Radiologia

592 visualizações

Publicada em

Radiologia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
592
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Radiologia

  1. 1. DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS
  2. 2.  As doenças crônicas não transmissíveis(DCNT) são um grupo de enfermidades cujo processo de instalação no organismo geralmente se inicia com alterações , sem que o indivíduo perceba e que demoram anos para se manifestar.  Geralmente não há cura , porque as lesões causadas são irreversíveis , levando a complicações com graus variáveis de incapacidade ou morte , sendo que as principais são as do aparelho circulatório(hipertensão arterial , infarto do miocárdio e outras doenças do coração , derrame ou acidente cerebrovascular;) , os diversos tipos de câncer , o diabetes , as doenças pulmonares obstrutivas crônicas como o enfisema e bronquite crônica. Conceito
  3. 3.  As Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) são a causa principal de mortalidade e de incapacidade prematura na maioria dos países de nosso continente, incluindo o Brasil. As doenças osteo- articulares(como a osteoporose e as artroses). A obesidade as dislipidemias(excesso de gordura no sangue) , entre outras.
  4. 4. Nas últimas décadas as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) passaram a liderar as causas de óbito no país, ultrapassando as taxas de mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias (DIP) na década de 80. Como decorrência da queda da mortalidade e da fecundidade no país, aumentou o número de idosos, particularmente, o grupo com mais 80 anos.
  5. 5. . Nos próximos 20 anos, projeções apontam para a duplicação da população idosa no Brasil, de 8 para 15%. No Brasil, o Ministério da Saúde vem desenvolvendo várias ações em articulação com diversos setores governamentais e não governamentais
  6. 6. As doenças crônicas não transmissíveis - DCNT (doenças cardiovasculares, neoplasias, doenças respiratórias crônicas, diabetes e doenças músculo-esqueléticas, entre outras) são doenças multifatoriais e têm em comum fatores comportamentais de risco modificáveis e não modificáveis. Dentre os fatores comportamentais de risco modificáveis destacam-se o tabagismo, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, a obesidade, as dislipidemias (determinadas principalmente pelo consumo excessivo de gorduras saturadas de origem animal), a ingestão insuficiente de frutas e hortaliças e a inatividade física
  7. 7. Prevenção As Doenças Crônicas Não-Transmissíveis (DCNT) são causas importantes de morbidade (número de casos de uma doença), mortalidade (número de mortes num determinado período) e invalidez no Brasil. Para estas doenças existem vários fatores de risco, relacionados entre si, cuja prevenção reduzia o aparecimento de novos doentes, atenuaria o surgimento de lesões irreversíveis ou complicações que levariam a graus variáveis de incapacidades, até invalidez permanente.
  8. 8. Os fatores de risco podem ser classificados em 3 grupos: - de caráter hereditário, - os ambientais e socioeconômicos, e - os comportamentais. As doenças crônicas não transmissíveis não têm causas específicas e podem ser decorrentes de múltiplos fatores relacionados, principalmente, à condição de saúde (obesidade, doenças congênitas ou genéticas, ocorrência de outras doenças crônicas, comorbidades) e aos hábitos de vida (sedentarismo ou excessos físicos, estresse, alimentação inadequada, tabagismo, alcoolismo, uso de drogas). Fatores genéticos também contribuem e são considerados importantes em algumas das doenças crônicas.

×