Promoção e educação em saúde bucal

13.193 visualizações

Publicada em

Promoção e educação em saúde bucal

  1. 1. PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCALP R O F ª . F L AV I A N AVA R R O D ESA C U L D A D E D E O D O N T O L O G I A :F OUSAS AN TA AP O L O N I A 1º- PERÍODO, JUNHO DE 2012
  2. 2. EDUCAÇÃODefinição:“ guiar indivíduos ou grupos para perceberem que determinados ações saudáveis devem estar de acordo com os próprios valores e objetivos” (Simons –Morton et al. 1995)
  3. 3. EDUCAÇÃODefinição:“a educação em saúde não está preocupada apenas com os indivíduos e sua famílias, mas também com as instituições e as condições sociais que impedem ou facilitam aos indivíduos alcançarem uma ótima saúde” (Simons –Morton et al. 1995)
  4. 4. EDUCAÇÃODefinição:“Educação não consiste simplesmente em fornecer conhecimento; é também uma atitude para vida, para mudança e inovação social.” F. Kristensen
  5. 5. EDUCAÇÃO PARA SAÚDEDefinição: É a soma de todas as experiências que influenciam favoravelmente hábitos, atitudes e conhecimentos relacionados ao indivíduo e a saúde da comunidade.EDUCAÇÃO PARA SAÚDE EM ODONTOLOGIADefinição: Consiste em dar ensinamentos que o indivíduo precisa aprender para obter e manter a saúde bucal.
  6. 6. POR QUE EDUCAR O PACIENTE?O paciente deverá atingir determinado comportamento Seja psicomotor Seja cognitivo Seja afetivo Habilidades Conhecimentos Atitudes e e e destrezas informações Significados Mudança na concepção de saúde bucal Lambert & Lambert, 1975
  7. 7. PRINCIPIOS BÁSICOS DE EDUCAÇÃO PARA SAÚDESmille: Sugere que os seguintes princípios fundamentais sejam observados em qualquer tipo de programa de educação para saúde. 1- Informações e dados devem ser autênticos e suportados por aceitável evidencia científica. 2- As informações devem ser apresentadas de maneira elevada e sobrea. 3- A apresentação deve ser feita de maneira compreensível.
  8. 8. 5- O material deve ser selecionado e apresentado de maneira que atraia o indivíduo ou grupos de indivíduos que se pretende alcançar.6- As informações devem ser concisas, de interesse de quem ouve e de quem ministra.
  9. 9. PRINCIPAIS OBJETIVOS DA EDUCAÇÃO PARA SAÚDE EM ODONTOLOGIA1- Evidenciar a necessidade e importância daprevenção (Odontologia Preventiva).2- Explicar alguns fatos básicos relacionados aosdentes e as estruturas vizinhas. Exemplo: extração precoce de um dente - decíduo3- Apresentar regras simples de saúde bucal.4- Descrever as doenças bucais mais prevalecentes,suas causas e tratamentos (Carie e doença
  10. 10. PONTOS IMPORTANTES NO ENSINO DE EDUCAÇÃO PARA SAÚDE EM ODONTOLOGIADorothy Nyswander sugere: 1- Observe o nível de compreensão do paciente ou grupo de pacientes. 2- Aproveite e utilize o interesse dos mesmos de acordo com o seu grau de compreensão para expor aspectos dos problemas odontológicos. 3- Crie no paciente confiança em si próprio como no caso de ler ou pentear-se. 4- Os pais e responsáveis de crianças menores de 10 anos devem se interar e acompanhar o desenvolvimento dos programas de educação para saúde. (a educação dos pais é importante como elemento de reforço)
  11. 11. 5- Explique o que está realizando, tanto do ponto de vistacurativo como preventivo e educativo.6- Utilize-se de diagramas, desenhos, modelos paraelucidar o que esta realizando.7- Utilize-se de folhetos sobre higiene bucal, mostre ostópicos que você deseja que o paciente leia sugerindodiscutir com o mesmo no próximo encontro ou consulta.8- Evite discriminar crianças fazendo comparaçõesdesfavoráveis entre elas.9- Crie um ambiente de confiança entre o educador e oeducando (personalidade, sinceridade, autoridade), paraque os seus conselhos e observações sejam seguidos.

×