Sua atitude espiritual

1.226 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sua atitude espiritual

  1. 1. SUA ATITUDE ESPIRITUAL Na última quinta começamos a analisar a Parábola do Semeador e vimos, através dessa historiacontada por Jesus, que há quatro tipos de ouvintes espirituais. Ou seja, há quatro tipos de atitudes que se podem assumir em relação à Palavra de Deus. E você se encaixa num deles. Vimos primeiramente os indivíduos quer têm a mente fechada. Eles são representados pelassementes que caíram à beira do caminho, e foram pisoteadas pelos passantes e comidas pelas aves do céu. São todos aqueles que ouvem a Palavra, mas permitem que Satanás roube o seu entendimento, pois não estão dispostos a cumprir o que escutam. Depois, falamos sobre os ouvintes que tem a mente nublada. São representados pelas sementes que caíram em pedregais, e pelo calor das pedras logo germinam, mas vindo o sol mais fortesecam, porque não têm onde fixar suas raízes. Estas são as pessoas que se emocionam com Jesus, vivendo uma fé de mera empolgação, mas diante dos primeiros problemas acabam desistindo da caminhada com Deus, pois não têm perseverança espiritual. Vamos analisar os outros dois ouvintes espirituais nesta noite: 1. Os que têm a mente entulhada – Mateus 13.7,22 – Este tipo de pessoa vem à igreja ou participa de um estudo bíblico e, enquanto a Palavra está sendo apresentada, sua mente ferve com perguntas: “Será que eu apaguei o forno? E a conta que preciso pagar amanhã? O que fazer para melhorar minhas vendas esta semana? Será que receberei um aumento este mês?”.A mente entulhada está cheia do ontem, do hoje, do amanhã, repleta de coisas, pessoas, dinheiro, negócios, estudos. Espinheiros enormes de preocupações mundanas sufocam a Palavra de Deus em sua vida. Satanás bombardeia nossa mente com tantas coisas que já não sobra espaço paraDeus. Torna-se praticamente impossível Deus falar ao nosso coração quando nossa mente acha-se entulhada de outras coisas. Você alguma vez já pegou a Bíblia para ler em frente à TV, ou ouvindo a radio local, ou escutando música? Quando você foi dar conta já estava plenamente envolvido com a notícia transmitida, ou com a imagem passada, ou com a canção entoada. E a Bíblia ficou para trás. Você já se achegou ao Senhor para o seu período devocional, e sua mente viajou com preocupações terrenas, compromissos a serem assumidos, problemas para se resolver? Entenda uma coisa: embora esses pensamentos sejam naturais e normais como objeto de nossa mente, Satanás fará todo o possível para desviar-nos da importante tarefa que é ouvir o que Deus tem a nos dizer. Por isso, é fundamental que nosso coração esteja preparado e atento, a fim de não deixarmos escapar as importantes verdades que Deus deseja compartilhar conosco. A melhor coisa a fazerem tais situações de desatenção mental é rapidamente levar de volta a Deus nossa mente e mudar um pouco de marcha. Por exemplo, se você estava orando, e percebeu que não estava sintonizado com Deus, abra o livro de Salmos e comece a ler. Os Salmos são simplesmente hinos de louvor a Deus. Se as pálpebras e a mente estavam pesadas na leitura das Escrituras, feche a Bíblia por um pouco e louve a Deus em alta voz e clame por iluminação espiritual para a sua mente. Ande enquanto você fala com Deus.
  2. 2. Louvar a Deus, enquanto se caminha, faz com que Ele se aproxime calorosamente de nosso coração, impedindo-nos de perder o foco em nosso período devocional. Querido, não ore por orar, como quem tem uma obrigação litúrgica a ser cumprida. Não leia a Bíblia como quem lê uma revista em quadrinhos ou uma notícia corriqueira no jornal. Se você percebeu que sua mente não captou aquele momento espiritual, pare tudo e recomeceoutra vez. Sua mente não pode ser dispersada por outros cuidados e coisas. Deus quer lhe falar de uma maneira especial e você não pode se dar ao luxo de perder tal mensagem, porque Ele tem palavras de vida para você, palavras essenciais à sua alegria! 2. Os que têm a mente compromissada – Mateus 13.8,23 – A mente compromissada é retratada como solo fértil. Solo que foi cultivado e preparado para que a semente nele caia e penetre. É capaz de envolver a semente, oferecer a ela o calor e a umidade necessários para a semente germinar e produzir fruto. A mente compromissada é a mente disposta a aprender, a se deixar transformar. Deus pode instruir em qualquer assunto o homem e a mulher dispostos a se deixar ensinar. O melhorintelecto do mundo não conseguirá absorver as grandes verdades de Deus se a pessoa não estiver motivada a aprender. A mente da criança é um ótimo exemplo desse tipo de motivação. Elas têm um coração abertopara o que é novo e não se satisfazem com respostas tolas. Qualquer palavra não compreendida é motivo para questionamentos. Elas são sensíveis ao ensino e querem aprender a todo custo. * A pergunta de Daniel: como foi que nasci? * Foi por isso que Jesus disse que quem não for como uma criança não pode entrar no Reino dos céus. Os céus não são para os sabichões, os sabe-tudo cristãos, mas sim para aqueles que reconhecem a necessidade do contínuo aprendizado espiritual. Como disse Thomas Merton: “Não desejamos ser principiantes. Mas, convençamo-nos do fato de que, por toda a vida, nunca seremos mais que principiantes”. Embora adultos sofram de todo tipo de ceticismos, dúvidas e resistências, certos princípios podem ajudar a cultivar o solo fértil que Jesus descreveu:Precisamos comprometer-nos a ouvir cuidadosamente a sua mensagem – Quando vamos àigreja, quando participamos de um estudo bíblico num pequeno grupo, quando assisto a umamensagem num DVD, quando leio um livro cristão, devo fazê-lo em espírito de oração, pedindoao Senhor que descortine suas verdades espirituais aos meus olhos. Minha mente deve estar totalmente voltada para esta hora com Deus e não posso aceitarinterrupções de nenhuma espécie no que diz respeito ao que Deus quer falar comigo. As palavras do salmista devem ser as minhas: Salmo 42.1,2.Precisamos comprometer-nos pela fé a resistir ao entulho exterior – Quando pensamentosdispersivos nos bombardeiam, precisamos deliberadamente recusar ouvi-los e pedir ao Senhorque nos ajude a concentrar em sua Palavra: * O exemplo do jovem que ao ler a Bíblia sópensava em sexo * A libertação desses pensamentos só vem pela oração e pela fé no SenhorJesus Cristo porque Ele é o único que pode capacitar-nos a receber claramente a Palavra.
  3. 3. Precisamos comprometer-nos a avaliar nossa vida à luz do que ouvimos – No que a minhavida precisa mudar diante do que Deus está me falando? Quais são as arestas que carecem de serpodadas? O meu namoro cristão se encaixa com o que estou lendo na Bíblia? Os meus negóciostêm sido administrados do modo do Senhor? O meu envolvimento ministerial na igreja está deacordo com o meu real chamado divino? Perguntas devem ser feitas diante de Deus: II Cor 13.5Precisamos assumir o compromisso de obedecer às verdades com as quais Deus temimpactado nosso coração – O crescimento espiritual vem pela prática, não pela teoria. Quandoobedecemos às verdades que Deus coloca em nossa mente, crescemos e nos tornamos crentes queproduzem fruto. Se não agirmos assim, poderemos freqüentar a igreja 52 semanas por ano e continuarmos a ser os bebês espirituais que éramos no início. A pregação e o poder da Palavra não terão impacto sobre nossa vida porque não obedecemos. Escute o que vou lhe dizer: É espiritualmente impossível aplicar a Palavra, semana após semana e permanecer o mesmo. Quando temos uma mente compromissada, tornamo-nos filhos de Deus produtivos e maduros. Deus não abençoa a mente fechada, a mente nublada ou a mente entulhada, mas sim a mente compromissada. Como está a sua mente, meu irmão? Quero terminar com as palavras de A. W. Tozer: “Pode-se desfrutar Shakeaspeare sem passar pelo arrependimento; pode-se compreender Platão sem crer numa só palavra dita por ele; mas o arrependimento e a humildade, juntamente com a fé e a obediência, são necessários para um reto entendimento das Escrituras”.

×