Aula 15 10 dr. lucas brito

523 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
523
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 15 10 dr. lucas brito

  1. 1. VALORES SÃO PAULO, 15.10.2013 LUCAS GALVÃO DE BRITTO MESTRE E DOUTORANDO PUC-SP
  2. 2. VALORES 1.CONHECIMENTO E OBJETOS 2.VALORES 3.FATO, VALOR E NORMA 4.PRINCÍPIOS E REGRAS 5.POSITIVAÇÃO DOS VALORES
  3. 3. VALORES 1.CONHECIMENTO E OBJETOS 2.VALORES 3.FATO, VALOR E NORMA 4.PRINCÍPIOS E REGRAS 5.POSITIVAÇÃO DOS VALORES
  4. 4. conhecimento?
  5. 5. conhecimento?
  6. 6. coisa sujeito
  7. 7. consciência coisa sujeito
  8. 8. consciência noeses coisa sujeito
  9. 9. consciência noema noeses coisa sujeito
  10. 10. consciência noema noeses coisa sujeito objeto
  11. 11. consciência noema objeto noeses coisa sujeito
  12. 12. –E E
  13. 13. V –V –E E
  14. 14. metafís. culturais V –V ideais naturais –E E
  15. 15. metafís. culturais V –V ideais naturais –E E
  16. 16. metafís. culturais Valiosos –V ideais naturais –E Experimentáveis
  17. 17. VALORES 1.CONHECIMENTO E OBJETOS 2.VALORES 3.FATO, VALOR E NORMA 4.PRINCÍPIOS E REGRAS 5.POSITIVAÇÃO DOS VALORES
  18. 18. axiologia?
  19. 19. ἄξιος λόγος
  20. 20. ἄξιος λόγος aquilo que pesou, que é valorado, digno deriva de “ag”, que é conduzir, guiar estudo de algo
  21. 21. ἄξιος λόγος aquilo que pesou, que é valorado, digno deriva de “ag”, que é conduzir, guiar estudo de algo
  22. 22. ἄξιος valor
  23. 23. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional
  24. 24. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + –
  25. 25. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + –
  26. 26. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + –
  27. 27. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional 0 1 -1 + –
  28. 28. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional 0 1 -1 + –
  29. 29. valor + ἄξιος 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + + – + – – –
  30. 30. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + –
  31. 31. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + –
  32. 32. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + –
  33. 33. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional + –
  34. 34. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional Que é a beleza?
  35. 35. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional para ser justo… …deve-se…
  36. 36. ἄξιος valor 1. Bipolaridade 2. Implicação recíproca 3. Referibilidade 4. Preferibilidade 5. Incomensurabilidade 6. Gradação hierárquica 7. Objetividade 8. Inexauribilidade 9. Atributividade 10. Indefinibilidade 11. Expressão em termos normativos 12. Intuição emocional Por que?
  37. 37. VALORES 1.CONHECIMENTO E OBJETOS 2.VALORES 3.FATO, VALOR E NORMA 4.PRINCÍPIOS E REGRAS 5.POSITIVAÇÃO DOS VALORES
  38. 38. O ser humano olha para aquilo que é, na sua realidade, idealiza seus valores e expressa-os para dizer como a realidade deveria ser. Álvaro Ribeiro Estudos Geraes.
  39. 39. Vontade Decisão Preferência
  40. 40. VALORES 1.CONHECIMENTO E OBJETOS 2.VALORES 3.FATO, VALOR E NORMA 4.PRINCÍPIOS E REGRAS 5.POSITIVAÇÃO DOS VALORES
  41. 41. Toda norma pode ser descrita com a proposição “se A é, B deve-ser”. Hans Kelsen Teoria Pura do Direito. São Paulo: Martins Fontes, 2008.
  42. 42. D {A → B}
  43. 43. H→C
  44. 44. VALORES 1.CONHECIMENTO E OBJETOS 2.VALORES 3.FATO, VALOR E NORMA 4.PRINCÍPIOS E REGRAS 5.POSITIVAÇÃO DOS VALORES
  45. 45. sistema H→C enunciados literalidade
  46. 46. sistema H→C enunciados literalidade
  47. 47. sistema H→C enunciados literalidade
  48. 48. sistema H→C enunciados literalidade
  49. 49. sistema H→C enunciados literalidade
  50. 50. sistema H→C enunciados literalidade
  51. 51. S4 S3 S2 S1 sistema H→C enunciados literalidade
  52. 52. OBRIGADO LUCAS@BARROSCARVALHO.COM.BR

×