Semanal 16 julho

331 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
331
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semanal 16 julho

  1. 1. FINCOR – Sociedade Corretora, S.A.
  2. 2. Semanal Segunda-Feira, 16 de Julho de 2012 Exclusivamente para uso internoDisclaimerA Fincor—Sociedade Corretora, S.A. fornece somente serviços de recepção, transmissão e execução de ordens. Os conteúdos mencionadosnão constitui (e não será concebido de forma a constituir) qualquer espécie de aconselhamento, ou recomendação de investimento, ou umregisto dos nossos preços de negociação, ou uma oferta ou solicitação para a transacção de qualquer instrumento financeiro. A Fincor—Sociedade Corretora, S.A. não aceitará qualquer responsabilidade em consequência de qualquer uso que possa ser dado ao referidoconteúdo ou sobre qualquer efeito que daí advenha.
  3. 3. Resumo da Última SemanaEspanha: Condições do resgate do sector financeiro:Europa reviu condições para ajustamento do déficeorçamental. - Será entregue até ao final de Julho a primeira tranche- 2012 - 6,3% do empréstimo por parte da Zona Euro ao país, no- 2013 - 4,5% valor de 30 mil milhões de Euros. Os fundos virão- 2014 - 3% directamente dos Fundos de Resgate da Região. - Serão entretanto conduzidas auditorias ao sector Bancário do país até Setembro, onde se identificarão as necessidades de capital do sector. - Activos tóxicos serão transferidos para um “Bad Bank” ao valor determinado pelas auditorias. -Perdas imputadas aos accionistas e aos credores sem senioridade, de maneira a minimizar o impacto doO país estará em maiores dificuldades do que resgate sobre a população.inicialmente projectado? - Pacote de austeridade anunciado logo após a cimeira.Governo anunciou medidas como a subida do IVA e ocorte dos subsídios de Natal dos funcionários públicos As perguntas que se colocam são i) quais asde maneira a gerar poupanças de 65 mil milhões de verdadeiras necessidades de capital do sectorEuros até 2014. No entanto, é esperado que a bancário do país? ii) e terá o país que pedir umeconomia do país contraia em 2012 e 2013, resgate para o seu sector público?aumentando a pressão sobre o crédito e odesemprego.
  4. 4. Resumo da Última SemanaMoody’s cortou o rating da Dívida Pública Grécia e Irlanda anunciaram pretender verItaliana as suas condições de empréstimo revistas Rating passou de A3 para Baa2. Ainda assim este corte Os líderes políticos Gregos, tem feito uma maior não afectou o nível de confiança da dívida do país, pressão para que tal se venha a verificar. Algo a que sendo que as Yields a 10 anos se mantiveram Angela Merkel já se disse opor. Por quanto tempo inalteradas e a 3 anos caíram (emissão na sexta feira a continuará este braço de ferro e a instabilidade na uma yield de 4.65% vs. 5.3% no leilão anterior). região? Yields de Itália a 10 Anos 6,4 6,204 6,2 6,058 6 5,8 5,6 5,628 5,4
  5. 5. Resumo da Última SemanaEUA: semana marcada por dados de emprego, minutas do FED e resultados de empresas. Initial Jobless Claims 440 421 420 400 380 376,5 Valor Presente 360 350 Média do Último Mês 340 Pedidos de subsídios de desemprego caíram para mínimos de 2008 e actas do FED pouco claras fazem com que o mercado tenha diminuído a probabilidade de que venha a ser implementado o QE3, pelo menos na proxima reuniao de 1 de Agosto. Nas empresas destacamos o desempenho da Alcoa, Wells Fargo e JP Morgan, que ficaram acima do esperado pelo Mercado.
  6. 6. Resumo da Última SemanaEmerging Markets: Aumento da especulação de que o Banco da China venha a implementarmais medidas de estímulo económico, e Bancos Centrais voltaram a intervir nas economias. Inflação na China caiu para mínimos dos últimos 23 Banco Central da Coreia do Sul cortou taxa de juro de meses. Já o crescimento do país voltou a abrandar, referência em 0,25% para 3%. Banco do Japão aumentando a possibilidade de que o seu Banco Central aumentou QE em 5 biliões de Ienes. O Brasil voltou a intervenha de novo na economia. cortar a SELIC, de 8,5% para 8%. PIB da China SELIC14 27,5 11,91210 22,5 7,6 8 6,2 17,5 6 4 12,5 2 0 7,5 Ma r-06 Ma r-07 Ma r-09 Ma r-10 Ma r-11 Ma r-12 Ma r-08 Jun-06 Jun-08 Jun-09 Jun-10 Jun-11 Jun-12 Jun-07 Set-06 Set-07 Set-08 Set-09 Set-10 Set-11 Dez-06 Dez-07 Dez-09 Dez-11 Dez-08 Dez-10
  7. 7. Resumo da Última SemanaComo estão os mercados? Indefinidos… VIX e CVI da Morgan Stanley dão sinal de compra. VIX 60 50 48 40 30 20 16,74 10 0 Economic Surprise Index e EURUSD Revelam riscos. EURUSD 1,36 1,3453 1,34 1,32 1,3 1,28 1,26 1,24 1,2249 1,22 1,2
  8. 8. Antevisão da SemanaEuropa Estarão em destaque notícias sobre a crise da dívida soberana da região. De Espanha estaremos atentos a declarações vindas do Governo quanto a medidas adicionais que possam vir a ser tomadas para fazer face à crise. Deverão surgir novas notícias sobre uma possível renegociação dos termos da ajuda concedida à Grécia. Estaremos também atentos às minutas do Banco de Inglaterra, e a dados económicos a publicar na região, com destaque para os Indicadores de Confiança Zew na Alemanha, e inflação na Zona Euro.EUA Época de Resultados no país estará em destaque nas Época de Resultados próximas três semanas, devido ao número e às empresas que o farão. Durante esta semana o sector Bancário estará S&P500 sobre especial foco, uma vez que os principais Bancos do 175 país como é o caso da Goldman Sachs, Morgan Stanley e Bank of America apresentam resultados. 120 Serão também publicados importantes dados económicos 91 sobre as vendas de casas e vendas a retalho, e os Leading Indicators. 38 28 Da China estaremos atentos a novos desenvolvimentos 13 10 10 1 6 6 6 1 1 sobre a possibilidade de que o seu Banco Central venha a intervir de novo na economia. 08 -14 Jul 15 - 21 Jul 22 - 28 Jul 26 - 1 Set 17 - 23 Jun 10 - 16 Jun 24 - 30 Jun 18 - 25 Ago 02 - 08 Set 09 - 15 Set 16 - 22 Set 29 - 04 Ago 05 - 11 Ago 12 - 18 Ago
  9. 9. PortugalBrisa: revisão de preço da OPA em alta. Subida de 10 cêntimos para os 2.76€. Reacção da Abertisnegativa, mas OPA deverá avançar mesmo a estes níveis. Preço deveria aproximar-se de 2.76€.BPI: raumento de capital a 0.50€. Diluição menor que o esperado. Colocação de €200mn não será umproblema com a manutenção de posição dos principais accionistas. Preferido vs. BCP. Preterido vs. BESGALP: dados operacionais marginalmente positivos. Mantém-se perspectiva de continuação de boaperformance da acção. Tecnicamente também atractiva.Colocação de obrigações: Sonae e PT aumentam os montantes. Procura destes activos mantém-sebastante elevada. Boa opção de produtos de baixo risco quer pela compra em mercado primário quer emmercado secundário.Portucel: Resultados na quinta feira
  10. 10. Ideia da SemanaIdeia da semana: Sector financeiro EUAÉpoca de resultados deverá ser melhor que mercado espera. O pontapé de saída da JP Morgan deixa antecipar boas noticias para osector. Investir através de ETF do sector ou directamente via Bank of AmericaIdeia da semana: EDPAvaliação atractiva. A desconto face ao sector. Bom potencial de performance nesta fase
  11. 11. DisclaimerDisclaimerA Fincor—Sociedade Corretora, S.A. fornece somente serviços de recepção,transmissão e execução de ordens. Os conteúdos mencionados não constitui (enão será concebido de forma a constituir) qualquer espécie de aconselhamento,ou recomendação de investimento, ou um registo dos nossos preços denegociação, ou uma oferta ou solicitação para a transacção de qualquerinstrumento financeiro. A Fincor—Sociedade Corretora, S.A. não aceitaráqualquer responsabilidade em consequência de qualquer uso que possa ser dadoao referido conteúdo ou sobre qualquer efeito que daí advenha.
  12. 12. Contatos :FINCOR – Sociedade Corretora, SARua Castilho N.44, 4º Piso1250-071 Lisboa, PortugalTel. +351 21 382 40 10Fax.+351 21 380 30 49fincor@fincor.ptwww.fincor.pthttp://fincorcorretora.blogspot.pt/

×