18/8/2014 Outlookcom - ffernando-santos@hotmail. com

Contabilidade Obrigatória para ME e EÍPP Ano 2014
Fechamento do Bala...
18/8/2014 Outlookcom - ffernando-santos@hotmail. com
janeiro de 2014.

A quem se destina

Empresários,  Diretores,  Gerent...
18/8/2014 Outlookcom - ffernando-santos@hotmail. com
a contabilidade pode proporcionar? 

18. Compensação de prejuizos con...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Contabilidade

126 visualizações

Publicada em

Contabilidade

Publicada em: Alimentos
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
126
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contabilidade

  1. 1. 18/8/2014 Outlookcom - ffernando-santos@hotmail. com Contabilidade Obrigatória para ME e EÍPP Ano 2014 Fechamento do Balanço e Demonstrações Contábeis Obrigatórias para Simples Nacional (Normas Internacionais de Contabilidade - IFRS) Resolução do Cl¡ C n” 1.418.112 (41) 32555290 Data: 26lAgosto Horário: 14:00h às 17:00h - Horário de Brasília. Investimento: R$ 170,00 a INSCREVA-SE JA CONTABILIDADE OBRIGATÓRIA PARA ME E EPP ANO 2014 FECHAMENTO po BALANÇO DA ME, EPP E DEMONSTRAÇOES CONTABEIS OBRIGATORIAS PARA SIMPLES NACIONAL 2014. DE ACORDO COM AS NOVAS REGRAS CONTÁBEIS No BRASIL (NORMAS INTERNACIONAIS DE CONTABILIDADE - IFRS) RESOLUÇÃO DO CFC n° 1.413/12 Objetivos Demonstrar de forma prática e objetiva, com base na legislação contábil das novas regras Contábeis no Brasil (normas internacionais - IFRS), a obrigatoriedade da escrituração do livro diario, razão Contabil e da apresentação das novas demonstrações contábeis, para todas as em presas ME, EPP, Simples Nacional, e com base na resolução do CFC n. o 1.418/12, para os balanços a partir de httpszl/ bayl 74.mail . Iivacomldefaull. asp›(? id=64855#tid= cmtRgWF8Om5BGTSgAjfeScgg281ñd= ñ inbox
  2. 2. 18/8/2014 Outlookcom - ffernando-santos@hotmail. com janeiro de 2014. A quem se destina Empresários, Diretores, Gerentes Administrativos e/ ou Financeiros, Escritórios de Contabilidade e de Auditoria, Advogados Tributaristas, Contadores, Consultores Fiscais e demais proñssionais envolvidos com assuntos fiscais, tributários, Contábeis e societários nas Pequenas, Médias e Grandes Empresas, ME, EPP, MEI, Simples Nacional. Programa 1. Plano de Contas Contábil para as ME e EPP e Simples Nacional a partir de Janeiro/2014. 2. Como elaborar as novas demonstrações contábeis na forma da Resolução do CFC n. o1.418/12 para as ME, EPP e Simples Nacional a partir de Janeiro/2014. 3. Como distribuir lucros aos sócios da ME, EPP e Simples Nacional com base na contabilidade, sem tributação na fonte e na Declaração Anual dos Sócios, para fins de Declaração do Imposto de Renda dos sócios. 4. Novas responsabilidades dos contadores e dos sócios da ME e EPP. 5. Orientação prática sobre os novos procedimentos contábeis Obrigatórios Com base nas normas internacionais de contabilidade para os Balancetes Contábeis, Balanço finale DRE a partir de Janeiro/2014. 6. 0 que fazer quando o cliente não envia todos os documentos de bancos e extratos bancários ao escritório de contabilidade ou mesmo ao Depto Contábil da empresa? 7. O que fazer quando a empresa não quer que faça contabilidade e Sim que escriture apenas o livro- caixa? 8. As notas explicativas do balanço são obrigatórias para ME, EPP e Simples Nacional? 9. O que fazer quando todo valor recebido de venda de mercadorias ou de prestação de serviços é recebido na conta corrente bancária particular da pessoa fisica dos sócios da ME e EPP? a 0. Aempresa ME e EPP poderá distribuir lucros somente através do livro caixa? 1 1. ME e EPP quejá existe há alguns anos e nunca fez Balanços, Como fazer? Como apresentar os saldos reais de ativos e passivos para ñns de apresentação aos bancos, clientes e fornecedores? a 2. Alegislação contábil e tributária aceita documentos enviados pelo cliente via e-mail? 4 3. Os Sócios da ME e da EPP poderão receber lucros antecipados? a 4. Os sócios da ME e da EPP poderão receber lucros mensais? ; 5. Aumento de capital social pelos sócios - prova do aumento - origem dos recursos. a 6. Balanço patrimonial: obrigatoriedade por Lei em declarar e apresentar os saldos reais de ativos e passivos - primazia da essência sobre a forma - primazia da essência econômica sobre a forma jurídica. 4 7. Quais os BENEFÍCIOS NEGOC| AlSjunto aos Clientes, fornecedores, bancos e licitações públicas httpsz/ /bayl 74.maiI. Iixe. comldefault. asp›(? id=64855#tid= cmtRgWF8oIri5BGTSg AjfeScgg2&tid= tlinbox
  3. 3. 18/8/2014 Outlookcom - ffernando-santos@hotmail. com a contabilidade pode proporcionar? 18. Compensação de prejuizos contábeis com conta corrente de sócios ou com pró-Iabore a pagar. 19. Quais os benefícios SOCIETÁRIOS, inclusive na valorização do valor de mercado da empresa, que a contabilidade pode proporcionar? 20. Ajustes de avaliação patrimonial 21. Em presa ME ou EPP, tributada ou não pelo Simples Nacional, que não feza contabilidade, balanço e demonstrações contábeis em 31/12/2012 de acordo com a Resolução do CFC no 1.418/12, poderá fazerem 31/12/2013, Isto e, contabilizar as Novas Regras Contábeis no Brasil somente a partir de 2013? 22. Toda ME ou EPP, tributada ou não pelo Simples Nacional, é obrigada a lavrar Ata de Reunião de Sócios para fins de deliberação das contas do Balanço Patrimonial e da DRE? Palestrante: Prof. Carlos Alberto Cordeiro o Consultor Tributarista com 28 anos de experiência e especialização em assuntos contábeis, ñscais e societários - Atualmente desenvolve trabalhos de assessoria e consultoria tributária e contábil em diversas empresas nacionais e multinacionais no Brasil - Assessoria tributária, fiscal, contábil e societária para o setor de Construção Civil e de Empreendimentos Imobiliários - Professorconvidado em diversas organizações de treinamento proñssional - Associado ANEFAC -Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade - Foi Gerente da Consultoria Tributária na COAD - SP - Foi palestrante e representante do CRC - SP em diversas palestras e cursos na Capital e no Interior do Estado de São Paulo - Ex-auditor contábil e ñscal em empresas de auditoria - Atualmente atua também como professor convidado nas áreas tributária, ñscal, societária e contábil em diversas entidades de treinamento profissional e também em Cursos in company. - Professor convidado em diversas organizações públicas e privadas: SIEMENS, VDO AUTOMOTIVE, TELEBRASÍLIA, CELPAV, GRUPO VOTORANTIM, BANDES, TELEMAR Norte Leste S/ A ZF DO BRASIL S/ A Tribunal Superior do Trabalho - TST, Tribunal Regional Eleitoral - TRE RJ, TVGLOBO, entre diversas outras nacionais e multinacionais. httpsz/ /bayl 74.maiI. Iixe. comldefault. asp›(? id=64855#tid= cmtRgWF8oIri5BGTSg AjfeScgg2&tid= tlinbox 3/3

×