O DesempregoDe Longa DuraçãoE as Políticas Ativas e Passivas de EmpregoTrabalho de GrupoServiço Social 3º ano(Pós Laboral)...
Objetivos do Trabalho• Focar o Desemprego de Longa duração• Analisar, Compreender e Identificar as políticaspúblicas de em...
O Desemprego em Portugal• População Ativa x inativa• Desemprego- por género- por faixa etária- por nível de ensino- por se...
O Desemprego em Dados• População Ativa = 5.506.500• População Inativa = 5.105.200• Desempregados = 860.100*• À Procura de-...
O Desemprego em Dados• Por género- Homens = 453.900- Mulheres = 406.200• Por faixa etária- Até aos 24 anos = 161.000- dos ...
O Desemprego em Dados• Por nível de ensino- Até ao Ensino Básico = 523.300- Secundário e pós secundário = 209.400- Ensino ...
O Desemprego em Dados• Por tempo de duração- Até 11 meses = 394.300- Acima dos 12 meses = 465.800• Por por zona geográfica...
O conceito• Situação continuada de desemprego acima de 12 meses.• Disponíveis e à procura de trabalho.• Situação que se te...
Políticas Europeias de Emprego• 1997 – EEE Estratégia Europeia do Emprego- Apoio à criação de emprego- Restaurar a dinâmic...
PAMT’s Políticas Ativas de Emprego• As políticas ativas de emprego são um instrumento daspoliticas públicas que visam prom...
Políticas de Convergência Europeia• Convergência Monetária• Convergência nas Politicas Europeias- Convergências visam dar ...
Dados comparativosAlemanhaIrlandaFrançaPortugalReino UnidoO Desemprego de Longa Duração
Despesa total de medidas activas empercentagem do PIBFonte: EUROSTAT
Despesa total de medidas passivas empercentagem do PIBFonte: EUROSTAT
Número total de participantes em medidasactivasFonte: EUROSTAT
Número total de participantes em medidaspassivasFonte: EUROSTAT
Número total de participantes por tipo deacção (medidas activas) em 2010Fonte: EUROSTAT
Número total de participantes por tipo deacção (medidas passivas) em 2010Fonte: EUROSTAT
Bibliografia• Triantafillou, Peter (2009) “The European Employment Strategy and theGoverning of French Employment Policies...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Políticas de emprego e o desemprego de longa duração

1.094 visualizações

Publicada em

O Desemprego de Longa Duração, e as Políticas Ativas e Passivas de Emprego, comparação entre Portugal, Irlanda, Alemanha, França e Espanha.
As Políticas Europeias de emprego, vindas da estratégia de Luxemburgo e da Estratégia de Lisboa.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.094
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Políticas de emprego e o desemprego de longa duração

  1. 1. O DesempregoDe Longa DuraçãoE as Políticas Ativas e Passivas de EmpregoTrabalho de GrupoServiço Social 3º ano(Pós Laboral)• Filipe de Freitas LealFilipe de Freitas Leal• Manuela LopesManuela Lopes
  2. 2. Objetivos do Trabalho• Focar o Desemprego de Longa duração• Analisar, Compreender e Identificar as políticaspúblicas de emprego• Identificar as políticas ativas e passivas de emprego• Comparar e analisar dados do desemprego e doinvestimento público em Políticas de Emprego emalguns países da U.E.
  3. 3. O Desemprego em Portugal• População Ativa x inativa• Desemprego- por género- por faixa etária- por nível de ensino- por setor de atividade- por tempo de duraçãoO desemprego de longa duração é transversal a todas as características acima.
  4. 4. O Desemprego em Dados• População Ativa = 5.506.500• População Inativa = 5.105.200• Desempregados = 860.100*• À Procura de- 1º emprego = 91.400- Novo emprego = 768.700
  5. 5. O Desemprego em Dados• Por género- Homens = 453.900- Mulheres = 406.200• Por faixa etária- Até aos 24 anos = 161.000- dos 25 aos 35 anos = 239.400- dos 35 aos 44 anos = 198.300- dos 45 anos e mais = 261.400
  6. 6. O Desemprego em Dados• Por nível de ensino- Até ao Ensino Básico = 523.300- Secundário e pós secundário = 209.400- Ensino Superior = 127.400• Por setor de atividade- Agricultura, Pecuária e Pescas = 17.800- Industria, Construção e Energia = 277.300- Serviços = 442.300
  7. 7. O Desemprego em Dados• Por tempo de duração- Até 11 meses = 394.300- Acima dos 12 meses = 465.800• Por por zona geográfica- Norte = 16,1 %- Centro = 12,0 %- Lisboa e Vale do Tejo = 17,6- Alentejo = 15,9- Algarve = 17,9 %- Açores = 15,3 %- Madeira = 17,7 %
  8. 8. O conceito• Situação continuada de desemprego acima de 12 meses.• Disponíveis e à procura de trabalho.• Situação que se tem vindo a agravar55,6 % do desempregoem Portugal é compostopor desempregados deLonga Duração.
  9. 9. Políticas Europeias de Emprego• 1997 – EEE Estratégia Europeia do Emprego- Apoio à criação de emprego- Restaurar a dinâmica dos mercados de trabalho- Reforçar a governação das políticas de emprego• 2000 – Estratégia de Lisboa – Por uma Europa maiscompetitiva, baseada no conhecimento edesenvolvimento tecnológico.• Políticas de Emprego- Políticas Ativas de emprego- Políticas Passivas de emprego- Politicas Mistas de emprego.
  10. 10. PAMT’s Políticas Ativas de Emprego• As políticas ativas de emprego são um instrumento daspoliticas públicas que visam promover o emprego através daadequação das características da população ativa àsnecessidades da procura das empresas. (Centeno e Novo,2007).Baseadas em:- Subsidios às empresas para a contratação.- Formação Profissional de desempregados e inativos- Redução dos valores e prazos dos apoios ao desemprego-
  11. 11. Políticas de Convergência Europeia• Convergência Monetária• Convergência nas Politicas Europeias- Convergências visam dar resposta a necessidadessociais.- Aproximar as diversas economias dentro do espaço daUnião Europeia.
  12. 12. Dados comparativosAlemanhaIrlandaFrançaPortugalReino UnidoO Desemprego de Longa Duração
  13. 13. Despesa total de medidas activas empercentagem do PIBFonte: EUROSTAT
  14. 14. Despesa total de medidas passivas empercentagem do PIBFonte: EUROSTAT
  15. 15. Número total de participantes em medidasactivasFonte: EUROSTAT
  16. 16. Número total de participantes em medidaspassivasFonte: EUROSTAT
  17. 17. Número total de participantes por tipo deacção (medidas activas) em 2010Fonte: EUROSTAT
  18. 18. Número total de participantes por tipo deacção (medidas passivas) em 2010Fonte: EUROSTAT
  19. 19. Bibliografia• Triantafillou, Peter (2009) “The European Employment Strategy and theGoverning of French Employment Policies” Administrative Theory & Praxis.Vol. 31, No. 4, pp. 479–502.• Van Vliet, Olaf (2010) “Divergence within Convergence: Europeanization ofSocial and LabourMarket Policies” European Integration. Vol. 32, No. 3,269–290.• Islam, Iyanatul; Sher Verick (2011) From The Great Recession to LabourMarket Recovery. London: ILO/ Palgrave Macmillan. (capítulo 8)• Dias, Paula Costa (2013) “Governo quer travar saída de imigrantes” RádioRenascença, 22/01/2012 consultado em 10 de Maio de 2013 http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=47521• INE – Instituto Nacional de Estatísticas – www.ine.pt

×