas, que o utilizam para agilizar suas operações e implantar processos administrativos e operacionais na cadeia de suprimentos.
  17. 17. • ECR – Efficient Consumer Response: Surge na década de 80 com o objetivo de coordenar trocas e informações entre indústria e varejo, permitindo um fluxo de produtos e estoques sicronizados com as informações de venda obtidas em tempo real. • No Just-in-time o EDI é essencial.
  18. 18. • Just in time é um sistema de administração da produção que determina que nada deve ser produzido, transportado ou comprado antes da hora exata. • O just in time é o principal pilar do Sistema Toyota de Produção ou produção enxuta.
  19. 19. A origem da Logística – O dia D: Desembarque das tropas aliadas na Normandia.
  20. 20. • O conceito de logística integrada está no entendimento de que a logística deve ser vista como um instrumento de Marketing, uma ferramenta gerencial, capaz de agregar valor por meio dos serviços prestados.
  21. 21. • Natura e sua Logística • http://www.youtube.com/watch?v=Gw-mFw_ V3fw • http://www.youtube.com/watch? v=5hdc07n71nY • http://www.youtube.com/watch? v=SWSN5fiHXKA • Obras incríveis Porto de Rotterdam completo parte 1/4.flv

×