Tipos de ouvintes e de pregadores

3.263 visualizações

Publicada em

OUVINTES E PREGADORES

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
272
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
130
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos de ouvintes e de pregadores

  1. 1. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES“Nunca penso em meus ouvintes como expectadores, e sim como parceiros.” ATOR JIMMY STEWART
  2. 2. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES Para ETEWART, as pessoas são diferentes. Os ouvintes sãodiferentes. Os pregadores são diferentes. Cada ouvinte tem umestilo diferente de aprender e de absorver a mensagem. Por outrolado, cada pregador tem um jeito diferente de apresentar amensagem de acordo com seu tipo de personalidade e estilopessoal. Essa pluralidade de estilos e personalidades torna difícile complicada a tarefa do pregador e comunicador.
  3. 3. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORESPor isso, dificilmente um pregador vai atrair e causar impacto emtodos os ouvintes, assim como é praticamente impossível umouvinte apreciar todos os tipos de pregadores. Cada ouvintetende a se sentir atraído pelos pregadores cujo “tipo”, ou “forma”de apresentar a mensagem “se encaixa” ou combina com seuestilo de aprendizagem.
  4. 4. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORESDe acordo com a teoria, derivada da psicologia de Jung, cadapessoa possui uma combinação peculiar dessas diferentescaracterísticas que determinam sua personalidade. Em resumo,os quatro pares opostos de características são: Extrovertido ou Introvertido Sensorial ou Intuitivo Racional ou SentimentalJulgador/Analista ou Perceptivo/Observador
  5. 5. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORESO modelo de personalidade mais antigo foi proposto porHipócrates (cerca de 460 – 370 a.C.), médico grego, consideradoo pai da medicina, que classificava a personalidade humana emquatro temperamentos básicos conhecidos como: sangüíneo,fleumático, colérico e melancólico. Como Hipócrates baseou seumodelo em observação informal e imaginação de diferentesfluidos circulando em cada pessoa sem nenhum critério deexperimentação científica, sua teoria tem tido pouca receptividadenos meios acadêmicos e científicos.
  6. 6. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORESEssa teoria classifica os temperamentos de acordo com asseguintes qualidades e defeitos dominantes, entre outros: Sangüíneo: comunicativo, alegre, falante, animado,carismático, extrovertido, instável, inseguro, explosivo,exagerado, altamente emotivo. Colérico: ativo, prático, decidido, produtivo, rápido, corajoso,controlador, competitivo, impaciente, agressivo, intolerante.
  7. 7. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES Fleumático: calmo, tranqüilo, pacífico, diplomático, paciente,gentil, introvertido, frio, calculista, indeciso, passivo, desmotivado. Melancólico: intelectual, organizado, sensível, leal,perfeccionista, inseguro, vingativo, altamente sentimental.OBS:Na realidade, todas essas teorias da personalidade descrevemdiferentes aspectos do comportamento humano.
  8. 8. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORESEm suma, todas essas teorias tentam retratar e explicar arealidade e complexidade do comportamento humano. Diferentesteorias oferecem diferentes perspectivas ou diferentes ângulospelos quais a personalidade pode ser observada e analisada. Noentanto, na prática, o verdadeiro teste de personalidade é apessoa conhecer a si mesma, analisando seu própriocomportamento e tornando-se consciente de sua própria maneirade ser e de suas próprias tendências. A finalidade desseautoconhecimento é levar a pessoa a assumir sua própriapersonalidade e a desenvolver-se o máximo possível dentro desuas características pessoais, sem tentar imitar o“comportamento” ou a “personalidade” de outra pessoa.
  9. 9. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORESDe acordo com STEWART, como a pregação tem a verdiretamente com comunicação e aprendizagem da mensagem,ele julga ser mais útil para o nosso propósito analisar apenas ummodelo de estilos de aprendizagem, que nada mais é do que ummodelo de personalidade aplicado à aprendizagem.
  10. 10. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES Tipos de funcionamento da mente humanaAnthony F. Gregorc, um psicólogo da Universidade deConnecticut, desenvolveu um modelo que descreve quatro tiposde funcionamento da mente humana ou tipos de pensamento:
  11. 11. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES O Pensamento Concreto:Essa qualidade capacita as pessoas a perceberem a informaçãodiretamente por meio dos cinco sentidos: visão, olfato, tato,paladar e audição. Por causa disso, elas geralmente lidam com arealidade de maneira prática e óbvia, preferindo fatos a idéias econceitos. São mais interessadas no momento presente, poispara elas o que mais importa é o aqui e o agora, o que é palpávele visível.
  12. 12. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES O Pensamento Abstrato:Essa qualidade mental permite que as pessoas visualizem ainformação mesmo que ela não seja apresentada em dadosclaros e nítidos. Pessoas com essa forma de pensar têmfacilidade de conceber idéias e entender temas que não sãoclaramente visíveis, pois tendem a utilizar mais a imaginação e aintuição para captar as idéias.
  13. 13. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES O Pensamento Sequencial:Essa forma de pensar habilita as pessoas a processaremeorganizarem a informação recebida de maneira linear, passo apasso, colocando em seqüência uma idéia após a outra. Essaspessoas tendem a seguir uma ordem lógica para facilitar acompreensão e geralmente gostam de traçar um plano em vez deagir por impulso.
  14. 14. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES O Pensamento Rondômico:O termo “randômico” é utilizado para descrever o comportamentoaleatório que ocorre por acaso e por impulso. Esse tipo de pensamento faz a pessoa processar e organizar ainformação em blocos distintos, sem nenhuma ordem particular aser seguida. Pessoas com essa forma de pensar têm facilidadede pular vários passos de uma seqüência e ainda assim chegarao resultado desejado. Quando têm de ler ou estudar um tema,por exemplo, elas podem começar pelo meio, ou ler diferentespartes do tema, ou até mesmo começar pelo final e depois ler oinício. Geralmente não têm muita paciência para planejamentosdetalhados e preferem seguir o impulso do momento.
  15. 15. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-sequencial ou “metódico” Os pesquisadores calculam que esse tipo de ouvinte constituiem média de 30% da população. Trata-se do estilo “pé no chão”,altamente realista, racional e organizado. Na vida pessoal, este tipo de pessoa costuma dedicar-se aotrabalho intenso e ser bastante confiável, assim como na vidaprofissional. Na Igreja, este tipo de pessoa não aparece muito, mas faz ascoisas acontecerem executanto o que foi planejado, geralmentemais nos bastidores e anonimato.
  16. 16. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-sequencial ou “metódico” Sermões muitos sentimentais em que o pregador chora ou seemociona em excesso, geralmente são vistos por esse ouvintecomo exagero ou algo fora da realidade. Por outro lado, com se se trata de uma pessoa muito realista eprática, geralmente quando toma uma decisão, essa tende a sergenuina e, portanto, duradoura.
  17. 17. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-sequencial ou “metódico” O pregador que possui o estilo mental “concreto-sequencial” ou“metódico” tem facilidade de alcançar este tipo de ouvinte, pois élógico que vai preparar u sermão tendro do mesmo estilo.Geralmente, esse pregador começa a preparar o sermãopensando no esboço e nas sequencia das ideias.
  18. 18. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-sequencial ou “metódico” O pregador que possui o estilo mental “concreto-sequencial” ou“metódico” tem facilidade de alcançar este tipo de ouvinte, pois élógico que vai preparar um sermão dentro do mesmo estilo.Geralmente, esse pregador começa a preparar o sermãopensando no esboço e nas sequencia das ideias.Dentre os personagens da Bíblia, podemos perceber váriosestilos mentais dominantes. Um exemplo típico do estilo“concreto-sequencial”, é Lucas.
  19. 19. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-sequencial ou “metódico” Ele é o típico escritor que segue um enfoque prático esequencia lógica. Já na introdução de seu evangelho, ele explicaclaramente a Teófilo, seu ouvinte e destinatário qual o propósito eo método que ele usou. Fazendo questão de afirmar que fez uma pesquisa metódica,ou seja, “uma acurada investigação” para apresentar umanarração e “uma exposição em ordem” dos fatos a respeito davida de Jesus (Lc 13).
  20. 20. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-randômico ou “prático” Calcula-se que em média 22% da população seja esse tipo deouvinte. Esse é o Estilo “mãos a obra”, que apresenta uma altacapacidade de resolver problemas. Geralmente em situações deemergência, é o concreto-randômico que toma iniciativa eassume a liderança de imediato em busca de soluções.Ex. acidente... Na Igreja, esse ouvinte costuma estar sempre em evidência eparece ser o mais ativo. Geralmente está envolvido na direção dealguma atividade, quer seja um missionário, reformas ou reuniões
  21. 21. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-randômico ou “prático” Como ouvinte , gosta de ouvir grande variedade de temas, mastende a ter preferência por sermões dinâmicos e com enfoqueprático que expressem ação, tais como sermões missionários ousermões sobre assuntos como: dever cristão, mudança de vida, eoutros. Gosta de fatos concretos com ênfase no dever e na ação. Em geral, não costuma ter muita tolerância, costuma serinflexível quando alguém apresenta uma posição contrária.
  22. 22. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-randômico ou “prático” Ao ouvir um apelo de um sermão, esse tipo de ouvinte não tema menor dificuldade de responder publicamente e atender aoconvite de ir à frente. Se concordar com o sermão, é rápido e pratico, não precisa demuito tempo para tomar uma decisão. Pelo contrário, é provávelque tome a decisão ainda durante o sermão. O apelo apenas dará a ele a oportunidade de expressar essadecisão.
  23. 23. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte concreto-randômico ou “prático” Geralmente é o primeiro a levantar-se num apelo e não tem amenor cerimônia em atender ao convite do pregador. Com essetipo de ouvinte, o Espírito Santo pode trabalhar no nível “motor”,ou seja, no sentido de lavá-los à ação e à atividade, pois suasdecisões são rápidas, ativas e práticas.
  24. 24. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE PREGADOR: O pregador concreto-randômico ou “prático” Tende a agir da mesma maneira, apresentando mensagenscom forte ênfase no dever e assumindo posições polêmicas. Em geral, esse tipo começa a preparar o sermão pensandonuma aplicação prática, antes mesmo de saber qual será o temado sermão. Muitas vezes o tema do sermão surge da aplicaçãoque o pregador quer fazer. O uso de ilustrações e recursos audiovisuais, por sinal, sempreexerce um bom efeito sobre o ouvinte “concreto-randômico”.
  25. 25. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE PREGADOR: O pregador concreto-randômico ou “prático” Para STEWART, o apóstolo Paulo é um bom exemplo depregador “concreto-randômico”. Prático, decidido e independente,Paulo não esperava que ninguém dissesse a ele o que deviafazer. Sua capacidade de decidir e partir para a ação em buscade resultados fez com que ele se tornasse um gigante nas mãosde Deus, capaz de fundar inúmeras igrejas e propagar ocristianismo pelo mundo de sua época.
  26. 26. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE PREGADOR: O pregador concreto-randômico ou “prático” Assim como Deus precisou do metódico Lucas para relatar ahistória da Igreja primitiva, também foi buscar Paulo, o “concreto-randômico”, fora da igreja, no momento em que Ele precisou dealguém focado em resultados para expandir o cristianismorapidamente pelo mundo. “Senhor, que queres que eu faça?” Paulo tinha dificuldade com o “meio-termo”.
  27. 27. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE PREGADOR: O pregador concreto-randômico ou “prático” Em suma, quando pregadores “concreto-randômico” secolocam nas mãos de Deus, não há limites para capacidade deproduzir resultados e abençoar ouvintes de diferentes estilosmentais.
  28. 28. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-sequencial ou “intelectual-filosófico” Estima-se que em média 8% da população seja esse tipo deouvinte. Esse é o Estilo “mundo das idéias”, que apresenta muitafacilidade para lidar com temas teóricos. Este ouvinte gosta defilosofar, refletir, analisar e elaborar idéias. Muitas vezes temtendência ao perfeccionismo, gosta de sermões teóricos, decunho teológico. O apóstolo João seria um bom exemplo do estiloabstrato-sequencial. João vivia no mundo das idéias epreocupava-se com o significado teológico por trás dos eventosconcernentes ao ministério de Cristo.
  29. 29. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-sequencial ou “intelectual-filosófico” Na vida pessoal, é uma pessoa extremamente organizada eminuciosa, muitas vezes com tendência ao perfeccionismo. Na área profissional, geralmente esse é o estilo mental doscientistas, pesquisadores, escritores, compositores e poetas. Na igreja, esse ouvinte representa o idealista que sempresonha com uma igreja perfeita em todas as áreas. Na maioria dos casos, é o intelectual da igreja, capaz deoferecer uma grande contribuição em textos devocionais.
  30. 30. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-sequencial ou “intelectual-filosófico” Como ouvinte, geralmente é o mais exigente e não se satisfazcom qualquer tipo de mensagem. Sermões com apelo não são o lado forte desse tipo de ouvinte.Por ter um pensamento mais teórico, reluta em tomar umadecisão pública de imediato. Geralmente precisa de tempo pararefletir e analisar todos os aspectos da mensagem antes de tomaruma decisão.
  31. 31. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-sequencial ou “intelectual-filosófico” Nesse ouvinte, o Espírito Santo pode atuar diretamente nonível intelectual, produzindo a decisão por meio do raciocíniológico e da análise das idéias. É importante o pregador entenderisso para poder alcançar esse tipo de ouvinte.
  32. 32. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-sequencial ou “intelectual-filosófico” Esse tipo de pregador vai se comportar de forma semelhante aesse tipo de ouvinte e, portanto, facilidade de alcançá-lo. A biblioteca desse pregador vai estar repleta de diferentescomentários e dicionários bíblicos e outros. Sua preocupação ao preparar um sermão é encontrar umagrande idéia.
  33. 33. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-sequencial ou “intelectual-filosófico” O estilo mental abstrato-sequencial tem características bemespecíficas que podem ser evidenciadas na vida do apóstoloJoão. Esse estilo aparece nitidamente em seus escritos. Seuevangelho é totalmente diferente dos outros três... Enquanto os outros evangelhos começam contando osincidentes relacionados com o nascimento de Cristo, João nãoestá tão preocupado. João discute o significado do verbo que se tornou carne parahabitar entre nós e salvar a humanidade.
  34. 34. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-sequencial ou “intelectual-filosófico” Assim, quando Deus precisou comunicar a revelação doApocalipse, Ele escolheu João, um pensador, que certamenteteria facilidade para dissertar sobre os grandes temas proféticos.
  35. 35. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-rondômico ou “emocional” Esse estilo mental é bem diferente dos anteriores e parececonstituir um grande percentual da população, ou seja, cerca de40% das pessoas possuem esse estilo mental como dominante.Se o abstrato-seqüencial vive no mundo das idéias, o abstrato-randômico vice no mundo das emoções. Sua vida profissional tende a ser bem-sucedido como artista ouvendedor.
  36. 36. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-rondômico ou “emocional” Na Igreja, o abstrato-randômico é o mais carismático e sempregosta de fazer festa. Como ouvinte, tem uma enorme dificuldade de concentrar-sedo começo ao fim, especialmente se o sermão for muito teórico,sério e sem emoção. Quando pregador começa o sermão ele jáespera uma historia engraçada, dramática ou sentimental. Se elanão vem, pode desconcentrar-se facilmente. Gosta muito desermão sentimentais e sempre tem disposição para sorrir echorar durante sermão.
  37. 37. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-rondômico ou “emocional” Com esse tipo de ouvinte, o Espírito Santo pode atuar no nívelafetivo, levando-os da emoção à ação. Geralmente o pregador abstrato-randômico ou emocional é omais carismático, com uma grande facilidade de atrair e agradar opúblico com mensagens dinâmicas, históricas bem-humoradas. É extremamente criativo e nunca lhe faltam palavras paraexpressar e transmitir suas idéias.
  38. 38. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-rondômico ou “emocional” Por ter muita facilidade com as palavras, às vezes não sepreocupa tanto em investir o tempo necessário no preparo demensagens mais consistentes. Aliás, é nessa área que o pregador abstrato-randômico precisacrescer para alcançar outros tipos de ouvintes, muitos dos quaisnão se satisfazem apenas com mensagens sentimentais. Porisso, esse pregador precisa dedicar mais tempo ao estudo, embusca de uma consistência mais sólida, para que seus sermõesalcancem aqueles que apreciam o raciocínio lógico, e estudomais profundo e as mensagens mais concretas.
  39. 39. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-rondômico ou “emocional” Disciplina própria é o grande desafio do pregador abstrato-randômico. Dentre as ilustrações mais ricas para o pregador usar com oouvinte abstrato-randômico verificam-se histórias comoventes,dramas que envolvam cenas emocionais, entrevistas,testemunhos e, sobretudo, um clima de celebração e louvor naadoração.
  40. 40. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES TIPOS DE OUVINTES: O ouvinte abstrato-rondômico ou “emocional” Um personagem da Bíblia que retrata quase com perfeiçãoeste estilo, chama-se apóstolo Pedro. Sua personalidadeimpulsiva e instável o fazia com freqüência ocilar de um pólo aoutro como, por exemplo, negando a Cristo três vezes na mesmanoite em que estava disposto a morrer por Ele.
  41. 41. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES CONCLUSÃO:Na realidade, cada pessoa é um universo complexo e essesquatros estilos básicos poderiam ser subdivididos em inúmerasoutras categorias. No entanto, essa síntese de estilos mentaisnos ajuda a entender melhor o comportamento de ouvintes depregadores, para abordar melhor a mensagem para diferentestipos de pessoas.
  42. 42. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES CONCLUSÃO:Além desses estilos, também podemos verificar a existência deinúmeros fatores culturais influenciando a cabeça de todos osouvintes. Essas influências mudam com o tempo e contexto dediferentes épocas.Um exemplo dessas influências culturais nos dias de hoje é achamada de mentalidade pós-moderna, com sua pluralidade deidéias e pontos de vista. Entender o que se passa na cabeça doouvinte pós-moderno é um grande desafio para qualquerpregador.
  43. 43. TIPOS DE OUVINTES E DE PREGADORES FIM !!! GRUPO: José Raimundo Barros Daniel Fiqueiredo Wanderson Martins Letícia Mainã

×