O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Lenda da cova da moura

1.903 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Lenda da cova da moura

  1. 1. Lenda daCova da
  2. 2. Lenda daCova daRecontado e ilustrado pelo 3º C
  3. 3. Antigamente, há muitos e muitosanos atrás, na era dos castelos, reise princesas existiu um rei Mouro,muito rico, que tinha uma filhamuito bela. Tão bela como umajoia. Era uma morena com longoscabelos pretos.
  4. 4. Antigamente, há muitos e muitosanos atrás, na era dos castelos, reise princesas existiu um rei Mouro,muito rico, que tinha uma filhamuito bela. Tão bela como umajoia. Era uma morena com longoscabelos pretos.O Rei vivia num grande Castelo depedra com a sua família, a corte eum imenso tesouro.
  5. 5. Antigamente, há muitos e muitosanos atrás, na era dos castelos, reise princesas existiu um rei Mouro,muito rico, que tinha uma filhamuito bela. Tão bela como umajoia. Era uma morena com longoscabelos pretos.O Rei vivia num grande Castelo depedra com a sua família, a corte eum imenso tesouro.
  6. 6. Certo dia, chegou ao Castelo a notícia, de que um enorme exército lusitano avançava pelas terras de Portalegre e que estaria quase a chegar ao castelo do Rei Mouro.Antigamente, há muitos e muitosanos atrás, na era dos castelos, reise princesas existiu um rei Mouro,muito rico, que tinha uma filhamuito bela. Tão bela como umajoia. Era uma morena com longoscabelos pretos.O Rei vivia num grande Castelo depedra com a sua família, a corte eum imenso tesouro.
  7. 7. O triste Rei Mouro, sabendo que nãotinha um exército suficientementegrande para enfrentar os ferozesguerreiros que se aproximavam,resolveu fugir com os familiares,para a serra da penha, e esconder-senuma gruta antiga no sopé damontanha.
  8. 8. O triste Rei Mouro, sabendo que nãotinha um exército suficientementegrande para enfrentar os ferozesguerreiros que se aproximavam,resolveu fugir com os familiares,para a serra da penha, e esconder-senuma gruta antiga no sopé damontanha.Desejava, assim, salvar a sua famíliae os seus tesouros das mãos dosinimigos. Mandou que todos os
  9. 9. O triste Rei Mouro, sabendo que nãotinha um exército suficientementegrande para enfrentar os ferozesguerreiros que se aproximavam,resolveu fugir com os familiares,para a serra da penha, e esconder-senuma gruta antiga no sopé damontanha.Desejava, assim, salvar a sua famíliae os seus tesouros das mãos dosinimigos. Mandou que todos os
  10. 10. O triste Rei Mouro, sabendo que nãotinha um exército suficientementegrande para enfrentar os ferozesguerreiros que se aproximavam,resolveu fugir com os familiares,para a serra da penha, e esconder-senuma gruta antiga no sopé damontanha.Desejava, assim, salvar a sua famíliae os seus tesouros das mãos dosinimigos. Mandou que todos os Mas, durante a noite, um escravo maldito, que há muito odiava o rei, determinado a salvar a sua vida do ataque eminente dos bravos guerreiros lusos, resolveu escapulir-se, e ir ao encontro dos guerreiros cristãos, contar-lhes sobre a fuga do Rei Mouro e do
  11. 11. Ainda o sol não tinha aparecidoe já os gritos dos guerreiros e osom das suas armas e cavalosecoavam na serra, despertandoo Rei Mouro. O infeliz homem,chamou a sua bela filha e disse-lhe, a chorar lágrimas de ouro,que como não tinham maishipóteses de fugir ele iria usar oseu único feitiço de Mouro para
  12. 12. Ainda o sol não tinha aparecidoe já os gritos dos guerreiros e osom das suas armas e cavalosecoavam na serra, despertandoo Rei Mouro. O infeliz homem,chamou a sua bela filha e disse-lhe, a chorar lágrimas de ouro,que como não tinham maishipóteses de fugir ele iria usar oseu único feitiço de Mouro para
  13. 13. Rapidamente, tirou de um velho saco que trazia a tiracolo, uns pozinhos de “perlim pim pim” e, dizendo as palavras mágicas, soltou-os sobre a sua filha e sobre as suas arcas preciosas. De um momento para o outro, a sua filha e os tesouros transformaram-se em pedras da gruta.Ainda o sol não tinha aparecidoe já os gritos dos guerreiros e osom das suas armas e cavalosecoavam na serra, despertandoo Rei Mouro. O infeliz homem,chamou a sua bela filha e disse-lhe, a chorar lágrimas de ouro,que como não tinham maishipóteses de fugir ele iria usar oseu único feitiço de Mouro para
  14. 14. O velho Mouro, aindadeitou a mão a maisalguns pozinhos naesperança de lançar oencantamento sobre a sie sobre a sua família,mas não teve tempo
  15. 15. O velho Mouro, aindadeitou a mão a maisalguns pozinhos naesperança de lançar oencantamento sobre a sie sobre a sua família,mas não teve tempo
  16. 16. Uma gigantesca lança, atingiu o grande homem, tirando as palavras mágicas ao rei mouro, que caiu no chão, já sem vida, não tendo tempo de se salvar a si e à sua família.O velho Mouro, aindadeitou a mão a maisalguns pozinhos naesperança de lançar oencantamento sobre a sie sobre a sua família,mas não teve tempo
  17. 17. Dizem os homens dos campos de Portalegre, que quemfor à serra da Penha, no local que agora se chama Covada Moura, que, para além de poder ver uma paisagem deencantar com Portalegre como moldura, se ficar bastantetempo e fizer muito silêncio pode chegar a ver a jovem
  18. 18. uma Lenda recontada pelos
  19. 19. uma Lenda recontada pelos alunos do 3º ano C
  20. 20. uma Lenda recontada pelos alunos do 3º ano C da EB1 Frei Luís de Sousa
  21. 21. uma Lenda recontada pelos alunos do 3º ano C da EB1 Frei Luís de SousaFim
  22. 22. uma Lenda recontada pelos alunos do 3º ano C da EB1 Frei Luís de SousaFimmaio de 2012

×