Drpi portugal - portfólio

778 visualizações

Publicada em

Apresentação de Portfólio do estágio de Laboratório de Observação I.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
778
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
121
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Drpi portugal - portfólio

  1. 1. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos• Aluno: Filipe de Freitas Leal• Curso: Serviço Social - 3º Ano – Pós-Laboral• Cadeira: Laboratórios de Observação I – 1º Sem.• Orientador: Professora Drª Maria Engrácia Cardim• Supervisor: Professora Drª Paula Campos Pinto• Data: De outubro a dezembro de 2012,• Local: CAPP – Centro de Investigação do ISCSP• Projeto: Observatório da Deficiência e Direitos Humanos
  2. 2. Laboratórios de Observação I Observatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos• Ficha Técnica• Atividades Realizadas• Conhecimentos Aprendidos• Dificuldades Encontradas• Resumo e Sugestões• Texto: Relatório de Estágio – Pdf no Box• Apresentação: PowerPoint – SlideShare• Rede Social: Página no Facebook – Filipe Leal Portfólio
  3. 3. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos• Instituição: CAPP Centro Administrativo e de Políticas Públicas – ISCSP/UTL• Local: Lisboa – Pólo da Universitário da Ajuda
  4. 4. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos HumanosO CAPP foi encarregue pela ONU de implementar o projeto DRPI em Portugal.Através de um enfoque individual com entrevistas e recolha de dados e umenfoque sistémico no estudo da aplicabilidade das leis, visando um Relatóriofinal a ser endereçado à ONU.
  5. 5. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos • Criar uma página web para o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência comemorado a 3/12. • Atualização de dados de IPSS’s de Associações de Defesa das Pessoas com Deficiência. • Procurar Trabalhos Académicos Teses ou Dissertações de outros países de língua oficial portuguesa, sobre a situação nesses países, das pessoas portadoras de algum tipo de deficiência • Procurar informação (clipping) do modo como foi comemorado o Dia 3 de Dezembro de 2012 no Brasil
  6. 6. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos 10% de Toda a Humanidade, cerca de 650 milhões de Pessoas, são portadores de algum tipo de deficiência. É a maior minoria do Mundo e urge uma maior consciencialização desta realidade.
  7. 7. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos Em todo o Mundo estima-se que hajam cerca de 650 milhões de pessoas, portadoras de algum tipo de deficiência, que acumulam às suas dificuldades a agravante da discriminação e exclusão social. Nesse âmbito a ONU Lançou o projeto denominado DRPI Project, projeto que visa monitorar o nível de aplicação das leis vigentes na defesa das pessoas portadoras de deficiencia.
  8. 8. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos É celebrado a 3 de Dezembro em todo o Mundo, O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, com o propósito de promover uma maior reflexão sobre a deficiência e o contributo que cada um de nós pode fazer para criar uma sociedade inclusiva e mais justa. Nesse âmbito propus a criação de um site a partir de modelos prontos, mas tal não foi possível devido à inacessibilidade dos modelos.
  9. 9. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos TAREFA: A primeira das tarefaz foi aliás por mim proposta, tratava-se da criação de um site a partir de modelos prontos. Inscrevi-me em plataformas como o WordPress, criei uma página no Blogger, entre outros. DIFICULDADE: todas as páginas foram testadas pelo W3C, no entanto não foi possível ir avante, devido à inacessibilidade dos modelos e ao pouco tempo disponível, para criar-se um site de raiz passo a passo de acordo com as normas da W3C.
  10. 10. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos TAREFA: Outra das Tarefas foi a Atualização da Base de Dados, é algo fundamental para o projeto no contacto com as várias entidades, desde associações a IPSS’s e vim a conhecer uma onde pode ser feito voluntariado é a Associação “Coração Amarelo” no Cacém. DIFICULDADES: O tempo aqui mostrou-se como a maior dificuldade a ultrapassar, três horas por semana, não dá para fazer muito, e o tempo urge para a realização de tarefas.
  11. 11. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos TAREFA: Procurar trabalhos Universitários, Teses e Dissertações do Brasil sobre o Tema da Deficiência, quer em políticas públicas quer em contexto da realidade da exclusão/inclusão sociais. SUGESTÃO: Criar um repositório especifico do tema, embora alargado às políticas públicas nos diversos países da CPLP.
  12. 12. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos TAREFA: Fazer clipping da imprensa brasileira, sobre o modo como foi comemorado o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência no dia 3 de dezembro de 2012. DIFICULDADE: A imprensa escrita brasileira, não fez um destaque excecional, há notícias que foram no entanto veiculadas pela net, através da Secretaria dos Direitos das Pessoas com Deficiência.
  13. 13. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos 1: O nível de inacessibilidade que sofrem as pessoas com deficiência nas ruas e nas estações de transportes públicos. 2: Os direitos que visam a inclusão ainda têm um grande caminho pela frente. 3: O Poder de ser ativista como a forma de alterar a situação, Em Portugal estima-se que hajam cerca 9.6% de Deficientes, são antes de tudo, pessoas portadoras de cidadania e direitos.
  14. 14. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos 4: Aprendi com a Diana Freitas, que ser ativista e ao acreditar no seu projeto podemos contribuir para uma sociedade mais justa, e com maior acessibilidade para os Deficientes Motores em Lisboa, Projeto 131, aliás vencedor 5: Que há ainda uma grande exclusão social de parte dos que sofrem deficiencia, é o exemplo das páginas da Net inacessiveis.
  15. 15. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos 1: A maior das dificuldades foi no inicio a inacessibilidade dos modelos para a criação do site, e com esse compasso de espera perdeu-se muito tempo. 2: O acumulo de outras atividades, faz com que não seja possível aplicar mais de 3 horas por semana no projeto, o que é deveras pouco para o muito que se tem que fazer. Há tarefas que ainda estou a terminar.
  16. 16. Laboratórios de Observação IObservatório Nacional da Deficiência e Direitos Humanos RESUMO: O pequeno estágio foi de grande valia para o meu aprendizado em Serviço Social, o projeto do DRPI e as tarefas apresentadas foram muito úteis para o meu conhecimento da matéria sobre a deficiência e a Inclusão. SUGESTÕES: Penso que este projeto deveria ser apresentado a mais estudantes de Serviço Social, não só como estágio mas até como voluntariado das tarefas, penso ser bom para os alunos e útil para o projeto.

×